🐪 Venha conhecer Marrocos « Viagem de grupo 7 dias por 430 Euros » Marrakech até Deserto do Saara 🐪

Perguntas e Respostas sobre Marrocos

João Leitão
Actualizado em 12 Fevereiro, 2015

Onde é Marrocos?

Marrocos é o pais mais a noroeste de África. Fica logo do outro lado de Espanha passando só um pouco de água que separa os continentes africano e europeu em 14km, num dia limpo, quando se está no Sul de Espanha pode-se facilmente ver Marrocos do outro lado. Marrocos é o país mais perto de Portugal logo a seguir à Espanha. Fica mais perto ir do Algarve até Marrocos do que do Algarve até ao Porto por exemplo.

Marrocos é um país enorme, de boas estradas e infraestruturas. Marrocos faz fronteira com Ceuta – cidade espanhola autónoma no norte de África; Melilla – cidade espanhola autónoma no norte de África; Mauritânia – país desértico fazendo a ligação da África do Norte à África Ocidental; Argélia – país enorme a Oeste de Marrocos.

Desde a fronteira Norte no porto marítimo de Tanger até à fronteira Sul com a Mauritânia em Bir Guendouz, são quase 2800km de distância. Lisboa até Paris são uns meros 1700km de distância, por isso com esta comparação pode já perceber o quão grande é o país. Marrocos é o país por onde se tem que passar para viagens trans-africanas, ficando a norte da Mauritânia, Mali, Senegal, Guiné-Bissau, etc.

Marrocos é Perigoso?

Esta é uma das perguntas que toda a gente me faz e uma dos assuntos que mais preocupa quem quer viajar em Marrocos. Não, Marrocos não é um país perigoso. Países perigosos são a Libéria, Afeganistão, Nigéria… A segurança em Marrocos está na verdade acima de muitos países europeus.

De maneira geral, pode-se dizer que Marrocos é mais seguro que os países da Europa. Tirando grandes cidades como Casablanca, Rabat, Marrakech e Tanger. Ouço muitas histórias de pessoas que tiveram más experiências em Marrocos, e que foram roubadas e que vieram para Portugal quase só com os calções, e, bem… acho que devem ser pessoas muito ingénuas. Não faça nada que não faça em Portugal, incluindo aceitar propostas estranhas de desconhecidos. Tenha cuidado com carteiristas nas multidões,e, se viajar em autocarros particulares, tenha atenção às suas coisas.

Por exemplo, exceptuando algumas cidade grandes; alguns locais de tráfico de droga como Chefchaoen e as Montanhas do Rif e Ketama; alguns campos minados no Saara Ocidental Marroquino; carteiristas em Marraquexe; – Marrocos é muito seguro para os turistas.

A minha mulher é loira, há perigo de ser raptada?
Não, ninguém vai raptar a sua mulher seja loira ou morena. Não há raptos em Marrocos. Numa conversa simpática numa loja de tapetes, poderá surgir a conversa de trocar a sua mulher por camelos, mas é só para meter conversa, fazerem-se de engraçados e relaxarem o stress do negócio.

Posso viajar de carro em Marrocos? Não me vão roubar o carro? Mas o meu carro é novo…
Normalmente não. Nunca ouvi falar de roubo automóvel em Marrocos. Há muitos carro roubados na Europa que passam por Marrocos para serem vendidos em países como Mauritânia e Mali. Mas nada em Marrocos. Marrocos tem uma força policial enorme, vai ver um polícia em todos os cruzamentos das cidades – vai ver muita policia como nunca viu. Quanto ao seu carro ser novo…bem, não acha que há carros novos em Marrocos? Marrocos é um país com bons carros, possivelmente vai ver jipes em quantidade como nunca viu em Portugal ou Brasil. O seu carro irá passar despercebido.

Não me vão partir o vidro do carro para roubar o que tenho lá dentro?
Sim pode acontecer. Já me aconteceu em Rabat, e tenho conhecimento de outras ocasiões em Tetouan e Tanger. Porquê? Os outros roubos que soube, foram porque deixaram coisas à vista, um leitor de CD e uma máquina fotográfica. A minha pergunta é: Faria isto em Portugal de deixar coisas à vista? Eu não. Quanto a roubo que tive em Rabat, bem, tive um acidente e tive que deixar o carro de um dia para o outro num local estranho e longe de tudo. Partiram-me o vidro pequeno do carro, levaram o rádio, uma panela de pressão, 1 kilo de lentilhas e 2 kilos de tâmaras. Mais uma vez, exceptuando cidades grandes e, algumas zonas no norte do país, este tipo de coisas nunca acontecem. No sul seria impensável, mas, tenha cuidado e não deixe nada importante à vista.

