Joao Leitao VIAGENS - blogue de viagem

Música marroquina, Grupo Fnaïre de Marraquexe

Fnaire Maroc

Fnaire Maroc

Quero partilhar um grupo de música marroquino que já há uns tempos tenho ouvido na rádio aqui em Marrocos mas que só hoje consegui finalmente comprar o CD.

Chama-se Fnaïre, é um grupo de 4 jovens: Khalifa, Achraf, DJ Van e Tizaf que estão a fazer sensação em Marrocos por várias questões.

Uma delas é por se apresentarem como um grupo moderno, pelo qual os jovens das grandes cidades se identificam, e por outro lado temos o das palavras e assuntos que invocam: união marroquina, união dos diferentes povos que habitam em Marrocos que ao longo da história nunca se têm dado muito bem.

Quero lembrar que a música marroquina não têm preferencias, não tem tabus, tudo serve, tudo se ouve, tudo é música. Nós no ocidente temos a mania de ter logos, de nos conotarmos por diferentes estilos, modas, grupos. Os marroquinos não vêm as coisas assim e são altamente abertos ao que serve o ouvido e à música. Para um marroquino não há estilo de música preferida, mas sim música falada geralmente. Tudo serve para pôr um marroquino a bater palmas e a dançar.

É claro que os jovens urbanos das grandes cidades, já influenciados por nós europeus, já se sentem a gostar de um só estilo de música,mas sempre a nunca esquecer as suas raízes. Este grupo é especial por isso mesmo, mistura uma imagem RAP com sons étnicos de vários pontos de Marrocos: Gnawa Essaouira, Andalus do Norte, Desert do Saara e RAP.

Podemos ver em baixo um vídeo que mostra uma música bem RAP mas poderá reparar na mistura étnica que aqui é mostrada. Vários povos, várias roupas, etc…

Video Fnaire

Temos que perceber bem o background destes rapazes. Bem…, eles são de Marraquexe, são Marrakchis, cresceram a ouvirem a música e à mistura musical da Praça Jemaa el Fna, seguro uma das mais loucas praças no mundo, em que vários estilos de música de fundem num ambiente louco, infernal e multi-etnico. É claro que em muitas das suas músicas o nome “Jamaa Lafna” é invocado, tendo mesmo lugar para o nome de uma música. :)Comprei o CD na Praça Jemaa el Fna, numa lojinha ao lado dos carros de sumos de laranja. Custou 20 Dirhams, cerca de 2 EUROS. Cd original.

Tagine Loghate

Temos assim músicas como “Tagine Loghate” que são 3:51 de uma mistura incrível de sons e de diferentes línguas berberes, árabe derija marroquino e hassni do Saara Ocidental, num estilo chaabi marroquino unido a sons mais berberes tachelhit e árabe urbano, tudo aliado a palavras de humor e reconcialiação de povos.

Tagine Loghate quer dizer “tajine de línguas”, ou seja, uma tajine é um pote de barro onde se cozinha aqui em Marrocos. A tajine é usada basicamente desde Norte a Sul do país, representando assim a unificação e igualdade do país, com os diferentes idiomas lá dentro, a serem cozinhados, pois falam eles também da influencia das diversos idiomas uns aos outros, o emprestar de palavras berberes pelos árabes e vice-versa.

Pode fazer o download desta música em MPEG4 (.m4a) directamente do meu site, hum… será isto considerado pirataria? Espero que não, mas realmente a música é muito interessante pois tem sons de todas as regiões marroquinas. Este ficheiro é para ser lido com o iTunes. Basta clicar nos links e aparecerá uma janela a perguntar se quer aceitar a transferência do ficheiro.

Sites de interesse:

Fnaire MYSPACE

Procura um Hotel em Marraquexe? Hotéis em Marraquexe

Página arquivada em:

Siga João Leitão VIAGENS no Google+

Deixe aqui o seu comentário ou opinião. Obrigado

Siga-me no Google+ e Facebook

Encomende o eBook de Viajar no Iraque

Depois de uma aventura fantástica, escrevi um diário de viagem dos 13 dias saindo de Istambul até ao Norte do Iraque. Compre o meu eBook de viagens. ebook viagens

Pesquise Hotéis