🐪 Venha conhecer Marrocos « Viagem de grupo 7 dias por 430 Euros » Marrakech até Deserto do Saara 🐪

Visitar Berlim, Guia de Viagem – Dicas, Roteiros, Mapas, Fotos

João Leitão
Actualizado em 9 Julho, 2018

Quer visitar Berlim?

Visitar Berlim, Guia de Viagem - Dicas, Roteiros, Mapas, Fotos

Visitar Berlim, Guia de Viagem – Dicas, Roteiros, Mapas, Fotos

Guia de Viagem de Berlim

Berlim é a capital da Alemanha e é sem dúvida um grande destino de viagem. Espantosamente Berlim está cheia história, palácios, monumentos, museus, e há sempre alguma coisa para fazer para todo o tipo de viajantes.

DICA IMPORTANTE: Berlim é uma das cidades mais visitadas do mundo, não perca tempo nas filas e compre os seus bilhetes “saltar a fila” com antecedência, assim não perde horas de espera sem fazer nada – compre os bilhetes para Berlim aqui.

Nesta página você encontra:

  • Visitar Berlim – o mais importante a saber
  • Dicas rápidas para Berlim
  • Vídeo Berlim
  • Os 29 Melhores Locais de Berlim
  • O que visitar em Berlim
  • Mapa dos Monumentos de Berlim
  • Fotos de Berlim
  • Alojamento em Berlim
  • Alugar carro em Berlim
  • Celebrações e Feriados em Berlim
  • Roteiros em Berlim: 1 dia, 2 dias, 3 dias

Visitar Berlim – O importante a saber

Berlim é um dos dezasseis estados da Alemanha – é então uma chamada cidade-estado e tem uma população de cerca de 3,5 milhões de pessoas. A cidade em si é bastante calma, não o tipo de cidade caótica e cheia de carros e barulho.

Dicas rápidas para Berlim:

  • Dê tempo à cidade pois há muito para ver
  • Pode subir à torre de televisão Berliner Fernsehturm para uma vista panorâmica da cidade
  • Faça um Free Walkin Tour

A capital da Alemanha é uma cidade de cultura. Não vale tanto pela sua história e por belos edifícios, porque quase todo o passado desapareceu com a devastação da Segunda Guerra Mundial. Se para mais não houver tempo, há que visitar Mitte, o bairro que se configura como o centro histórico da cidade, cheio de cafés com personalidade, muita cultura e o que restou da glória da antiga capital alemã. Ainda por cima pode ficar hospedado por aqui a bons preços, por exemplo, no Heart of Gold Hostel Berlin, onde uma cama num dormitório custa apenas 14 Eur. Para uma estadia com melhores condições, experimente o Derag Living Hotel, de 4 estrelas, também em Mitte, onde um quarto pode custar apenas 60 Eur. Se quiser dedicar mais tempo a Berlim, pode dali partir para expedições a outras áreas da cidade, como a zona Leste, de ambiente muito alternativo e vastamente habitado por minorias étnicas que dão um toque pitoresco aos bairros.

Os 29 Melhores Locais de Berlim
  1. Portão de Brandemburgo
  2. Ilha dos Museus
  3. Palácio do Reichtag
  4. Muro de Berlim
  5. Memorial aod Juseus Mortos
  6. Museu de Pérgamo
  7. Checkpoint Charlie
  8. Praça Potsdamer Platz
  9. East Side Gallery
  10. Rio Spree
  11. Catedral de Berlim
  12. Gendarmenmarkt
  13. Museu Gedenkstatee Berlines Mauer
  14. Palácio de Charlottenburg
  15. Museu Bode
  16. Museu Judaico de Berlim
  17. Parque Grosser Tiergarten
  18. Igreja Kaiser Wilhelm Gedachtniskirche
  19. Monumento Siegessaule
  20. Museu do Checkpoint Charlie
  21. Catedral Neue Kirche
  22. Nikolaiviertel
  23. Jardim Botânico de Berlim
  24. Treptower Park
  25. Mercado Mauerpark
  26. Nova Sinagoga de Berlim
  27. Museu Alte Nationalgalerie
  28. Pariser Platz
  29. Museu Histórico Alemão

O que visitar em Berlim

Berlim tem imenso para ver, por isso é conveniente organizar um pouco a sua visita para conseguir ver o máximo possível, de forma mais organizada, contribuindo assim para usufruir de umas férias mais proveitosas.