Há estradas em Marrocos?

Sim há estradas em Marrocos. A maioria das estradas estão em boas condições salvo algumas expecções. Há zonas do pais que só dá para chegar a partir de pistas de terra batida, algumas delas perfeitamente em boas condições para fazer até com carros citadinos. Marrocos tem já em 2010 quase 1500km de auto-estradas, ligando o país desde o norte em Tanger até Marrakech e Agadir.

Por incrível que pareça, sim, este é um dos assuntos mais perguntados. Epá…claro que há estradas em Marrocos. As estradas em Marrocos são de muito boa qualidade, tirando um local ou outro onde as estradas estão um pouco onduladas, todas as outras estradas, de Norte a Sul do país estão em muito boas condições.

Uma boa coisa para comprar para conduzir em Marrocos é um GPS para poder seguir e marcar o seu itinerário, e ter assim acesso em tempo real de todas as estradas europeias e marroquinas. Sem dúvida um companheiro que não pode deixar de comprar para fazer esta viagem.

Por todo Marrocos há imensas pistas, excelentes para off-road com jipes, e que muitas delas são também acessíveis com pequenos automoveis. As pistas no deserto junto a Merzouga são de bom acesso para carros citadinos, afasta-se da areia e estará semre bem.

Há muitas estradas secundárias em Marrocos, em zonas mais remotas, e estas, sendo de alcatrão, poderão estar um pouco velhotas e têm normalmente uma faixa. Tenha cuidado que normalmente os marroquinos não se desviam, tendo que ser você a sair do alcatrão.

As estradas de montanha em Marrocos têm sempre paisagens brutais, por exemplo o percurso Fez – Azrou – Midelt – Errachidia que passa pelo Médio Atlas e pelo Vale do Ziz; e o percurso Marrakech – Taddert – Ouarzazate passando pelo Alto Atlas e o ponto Tizi-n-Tichka com paisagens espectaculares, este trajecto tem 30km difíceis, vá devagar. Os poucos 206kms desde Marrakech até Ouarzazate precisam de pelo menos de 4 a 5 horas de viagem, se, o tempo tiver bom.

Se for numa altura de neve, poderá a estrada estar fechada durante 1 ou 2 dias. Se isto acontecer e tiver mesmo que passar a montanha, faça o percurso Marrakech – Agadir mas em Tiourar vire para Tadourant – Tazenakht – Ouarzazate, terá feito muitos kms a mais, mas, chegará ao seu destino. O percurso Marrakech – Asni – Imarigha – Tajgalt – Tazenakht – Ouarzazate também é muito bonito.

Marrocos tem cerca de 1000km de autoestradas e chegará aos 2000km em 2015. As estradas são de excelente qualidade proporcionando assim descolar-se em segurança e mais rapidamente por vários pontos do pais. Um trajecto muito importante e que dá imenso jeito é a auto-estrada Tanger (no Norte de Marrocos) até Marrakech – num total de 540KM. Pode-se atravessar o país em poucas horas de viagem.

Viajar com crianças em Marrocos

Marrocos é um pais seguro que apesar de à primeira vista ser um choque com algumas coisas de higiene, na verdade não tem assim grandes doenças como a maior parte dos outros países africanos. Normalmente tudo o que há em Marrocos é igual ao que há em Portugal.

Não haverá problema nenhum de levar as suas crianças a viajarem em Marrocos. Muitos turistas fazem isto na verdade, não será o primeiro nem o último já que é normal viajar-se com crianças. Cuidado com águas não engarrafadas e restaurantes baratuxos de estrada. Tudo correrá bem.

Mais uma vez quero deixar claro que Marrocos não é perigoso. A ideia de que todos os países muçulmanos está cheio de pessoas más que raptam os turistas e vão comer os vossos filhos é absurdo e não tem nexo nenhum.

Os marroquinos são um povo tranquilo e que de maneira geral adora crianças. Marrocos é também, um dos países do mundo com mais crianças, ou seja, tem uma população jovem muito grande e há crianças por todo o lado.

Ainda faz 4 dias, recebi aqui em casa uns amigos de Lagos, e, vieram a Marrocos com a sua filha pequena, e, só posso dizer que a Inês estava a adorar a experinência, tudo é novo para ela, tudo é fora do mundo normal que ela já está habituada.

