🐪 Venha conhecer Marrocos « Viagem de grupo 7 dias por 430 Euros » Marrakech até Deserto do Saara 🐪

Visitar Manaus AM, Guia de Viagem – Dicas, Roteiros, Mapas, Fotos

João Leitão
Actualizado em 9 Julho, 2018

Quer visitar Manaus?

VISITAR MANAUS

VISITAR MANAUS

Guia de Viagem a Manaus

Manaus é a capital da região do Amazonas. 2 milhões de pessoas, fantástica arquitectura do início dos anos 1900, ruas cheias de movimento e um porto muito vivo, Manaus é uma super cidade brasileira bem no coração da Amazónia. Adorei ter passado duas semanas na “Paris dos Trópicos”. Durante este tempo tive oportunidade de explorar e conhecer a cidade a fundo. Visitar o Brasil e não vir a Manaus é perder parte importante da cultura brasileira, que é muitas vezes esquecida pelo resto dos brasileiros mas que faz parte integral da economia e cultura do país.

Nesta página você encontra:

  • Visitar Manaus – o mais importante a saber
  • Dicas rápidas para Manaus
  • Vídeo Promocional do Turismo de Manaus
  • Os 18 Melhores Locais de Manaus
  • O que visitar em Manaus
  • Mapa dos Monumentos de Manaus
  • Fotos de Manaus
  • Alojamento em Manaus
  • Celebrações e Feriados em Manaus
  • Roteiros em Manaus: 1 dia, 2 dias, 3 dias

Visitar Manaus – O importante a saber

VISITAR MANAUS, AMAZONAS

VISITAR MANAUS, AMAZONAS

Dicas rápidas para Manaus:

  • Acorde cedo e seja o primeiro a entrar nos monumentos, museus ou outros locais de interesse
  • Informe-se da agenda do Teatro Amazonas e compre bilhete para um espectáculo
  • Faça uma visita guiada dentro do Teatro Amazonas
  • Apesar de haver hostels para backpackers em Manaus, há também hotéis com quartos privados e pequeno-almoço (café da manhã) incluído mais barato que os hostels ou pelo mesmo preço
  • Tenha cuidado com os seus pertences
  • Mesmo se já tiver feito noutras cidades, terá de ir ver o Encontro das Águas
  • Eu passei vários dias com uma tribo indígena na selva, a 80km de Manaus

A cidade de Manaus é a maior da bacia do Amazonas e capital do Estado, nela vivendo cerca de 1,8 milhões de pessoas. Há algo de surreal em Manaus… talvez sejam as suas dimensões, de megapólis, no meio de um nada formado por uma área sem fim de selva tropical. Ou talvez seja o seu porto, a 1.500 km do Atlântico, e os navios oceânicos que recebe. Para o viajante é uma excelente base para explorar a região e um local para retemperar forças depois de desgastantes expedições no Amazonas. É também um ponto de paragem natural para os que pretendem seguir todo o curso do grande Amazonas. Além disso, tem um significativo património histórico e cultural para ver, quase todo datado daquela época de ouro de Manaus, entre os finais do século XIX e o início do século XX, em que se verificou uma incrível expansão económica baseada na produção e venda de borracha.

Eu cheguei a Manaus vindo de Oriximiná. Depois de ter ficado uns dias subi até à Venezuela de autocarro (ônibus) via Boa Vista. Depois de ter voltado a Manaus aproveitei para ficar com uma família indígena da tribo tatuyo, na selva. Uma experiência enriquecedora e que nunca esquecerei. Mais tarde, apanhei o barco até Benjamim Constant para mais tarde cruzar a fronteira com a Colômbia em Tabatinga / Letícia.

TEATRO AMAZONAS EM MANAUS

TEATRO AMAZONAS EM MANAUS

Para saber quando ir à Manaus você precisa de se informar um pouco melhor acerca das suas estações e clima. A melhor altura para visitar a Manaus é entre Julho, momento em que as temperaturas se encontram amenas e não chove. Os meses mais quentes em Manaus são Agosto, Setembro, Outubro e Novembro. Os meses da chuva são Fevereiro, Março e Abril.

