🐪 » Viagem de grupo 7 dias em Marrocos por 430 Euros » Marrakech até Deserto do Saara » Mais info em MARROCOS.COM « 🐪

🌍 Visitar Assis, Guia de Viagem – Dicas, Roteiros, Mapas, Fotos

Actualizado em 5 Agosto, 2017

Quer visitar Assis?

VISITAR ASSIS

VISITAR ASSIS

Guia de Viagem a Assis

Assis é uma cidade no centro de Itália, na região de Umbria, quase à mesma distância das cidades de Florença e Roma. Aqui nasceu um dos mais importantes Santos da igreja católica: São Francisco (Francesco Bernadone), por volta do ano de 1181. Filho de família abastada, renunciou aos bens materiais para se entregar a uma vida religiosa e criou a Ordem Franciscana e a Ordem de Santa Clara. Visitar Itália e não passar por Assis, é deixar para trás um destino importante que vale a pena conhecer.

Nesta página você encontra:

  • Visitar Assis – o mais importante a saber
  • Dicas rápidas para Assis
  • Vídeo com imagens aéreas de Assis
  • Os 13 Melhores Locais de Assis
  • O que visitar em Assis
  • Mapa dos Monumentos de Assis
  • Fotos de Assis
  • Alojamento em Assis
  • Alugar carro em Assis
  • Celebrações e Feriados em Assis
  • Roteiros em Assis: 1 dia, 2 dias, 3 dias

Visitar Assis – O importante a saber

ASSIS EM ITÁLIA

ASSIS EM ITÁLIA

Assis fica na Úmbria, perto de Peruggia, mesmo no centro de Itália. Desenvolveu-se na face Oeste do Monte Subasio, e apesar da sua área ser ocupada desde o Neolítico e de ali ter existido uma pequena localidade desde o século IX a.C., deve a sua configuração actual aos Romanos, que aqui estabeleceram a sua Asisium. Desde o século XIII que peregrinos de toda a Europa se têm dirigido a Assis, local de nascimento de São Francisco, que se tornou mais tarde no santo padroeiro de Itália, e de Santa Clara, que aqui formou a sua ordem religiosa. Curiosamente ambos os santos faleceram na sua cidade natal. Assis é um dos locais da lista de Património Mundial da Humanidade da UNESCO. O seu vasto património é essencialmente de natureza religiosa, com destaque para uma considerável série de igrejas de diversas dimensões mas existindo pontos de interesse laicos, como o castelo, a praça central e os vestígios da presença romana. Assis é uma pequena cidade, e muito compacta. Apesar dos seus desníveis, é muito adequada para ser explorada a pé.

Dicas rápidas para Assis:

  • Acorde cedo e seja o primeiro a entrar nos monumentos, museus ou outros locais de interesse
  • Suba ao castelo Rocca Maggiori – a melhor vista da cidade
  • Faça uma free walking tour
  • Tenha cuidado com os seus pertences
  • Desça ao túmulo de São Francisco, sente-se, contemple, reze, ou simplesmente observe a bela decoração

Os dois principais monumentos da cidade são a Basílica de São Francisco de Assis (que é Património Mundial da UNESCO) e a Basílica de Santa Clara. A Basílica de São Francisco tem frescos de Cimabue e do seu discípulo, o famoso Giotto, que retratam cenas da vida do santo. O tecto da basílica foi bastante afectado por um terramoto em 1997 tendo-se perdido algumas partes dos frescos.

GUIA DE VIAGEM ASSIS

GUIA DE VIAGEM ASSIS

Percorrendo as encantadoras ruas e ruelas de pedra da cidade poderemos descobrir as várias igrejas como a Igreja de Santa Maria dos Anjos e a pequeníssima Igreja de São Francisco Porziuncula que fica dentro da primeira (é um aspecto bastante interessante: uma igreja com outra lá dentro); a Igreja de Santa Maria Maggiore, a Igreja Nova, a Igreja de são Damiano, a catedral de São Rufino e até um Templo pagão – Templo Romano de Minerva. A não perder também uma pequena subida até ao Rocca Maggiore, que é um castelo no cimo de uma colina e de onde se poderá desfrutar da melhor vista sobre a cidade. Se poder visitar ao final do dia e poder ficar para apreciar o pôr-do-sol, então a experiência será ainda mais completa.

Para saber quando ir à Assis você precisa de se informar um pouco melhor acerca das suas estações e clima. A melhor altura para visitar a Assis é entre Abril e Setembro, momento em que as temperaturas se encontram amenas em todo o país.

Vídeo com imagens aéreas de Assis

Vídeo muito bom para podermos ver as diferentes partes turísticas desta cidade.

