🐪 » Viagem de grupo 7 dias em Marrocos por 430 Euros » Marrakech até Deserto do Saara » Mais info em MARROCOS.COM « 🐪

🌍 Visitar Almaty, Guia de Viagem – Dicas, Roteiros, Mapas, Fotos

Actualizado em 13 Agosto, 2017

Quer visitar Almaty?

VISITAR ALMATY

VISITAR ALMATY

Guia de Viagem a Almaty

Almaty, provém de grandes avenidas, apresentando-se como um grande centro urbano com infra-estruturas desenvolvidas e um moderno centro cultural e económico. Almaty serve ainda como ponto de partida para pontos turísticos ligados à natureza perto daqui. Como é relativamente perto, encontramos lugares míticos onde se podem praticar desportos relacionados com a neve. Visitar o Cazaquistão e não passar por Almaty, é deixar para trás um destino importante que vale a pena conhecer.

Nesta página você encontra:

  • Visitar Almaty – o mais importante a saber
  • Dicas rápidas para Almaty
  • Vídeo Almaty
  • Os 20 Melhores Locais de Almaty
  • O que visitar em Almaty
  • Mapa dos Monumentos de Almaty
  • Fotos de Almaty
  • Alojamento em Almaty
  • Celebrações e Feriados em Almaty
  • Roteiros em Almaty: 1 dia, 2 dias, 3 dias

Visitar Almaty- O importante a saber

O nome Almaty significa “o lugar das maçãs”, pois nesta cidade encontram-se maçãs de todas as cores e de todos os tipos, daí o nome. Apesar de já não ter a qualidade de capital do Cazaquistão, sendo neste momento Astana, é ainda hoje a mais importante cidade do país.

A 200 Km de Almaty e a fazer fronteira com a China, chegamos ao Parque Nacional Sharyn, considerado um dos maiores desfiladeiros do mundo. Temos também a meros 100 Km o Parque Nacional Kolsai Kolderi, um vale lindíssimo onde o verde dos pinheiros é reflectido no azul-escuro da água do lago Kolsay. Um dos momentos memoráveis é assistir aos povos nómadas a praticar a caça com a colaboração de águias, algo ancestral mas que ainda é possível contemplar hoje em dia. O lago Kaindy é um lugar muito bonito e peculiar. Após o terramoto em 1911 e devido a um deslizamento da terra, formou-se este encantador lago com uma paisagem de tirar o fôlego. Não deixe de visitar os maravilhosos mercados onde poderá encontrar variadas qualidades de queijos, frutas e carnes.

Na cidade poderá visitar também o bastante movimentado Parque Panfilov, o fantástico Museu Foclórico dos Instrumentos Musicais e a Praça da República onde fica situado o Monumento da Independência, um homem montado num leopardo com 28 metros de altura.

Dicas rápidas para Almaty:

  • Acorde cedo e seja o primeiro a entrar nos monumentos, museus ou outros locais de interesse
  • Suba ao monte Kok-Tobe – a melhor vista da cidade. Na altura que visitei o teleférico não estava operacional por causa do terramoto, mas penso que já estará a funcionar
  • Explore os vários mercados da cidade, especialmente o Mercado Barakholka
  • Tenha cuidado com os seus pertences
  • Apesar de ser muito cliché e turístico, terá de ir assistir a um espectáculo de ópera

Para saber quando ir a Almaty você precisa de se informar um pouco melhor acerca das suas estações e melhor clima. A melhor altura para visitar Almaty é durante os meses entre Maio e Setembro, onde as temperaturas atingem o máximo de 20º C.

Vídeo com imagens aéreas de Almaty

Vídeo muito bom para podermos ver as diferentes partes turísticas desta cidade.

Os 20 Melhores Locais de Almaty
  1. Catedral Zenkov
  2. Museu Estatal do Cazaquistão
  3. Shybulak
  4. Palácio Presidencial
  5. Almaty Tower
  6. Jardim Botânico
  7. Teleférico Kok-Tobe
  8. Parque Nacional de Ile-Alatau
  9. Medeu
  10. Parque Central
  11. Monumento à Independência
  12. Memorial dos 28 Heróis de Panfilov
  13. Praça da República
  14. Mercado Barakholka
  15. Rua Arbat
  16. Fábrica de Chocolates Rahat
  17. Teatro Nacional e Ópera Abai
  18. Lago Sayran
  19. Museu dos Livros Raros
  20. Monumento da Justiça

A minha decisão de ir ao Cazaquistão foi espontânea. Num espaço de uma semana comprei um bilhete de ida para Almaty. A minha entrada na cidade foi logo cheia de boa energia. Conheci um dinamarquês no avião que me deu boleia no seu jipe com motorista, pois já era muito tarde para ir sozinho de táxi. Após terem-me levado a um hotel que estava fechado, começou a ficar muito tarde e ele disse-me que eu podia dormir no sofá em casa dele.

