🐪 » Viagem de grupo 7 dias em Marrocos por 430 Euros » Marrakech até Deserto do Saara » Mais info em MARROCOS.COM « 🐪

🌍 Visitar Freixo de Espada à Cinta, Guia de Viagem – Dicas, Roteiros, Mapas, Fotos

Actualizado em 19 Agosto, 2017

Quer visitar Freixo de Espada à Cinta?

VISITAR FREIXO DE ESPADA À CINTA

VISITAR FREIXO DE ESPADA À CINTA

Guia de Viagem a Freixo de Espada à Cinta

Freixo de Espada à Cinta é uma vila portuguesa pertencente ao Distrito de Bragança, que tem uma enorme importância para a história de Portugal. A vila e sede de concelho de Freixo de Espada à Cinta, com quase 4 mil habitantes, localiza-se em Trás-os-Montes, na área fronteiriça, umas das zonas mais remotas de Portugal e um excelente exemplo do que é o país profundo. Visitei esta vila durante a minha viagem de um mês de carrinha por Portugal.

Nesta página você encontra:

  • Visitar Freixo de Espada à Cinta – o mais importante a saber
  • Dicas rápidas para Freixo de Espada à Cinta
  • Vídeo Promocional do Turismo de Freixo de Espada à Cinta
  • Os 10 Melhores Locais de Freixo de Espada à Cinta
  • O que visitar em Freixo de Espada à Cinta
  • Mapa dos Monumentos de Freixo de Espada à Cinta
  • Fotos de Freixo de Espada à Cinta
  • Alojamento em Freixo de Espada à Cinta
  • Celebrações e Feriados em Freixo de Espada à Cinta
  • Roteiros em Freixo de Espada à Cinta: 1 dia, 2 dias, 3 dias

Visitar Freixo de Espada à Cinta – O importante a saber

VISITAR FREIXO DE ESPADA À CINTA, PORTUGAL

VISITAR FREIXO DE ESPADA À CINTA, PORTUGAL

Freixo de Espada à Cinta fica na região do Parque Natural do Douro Internacional e pertence ao distrito de Bragança. A sua localização fronteiriça ditou que fosse desde sempre alvo de investidas de outros povos. O castelo de Freixo de Espada-a-Cinta e a Torre do Galo foram por isso importantes pontos de vigia e mantêm a sua traça medieval. A igreja Matriz tem uma bonita porta em Estilo Manuelino que aliás aparece em portas e janelas um pouco por toda a vila.

O seu nome peculiar poderá resultar do brasão do nobre Feijão, fundador da localidade em 977, que mostrava uma árvore de freixo e uma espada embainhada mas existem outras teorias e lendas sobre a origem do nome.

A região tem diversos pontos de interesse histórico e natural, encontrando-se em pleno Parque Natural do Douro Internacional. Na localidade, para além do património religioso, distingue-se o pelourinho e os restos do castelo, mas também a Casa-Museu Guerra Junqueiro e o Museu da Seda e do Território. Recomenda-se a visita em época de festas, sejam as comemorações de Nª Sra. dos Montes Ermos, em Agosto, ou pela Páscoa, quando se organiza a Procissão dos Sete Passos.

PENEDO DURÃO EM FREIXO DE ESPADA À CINTA

PENEDO DURÃO EM FREIXO DE ESPADA À CINTA

Penedo Durão fica no concelho de Freixo de Espada à Cinta, em pleno Parque Nacional do Douro Internacional, na fronteira com Espanha. O Penedo Durão constitui um miradouro natural com uma belíssima vista sobre o rio Douro e tem uma estrutura de terraço para melhor se desfrutar da paisagem. É frequente avistarem-se aves de rapina como águias, abutres e falcões nesta zona.

Dicas rápidas para Freixo de Espada à Cinta:

  • Acorde cedo e seja o primeiro a entrar nos monumentos, museus ou outros locais de interesse
  • Suba a Penedo Durão – a melhor vista da região
  • Tenha cuidado com os seus pertences
  • Pode visitar a Barragem da Ferradosa que fica perto da vila
  • A Associação Douro Internacional alimenta abutres no seu Alimentador de Abutres do Penedo Durão. Vale a pena ir ver este facto interessante deste local

Para saber quando ir à Freixo de Espada à Cinta você precisa de se informar um pouco melhor acerca das suas estações e clima. A melhor altura para visitar a Freixo de Espada à Cinta é entre Abril e Setembro, momento em que as temperaturas se encontram amenas em todo o país.

Vídeo Freixo de Espada à Cinta – Deixe-se envolver

Vídeo muito bom para podermos ver as diferentes partes turísticas desta vila e da região.