Os 13 Melhores Locais de Assis
  1. Basílica de São Francisco de Assis
  2. Basílica de Santa Maria dos Anjos
  3. Basílica de Santa Clara
  4. Catedral de Assis
  5. Sacro Convento
  6. Eremo delle Carceri
  7. Castelo Rocca Maggiore
  8. Parque del Monte Subasio
  9. Igreja de São Damião
  10. Piazza del Comune
  11. Oratorio dei Pellegrini
  12. Igreja de Santa Maria sobre Minerva
  13. Museo e Foro Romano

O que visitar em Assis

ASSIS

ASSIS

1- Basílica de São Francisco de Assis

Este é o principal edifício do complexo histórico de Assis, podendo ser avistado a grande distância, graças à sua posição altaneira e às suas dimensões monumentais. A construção desta basílica iniciou-se pouco depois da morte do santo, que ocorreu em 1228, e foi concluída em 1253. É constituída pela “igreja baixa” (Basilica Inferiore) e pela “igreja alta” (Basilica Superiore), ambas ricamente decoradas com frescos Cimabue, Pietro Lorenzetti e Simone Martini. Encontra-se também aqui a Cripta de São Francisco, que alberga o túmulo do santo, trasladado seiscentos anos após a sua morte, pois os seus restos mortais foram mantidos num esconderijo secreto para os proteger dos profanadores de túmulos. Na “igreja alta” existe uma das obras de arte mais famosas de Itália, uma colecção vinte e oito frescos ilustrando a vida de São Francisco de Assis, criados por Giotto e alunos seus.

2- Basílica de Santa Maria dos Anjos

A basílica di Santa Maria degli Angeli foi construída entre 1569 e 1679 por Galeazzo Alessi e Vignolano, localizando-se cerca de 4 km abaixo de Assis, próxima da estação de comboios da localidade. Sofreu profundas obras de renovação entre 1836 e 1840. No seu interior encontra-se a Porziuncola, uma pequena capela de pedra que é considerada a casa de São Francisco e dos seus seguidores e que está ali como uma igreja dentro da igreja. Esta capela foi oferecida a São Francisco pouco depois de ele ter fundado a sua ordem monástico e foi aqui perto que ele faleceu. No século XVI a actual basílica foi construída em seu redor, sendo a estrutura mais recente um dos maiores santuários da Cristandade, com 126 metros de comprimento e 65 metros de largura. O seu interior é rico em arte sacra, com frescos e estatuária que merecem uma observação atenta.

3- Basílica de Santa Clara

A Basilica di Santa Chiara foi construída no século XIII em estilo românico, sob a direcção de Filippo Campello. A igreja é dedicada a Santa Clara, contemporânea de São Francisco e fundadora da ordem Sorelle Povere di Santa Chiara. A própria santa encontra-se sepultada na cripta desta igreja juntamente com uma importante relíquia, uma cruz bizantina na que pertenceu a São Francisco, chamada de Crucifixo de São Damiano. Santa Agnes encontra-se também sepultada nesta igreja. A fachada da igreja distingue-se pelas cores contrastantes que apresenta, vermelho e branco. Note que no dia 11 de Agosto têm aqui lugar as comemorações de Santa Clara.

4- Catedral de Assis

Este templo é dedicado a São Rufino, um santo martirizado no século III. A construção da catedral, em estilo Românico da Úmbria, iniciou-se em 1140, segundo o plano do arquitecto Giovanni da Gubio. Foi nesta igreja que as figuras religiosas mais importantes de Assis, como São Francisco e Santa Clara, foram baptizadas. Quando em 1253 a catedral foi concluída, o próprio papa Inocêncio IV esteve presente. Em 1571 o seu interior foi modificado por Gian Galeazzo Alessi, passando a estilo Renascentista. O altar principal data do século XIX e está colocado sobre os restos mortais de São Rufino.

5- Sacro Convento

O Sacro Convento é um mosteiro que se encontra fisicamente ligado à Basílica de São Francisco de Assis. Os frades franciscanos que ali vivem são os guardiões dos restos mortais de São Francisco que, segunda reza a tradição, desejou ser sepultado neste lugar, chamado Collo d’Inferno (colina do Inferno). Na época era aqui que os criminosos eram executados, e São Francisco via nisso uma semelhança com o destino de Jesus de Nazaré, morto num local fora dos muros de Jerusalém. Originalmente o convento era composto por um refeitório, um dormitório, uma sala dos capítulos e uma biblioteca, que até ao século XV rivalizou com as de Sorbonne e Avignon. Foi nesse século que o convento foi ampliado e passou a seu usado como residência de Verão dos Papas de Roma. No século XVII foi aqui construído um hospital, oferecido pelos reis de Espanha.

6- Eremo delle Carceri

A eremita “Eremo delle Carceri” localiza-se num ponto onde desde 1205 São Francisco passou a ir para meditar, na floresta que envolvia Assis. Na altura existia aqui apenas um pequeno oratório do século XII, que servia de abrigo aos frades seguidores do santo quando rezavam em comunhão. É provável que o oratório tenha sido oferecido a São Francisco pelos Beneditinos em 1215. Apesar da sua vida activa, ao logo da sua vida o santo regressou frequentemente a este local e à caverna onde sempre se abrigou durante estes retiros. Com o passar dos séculos vários edifícios foram sendo acrescentados ao complexo que hoje vemos no local. O local pode ser visitado após uma longa caminhada desde Assis, mas será melhor usar uma viatura própria ou um táxi para chegar ao parque de estacionamento.

