🐪 » Viagem de grupo 7 dias em Marrocos por 430 Euros » Marrakech até Deserto do Saara » Mais info em MARROCOS.COM « 🐪

🌍 Visitar Tulum, Guia de Viagem – Dicas, Roteiros, Mapas, Fotos

Actualizado em 4 Setembro, 2017

Quer visitar Tulum?

VISITAR TULUM

VISITAR TULUM

Guia de Viagem a Tulum

Tulum é um sítio arqueológico Maia incrível, localizado no topo de penhascos de 15 metros com vista para as águas límpidas das Caraíbas. O nome Tulum também se refere a praias de areia branca fantásticas com inúmeras ofertas de alojamento para viajantes. Uma espécie de sonho para quem gosta de praia. Visitar o México e não passar por Tulum, é deixar para trás um destino importante que vale a pena conhecer.

Nesta página você encontra:

  • Visitar Tulum – o mais importante a saber
  • Dicas rápidas para Tulum
  • Vídeo com imagens aéreas de Tulum
  • Os 7 Melhores Locais de Tulum
  • O que visitar em Tulum
  • Mapa da Zona Arqueológica de Tulum
  • Fotos de Tulum
  • Alojamento em Tulum
  • Celebrações e Feriados em Tulum
  • Roteiros em Tulum: 1 dia, 2 dias, 3 dias

Visitar Tulum – O importante a saber

TULUM, MÉXICO

TULUM, MÉXICO

A cidade Maia de Tulum, conhecida também como Zama, localiza-se a cerca de 130 km a sul de Cancun, oferecendo um excelente programa para um dia diferente aos que se encontram baseados para férias naquela cidade balnear mexicana. Apesar do local ter sido ocupada desde o século VI, a maioria dos edifícios foram ali construídos entre 1250 e 1450, mantendo-se habitada no período inicial de ocupação espanhola, mas nos finais do século XVI já tinha sido completamente abandonada.

Em 1842 os exploradores John Lloyd Stephens e Frederick Catherwood visitam as ruínas e efectuam uma série de desenhos descritivos. É a partir de meados do século XX que arqueólogos trabalham no local, preparando-o para o público. Actualmente o complexo está aberto das 8 às 17 horas, e o bilhete custa 65 pesos do México, cerca de 3 Euros.

A pirâmide de Tulum, chamada de El Castilo, parece que tem algumas parecenças com a Pirâmide de Chichén Itzá, mas eu pessoalmente não achei, nem na forma, nem no tamanho nem no estado de preservação. De qualquer maneira, gostei mais das ruínas de Tulum do que as de Chichén Itzá por causa da envolvência das praias do Yucatán, e dos animais ali presentes no complexo arqueológico.

Dicas rápidas para Tulum:

  • Acorde cedo e seja o primeiro a entrar nas ruínas
  • Há uma praia linda dentro do complexo arqueológico, vá preparado para o banho
  • Tenha cuidado com os seus pertences
  • Há várias praias muito bonitas em Tulum, veja a Playa El Paraiso e também a Playa Santa Fé
  • Na cidade Tulum há vários hotéis e backpackers hostels com preços super baratos a partir de 7 Euros por noite

Para saber quando ir a Tulum você precisa de se informar um pouco melhor acerca das suas estações e clima. A melhor altura para visitar Tulum é entre os meses de Novembro e Abril, quando as temperaturas e o tempo são mais estáveis. Eu visitei em Julho e estava também muito bom.

Vídeo com imagens aéreas de Tulum

Vídeo muito bom para podermos ver as diferentes partes turísticas deste local.

Os 7 Melhores Locais de Tulum
  1. Ruínas de Tulum
  2. Biosfera de Sian Ka’an
  3. Ruínas de Coba
  4. Complexo Arqueológico de Muyil
  5. Playa Santa Fé
  6. Playa El Paraiso
  7. Praia Pública Las Palmas

O que visitar em Tulum

TULUM

TULUM

Tulum no México tem imenso para ver, por isso é conveniente organizar um pouco a sua visita para conseguir ver o máximo possível, de forma mais organizada, contribuindo assim para usufruir de umas férias mais proveitosas.

