🐪 » Viagem de grupo 7 dias em Marrocos por 430 Euros » Marrakech até Deserto do Saara » Mais info em MARROCOS.COM « 🐪

🌍 Visitar Dakar, Guia de Viagem – Dicas, Roteiros, Mapas, Fotos

Actualizado em 26 Novembro, 2017

Quer visitar Dakar?

VISITAR DAKAR

VISITAR DAKAR

Guia de Viagem a Dakar

A península de Cabo Verde, onde se encontra Dakar, a capital do Senegal, foi povoada por volta do século XIV pelo povo Lebou. Pouco depois chegaram os portugueses, e com eles se iniciou uma longa relação com os povos europeus, que culminou em 1960, quando o Senegal se tornou independente da França. Hoje tem pouco mais de um milhão de habitantes e é uma cidade que merece uma visita. Visitar o Senegal e não passar por Dakar, é deixar para trás um destino importante que vale a pena conhecer.

Nesta página você encontra:

  • Visitar Dakar – o mais importante a saber
  • Dicas rápidas para Dakar
  • Vídeo com imagens aéreas de Dakar
  • Os 16 Melhores Locais de Dakar
  • O que visitar em Dakar
  • Mapa dos Monumentos de Dakar
  • Fotos de Dakar
  • Alojamento em Dakar
  • Alugar carro em Dakar
  • Celebrações e Feriados em Dakar
  • Roteiros em Dakar: 1 dia, 2 dias, 3 dias

Visitar Dakar – O importante a saber

A vida cultural em Dakar é intensa, com muita música e exposições. Podem-se fazer uma série de passeios para fora da cidade, por exemplo, ao lago Retba, famoso pela tonalidade rosada das suas águas, à ilha Gorée ou a aldeia piscatórias dos arredores. Poderá o visitante explorar as ruas de Dakar, especialmente as do bairro Plateau. Dakar será sempre um ponto fulcral em qualquer viagem ao Senegal, não só pelas suas dimensões e estatuto de capital, como pela sua centralidade.

Dicas rápidas para Dakar:

  • Acorde cedo e seja o primeiro a entrar nos monumentos, museus ou outros locais de interesse
  • Suba ao Hotel de l’Independance – a melhor vista da cidade
  • Visite o mercado central de Dakar
  • Tenha cuidado com os seus pertences
  • A Ilha de Gorée é acessível a partir de Dakar
  • O Lago Rosa é acessível a partir de Dakar
  • Há uma grande actividade de pessoas a comerem na hora de almoço no meio da Avenida Faidherbe no centro de Dakar. Esta é talvez a maneira mais rápida e mais barata de comer enquanto na cidade e por assim ser, está sempre a abarrotar de pessoas. A comida não é assim nada de extraordinário, mas, é como que caseira, pois é feita ali mesmo, na hora. Pode-se facilmente comer variadas sandes recheadas com salada, arroz, milho, batatas fritas, pickles, carne e peixe.

Para saber quando ir a Dakar você precisa de se informar um pouco melhor acerca das suas estações e clima. A melhor altura para visitar Dakar é durante os meses mais secos e frios, entre os meses de Novembro e Abril.

Vídeo com imagens aéreas do Senegal

Vídeo muito bom para podermos ver as diferentes partes turísticas deste país.

Os 16 Melhores Locais de Dakar
  1. Monumento da Renascença Africana
  2. Lago Retba
  3. Farol Les Mamelles
  4. La Totonde
  5. Museu de Artes Africanas
  6. Mosquée de la Divinité
  7. Praça do Obelisco
  8. Aldeia das Artes
  9. Baía de Mermoz
  10. Catedral de Dakar
  11. Grande Mesquita de Dakar
  12. Les pointes des Almadies
  13. Museu das Forças Armadas
  14. Place du Souvenir African
  15. Musée Civilisations Noires
  16. Praia privada do Club Med

O que visitar em Dakar

DAKAR

DAKAR

1- Monumento da Renascença Africana

Tudo começou em 2006, quando o presidente Abdoulaye Wade decidiu que se deveria criar um monumento no topo de uma colina de Dakar representando a imersão de África depois de séculos de subjugação e colonialismo. A execução do monumento, que representa uma família africana, foi entregue à empresa norte-coreana Mansudae Art Studio, especializada em grandes obras de propaganda do regime daquele país asiático, e a inauguração deu-se a 4 de Abril de 2010, coincidido com a comemoração dos 50 anos de independência do Senegal. O conceito artístico do monumento é alegadamente do ex-presidente, tendo ganho forma num projecto do arquitecto senegalês Pierre Goudiaby. Com 49 metros de altura é o monumento mais alto do continente. O projecto suscitou críticas diversas, não só pelo seu elevado custo, mas também pela execução ter sido entregue a uma empresa estrangeira, e pelos 35% sobre as receitas pagas pelos turistas pela visita que o ex-presidente arrecada, supostamente por direitos intelectuais.