No outro dia vi no Travel Channel que Almaty era considerada uma das cidades mais perigosas do mundo. A minha primeira reacção foi: “a sério?”. Adorei a cidade e senti-me sempre muito seguro.

Almaty tornou-se capital da república soviética do Cazaquistão em 1929, e em 1991, continuou como capital do Cazaquistão independente. Nursultan Nazarbayev, o presidente, tem um palácio presidencial bem no coração da cidade.

Esta interessante cidade está situada no sopé da cadeia de montanhas de Tian Shan (montanhas celestiais), que fazem parte da cintura da cordilheira dos Himalaia, que continuam até ao Hindu Kush no Paquistão. Almaty tem cerca de 1.2 milhões de habitantes.

Estar em Almaty

Eu fiquei 1 mês inteiro nesta cidade pois comecei a dar workshops de pintura e desenho para crianças numa associação Luterana chamada Concordia. Foi uma experiência muito interessante não pelo contacto religioso com uma vertente religiosa que desconhecia, mas pelo facto de ter sido realmente muito bem aceite sendo uma pessoa exterior à associação e à igreja em si. Adorei estar em contacto com as crianças e ainda para mais que a variedade étnica com quem estive a interagir é muito grande. Fiz 2 tipos de trabalhos, um numa quinta fora da cidade, com jogos, expressão plástica e visitas de estudo, e outro, na sede mesmo no centro da cidade, com os “English Children Seminars” em que a partir de desenho ensinava inglês.

É muito engraçado a maneira como arranjei isto. Nada estava programada é claro, mas com me deixo levar pela cena…sempre coisas interessantes se cruzam no meu caminho. Pode ver mais fotos dos workshops aqui: Workshops Almaty. Ora bem, eu acabei por ficar a morar com uma família russa-cazaque, ou seja, são do Cazaquistão mas russos. Isto é muito estranho pois eles definem e descriminam muito a etnia, vem mesmo no passaporte, tipo, passaporte do Cazaquistão, russo, ou poderia vir cazaque ou uygur, uzbeque, etc…

Depois de ter andado horas à procura de um hotel onde pudesse ficar por 1 semana ou assim, e a sorte não estava a bater à porta, acabei por conhecer uma senhora com quem fiz amizade logo à primeira vista. Estava eu a tentar apanhar um autocarro de volta ao escritório daquele senhor do avião que me deu boleia e um sofá, para ir buscar a minha mochila, quando perguntei a esta senhora na rua se ela falava inglês e se sabia que autocarro eu podia apanhar para ir para determinado local da cidade. Ela falava um pouco de inglês e como também ia para o mesmo sítio que eu, disse para eu dividir o táxi com ela ( algo perfeitamente normal lá ).

Bem, ela acabou por me ajudar com alguns outros hotéis, e disse-me que se eu não encontrasse nada para lhe telefonar, que me poderia ajudar. Horas passaram e depois de não ter encontrado nada, ia eu a caminho dum telefone público e encontrei-a na rua! Fui a casa dela beber um chá e conheci a mãe e a filha. Depois de muita conversa e de terem ficado fascinadas com o meu nome ser Jesus, e a minha foto do passaporte ser assim um tanto ao quanto bíblica… fui convidado a ficar ali com elas e a pagar um certo dinheiro por dia, por um quarto só para mim, pequeno-almoço e jantar. Conversa puxa conversa, e acabei por querer participar nas actividades para os workshops com as crianças. É incrível que eles estavam com imensa dificuldade para arranjar ajudantes, tinham imenso para fazer mas faltava alguém…eu, de nome Jesus…hehe, fantástico. Passados 4 dias fiquei como família na casa e deixei de pagar um tostão. Acabei por ficar lá um mês. Fui fazendo os workshops que duraram +- 2 semanas, fui aprendendo piano pois a senhora era professora de música, e a filha é nem mais nem menos que a melhor clarinetista do Cazaquistão que tinha ganho uma bolsa de estudo do governo para ir estudar para Moscovo e tudo.