Portão de Brandemburgo

O Portão de Brandemburgo foi reconstruído no final do século XVIII, é considerado um arco do triunfo neoclássico. Esta antiga porta da cidade de Berlim é considerada um dos monumentos mais reconhecidos de toda a Alemanha. Localiza-se no centro da cidade, entre a Avenida Under den Linden (avenida conhecida pelas imensas flores tílias) e Ebertstrasse (mesmo perto da Praça Pariser). Esta construção foi mandada fazer pelo Rei Frederico Guilherme II da Prússia, sendo o seu arquitecto Carl Gotthard Langhans. Devido à Segunda Grande Guerra, o Portão de Brandemburgo foi alvo de restauração no ano 2000. Aquando a queda do muro de Berlim, houve imensa atenção a este monumento devido, o mesmo, simbolizar a união e a paz europeia. A sua constituição conta com doze colunas dóricas (estilo grego) – seis de cada lado, onde passam cinco vias rodoviárias no seu interior, sendo que no arco, encontra-se a deusa grega Irena, a Deusa da Paz. Tem vinte e seis metros de altura, onze metros de profundidade e sessenta e cinco metros de largura. Como curiosidade, saiba que esta porta foi construída sobre outras portas.

Ilha dos Museus

A Ilha dos Museus é uma ilha que fica localizada no Rio Spree, mesmo no centro da cidade de Berlim. Localizada mais propriamente no distrito de Mitte, este local foi outrora destruído pelo governo comunista nos anos 50, onde se situava o magnífico Berliner Stadtschloss.

Encontramos cinco museus nesta ilha:

  1. o Museu Pergamon
  2. o Museu Altes
  3. o Museu Neues
  4. a Galeira Nacional Alte
  5. o Museu Bode

Todos eles, têm a forma de templos, nos quais é possível conhecer tesouros arqueológicos e históricos com mais de seis mil anos. Esta ilha encontra-se na lista da UNESCO – Património da Humanidade. Considerado um dos maiores investimentos culturais da Europa, poderá entender melhor as culturas do mundo antigo e do mundo ocidental, viajando por cada museu, onde irá passando por cada espaço, cronológica e tematicamente. Não perca esta oportunidade incrível de conhecer as raízes do ser humano ao longo dos tempos.

Muro de Berlim

O Muro de Berlim foi criado pela República Democrática Alemã, utilizado a fim de criar uma barreira física durante a Guerra Fria. Este muro separava a Berlim Ocidental da Alemanha Oriental (tal como, Berlim Oriental). Foi um símbolo separatista existente entre a RFA (República Federal da Alemanha) e a RDA (República Democrática Alemã. Ele foi construído durante a noite de 13 de Agosto do ano de 1961. Tinha cerca de setenta quilómetros de gradeamento metálico, tal como contava com cerca de trezentas torres de observação, redes metálicas e electrificadas com alarme e imensas pistas de corrida para cães de guarda. Era constantemente patrulhado por militares da Alemanha Oriental Socialista e sempre com ordem para a atirar para matar (ordem 101). Existiu durante vinte e sete anos, criando problemas sociais sérios, impossibilitando quaisquer tipos de comunicação entre as duas partes. Com o colapso da União Soviética, criou-se um movimento revolucionário, o qual levou a cabo à destruição do muro, no dia 9 de Novembro de 1989, terminando com um dos momentos mais repressivos que a história conheceu. Marcou também o fim da Guerra Fria e a unificação das duas partes da Alemanha, num só.