2- Lago Retba

O Lago Retba é mais conhecido como “O Lago Cor-de-Rosa”. Com um comprimento de cerca de 3 km e uma profundidade máxima de três metros, localiza-se a cerca de 30 km a nordeste de Dakar. É uma atracção popular pela tonalidade, intensamente rosada, que as suas águas ganham durante a época seca, entre Novembro a Junho, causada pela presença da alga Dunaliella salina. Contudo, para observar o espectáculo cromático será bom ir num dia de sol e sem vento. A cor tinge também as imediações, com arbustos de tonalidades pouco vulgares e uma areia avermelhada. A água deste algo tem um elevado teor de sal, que em algumas das sua áreas chega aos 40%, o que proporciona uma generosa produção de 24 toneladas de sal por ano. O lago pode ser visitado facilmente, existindo passeios organizados desde Dakar, mas sendo também possível chegar até lá de transportes públicos.

3- Farol Les Mamelles

Este farol está localizado próximo ponto mais ocidental de África Continental, a uma curta distância do centro de Dakar, num par de colinas chamado Deux Mamelles. Na outra colina ergue-se o Monumento da Renascença Africana. Tem 16 m de altura e a sua luz pode ser vista a 57 km de distância. Foi construído em 1864. É possível visitar o farol, entre as 9 e as 18 horas, tendo como guia o próprio faroleiro e se quiser ficar para o serão existe um restaurante-discoteca num terraço anexo que promete muita animação. De resto, as vistas deste local são excelentes, observando-se o aeroporto, a linha da costa, o Monumento e uma considerável extensão dos subúrbios de Dakar.

4- Musée Théodore Monod

Também conhecido pelo seu nome anterior, Museu de Artes Africanas, é considerado um dos melhores museus do país, está focado nas culturas africanas, tendo uma exposição com mais de nove mil objectos. As suas origens remontam e 1936, quando foi formado o Institut Fondamental d’Afrique Noire, a que ainda hoje se encontra ligado. É um museu essencialmente etnográfico, com belas colecções de máscaras africanas, roupas e tecidos tradicionais, instrumentos musicais e alfaias agrícolas, para referir só alguns dos objectos expostos ao público. Anexo ao museu existe uma galeria de arte que por vezes alberga exposições temporárias. É gerido pela Universidade Cheikh Anta Diop e para além das funções naturais de um museu, desempenha um papel importante na investigação dos aspectos culturais africanos. O museu encontra-se encerrado às Segundas-feiras.

5- Mosquée de la Divinité

A Mesquita da Divindade foi construída em 1992 e 1997, tendo como arquitecto o Sheikh Ngom e localizando-se no bairro de Ouakam, na estrada marginal de oeste, junto ao Atlântico. Na origem desta mesquita está uma aparição divina (daí o seu nome) que surgiu Mohamed Seyni em Junho de 1973. Este terá visto uma mesquita pairando no céu e foi-lhe ordenado que visse onde esta iria pousar na terra. E ali, onde se encontra hoje a Mesquita da Divindade, viu Mohamed Seyni a sua visão tocar no solo. Financiar a construção não foi simples, mas com a contribuição dos membros da comunidade o edifício foi tomando forma, podendo hoje ser visitada em Ouakam.

6- Catedral de Dakar

É também conhecida como Catedral de Nossa Senhora das Victórias, e é sede da arquidiocese de Dakar. Está localizada a meio da Rue de la République, no centro de Dakar, tendo sido consagrada em 1936, pelo Cardinal Jean Verdier, arcebispo de Paris. É a principal igreja católica do Senegal, um país que tem 5% de seguidores desta religião. Na igreja destacam-se as esculturas de anjos, da autoria de Anna Quinqaud, que se inspirou em nativos Fulani, e a abóbora ricamente ornamentada. Em 1992 o Papa João Paulo II visitou esta catedral e as cerimónias fúnebres da principal figura da história do Senegal moderno, o presidente Leopold Senghor, tiveram aqui lugar, em 2001. O cardeal Hyacinthe Thiandoum, falecido em 2004, encontra-se sepultado por detrás do altar, junto à figura de Nossa Senhora das Victórias.

7- Grande Mesquita de Dakar

A Grande Mesquita de Dakar, localizada nas imediações da estação ferroviária de Dakar, é o edifício religioso mais importante do país. Foi desenhada por uma equipa de arquitectos senegaleses e marroquinos, tendo sido inaugurada em 1964, na presença do rei Hassan II de Marrocos e do presidente do Senegal Léopold Sédar Senghor. Tem traços semelhantes aos da mesquita Muahmmed V em Casablanca. Tem apenas um minarete, que se eleva a 67 metros. Para além de um local de oração, a mesquita tem um centro de estudos e de ensino islâmico, sob o nome de Institut islamique de Dakar. A mesquita pode ser visitada por todos, excepto às Sextas-feiras, quando está reservada aos fiéis.