Cuidados a ter com crianças em Marrocos

  • Não beber água da torneira;
  • Ter um frasco de desinfectante para sempre que comer lavar sempre bem as mãos com desinfectante;
  • Cuidado com o Sol, trazer um chapéu e creme para a cara e braços por exemplo;
  • trazer comprimidos para o enjoo caso queira fazer viagens longas de carro, especialmente no trajecto Marrakech até Ouarzazate, é zona de montanha é normal haver algum enjoo, mesmo nos adultos;
  • O chá marroquino é chá verde com toneladas de açucar, veja se isso é saúdavel para si mas especialmente para o seu filho/a;
  • A passear nas cidades antigas como na Medina de Marrakech, vão sempre de mão dada, é muito fácil perder-se devido à multidão e confusão das ruas. Se por acaso perder o seu filho/a, pergunta às pessoas ao pé do local onde se encontra, eles poderão ajudá-lo a procurar a criança. Se não encontrar mesmo por mais de 30 minutos,  vá directamente à Praça Jemaa el Fna e procure um policia. Aponte exactamente o local onde a perdeu, se não sabe bem, pegue num papel e peça a alguém que tem uma loja para escrever o nome do local onde estava dentro da medina.
  • Tenha cuidado a atravessar estradas. O sistema normal do parar, olhar e passar em Marrocos não se aplica. Os carros simplesmente não páram, por isso a técnica é parar, cuidado, cuidado, cuidado, olhar, cuidado, olhar outra vez, e ,corre corre cuidado, uff já está.

Alojamento em Marrocos

Marrocos tem muita oferta de alojamento e dá na verdade para todo o tipo de bolsos. Se procura dormir num terraço por 3 Euros, algumas cidades como Fez e Marraquexe ainda oferecem esta possibilidade. Se procura uma confortável riad no meio da medina, um albergue de montanha ou um hotel no Deserto do Saara, Marrocos tem todas as possibilidades, de 3 Euros a 1000 Euros por noite. Tudo depende de si.

Muita gente pergunta-me acerca da qualidade dos hotéis em Marrocos. Normalmente estão preocupados que os hotéis sejam sujos, perigosos e nada confortáveis. então olhe vou-lhe dar uma novidade: na verdade Marrocos tem dos hotéis mais confortáveis do mundo?! e esta hei?

Marrocos oferece alojamento para todos os gostos e para todas as carteiras. Tudo depende do que procura. Se quer um hotel tipo internacional Ibis por exemplo, a pagar 40 Euros por noite há em Marrocos; se quer ficar numa casa privada dentro de um bairro tradicional na zona antiga de uma cidade e pagar 40 euros por pessoa, arranja com facilidade; se quer um hotel junto à estação de autocarros, com uma casa-de-banho partilhada e pagar só 3 Euros, sim, arranja; se quer ficar num hotel de 5 estrelas há imensos. Há mesmo muita escolha tudo depende de si e não de Marrocos.

Tenho um grupo de amigos que vieram a Marrocos e ficaram zangados porque só ficaram em hotéis de porcaria, e dizem agora que Marrocos não tem hotéis bons. Mas só queriam pagar 5 a 10 euros por pessoa… cada um tem o que procura.

Visitar o Deserto do Saara em Marrocos

Não perca a fantástica experiência de visitar o deserto do Saara. Interessante saber é que, o Deserto do Saara fica à mesma distância de Portugal (no Algarve), que fica a distância da fronteira com França.

O deserto marroquino oferece uma experiência fantástica de um ambiente de outro planeta, com areias infindáveis, dromedários, e homens vestidos com turbantes. Não perca o deserto de Erg Chebbi também conhecido como Merzouga. Merzouga fica a cerca de 600km de Marrakech, ou a 700km desde Tanger no norte do pais.

Como viajar caro em Marrocos

Ficar nos melhores hotéis e riads, comer nos restaurantes mais caros e alugar jipes com guias e motorista pode encarecer a sua viagem. Bons hotéis podem ir desde 100 Euros por noite até 1000 Euros. Restaurantes bons podem ir de 200 Dirhams por pessoa até 500 Dirhams. Se quer alugar um jipe, poderá fazer com 120 ou 150 Euros por dia.

Como viajar barato em Marrocos

Para aqueles que procuram viajar barato em Marrocos, há a hipótese de viajarem de autocarros particulares, ou à boleia no Sul de Marrocos. Há muitos hotéis baratos em Marrocos, com quartos que não têm casa-de-banho privativa e que custam por volta de 5 Euros por pessoa. Acampar dá perfeitamente em zonas de montanha e deserto. Em cidades maiores é perigoso, e no norte do pais nas montanhas do Rif não é aconselhado já que há um intenso tráfico de droga (o mesmo se aplica para a boleia).