Palácio do Reichtag

O Palácio Reichstag é o edifício onde hoje em dia funciona o Parlamento alemão – Bundestag. O arquitecto responsável por esta obra foi Paul Wallot, tendo sido inaugurado no ano 1894. O seu tamanho gigantesco conta com 137 metros de comprimento e com 97 metros de largura. É do estilo neo renascentista, o qual com a sua beleza infinita, é um dos monumentos que mais recebe turistas em toda a cidade de Berlim. Aqui conta-se a história de Berlim, onde por exemplo, foi aqui que Philipp Scheidemann proclamou a República na Alemanha. Este palácio foi alvo de um incêndio, inexplicável até hoje, o qual destruiu a sala do plenário e a cúpula, tendo sido recuperado durante a Segunda Guerra Mundial. O edifício não ficou igual e foi reconstruído sem cúpula, uma vez que era muito pesada. Há zonas do palácio que poderá visitar sem ingresso, sendo altamente recomendável (entre as 8h da manhã às 24 horas) a cúpula e o terraço. Aproveite para conhecer aqui ao pé o Portão de Brandenburgo, Memorial do Holocausto, Museu Madame Tussauds e muito mais.

Igreja luterana Gedächtniskirche

A Kaiser-Wilhelm-Gedächtniskirche é uma igreja protestante, a qual é bastante conhecida por Gedachtniskirche. Wilhelm II nomeou o nome da igreja com o nome de seu avô, a fim de o homenagear na importante praça “Breitscheidplatz”. Originalmente, foi construída uma igreja neste local em 1890, mas devido a um bombardeamento, ficou severamente destruída (1943). Nos anos 60, decidiu-se reconstruir uma igreja nova no mesmo lugar, aproveitando o que restou. O projecto ficou a cargo de Egon Eiermann, onde desenhou quatro edifícios agrupado em redor das ruínas da antiga igreja – torre de sino e uma capela anexa. Houve a intenção de demolir a torre da igreja velha, mas o povo não quis, levando o arquitecto a integrá-la no novo projecto. O projecto da nova igreja é composto por uma planta octogonal, sendo que a planta da torre é hexagonal. Os materiais usados são betão, aço e vidro, acompanhado por janelas de vitral (realizados por Gabriel Loire, inspirado nos vitrais da Catedral de Chartres). A igreja conta com 35 metros de diâmetros e cerca de 20 metros de altura, sendo que a torre tem 12 metros de diâmetro e 53,5 metros de altura.

Memorial aos Judeus

O Memorial do Holocausto ou também chamado Memorial aos Judeus Mortos da Europa, é uma escultura, a qual tem como finalidade manter a memória, entre nós, das seis milhões de vítimas judias, aquando o Holocausto. O arquitecto Peter Eisenman foi o responsável por esta obra. Este monumento conta com dezanove mil metros quadrados, representando com vários blocos de pedra, perfazendo um ondulado, o qual transmite uma inquietação e confusão a quem o visita. Apesar de ser intenção de construir um memorial desde 1988, só começou a ser construído em 2003, tendo sido terminado após um ano e inaugurado em 2005. Fica localizado no coração de Berlim, perto do Portão de Brandenburgo, da Embaixada dos EUA e do Parque Tiergarten.

Catedral de Berlim

A Catedral de Berlim é uma das atracções turísticas que mais atrai visitantes. É magnificamente imponente, pois as suas cúpulas são de tirar o fôlego, acompanhadas por uma altura de de 115 metros de comprimento. É possível avistar esta catedral em qualquer ponto da cidade, a qual fica localizada perto da Ilha dos Museus, no Rio Spree. É uma igreja protestante, e foi construída entre 1894 e 1905, sendo que foi reconstruída ao longo dos tempos. Começou no século XV por ser Capela de St Erasmus, sendo transformada um século mais tarde na igreja oficial da corte real. Após a conversão de Joachim II ao Protestantismo, este transformou-a também neste sentido. Mais tarde, no século XVIII, Friedrich II ordenou a construção de um novo edifício, baseado no projecto de Johann Boumann, no estilo barroco. Foi novamente demolida pelo Rei Friedrich Wilhelm IV e foi mandada construir a catedral mais imponente possível. Deu-se continuidade ao estilo barroco como base estilística, sendo que bastante influenciada no renascimento italiano. Chegou a ser comparada à Basílica de São Pedro no Vaticano. Altamente recomendável.