Os 10 Melhores Locais de Freixo de Espada à Cinta
  1. Capela do Senhor da Rua Nova
  2. Pelourinho de Freixo de Espada à Cinta
  3. Igreja Matriz de Freixo de Espada à Cinta
  4. Castelo de Freixo de Espada à Cinta
  5. Gravuras rupestres do Mazouco
  6. Calçada de Alpajares ou Calçada dos Mouros
  7. Castelo de Alva
  8. Penedo Durão
  9. Alimentador de Abutres do Penedo Durão
  10. Festa de Nª Sra. dos Montes Ermos em Agosto

O que visitar em Freixo de Espada à Cinta

FREIXO DE ESPADA À CINTA

FREIXO DE ESPADA À CINTA

1- Capela do Senhor da Rua Nova

Esta pequena capela localizada foi construída em 1743, ou pelo menos é esse o ano inscrita sobre o portal, mas para além da data nada ficou para a história sobre a sua edificação. Em 1758 existe um registo nas Memórias Paroquiais que indica que a capela era usada para enterros e era gerida pela comunidade. É também conhecida como Capela de Santo Cristo e localiza-se na freguesia de Fornos. Enquadra-se na tipologia das capelas que em meados do século XVIII surgiram na região de Bragança, como é o caso da de Santa Bárbara (Torre de Moncorvo) e da de Santo Cristo (Carviçais). Tem planta quadrangular e no seu interior existem elementos decorativos com cenas bíblicas, nomeadamente da Paixão de Cristo. A capela foi classificada como Imóvel de Interesse Público em 1984.

2- Pelourinho de Freixo de Espada à Cinta

O pelourinho, coluna de pedra mais ou menos decorada, é uma presença usual é muitas das localidades antigas de Portugal. Local de administração de Justiça, tornou-se também um símbolo de autonomia concelhia. Em Freixo de Espada à Cinta vamos encontrar um dos pelourinhos mais interessantes do país, localizado na Praça do Município, um posicionamento comum para os pelourinhos em Portugal. Contudo, encontrava-se originalmente em frente à Igreja Matriz e apenas no início do século XX foi movido para a sua actual localização. O capitel está gravado com as armas de D. Manuel e com as da vila, sendo decorado com representações humanas. A meio da coluna saem quatro braços de ferro curvados nas pontas, com terminação em cabeças de serpentes, em cujos os olhos estão presas argolas. Encontra-se classificado como Monumento Nacional desde 1922.

3- Igreja Matriz de Freixo de Espada à Cinta

Não existem muitos elementos históricos sobre esta igreja. A sua construção deverá ter-se iniciado no reinado de D. Manuel I, num local onde já antes se tinha erguido um templo em estilo românico dedicado a São Miguel. A arquitectura da igreja, feita com três naves, apresenta soluções robustas, de paredes grossas feitas de pedra granítica e reforçadas por contrafortes que permitem uma ampla abóbada interior. Os aspectos ornamentais evidenciam uma forte influência manuelina. No interior existem ainda pinturas e parte da decoração de um retábulo da autoria de um aluno de Grão Vasco ilustrando cenas da vida da Virgem. Está classificada como Monumento Nacional desde 1910 e em 1938 sofreu obras de restauro.

4- Castelo de Freixo de Espada à Cinta

Este é um dos castelos mais antigos de Trás-os-Montes, com existência documentada desde o século XIII. Na realidade, hoje em dia pouco resta da antiga fortaleza. Há alguns troços das muralhas, mas o principal vestígio é a torre heptagonal chamada Torre do Galo, onde se pode observar o antigo brasão da localidade. Terá sobrevivido ao tempo por uma necessidade funcional: sempre foi aqui que os sinos soaram, já que a Igreja Matriz não tem torre sineira. Contudo, desde 2015 estão a ser feitos significativos progressos no sentido de trazer até nós mais deste velho castelo. Os trabalhos pretendem deixar a descoberto o antigo perímetro, que terá cerca de 300 metros, incluindo oito torres defensivas. Curiosamente, muitas das pedras usadas na construção original do castelo encontram-se agora espalhadas pelas casas mais antigas da localidade.

5- Gravuras rupestres do Mazouco

Tratam-se das primeiras gravuras rupestres paleolíticas encontradas ao ar livre em Portugal, o que sucedeu em 1981. Encontram-se numa área elevada, na margem da ribeira de Albagueira, podendo ser visitadas pelo público. Consistem de três elementos zoomórficos, dos quais se destaca a clara representação, com cerca de 60 cm, de um cavalo, sendo clara a intenção de ilustrar o falo do animal. As outras duas sofreram com o tempo, e é hoje impossível interpretar o que representavam. Todas elas foram obtidas pela conjugação das técnicas de picotagem e abrasão na rocha de xisto.

FREIXO DE ESPADA À CINTA

FREIXO DE ESPADA À CINTA

6- Castelo de Alva

Este castelo tem a primeira referência histórica em 1212, quando foi ocupado por forças do reino de Leão com a concordância da comunidade local. O rei D. Sancho II retomou o controle da região pouco depois, expulsando os leoneses e os habitantes que os apoiaram e cedendo o Castelo de Alva ao município de Freixo de Espada à Cinta. Não chegou até nós muito desse antigo castelo. Apenas alguns trechos da muralha e restos de um torreão. Mas acredita-se que a sua planta original tenha sido de forma oval, não muito diferente da castelo de Freixo de Espada à Cinta. No século XVII já a estrutura estava em avançado estado de degradação, e pouco depois é referido como “uma ruína” num documento oficial. Os vestígios foram considerados Património de Interesse Público em 1955.