Esta família morava ali no centro pois o marido da Sveta, era um jornalista muito conhecido que foi morto pela máfia enquanto fazia um artigo sobre eles. O estado como agradecimento do trabalho que ele fazia como jornalista ofereceu uma casa para ela, a mãe e a filha.

O que visitar em Almaty

Almaty tem imenso para ver, por isso é conveniente organizar um pouco a sua visita para conseguir ver o máximo possível, de forma mais organizada, contribuindo assim para usufruir de umas férias mais proveitosas.

1- Catedral Zenkov

Zenkov Catedral em Almaty

Arquitectura na Asia Central – Zenkov Catedral em Almaty

A Catedral Zenkov tem uma construção muito interessante porque é um edifício todo construído em madeira, e, quando digo todo, é mesmo todo, não há um único prego em metal, são todos em madeira. Fixe não? Esta catedral não é muito grande mas está viva e cheia de cor, localizada bem no centro do Panfilov Park bem no coração da cidade. Esta construção data de 1904 e tem um jardim muito colorido à volta. Este é um únicos edifícios que restam da época dos czares pois o resto foi destruído. Vindos da parte oriental da cidade, o Parque Panfilov fica localizado 6 quarteirões do Parque Gorky ( Gorky Park ), depois do Museu Militar e do Memorial da Guerra. Vindo de Oeste, será no fim de Ayteke Bi.

Catedral Nikolsky Sobor

Catedral Nikolsky Sobor

Catedral Nikolsky Sobor

A catedral de São Nicolau é um lugar especial particularmente pequeno, um pequeno refúgio no centro da cidade todo rodeado de árvores. Este é um sítio de procura de paz pela parte dos moradores da cidade. A igreja está dentro de uma área que tem várias coisas, um pequeno complexo religioso.

Catedral Nikolsky Sobor

Catedral Nikolsky Sobor

A cor da igreja é forte e sobressai na calma do arvoredo. Esta igreja construída em 1909 foi durante a sua vida até usada como estábulos pelos Bolcheviques. Além de se poder visitar a parte superior da igreja, há do lado esquerdo 1 capela subterrânea com um ambiente mais recolhido.

Kabanbai Batyr e Baytursynuly. Vão pela Kabanbai Batyr e Baytursynuly e à direita depois que o mercado ( Bazar ) verá uma entrada com simbolos religiosos.

Museu Militar de Almaty

Cidade de Almaty, Cazaquistão

Cidade de Almaty, Cazaquistão

O Museu Militar de Almaty é suposto ser uns dos melhores e mais interessantes destinos culturais a visitar enquanto na cidade. Aqui pode-se apreciar a história e actos heróicos do Cazaquistão, durante diversas guerras e também durante período soviético. Paga-se 200T para entrar, subir e apreciar um pouco da história do Cazaquistão.

Este museu encontra-se num largo muito bonito, que dum lado tem o Memorial aos Heróis de Panfilov com a Chama Eterna, e do lado esquerdo o estranho e exótico edíficio da embaixada do Japão. Siga de Kaldaykov do lado oriental e do lado oeste, chage lá através do Parque Panfilov depois do Memorial da Guerra.

Mesquita Central de Almaty

Cidade de Almaty, Cazaquistão

Cidade de Almaty, Cazaquistão

Esta mesquita de abóbadas azul turquesa faz um enorme contraste com os edíficos tipo soviético,caixotes, cinzentos que caracterizam toda esta zona de Almaty. Esta é a maior mesquita do Cazaquistão, e é na verdade a mais nova mesquita na cidade. Lembro que muita da população Cazaque é Muçulmana.

Esta mesquita em arquitectura da Ásia Central, tem 5 minaretes todos com abóbadas azuis. Lá dentro é muito bonita mesmo, tudo decorado, simples nalgumas paredes, mas nas que estão decoradas sãomesmo muito bonitas pois tem muito trabalho talhado em pedra.

A Mesquita Central de Almaty fica situada entre a estação de autocarros de Sayakhat-Almaty e o Bazar Verde (Bazaar de Zelyony).