8- Le Pointe des Almadies

Este é o ponto mais ocidental da África Continental, na ponta noroeste da península de Cabo Verde, onde se encontra Dakar. Fica muito próximo do aeroporto internacional e a uma meia hora de distância do centro da cidade, sendo é considerada uma das melhores zonas para viver na capital senegalesa, muito apreciada pelos residentes estrangeiros e pelos locais abastados. É uma área cosmopolita, com uma vida cultural intensa e é muito apreciada pelos praticantes de surf e outros desportos aquáticos, oferecendo as melhores ondas do Senegal.

9- Museu das Forças Armadas

O Museu das Forças Armadas do Senegal localiza-se no Boulevard de la République, na zona central de Dakar. Cobre a temática militar de uma forma ampla, desde o desenvolvimento dos exércitos tradicionais africanos, até aos contingentes africanos nos exércitos das potências coloniais e, claro, todos os aspectos da Forças Armadas do Senegal. Organicamente a exposição está dividida em três partes: a primeira, focada em documentação; a segunda, mostrando equipamentos, armas e uniformes; a terceira honra os tiralleurs, unidades militares constituídas por senegaleses integradas no Exército Francês desde meados do século XIX até ao final da Segunda Guerra Mundial.

10- Musée Civilisations Noires

As raízes do Museu das Civilizações Negras remonta aos anos 60, quando se organizou em Dakar o primeiro Festival Mondial des Arts Nègres e se considerou a criação de um museu com estas características, o que teve o apoio da UNESCO. Foi preciso contudo esperar até 2009 para o projecto voltar a ser considerado, desta vez como um dos integrantes do sonho do ex-presidente Abdoulaye Wade de construir “As Sete Maravilhas do Senegal”. O nascimento do museu, inaugurado em 2016, está ligado à China, que investiu vinte milhões de dólares na sua construção, tendo o edifício sido projectado pelo Instituto de Arquitectura de Pequim. O complexo tem uma forma circular, com um total de 14,500 m2, sendo que 3,500 m2 são dedicados ao espaço de exposição. A constituição do espólio tem contudo sido complicada, existindo contactos com grandes museus europeus para uma cooperação nesse sentido.

Alojamento em Dakar

Os hotéis em Dakar são caros a ter em conta o resto dos países africanos, mas são na mesma baratos para a qualidade de vida dos ocidentais. Mais ou menos há 3 categorias de hotéis, aqueles baratos de cerca de 10 a 15 Euros por noite, os médios de 20 a 30 Euros por noite, e, os mais caros por mais de 50 Euros por noite. Há ainda hostels com camas em quartos dormitórios a começar por 7 Euros por noite.

Juntei uma lista de Hotéis em Dakar, uma lista muito completa que mais ou menos dá para complementar a página que tenho acerca do local onde fiquei quando estive em Dakar. Realmente até há alguma oferta na cidade, mas, parece que a escolha é sempre difícil pois estamos sempre de perna atrás.

Informação brevemente…

Procura um Hotel em Dakar? Hotéis em Dakar

Roteiros em Dakar

Algumas ideias de roteiros para você preparar as suas férias em Dakar de maneira independente. Itinerários de turismo em Dakar em Senegal.

1 Dia em Dakar: passo-a-passo
Manhã: Brevemente…
Tarde: Brevemente…
2 Dias em Dakar: passo-a-passo
Dia 1 Manhã: Brevemente…
Dia 1 Tarde: Brevemente…

Dia 2 Manhã: Brevemente…
Dia 2 Tarde: Brevemente…

Procura um Hotel em Dakar? Hotéis em Dakar

Siga no Twitter, Facebook, Instagram e Pinterest. Partilhe esta página e deixe o seu comentário.


Deixe o seu comentário aqui:

João Leitão - O autor do blog:

VIVA! Sou o João - blogger de viagens. Com 20 anos de experiência como viajante independente, explorei mais de 128 países em África, Antártica, Ásia, Europa, América do Norte e Central, América do Sul e Oceânia. Bem-vindos ao meu blog de viagens, onde partilho informação prática de viagem para o motivar a sair de casa! Siga nas redes sociais: Facebook, Twitter, Instagram, Pinterest e YouTube.

Kit de Viagem:

  • Onde eu reservo alojamento? Encontre os melhores hotéis e promoções através do Booking.com
  • Eu reservo sempre o meu carro online através do Rentalcars.com
  • Quer estar prevenido? Faça o seu seguro de viagem através do Worldnomads.com
  • 7 dias em Marrocos 430 euros desde Marrakech até ao Deserto do Saara através do Marrocos.com
  • Quer viajar e ter sempre Internet? Faça como eu e compre o aparelho da SkyRoam.com
* Esta página tem links de afiliados. Quando você reserva algo através deste blog, eu retenho uma pequena comissão que não altera o preço final. Obrigado!

Blog de viagens mencionado em:

Blog de viagens nos Media

« Seguir @joaoleitaoviagens no Instagram »