Como viajar de carro em Marrocos

Pode viajar de carro para Marrocos desde Portugal. Pode levar o seu carro, passar o barco ferry-boat desde Tarifa até Tanger. É uma viagem muito fácil de se fazer e não demora mesmo nada, só 35 minutos de viagem para estar em África.

Como alugar carro em Marrocos

É muito fácil alugar um carro em Marrocos. Tem que ter 21 anos, carta de condução e um cartão de crédito para poder alugar um carro. Prefira pequenas empresas se quer pagar menos. Não pague mais do que 30 Euros por um pequeno carro ou 120 Euros por um jipe por dia. Nas épocas altas os preços são mais caros e pode mesmo ser difícil de encontrar um carro para alugar.

Como passar a fronteira em Marrocos

Passar a fronteira em Marrocos é simples, e, nada diferente de outras fronteiras pelo mundo fora. Em época de férias de emigrantes marroquinos espere ficar algumas horas na bicha, senão, será mesmo rápido. Precisa de ter o passaporte à mão, se vier de carro, preencha o papel de alfandega antes de chegar à sua vez de ser revistado no portão de entrada.

Comprar bilhete de avião barato para Marrocos

Ha imensas empresas a voarem barato para Marrocos. O meu amigo Pedro comprou um bilhete 80 Euros ida-e-volta de Lisboa até Casablanca e depois Marrakech até Lisboa. Procure com alguma antecedência e certamente encontrará bons preços de bilhetes de avião para Marrocos. Boa sorte.

Viajar para Marrocos de autocarro

É super fácil apanhar o autocarro desde Lisboa até Algeciras (transfer em Sevilha). De Algeciras ou apanha logo o barco para Tanger ou então faz como eu que ainda apanho a autocarro grátis da empresa de barcos FRS que fornece viagens grátis a quem compra o bilhete do trajecto desde Tarifa até Tanger. Tarifa fica a cerca de 20km de distância de Algeciras.

Barco Espanha até Marrocos

Há barcos rápidos desde Espanha até Marrocos. A viagem demora cerca de 35 minutos nuns barcos super rápidos. O preço de passageiro é cerca de 37 Euros. Compre bilhete ida-e-volta para um desconto de 10%, consulte o site da FRS para saber de ofertas e promoções que poderão ser muito compensatórias e poupar muito dinheiro.

Página em actualização.

Mulheres a viajarem em Marrocos

Mulheres a viajarem sozinhas é diferente de um homem a viajar sozinho. Poderá então aproveitar e viajar como também um homem não pode fazer, ou seja, em vez de interagir com homens, experimente a interagir com mulheres, meter conversa e trocar sorrisos com mulheres.

Marrocos é um país de homens, a maior parte das vezes em maior parte das cidades verá só homens nas ruas e nos cafés. Se se der com mulheres a mulher marroquina vai, tal como o homem marroquino, convidá-la para ir a casa beber um chá, num processo que será de respeito para si, já que quando um homem marroquino a convida para ir a algum lugar, está de certa maneira a desrespeitá-la já que nunca faria convites a mulheres marroquinas (fazer faz, mas só raparigas menos boas aceitariam o convite).

Não dê muita confiança aos homens e tudo correrá bem. Em viagens de autocarros se precisar de alguma coisa fale e peça ajuda ao motorista, é normal que os responsáveis pelo autocarro tomem conta de si até chegar ao seu destino.

Fim-de-semana em Marrocos

Se pensa vir um fim-de-semana a Marrocos com o seu carro, bem, é tempo e dinheiro deitado ao lixo já que não vai ter tempo nenhum no país. Mais vale apanhar um avião para Marrakech por exemplo e ficar 2 dias, fazendo uma excursão de meio dia por exemplo às montanhas ou então passar um dia em Marrakech e outro em Essaouira. Se tiver avião para Casablanca, saia de lá o mais rápido possível pois sinceramente não há nada de jeito para se ver. Ou apanhe um comboio directo para Rabat onde pode ver alguns monumentos e fazer algumas compras na medina e parte judaica ou então um autocarro para Marrakech onde pode passar 2 dias bem preenchidos. Se quer is ver oásis e casbahs, apanhe então um avião para Ouarzazate e surpreenda-se por chegar a um outro Marrocos, a um outro mundo.