Memoriais de Guerra no Parque Panfilov

Cidade de Almaty, Cazaquistão

Cidade de Almaty, Cazaquistão

Estes monumentos ficam situados à direita do Parque Panfilov depois da Catedral de Zenkov. O nome do parque vem precisamente dos heróis de Panfilov. Um dos monumentos consiste na comemoração e louvar dos actos heróicos de 28 soldados de Almaty que morreram em 1941 quando lutavam contra tanques Nazis numa povoação perto de Moscovo. Este monumento é enorme, tem esculturas, murais etc.

Um outro monumento neste local é a Chama Eterna, que comemora o final da guerra civil de 1927 a 1920 e o fim da II Grande Guerra Mundial.

Para chegar ao Parque Panfilov, vindos da parte oriental da cidade, o jardim é precisamente 6 quarteirões do Gorky Park, mesmo à frente do Museu Militar de Almaty. De Poente, vindo de Ayteke Bi, logo depois da Catedral.

Palácio da República

Cidade de Almaty, Cazaquistão

Cidade de Almaty, Cazaquistão

O Palácio da República fica mesmo ao lado do conhecido Hotel Kazakhstan, dos cimenas KIMEP e do Museu de Geologia. Este palácio tem uma arquitectura monumental e de aspecto interessante e dá mesmo de face para um jardim muito bonito e bem cuidado. No jardim está uma estátua do escritor Abay Kunabaev.

Rua Zhibek Zholy

Cidade de Almaty, Cazaquistão

Cidade de Almaty, Cazaquistão

Zhibek Zholy é uma zona de peões cheia de lojas, cafés, vendedores de rua, pintores e músicos. Esta rua é mesmo só para peões e está assim proibida a circulação de carros. As pessoas vem para aqui passear, vem outras pessoas, ser visto, bem andar e curtir a vida.

No lado Este da rua está o grande centro comercial Silk Way City, o antigo edifício, pois o novo Silk Way City está situado na Tole Bi com a Zelthoksan, mesmo na rua atrás de minha casa. Ao longo da rua e andando para Oeste, temos a Telekom Kazakhstan e o grande armazém Tsum.

Antigo Casa do Parlamento

A antiga casa do Parlamento detém agora os escritórios do governo local. Recordo que Almaty era a capital do país e por isso todos os grandes antigo edifícios governamentais estão cá. A arquitectura tipo um neo-clássico faz um contraste grande com o jardim à volta. Fica na Tole Bi com Panfilov, se caminharmos pela Tole Bi depois do Silk Way City Novo, vamos vê-lo logo do lado esquerdo.

Torre do Centro Transmissor de TV de Almaty

Torre do Centro Transmissor de TV de Almaty

Torre do Centro Transmissor de TV de Almaty

Epá, isto não é bem uma coisa para visitar tipo museu, mas a cena toda está no lá chegar. A paisagem é fantástica e sai-se um pouco da vida e paisagem urbana a que ficamos habituados de Almaty. Esta torre é quase uma coisa típica em muitas cidades de influência russa. Esta fica na encosta Sudeste de Almaty, na base das montanhas Zailuysky Alatau. Pode-se ir de 2 maneiras, uma é pelo monte a cima, pelos arbustos, campos de marijuana e riachos com vaquinhas a passearem, ou, pode-se ir ela estrada. Hehe, eu só descobri que havia estrada quando a tive que descer num carro da polícia. Foram-me buscar lá acima.

Torre do Centro Transmissor de TV de Almaty

Torre do Centro Transmissor de TV de Almaty

Esta torre fica em cima do monte para onde vai dar o teleférico Koktyube. Basta sair do complexo turístico do Koktyube e andar para a esquerda direcção Sul, que vamos lá ter, está vedado e não se pode entrar, mas pode-se ver a entrada. 🙂 Meta concretizada.

A torre tem 327metros de altura e fica mesmo a controlar toda a paisagem de montanha de Almaty. Tirar fotos das montanhas + cidade nunca fica completa se não incluirmos esta torre, simplesmente faz parte de Almaty. Esta torre foi construída num processo de engenharia especial qualquer que pode resistir a forças sísmicas até grau 10. E ainda lá está, pois o problema de eu ter voltado no carro da polícia foi porque Koktyube estava fechado a visitantes.

Torre do Centro Transmissor de TV de Almaty

Torre do Centro Transmissor de TV de Almaty

Depois do recente sismo que abalou a cidade, toda a estrutura à volta do teleférico e a encosta da montanha ficaram muito danificadas, com rachas por todo o lado e por ventura prontas a ruírem. Eu como não sabia nada disso fui andando pela encosta acima sem me aperceber que havia um controlo policial na estrada que sobe até lá.