7- Castelo Rocca Maggiore

Este castelo localiza-se num ponto que lhe permitiu dominar militarmente Assis durante séculos. Foi construído em 1316, mas em 1173 já surge nos documentos a referência e uma fortaleza no mesmo local. Com o tempo foram-lhe sendo acrescentados baluartes, que em conjunto com um castelo mais pequeno, o Rocca Minore, localizado no sopé do Monte Subasio, asseguravam a defesa de Assis. O castelo foi recentemente arranjado para receber visitas de forma mais condigna, albergando uma exposição dedicada ao Calendimaggio, o festival de Primavera da cidade. Se decidir visitar o Castelo, prepare-se para uma subida exigente, mas as vistas sobre Assis são as melhores.

8- Igreja de São Damião

Desde o centro de Assis até esta igreja, construída no século XII, é um passeio de cerca de um quilómetro e meio, ladeado de oliveiras. A caminhada poderá valer a pena: foi aqui que São Francisco terá ouvido a voz de Deus, ordenando-lhe que reparasse o velho edifício religioso que ali existia, e também onde terá escrito o seu Cântico das Criaturas, um texto redigido num dialecto local que enaltece a natureza e aos animais. Do local têm-se excelentes vistas do Vale de Spoleto. Santa Clara estabeleceu aqui o primeiro mosteiro da sua ordem religiosa em 1212. No interior destacam-se os belos frescos do século XIV.

9- Piazza del Comune

Esta praça é considerado o centro de Assis, sendo reservada aos peões. Sem trânsito automóvel, é um espaço adequado para o convívio e para o encontro dos membros da comunidade local, uma função que já tinha no início do século XIII, quando o local era chamado platea comunis. É considerada uma das praças mais bem conservadas da Itália medieval. O seu lado norte é dominado pelo Templo de Minerva, ladeado pelo Palazzo del Capitano del Popolo (1282). A sul destaca-se o Palazzo dei Priori, enquanto o centro da praça apresenta uma fonte circular de dimensões considerações. O edifício mais recente da Piazza del Comune é o posto de correios central, construído em 1926. Hoje em dia há alguma polémica sobre se o que aqui existia na Antiguidade era uma extensão do fórum romano ou se se tratava de um Santuário. O que quer que fosse, foi arrasado pelo cerco de Totila, no século VI, e de novo no século VIII, desta vez por Carlos Magno.

10- Oratorio dei Pellegrini

Este oratório, datado do século XV, encontra-se a meio caminho entre o centro da cidade e a Basílica de São Francisco de Assis, na via San Francesco. Está um pouco escondido, num recanto por detrás de uma série de restaurantes, bares e lojas, mas no seu interior encontram-se frescos de elevada qualidade da autoria de diversos autores locais, incluindo discípulos de Perugino. Inicialmente a capela foi dedicada a Santo António o Grande e a São Tiago, ambos representados nos tais frescos. O nome do oratório deve-se a utilização do edifício como hospedaria para peregrinos que aqui paravam na sua marcha em direcção a Roma. A capela pode ser visitada todos os dias excepto Domingos mas encontra-se encerrada à hora de almoço. A entrada é livre.

Roteiros em Assis

ROTEIRO ASSIS

ROTEIRO ASSIS

Algumas ideias de roteiros para você preparar as suas férias em Assis de maneira independente. Itinerários de turismo em Assis na Itália.

1 Dia em Assis: passo-a-passo
Manhã: Brevemente…
Tarde: Brevemente…
2 Dias em Assis: passo-a-passo
Dia 1 Manhã: Brevemente…
Dia 1 Tarde: Brevemente…

Dia 2 Manhã: Brevemente…
Dia 2 Tarde: Brevemente…

Procura um Hotel em Assis? Hotéis em Assis


Deixe o seu comentário aqui:

João Leitão - O autor do blog:

VIVA! Sou o João - blogger de viagens. Com 20 anos de experiência como viajante independente, explorei mais de 128 países em África, Antártica, Ásia, Europa, América do Norte e Central, América do Sul e Oceânia. Bem-vindos ao meu blog de viagens, onde partilho informação prática de viagem para o motivar a sair de casa! Siga nas redes sociais: Facebook, Twitter, Instagram, Pinterest e YouTube.

Kit de Viagem:

  • Onde eu reservo alojamento? Encontre os melhores hotéis e promoções através do Booking.com
  • Eu reservo sempre o meu carro online através do Rentalcars.com
  • Quer estar prevenido? Faça o seu seguro de viagem através do Worldnomads.com
  • 7 dias em Marrocos 430 euros desde Marrakech até ao Deserto do Saara através do Marrocos.com
  • Quer viajar e ter sempre Internet? Faça como eu e compre o aparelho da SkyRoam.com
* Esta página tem links de afiliados. Quando você reserva algo através deste blog, eu retenho uma pequena comissão que não altera o preço final. Obrigado!

Blog de viagens mencionado em:

Blog de viagens nos Media

« Seguir @joaoleitaoviagens no Instagram »