5 dias em Marrocos

1 semana em Marrocos

2 semanas em Marrocos

Duas semanas em Marrocos dá perfeitamente para fazer o trajecto chamado “a grande volta marroquina”, começando no Norte do país e seguindo direcção Sul, passando pelas montanhas do Médio Atlas, descendo pelo Vale do Ziz até às dunas de Erg Chebbi. Seguindo Oeste pelo Vale de Meharch, Nkob, Ouarzazate e finalmente Marrakech. Siga até à costa até Essaouira, depois Rabat, Asilah e finalmente Tanger para o seu barco de regresso a Espanha – Portugal.

Receitas de comida marroquina

O que comprar em Marrocos

Livros sobre Marrocos

Filmes sobre Marrocos

O que visitar em Marrocos

É preciso jipe para visitar Marrocos?

Não. Não precisa de um jipe para visitar Marrocos. Todo o país tem estradas de alcatrão. Há só algumas pistas de terra batida e areia em algumas zonas especificas do país em que precisa de um jipe. Pode porém escolher fazer o país todo só por pista, algo que também é possível, mas não necessário. Qualquer carro citadino chega às dunas do deserto.

Os marroquinos

Os marroquinos são um povo simpático e muito acolhedor. É um povo culturalmente em conflito com ele mesmo devido ao tentar achar o seu lugar em África, ou na Europa, no Islão mais forte ou mais moderado, ou em valores do passado berbere. É normal sair de Marrocos com uma excelente opinião acerca dos marroquinos, se não se deixar levar por vigaristas em lojas que lhe tentam vender peças de artesanato por 100 vezes mais o preço normal. Por isso regateie.

As relações humanas entre marroquinos mudam para com os turistas, normalmente tratam melhor os estrangeiros que aos próprios marroquinos. Seja simpático, respeite a religião e a opinião de cada marroquino. Não se deve dizer que um marroquino está errado.

O religião em Marrocos

A religião em Marrocos é o Islão. Esta religião tal como todas outras que existem no mundo, controlam o povo. De certa maneira o Islão contribui para uma relação humana entre as pessoas ao nível de meter medo, em que se a pessoa comete pecado, irá para o inferno, esta faceta faz com que haja segurança nas ruas. O Islão mete a mulher numa 2ª posição na sociedade, escondendo-a e anulando quase por completo a sua personalidade como ser humano, isto acontece também aos homens mas a um nível mais pequeno.

O rei Hassan II nos anos 70 começou a mudar a mentalidade do pais, tentando fazer do marroquino uma pessoa que pense mais por si, contribuindo assim para um desenvolver de personalidade própria e não uma personalidade de grupo, ou de religião. Mas de qualquer maneira o que existe em Marrocos não é propriamente o “eu penso logo existo” mas sim “eu penso logo allah akbar (deus é grande)”.

Para um muçulmano, ele é perfeito, já que o seu deus é perfeito, o seu livro o Corão é perfeito e o seu profeta Maomé é perfeito. Ou seja, um estrangeiro será sempre uma pessoa inferior por lhe faltar o Islão. Criticas, questões ou opiniões à religião devem ser evitadas já que o Corão próprio diz para não questionar a religião, se questiona tem dúvidas, dúvidas de quê? de algo perfeito? como é possível? infiel! mais ou menos esta “lógica”.

Procura um Hotel em Marraquexe? Hotéis em Marraquexe

Kit de Viagem

« Onde reservo alojamento? Encontre os melhores hotéis e promoções através do Booking.com »
« Rent-a-car? Eu reservo sempre o meu carro online através do Rentalcars.com »
« Quer estar prevenido? Faça o seu seguro de viagem através do Worldnomads.com »
« Junte-se a um grupo! 7 dias em Marrocos 430 euros desde Marraquexe até ao Deserto do Saara através do Marrocos.com »
« Comprar bilhetes de monumentos e saltar as filas? Organize a sua viagem com antecedência através do Ticketbar.eu »
« Quer viajar e ter sempre Internet? Faça como eu e compre o aparelho da SkyRoam.com »

O autor do blog

VIVA! Sou o João Leitão. Viajante independente desde 1999, explorei mais de 130 países em África, Antártica, Ásia, Europa, América do Norte e Central, América do Sul e Oceânia. Bem-vindo ao meu blog de viagens, onde partilho dicas práticas de viagem para o motivar a sair de casa! Siga nas redes sociais: Facebook, Twitter, Instagram, Pinterest e YouTube.

« Seguir no Instagram »