Em cima pode-se notar a placa de proibido a dizer “CTOY” que é STOP em russo. Daqui para diante não se passa mais. Pode-se ver do lado direito da foto, um bocadinho bocadinho da base da torre 🙂 .

O teleférico Koktyube pode apanhar-se junto ao Hotel Cazaquistão. Na altura estava fechado porque foi destruído pelo terramoto. Possivelmente agora já está arranjado. Se souberem de alguma coisa digam-me e comentem esta página sff. 🙂

Teleférico de Koktyube

Teleférico de Koktyube em Almaty

Teleférico de Koktyube em Almaty

Esta é uma viagem que deve ser muito porreira de se fazer. Eu não fiz porque o teleférico estava fechado pois ficou destruído com o terramoto de escala 5.

Almaty fica a 900m acima do nível do mar na encosta Norte da cordilheira Trans-Ili Alatau. Se subirmos acima deste monte podemos até ver o mar ao longe…hehe, não podemos nada estou a brincar… hehe, o mar fica bem longe ( nem o procurem ) 😛 …não, agora a sério, se subirmos ao cimo do monte temos uma vista espectacular sobre a cidade e sobre as montanhas.

Paga-se 100T para subir de teleférico e este está aberto das 11h até às 19h. Este será um spot ideal para apreciar um pôr do Sol, e nascer também mas aí terá que ir a pé.

O Parque Central Gorky – Gorky Park

Gorky Park em Almaty

Gorky Park em Almaty

O Gorky Park fica na extremidade Oriental da cidade. Faz-se bem a ir de autocarro ou eléctrico até ao fimda Gogol Ulitsa, no eléctrico número 1, 8 e 12. Este parque é mesmo muito grande e tem várias coiasa lá dentro, desde parques temáticos, piscinas, jardim zoológico de Almaty, lagos com barcos, carrosséis etc. Paga-se 20T para entrar, mas, eu de alguma maneira entrei sem pagar. No lado Norte do parque está um quartel militar. Pode-se ver como operam as tropas.

Este é um sítio de escape ao calor do Verão pela parte da população pois tem muito arvoredo e está fresco.

Jardim Karasay Batyr

O jardim de Karasay Batyr em Almaty

O jardim de Karasay Batyr em Almaty

Este jardim era muito perto da minha casa e basicamente um lugar de passagem entre quarteirões,mas também um lugar para jovens e idosos irem relaxar ao fim do dia. Este fica 3 quarteirões acima da Tole Bi. Tem vários bancos e árvores muito altas. Bom escape ao calor e à poluição da cidade.

Ópera Abay: Zhalil Gizantulin e Raphael Gizantulin

Eu fui à Ópera em Almaty e gostei imenso. Tive a sorte de ter sido convidado pelos organizadores de um evento de Jet7 de Almaty, organizado pela embaixada italiana. Este evento reuniu dois irmãos cantores de ópera: o baixo Zhalil Gizantulin e o tenor Raphael Gizantulin. Este evento que veio na televisão nacional ( lá estava eu na primeira fila e na TV no Cazaquistão ), foi um acontecimento especial já que tinha os dois irmãos a cantarem ao mesmo tempo.

Eu, quando vinha do a descer a estrada de Koktyube (depois do carro da polícia), vi uma carrinha de matrícula italiana a subir a estrada. Na volta dela mandei parar e falei com o condutor, um italiano chamado Marco, que estava a tentar seguir as pegadas do Marco Polo, de carrinha sozinho e desde Itália. 🙂 subi logo para a carrinha e conheci a sua namorada Vica (russa de nacionalidade cazaque que conhecera já em Almaty).

Depois do concerto fomos todos para casa do Rapheal, com uma festa privada em que eles iam tocando piano e cantado, quando mais bebiam mais cantavam… , comes e bebes e muito divertimento. Este foi até uma reunião de familiares já que um deles mora em Moscovo.

Mapa Monumentos Almaty

Clique no mapa para aumentar e explorar melhor.