1- Templo do Deus do Vento

O Templo do Deus do Vento faz parte de um grupo de edifícios de menor importância – Grupo de Kukulcán – no âmbito da cidade maia de Tulum, encontrando-se a norte da Pirâmide El Castillo. Ganhou o seu nome pela sua forma circular, o que costuma ser associado a Kukulcán, deus Maia do vento, relacionado com os pontos cardeais, porque o vento vem de todas as direcções. Os templos dedicados a esta divindade eram construídas sem esquinas para reduzir a resistência ao vento.

2- Pirâmide El Castillo

Esta pirâmide é o elemento mais significativo do local arqueológico de Tulum, tendo sido erigida sobre um penhasco que se eleva a doze metros sobre o nível do mar. Foi construído em duas fases, com a primeira a servir de plataforma para o segundo nível. Tem três entradas e duas câmaras abobadadas. Note-se o lintel, suportado por duas colunas, onde se vê a representação de uma serpente. Posteriormente foram adicionados dois oratórios, um de cada lado da escadaria. Durante muito tempo acreditou-se que se tratava de um templo comum, mas em 1984 descobriu-se que para além das funções religiosas a estrutura tinha uma função prática, ajudando à navegação das embarcações maias. Isto era conseguido com um elaborado sistema que usava as pequenas janelas do templo como ferramenta de alinhamento usada pelos marinheiros.

3- Templo dos Frescos

O Templo dos Frescos localiza-se em frente à Pirâmide El Castillo, sendo o vestígio mais bem conservado de Tulum. Teve um papel social e religioso de destaque na cidade. Foi erigido em duas fases, a primeira com uma câmara com altar, fachada decorada com murais e uma entrada ornamentada com uma figura humana. Num segundo estágio adicionou-se uma galeria com entradas suportadas por colunas decoradas a gesso, que foi reforçada com pedra de forma a sustentar a construção do templo na posição superior. No seu interior encontra-se um painel de frescos em três secções, a primeira com a representação do mundo dos mortos, a intermédia mostrando o mundo dos vivos e a última, dedicada ao criador e aos deuses da chuva.

Outros Locais fora do recinto arqueológico:

1- Bioesfera de Sian Ka’an

A Reserva da Bioesfera de Sian Ka’an (que em Maia significa “A Origem dos Tempos”) localiza-se a sul de Tulum, compreendendo um território com cerca de meio milhão de hectares, com muita água, mangais, terrenos pantanosos e barreiras de coral. Sian Ka’An foi incluída na lista de Património Mundial da Humanidade da UNESCO em 1987. A vida animal é abundante no parque, podendo ser observada em tours organizados, apesar de ser possível os visitantes simplesmente caminharem de forma independente nos terrenos da Bioesfera. Há algumas áreas adequadas para a prática do mergulho autónomo ou de snorkel. A entrada no parque custa apenas cerca de 2,50 Euros, podendo-se passar por lá um dia, mas havendo visitantes que ficam por mais tempo. Chega-se até lá de Tulum de autocarro ou de táxi.

2- Ruínas de Coba

Coba é uma antiga cidade Maia, localizada na península do Yucatan, a cerca de 45 km de Tulum. A cidade foi fundada no século II, tendo desaparecido após a invasão espanhola, em meados do século XVI, tendo atingido cerca de 50 mil habitantes no seu apogeu. O seu nome significa “águas agitadas pelo vento”, o que se supõe ser uma referência aos quatro lagos naturais que se encontram nas suas imediações. Estes lagos e o facto de Coba estar ainda pouco alterada por explorações arqueológicas, com muitas das suas estruturas cobertas por vegetação e envolvidas pela selva, fazem deste local algo bem diferente quando comparado com outras ruínas Maias. Outra característica de Coba é a elevada densidade de arruamentos originais, tendo sido descobertos cinquenta, dos quais dezasseis estão abertos ao público. A pirâmide mais alta de Coba chama-se Ixmoja, tem 42 metros e… pode ser escalada!