Checkpoint Charlie

O Checkpoint Charlie funcionava como um posto militar na fronteira entre Berlim Ocidental e Oriental, aquando a Guerra Fria. Localiza-se, mais propriamente, entre as ruas Friedrichstrasse e Zimmerstrasse e Mauerstrasse, as quais ligavam o lado americano com o lado soviético. Foi após a construção do muro de Berlim que se decidiu construir este checkpoint a fim de controlar e registar a passagem de membros das Forças Aliadas e diplomatas estrangeiros entres as “duas Alemanhas” (Oriental e Ocidental). O nome Charlie respeita o alfabeto fonético internacional, por exemplo, para a letra A – Alpha, para a letra B – Bravo, para a letra C – Charlie, etc. O posto foi desmanchado em 1990, após a queda do muro de Berlim e a reunificação da Alemanha, e recolocado onde hoje funciona o Museu dos Aliados (Bairro de Zehlendorf). Foi pensado, no entanto, fazer uma instalação no mesmo lugar, uma representação do que foi o Checkpoint Charlie (ano 2000), a qual é uma das principais atracções turísticas de Berlim. Encontramos, na mesma rua, o Museu Checkpoint Charlie, onde podemos conhecer as muitas histórias durante esta época, através de fotografias, documentos e vídeos.

Monumento Siegessaule

A Siegessäule, também conhecida como a Coluna da Vitória é um dos monumentos mais famosos de Berlim. Aqui já aconteceram imensos eventos conhecidos mundialmente. Foi aqui que se assistiu ao discurso de Baraka Obama ou palco principal do festival de música electrónica “Love Parade”. A Coluna da Vitória foi projectada pelo arquitecto Heinrich Strack, a fim de comemorar a vitória da Prússia à Dinamarca, no ano 1864. A estátua de Vitória foi colocada mais tarde aquando a vitória da Prússia contra a França e Áustria (pesa 35 toneladas e tem 8 metros de altura). Inicialmente, a Coluna da Vitória não se encontrava onde está hoje em dia. Encontrava-se na actual Praça da República e tinha menos de sete metros de altura. Na totalidade, ela mede 66,89 metros de altura. Poderá subir 285 degraus ou a 50 metros do obelisco e avistar toda a cidade de Berlim. Leve câmara fotográfica, pois a panorâmica é magnífica – aqui poderá ver praticamente todos os monumentos de grande interesse de toda a cidade.

Catedral Neue Kirche

A Catedral Neue Kirche, que tem como significado em português “nova igreja”, a qual é também conhecida como a Igreja Alemã. Fica localizada no Gendarmenmarkt, mais propriamente em frente da Igreja Francesa de Berlim. A paróquia desta igreja pertencia às congregações da Igreja de Jerusalém. Apesar de não chegar a ser a uma catedral, é uma igreja bastante interessante, que encontra-se ligada às correntes luterana e calvinista. Teve uma importância bastante relevante na história prussiana. No século XIX, foram mostrados dentro desta igreja os restos mortais dos mortos aquando a Revolução de Março, tendo sido feito uma grande homenagem aos mesmos com uma oração de um pastor evangélico, de um padre católico e de um rabino. No final do mesmo século, a sala da reza foi reestruturada com seis novas estátuas e alguns elementos decorativos em estilo neo-barroco. Durante a Segunda Grande Guerra, esta igreja sofreu imensos danos, tendo sido reconstruída nos anos 70 e 80.

Fotos de Berlim

Brevemente…

QI Eine Palast Phantasie Show at Friedrichstadt Palast in Berlin Germany

Neste último Abril 2009 estive em Berlim 2 dias e aproveitei para ver um espectáculo tipo Broadway no Friedrichstadtpalast no centro da cidade. O show que vi foi o Friedrichstadtpalast, e o Friedrichstadtpalast é uma sala de espectáculos única por ter o maior palco de shows do mundo com 2200 metros quadrados de palco e mais 700 metros quadrados anexos, incluído um tanque de água usado para os espectáculos com 225 toneladas de água, onde no próprio espectáculo os actores mergulham e fazem parte do show! O bilhete custou 31,70 Euros e o espectáculo começou às 19:30, estava casa cheia com perto de 2000 pessoas! O Friedrichstadt Palast fica no Berlin-Mitte na Friedrichstraße número 107, 5 minutos a pé da Estação Friedrichstraße. Muito prático para se lá chegar.