Mapa Monumentos Almaty Cazaquistão

Transportes em Almaty

Camionetas para fora de Almaty

Podem-se apanhar vários camionetas ( autocarros, ônibus ) de longa distância para fora de Almaty. Viagens longas são da da Estação de Camionagem Novy Abtovoksal na esquina da Tole Bi e da Zalki. Telefone 264l644. A Estação fica a 4km do centro da cidade e pode-se apanhar um autocarro até lá da paragem ao lado do novo centro comercial Silk Way City.

Da Estação Novy Abtovoksal pode-se apanhar camionetas para Balkash e Shymkent por exemplo. A camioneta para Taraz também sai daqui normalmente à mesma hora que a de Shymkent, ou então, pode-se apanhar a mesma que pode passar lá, pergunte para ver se passa.

Cidade de Almaty, Cazaquistão

Cidade de Almaty, Cazaquistão

Na Estação de Camionagem Sayakhat há camionetas para todos os outros destinos, mais locais e perto da cidade. Desfiladeiros Talgar, Chilik, Kapchagay. Também há camionetas para Taraz e Shymkent. A estação fica na Stary Avtovokal e o telefone é 300882 na Rua Raymbek Ulitsa ( Ulitsa já quer dizer rua em russo ).

Camioes e boleias

No interior do país há muitas destas camionetas que atravessam longas distâncias ou várias regiões para transportarem mercadorias. Como vão sempre vazias para um lado do trajecto, é relativamente fácil arranjar boleia. Pode ter que se discutir um pouco se se dá dinheiro etc, mas na verdade não é muito complicado e as pessoas ficam até contentes.

Cidade de Almaty, Cazaquistão

Cidade de Almaty, Cazaquistão

A meu ver, esta solução pode até ser mais segura que certas viagens de táxis que já tem uma máfia própria para roubar turistas. Estes camiões são de trabalhadores que não esperam nem pensam nestas coisas. É sabido que boleias na Ásia Central é perigoso. Tenha cuidado.

Guiar em Almaty

Aguiar em Almaty é uma maluqueira. Compete com Marraquexe e tudo, mas, de uma maneira ainda mais violenta pois os marroquinos não querem bater, enquanto que aqui, não lhes importa muito o que acontece. Vi muitos acidentes por dia. contei quantos acidentes via durante uma semana, e, acreditem ou não, deu uma média de 7 acidentes por dia. É verdade, incrível mas bem sério. Se tiverem a oportunidade aluguem um carro em Almaty e vão dar uma volta às montanhas, a Medeu, ao Desfiladeiro Turgen e às cascatas do Urso.

Itália ao Cazaquistão

Encontrei um italiano muito simpático em Almaty. Ele guiou desde o Norte de Itália até Almaty numa carrinha. Ele controu que o maior problema foi com uma certa estranda no Norte do país que não vinha assinalada como má no mapa, e não era nem má nem boa, simplesmente não existia, e, hehe, era nem mais nem menos que uma estrada de 800KM!! Atascou-se durante 2 dias ficou ali até passar um camião que o ajudou. Também contou que a polícia na Ucrânia pedia sempre dinheiro e que lhe levaram muitas notas.

Marco Polo Expedition Italia-Cazaquistão

Marco Polo Expedition Italia-Cazaquistão

Os planos do Marco em seguir para a China e seguir os caminhos do Marco Polo na verdade não se concretizaram com a carrinha pois o governo chinês exige muito dinheiro para entrar com carros, é preciso autorizações, guia durante toda a estadia e cerca de 4000EUROS para ter a permissão de entrada de um veículo estrangeiro. Depois de 2 meses à espere de alguma resposta e de ter ficado em Almaty, conheceu uma russa por quem se enamorou e lá ficou mais alguns meses. Quando eu me vinha embora ele apanhou um avião para a Tailândia onde ia viajar na zona durante 3 semanas. Deixou a carrinha em Almaty.

Carros Volga

Volga são uns grandas carros tanques de guerra russos que se vêm por todo o lado na Ásia Central. Estes carros são tipo tanques de guerra que duram e duram, chamados até de “Mercedes Russo” .

Carros Volga

Carros Volga

Esta marca VOLGA é feita pela GAZ, Gorkovsky Avtomobilny Zavod, na Rússia e é a marca com maior sucesso do mundo soviético.

Este carro é um carro de estatuto, ainda o é no interior do país. Eram usados por políticos e oficiais dos Serviços Secretos.