3- Complexo Arqueológico de Muyil

Este local está junto aos terrenos da Reserva da Bioesfera de Sian Ka’an, sendo ideal para quem deseja visitar uma antiga localidade Maia sem as habituais multidões de turistas. Muyil foi habitado desde o século IV a.C. e foi abandonado, como tantos outros locais Maias, com a chegada dos espanhóis, em meados do século XVI. Ocupa uma área de 38 hectares e a sua principal estrutura é chamada de Castillo, e tem 17 metros de altura. Por detrás do Castillo inicia-se um encantador trilho que conduz a uma porta de acesso à Reserva de Sian Ka’an. Pode-se chegar aqui de transportes públicos: apanhe um “colectivo” de Tulum para Felipe Carrillo e peça para sair em Muyil.

4- Playa El Paraiso

Perto das ruínas de Tulum, a norte, estende-se a ampla praia que é conhecida localmente como Playa El Paraiso. Não se pode dizer que seja uma praia remota e deserta. A instalação do Muddy Beach Club passou a atrair as pessoas que fazem férias em Playa del Carmen e em Cancún, sem falar nas que estão instaladas em Tulum. Há imensas actividades na Playa El Paraiso. Mergulho autónomo, snorkel e belas refeições nos restaurantes que ali existem prometem preencher um belo dia. Mas tudo isso tem um preço: para ter um guarda-sol e um par de espreguiçadeiras, com direito a parquear o carro, o visitante pagará cerca de USD 11.

Mapa da Zona Arqueológica de Tulum

MAPA TULUM MÉXICO

MAPA TULUM MÉXICO

Roteiros em Tulum

ROTEIRO TULUM

ROTEIRO TULUM

Algumas ideias de roteiros para você preparar as suas férias em Tulum de maneira independente. Itinerários de turismo em Tulum no México.

1 Dia em Tulum: passo-a-passo
Manhã: Brevemente…
Tarde: Brevemente…
2 Dias em Tulum: passo-a-passo
Dia 1 Manhã: Brevemente…
Dia 1 Tarde: Brevemente…

Dia 2 Manhã: Brevemente…
Dia 2 Tarde: Brevemente…

Procura um Hotel em Tulum? Hotéis em Tulum

Siga no Twitter, Facebook, Instagram e Pinterest. Partilhe esta página e deixe o seu comentário.


Deixe o seu comentário aqui:

João Leitão - O autor do blog:

VIVA! Sou o João - blogger de viagens. Com 20 anos de experiência como viajante independente, explorei mais de 128 países em África, Antártica, Ásia, Europa, América do Norte e Central, América do Sul e Oceânia. Bem-vindos ao meu blog de viagens, onde partilho informação prática de viagem para o motivar a sair de casa! Siga nas redes sociais: Facebook, Twitter, Instagram, Pinterest e YouTube.

Kit de Viagem:

  • Onde eu reservo alojamento? Encontre os melhores hotéis e promoções através do Booking.com
  • Eu reservo sempre o meu carro online através do Rentalcars.com
  • Quer estar prevenido? Faça o seu seguro de viagem através do Worldnomads.com
  • 7 dias em Marrocos 430 euros desde Marrakech até ao Deserto do Saara através do Marrocos.com
  • Quer viajar e ter sempre Internet? Faça como eu e compre o aparelho da SkyRoam.com
* Esta página tem links de afiliados. Quando você reserva algo através deste blog, eu retenho uma pequena comissão que não altera o preço final. Obrigado!

Blog de viagens mencionado em:

Blog de viagens nos Media

« Seguir @joaoleitaoviagens no Instagram »