Escavações de Çatalhüyük na Anatólia Turquia

Partilhas
Ruinas Catalhuyuk, Anatolia Turquia

Ruinas Catalhuyuk, Anatolia Turquia

Çatalhüyük foi um povoamento da época do neolítico situado na Anatólia, Turquia. Este assentamento data de cerca de 6700 a.C. e constitui um ponto de vestigíos do neolítico muito importante na zona.

Visitei estas escavações em Setembro de 2008 e gostei imenso. Não há assim muito para ver pois realmente não são ruínas mas sim escavações, mas a carga histórica é imensa e percebendo a sua importância, pode-se apreciar um pouco mais. Na verdade, eu sou grande amante de escavações por isso tirei imenso partido desta visita.

Ruinas Catalhuyuk, Anatolia Turquia

Ruinas Catalhuyuk, Anatolia Turquia

Texto WIKIPEDIA para Catalhuyuk:

As casas tinham plataformas para dormir, sentar ou trabalhar, e um fogão. As áreas eram divididas em plataformas, separando as partes limpas (que parecem ter sido usadas para dormir, sentar, armazenar e preparar alimentos) das partes sujas.

Os mortos eram enterrados dentro da própria casa em posição fetal, sob plataformas que talvez fossem usadas como cama. Há indicações do culto a algum deus com características do touro.

Além da cerâmica, há várias camadas de murais superpostas dentro das casas, alguns deles figurativos e outros em forma de padrões repetidos. Há muitas esculturas, em osso ou modeladas, algumas representando uma figura feminina cujo significado é discutido pelos arqueólogos: seria talvez uma deusa, ou uma imagem para propiciar a fecundidade.

As instalações têm uma zona museu, casas modelo da altura, 2 grandes zonas de escavações. Há um pequeno pagamento de entrada que inclui o guia que nos leva por todo o perímetro das escavações, museu e casas modelo.

Ruinas Catalhuyuk, Anatolia Turquia

Ruinas Catalhuyuk, Anatolia Turquia

Sites de interesse sobre Çatalhuyuk :

Çatalhuyuk Wikipedia
www.catalhoyuk.com
Mysteries of Çatalhuyuk

Mapa Google de Çatalhuyuk

Procura um Hotel em Anatolia? Hotéis no centro da Anatolia

Partilhas

Deixe o seu comentário aqui:

Os comentários do blogue são via facebook. Para comentar você tem que estar logado lá!