Pequenos Autocarros / Carrinhas

Estas carrinhas são uma das maneiras mais rápidas de nos transportamos em Almaty. Há imensas empresas diferentes com trajectos muito variados. Há até uma espécie de concorrência e corrida para ver quem chega primeiro à próxima paragem e apanhar os clientes por isso não se admire se eles forem um pouco descontrolados e a ultrapassarem uma outra carrinha, agarre-se bem. Um bilhete custa 25 Tenge (preço 2004).

Autocarros em Almaty, Cazaquistão

Autocarros em Almaty, Cazaquistão

Na foto em cima ou que aconteceu foi que queriam os dois parar na paragem e apanhar os clientes…vê-se o resultado de uma linda ultrapassagem. É normal ver-se acidentes em Almaty. Muito mesmo.

Estes pequenos autocarros vão mesmo de uma ponta da cidade à outra muito rápido. Mais velocidade que eles só mesmo os táxis. Na hora de ponta os autocarros e as paragens estão sempre a apilhar com dezenas de pessoas.

Autocarros em Almaty, Cazaquistão

Autocarros em Almaty, Cazaquistão

Carreiras importantes

BUS NO 2 & 100

vai de Furmanov Sul: Gogol, Ramstor;

BUS NO 30

sai da estação dos comboios Almaty-I: Seyfullin, Sul de Baytursynuly;

BUS NS 34 & 434

sai da estação dos comboios Almaty-I: Seyfullin, Oeste de Abay;

BUS NOS 92 & 492

sai do aeroporto airport: estação dos autocarros Sayakhat perto da mesquita central, terminal aéreo da cidade, Zheltoksan e Abay ul.

Passadeiras subterrâneas

Nós portugueses não temos muito o costume de atravessar passadeiras aéreas ou passadeiras subterrâneas. Ou passamos sempre a estrada à balda onde bem nos apetece, ou alguém pára na passagem de peões, ou temos o sinal verde para peões, bem,lá nos safamos como pedestres. O que se passa em Almaty é que, os carros não param nas passadeiras, alguns passam com o sinal verde para peões e vão a uma velocidade tal que é difícil atravessar assim à balda sem mais nem menos. Por isso malta, nas grandes avenidas mais vale fazer como fazem os habitantes, atravessem as passagens subterrâneas e popem tempo, “Em Roma sê Romano”, “Em Almaty, …não leves com um carro”.

Estas passadeiras devem ser evitadas durante a noite. Aí também já não há muitos carros.

Passadeiras subterrâneas Almaty

Passadeiras subterrâneas Almaty

Táxis em Almaty

Há dois tipos de táxis em Almaty, os oficiais e os não oficiais. O que quero dizer é que basicamente toda a gente que queira fazer uns trocos, e não saia muito do seu trajecto inicial, pode ser um táxi. É normal. Todos são táxis, todos levam pessoas. temos que ter cuidado para: não sermos roubados, raptados, exturquidos, e é importantíssimo discutir o preço antes do carro avançar. Se não gistar do preço saia e arranje outro. Tenha cuidado que geralmente não esperam que saia do carro completamente por isso saia o mais rápido possível, nem se importe se fecha bem ou mal a porta. Saia.

Taxi em Almaty

Táxi em Almaty

Os táxis oficiais têm placas tipo xadrês por todo o lado e têm também números de telefone, não há nada que enganar. O preço normal para uma viagem vai de 30, 50 e 100 Tenge dependendo a que distância vai na cidade. Há já pre-definido quantias: viagens centro, viagens circulo 1, viagens ponta Almaty. Para viagens maiores ou para fora da cidade discuta bem o preço antes de sair. Numa viagem normal, de pequena distância dê 50T ao motorista para ver se ele dá troco, senão der, olhe e ponha a mão como se esperase dinheiro.

Pode-se chamar um táxipara o número 58 ou 068, não falam inglês, só russo e cazaque. Irá pagar 0.70EURO extra por chamar o táxi.

Bicicleta em Almaty

Andar de bicicleta facilita os movimentos já que há sempre muita coisa para ver. Muita gente opta por andar de bicicleta pois é mais económico e dá sempre para escapar ao trânsito caótico que há sempre na cidade.