7- Calçada de Alpajares ou Calçada dos Mouros

Esta calçada, localizada na freguesia de Poiares, é um trecho de uma antiga estrada romana. Foi classificada como Imóvel de Interesse Público em 1977. É também conhecida como Calçada do Diabo devido a uma lenda popular que atribui a sua construção ao próprio Diabo que a criou em troca da alma de um viajante apressado. A via romana de que fazia parte era secundária, atravessava o rio Douro e entrava no planalto mirandês. Não existem muitos vestígios da antiga estrada, que usava a povoação de São Paulo, um castro estrategicamente localizado, como base. A calçada que hoje podemos visitar tem cerca de 800 metros, feita de lajes de xisto e pequenos seixos, com alguns degraus.

8- Penedo Durão

O Penedo do Durão é o nome de uma elevação que se constitui como um miradouro natural. Do seu topo, usufruem-se vistas de grande qualidade sobre o rio Douro. Este promontório de xisto encontra-se virado a leste, sendo por isso a tarde o melhor período para apreciar a vista. É um local muito apreciado pelos que se dedicam à observação de aves, podendo avistar-se exemplares de Grifos, Abutres do Egipto, Falcões Peregrinos e outras aves de menor dimensão. Encontra-se no Parque Natural do Douro Internacional mas o acesso é simples, sendo feito pela EN221 e existindo uma estrada que conduz a um parque de estacionamento próximo do topo do penedo.

9- Alimentador de Abutres do Penedo Durão

No Penedo Durão existe um alimentador de abutres, fazendo parte de um conjunto que conta também com unidades em Almofala e Escalhão, no município de Castelo Rodrigo. Estes alimentadores foram criados nos anos 90 e têm tido um sucesso considerável, tendo-se observado sessões de alimentação partilhadas por exemplares de diferentes espécies: abutres do Egipto, abutres-pretos, milhafres-reais e grifos. Note-se que apesar desses alimentadores o abutre do Egipto, uma das espécies mais significativas da região, deve um decréscimo de 30% na sua população nos últimos 30 anos, encontrando-se em risco de extinção. Acede-se ao alimentador de abutres pela estrada que saindo da EN221 sobe quase até ao topo do Penedo Durão.

10- Festa de Nª Sra. dos Montes Ermos

A Festa de Nª Sra. dos Montes Ermos traz sempre grande animação a Freixo de Espada à Cinta, ocorrendo todos os anos por altura de meados de Agosto. O programa estende-se por cinco dias. No primeiro dia há lugar ao transporte da Santa até à Igreja Matriz e há logo festa ao serão. Os festejos prosseguem depois, com missas, largada de foguetes, actuações musicais de diversos géneros, procissões. Por fim a imagem de Nossa Senhora dos Montes Ermos é reconduzida ao seu santuário, localizado a cerca de 2 km a norte da localidade, de onde aliás se têm vistas soberbas da vila.

Roteiros em Freixo de Espada à Cinta

ROTEIRO FREIXO DE ESPADA À CINTA

ROTEIRO FREIXO DE ESPADA À CINTA

Algumas ideias de roteiros para você preparar as suas férias em Freixo de Espada à Cinta de maneira independente. Itinerários de turismo em Freixo de Espada à Cinta em Portugal.

1 Dia em Freixo de Espada à Cinta: passo-a-passo
Manhã: Brevemente…
Tarde: Brevemente…
2 Dias em Freixo de Espada à Cinta: passo-a-passo
Dia 1 Manhã: Brevemente…
Dia 1 Tarde: Brevemente…

Dia 2 Manhã: Brevemente…
Dia 2 Tarde: Brevemente…

Procura um Hotel em Freixo de Espada à Cinta? Hotéis em Freixo de Espada à Cinta

Siga no Twitter, Facebook, Instagram e Pinterest. Partilhe esta página e deixe o seu comentário.


Deixe o seu comentário aqui:

João Leitão - O autor do blog:

VIVA! Sou o João - blogger de viagens. Com 20 anos de experiência como viajante independente, explorei mais de 128 países em África, Antártica, Ásia, Europa, América do Norte e Central, América do Sul e Oceânia. Bem-vindos ao meu blog de viagens, onde partilho informação prática de viagem para o motivar a sair de casa! Siga nas redes sociais: Facebook, Twitter, Instagram, Pinterest e YouTube.

Kit de Viagem:

  • Onde eu reservo alojamento? Encontre os melhores hotéis e promoções através do Booking.com
  • Eu reservo sempre o meu carro online através do Rentalcars.com
  • Quer estar prevenido? Faça o seu seguro de viagem através do Worldnomads.com
  • 7 dias em Marrocos 430 euros desde Marrakech até ao Deserto do Saara através do Marrocos.com
  • Quer viajar e ter sempre Internet? Faça como eu e compre o aparelho da SkyRoam.com
* Esta página tem links de afiliados. Quando você reserva algo através deste blog, eu retenho uma pequena comissão que não altera o preço final. Obrigado!

Blog de viagens mencionado em:

Blog de viagens nos Media

« Seguir @joaoleitaoviagens no Instagram »