O menos explorado de todos os continentes... Saiba mais acerca da minha viagem à Antártica.
Viagens de Joao Leitao

Carnet de Passages, documento alfandegário para veículos a motor, passar fronteiras com carro Diário de Viagens

Início » Destinos » Roteiros » KIT de Viagem » Reservar Online » Bilhetes Avião » Geografia » Tops » Vistos » Mapas» Idiomas »
O Autor, Países visitados, Volta ao Mundo, Locais UNESCO visitados, Os meus Passaportes, Viagens de avião, Fotos com amigos, Newsletter, eBooks, Publicite, ENGLISH *, ESPAÑOL *
ebook fotografia viagem
Subscreva a minha Newsletter e receba uma
CÓPIA GRÁTIS do eBOOK com as minhas
50 imagens de viagem favoritas. Seja tb o primeiro a receber novidades em exclusivo.

Carnet de Passages, documento alfandegário para veículos a motor, passar fronteiras com carro

Carnet de Passages en Douane (CPD) é um documento alfandegário que identifica o conductor de um veículo a motos e respectiva papelada do dito veículo. É necessário para entrar com carro em diversos países do mundo, cada vez menos países pedem este documento mas mesmo assim muitos ainda o exigem.

O Carnet CPD permite a viajantes, a importação temporário do seu carro sem ter que pagar a respectiva taxa alfandegária do país por onde estão a conduzir.

O Carnet de Passage contém informação do veículo: marca, modelo, cor, cilindrada do motos, número de lugares, número de registo, proprietário e o seu respectivo valor comercial.

Carnet de Passages
Antiga Fronteira da Mauritânia e Saara Ocidental Marroquino

Os países em baixo necessitam um CPD

África

Quénia, Egipto, Senegal (para veículos com mais de 4 anos), África do Sul.

Todos os outros países têm um sistema de importação temporária de veículos. Este documento também é conhecido por um Passavant, LaizzePasse o SalvoConducto. Ou seja, pode sempre ser possível ter ou pedir um documento alternativo nas fronteiras, vai depender da vontade dos polícias alfandegários, da sua conversa e possívelmente de algum dinheiro por debaixo da mesa. Há países que isto não é possível. Uma pequena quantia tem que ser paga sempre para legalizar o tal Passavant, e permite assim ter um documento de importação temporária de 1 mês para qualquer veículo. Este substitui o Carnet de Passage e deve ser entregue à saída na fronteira.

Os únicos países que não têm Passavant e onde é necessário Carnet são: Senegal e Egipto. Parece que já muita gente passa a Síria e o Egipto sem estes papéis. O mesmo também já aconteceu com o Senegal.

Desde 2006 que o Senegal está a aliviar a exigência do Carnet de Passage en Douane. Sò se precisa na fronteira Norte, mas, há conductores que passam sem Carnet mediante um pagamento que varia entre os 80 a 400 Euros.

Também e a partir de 2006, o Egipto tem o seu próprio Carnet, disponível para aqueles que não têm o Carnet e se apresentam nas fronteiras egipcias sem ele. Este documento precisa de levar um depósito de cerca de 2000 Euros que serão devolvidos à saída do país. Como disse, há pessoas que já passaram sem precisar de nada disto.

Américas

Nenhum

Ásia e Médio Oriente

Bangladesh, Índia, Indonésia, Irão, Japão, Jordânia, Nepal, Paquistão, Singapura, Sri Lanka, Síria, Iémen

Europa

Nenhum

Oceânia

Austrália (não é obrigatório mas recomendável), Vanuatu, Nova Zelândia.

Se gostou deste artigo, fotos e descrição de viagem, então siga-me no Google+
Página dentro da categoria: Generalidades
E agora? O que fazer: Dê um LIKE e partilhe esta página com os amigos!
... e receba o meu eBook: Assine a minha Newsletter e receba o "50 Imagens do Mundo".

Siga-me no Facebook!

joaoviagens

Deixe aqui o seu comentário



VOLTAR AO TOPO DA PÁGINA