Cuidados a andar de bicicleta em Almaty

  • Condutores que não têm regras
  • Poluição extrema especialmente à 6ª Feira
  • Robos de bicicletas ( usar corrente )
Bicicleta em Almaty

Bicicleta em Almaty

Bicicleta pelas montanhas

Durante o fim-de-semana é possívelmente uma das melhores soluções, andar de bicicleta e subir um pouco até às montanhas como Medeu ou Shymbulak é algo agradável, escapa-se assim à cidade e apanha-se um pouco de ar fresco. Como Almaty está na encosta Norte, apanha os ventos Sul e faz com que a poluição fique congestionada ali, na cidade durante algumas horas. É um problema sério.

Há muita gente que faz 2 ou 3 dias de bicleta pelas montanhas, de Almaty até ao lago Issil Kul no Quirguistão. Depois de 2 dias a acampar na floresta lá se chega a um sítio maravilhoso. Pode-se voltar de autocarro. Há agências de viagens em Almaty que organizam estas excursões.

Restaurante Vegetariano Krishna

Govinda Restaurante Vegetariano-Vegan, Almaty Cazaquistão

Govinda Restaurante Krishna Veda-Vegetariano-Vegan, Almaty Cazaquistão

Este foi o melhor restaurante que encontrei no Cazaquistão, por toda a Ásia Central. Com um ambiente muito fixe, relaxado e acolhedor e com umas empregadas muito giras mesmo, este restaurante serve comida muito saborosa.

Os pratos vêm com um “look” todo finesse, e servidos em doses pequenas, o suficiente para uma refeição…que não a minha, lol pois eu já normalmente como muito, quanto mais a viajar e a ter desgaste como tenho. Tive que pedir 2 refeições e elas ficaram muito admiradas aqui com o comilão.

O pessoal do restaurante foi muito simpático comigo e convidaram-me para ir para a casa deles nas montanhas fazer Yoga e meditação. Uma casa refúgio retiro espiritual. Fiquei interessado. Um dia.

Gostei dos sumos de iogurte, e os pastéis que acompanhavam o prato de lentilhas também estava muito saboroso, tudo com este sabor de comida Krishna Indiano ( Veda ). Pode-se comer uma refeição completa a gastar cerca de 2.5EUROS ou a comer mais por volta dos 4EUROS, 5 EUROS.

Govinda Restaurant

  • Endereço: Ulitsa Abylay Khan 39, Almaty, Kazakhstan
  • Telefone: 710.836

Direcções / Como chegar
O restaurante está na descida da rua Abylay Khan Ulitsa, 3 quarteirões da estação Almaty II. O restaurante está do lado esquerdo.

Links:
Govinda Almaty

Roteiros em Almaty

Algumas ideias de roteiros para você preparar as suas férias em Almaty de maneira independente. Itinerários de turismo em Almaty no Cazaquistão.

1 Dia em Almaty: passo-a-passo
Manhã: Brevemente…
Tarde: Brevemente…
2 Dias em Almaty: passo-a-passo
Dia 1 Manhã: Brevemente…
Dia 1 Tarde: Brevemente…

Dia 2 Manhã: Brevemente…
Dia 2 Tarde: Brevemente…

Procura um Hotel em Almaty? Hotéis em Almaty

Siga no Twitter, Facebook, Instagram e Pinterest. Partilhe esta página e deixe o seu comentário.


Deixe o seu comentário aqui:

João Leitão - O autor do blog:

VIVA! Sou o João - blogger de viagens. Com 20 anos de experiência como viajante independente, explorei mais de 128 países em África, Antártica, Ásia, Europa, América do Norte e Central, América do Sul e Oceânia. Bem-vindos ao meu blog de viagens, onde partilho informação prática de viagem para o motivar a sair de casa! Siga nas redes sociais: Facebook, Twitter, Instagram, Pinterest e YouTube.

Kit de Viagem:

  • Onde eu reservo alojamento? Encontre os melhores hotéis e promoções através do Booking.com
  • Eu reservo sempre o meu carro online através do Rentalcars.com
  • Quer estar prevenido? Faça o seu seguro de viagem através do Worldnomads.com
  • 7 dias em Marrocos 430 euros desde Marrakech até ao Deserto do Saara através do Marrocos.com
  • Quer viajar e ter sempre Internet? Faça como eu e compre o aparelho da SkyRoam.com
* Esta página tem links de afiliados. Quando você reserva algo através deste blog, eu retenho uma pequena comissão que não altera o preço final. Obrigado!

Blog de viagens mencionado em:

Blog de viagens nos Media

« Seguir @joaoleitaoviagens no Instagram »