Pousada da Juventude Berlim, Berlin Youth Hostel

Esta é uma das melhores Pousadas da Juventude que fiquei, é enorme com centenas de quartos, tudo limpo e com excelentes condições. Está localizada mesmo no centro da cidade a 3 minutos da entrada do Metro Anhalter Banhnof.

Fiquei 2 noites em Maio 2009 e fiquei altamente satisfeito. Eu fiquei num quarto com 4 camas, e durante as 2 noites que fiquei, só numa das noites tive mais alguém no quarto. Um japonês que já estava a ressonar que nem um cavalo quando lá cheguei. Dei-lhe uma palmada no ombro e disse-lhe para virar de lado e o gajo lá deixou de fazer barulho parecia uma retro-escavadora.

Há quartos com camas tipo dormitório com casas-de-banho fora do quarto, e ainda quartos single e duplos com casa-de-banho privativa. Além das Pousadas, há também muitos hotéis em Berlim, com vários preços – mais baratos e mais caros.

Há zona de Internet wireless grátis onde se pode ficar a ouvir um pouco de música, comer um bolinho e navegar na net de graça. Se não tiver o seu computador consigo há também computadores pagos para navegar na internet.

Nesta Pousada da Juventude Berlim, uma cama num quarto tipo dormitório com 4 camas custa 17 Euros por noite, na primeira noite tem que se pagar 2.5 Euros extra dos lençóis lavadinhos. A segunda noite já não é preciso porque já tenmos os lençóis da noite passada.Todas as manhãs à pessoas a limparem os quartos e as casas-de-banho por isso o hostel está bem limpo.

O pequeno-almoço custa 5 Euros é tipo buffet, pode-se comer o que se quiser. Muito bom, pois com um valente pequeno-almoço passeia-se melhor e não se precisa de andar a comprar porcarias pelas ruas enquanto se passeia.

O Youth Hostel Three Little Pigs fica na rua Stresemannstrasse 66 – 10963 Berlin, Alemanha; Número de telefone +49 (0)30 – 32 66 29 55; Página de Internet: Pousada da juventude Berlim.

Roteiros em Berlim

Algumas ideias de roteiros para você preparar as suas férias em Berlim de maneira independente. Itinerários de turismo em Berlim na Alemanha.

1 Dia em Berlim: passo-a-passo
Manhã: Brevemente…
Tarde: Brevemente…
2 Dias em Berlim: passo-a-passo
Dia 1 Manhã: Brevemente…
Dia 1 Tarde: Brevemente…

Dia 2 Manhã: Brevemente…
Dia 2 Tarde: Brevemente…

Procura um Hotel em Berlim? Hotéis em Berlim

Kit de Viagem

« Onde reservo alojamento? Encontre os melhores hotéis e promoções através do Booking.com »
« Rent-a-car? Eu reservo sempre o meu carro online através do Rentalcars.com »
« Quer estar prevenido? Faça o seu seguro de viagem através do Worldnomads.com »
« Junte-se a um grupo! 7 dias em Marrocos 430 euros desde Marraquexe até ao Deserto do Saara através do Marrocos.com »
« Comprar bilhetes de monumentos e saltar as filas? Organize a sua viagem com antecedência através do Ticketbar.eu »
« Quer viajar e ter sempre Internet? Faça como eu e compre o aparelho da SkyRoam.com »

O autor do blog

VIVA! Sou o João Leitão. Viajante independente desde 1999, explorei mais de 130 países em África, Antártica, Ásia, Europa, América do Norte e Central, América do Sul e Oceânia. Bem-vindo ao meu blog de viagens, onde partilho dicas práticas de viagem para o motivar a sair de casa! Siga nas redes sociais: Facebook, Twitter, Instagram, Pinterest e YouTube.

« Seguir no Instagram »