Vídeo Carmina Burana no Teatro Amazonas em Manaus

Tive muita sorte e pude assistir ao concerto de ópera da peça Carmina Burana. Sem dúvida um dos maiores hits da música clássica, Carmina Burana é a obra mais conhecida do compositor alemão Carl Orff.

Os 18 Melhores Locais de Manaus
  1. Teatro Amazonas
  2. Encontro das Águas
  3. Ponte de Ferro Benjamin Constant
  4. Palácio Rio Negro
  5. Praia da Ponta Negra
  6. Mercado Municipal Adolpho Lisboa
  7. Porto de Manaus
  8. Palácio da Justiça
  9. Jardim Botânico
  10. Palacete Provincial
  11. Museu Amazônico
  12. Largo De São Sebastião
  13. Alfândega de Manaus
  14. Igreja Metropolitana de Manaus
  15. Igreja São Sebastião
  16. Mercado do Peixe
  17. Praça da Saudade
  18. Praça do Relógio

O que visitar em Manaus

MANAUS

MANAUS

1- Teatro Amazonas

O Teatro Amazonas surpreende desde logo por uma opulência e uma grandiosidade que não se esperaria no seu contexto. Na realidade, quando a construção da estrutura se iniciou, em 1884, dinheiro não faltava na região, vindo da então lucrativa da extracção da borracha. E as elites de Manaus desejavam a todo o custo aproximar-se do estilo de vida cosmopolita das grandes metrópoles. Os trabalhos avançavam sob a supervisão do arquitecto italiano Celestial Arcadim, e não se olhava a despesas para obter a qualidade desejada: a cobertura do edifício veio da Alsácia, o mobiliário chegou de Paris. o mármore foi importado de Itália e o ferro utilizado na estrutura era inglês. A magnífica cúpula foi decorada no exterior com as cores da bandeira brasileira, formadas por 36.000 mosaicos. A inauguração deu-se a 7 de Janeiro de 1897, com a presença de um dos mais prestigiados cantores de ópera da época, Enrique Caruso. Hoje em dia, depois de um abandono que durou 90 anos, o teatro está de novo activo, graças ao financiamento do governo.

2- Encontro das Águas

O Encontro das Águas é um fenómeno que se verifica em alguns pontos do Brasil, resultando da confluência de dois rios de características distintas, o que resulta numa junção de águas de densidade, temperatura e cores diferentes. Junto a Manaus isso sucede com os rios Negro e Solimões, sendo o mais espectacular “Encontro de Águas” do país. O fenómeno é melhor observado a partir do ar, mas se não for possível, pode-se ir até um lugar chamado Mirante da Embratel, no bairro Colônia Antônio Aleixo, na Zona Leste de Manaus. Infelizmente as águas são revoltas e traiçoeiras ali, por isso é melhor não experimentar nadar para sentir as diferenças, mas se passear de barco, pode experimentar mergulhar a mão na água e a diferença é logo evidente. A melhor altura do ano para observar o fenómeno é durante os meses de Junho e Julho.

3- Ponte de Ferro Benjamin Constant

Esta ponte suspensa foi inaugurada em 1895, tendo sido construída sob a supervisão do engenheiro Frank Hirst Hebblethwait. Era na altura considerada um símbolo do progresso tecnológico trazido pelos ingleses para a região, patente em diversas outras estruturas de Manaus. Veio substituir uma antiga ponte de madeira a que as pessoas chamavam de primeira “Itacoatiara”. Também conhecida como Terceira Ponte, Ponte Metálica ou Ponte da Cachoeirinha, tem 161 metros de comprimento e 10,5 metros de largura, unindo o centro da cidade ao bairro da Cachoeirinha. Foi completamente reconstruída em 1938 e sofreu obras de manutenção em 1969, 1987 e 2008.

4- Palácio Rio Negro

Este palácio foi construído entre 1903 e 1910 em estilo ecléctico, segundo um plano do arquitecto italiano Antonio Jannuzzi, como residência do próspero comerciante de borracha Karl Waldemar Scholz. O declínio deste comércio e a Primeira Guerra Mundial arruinaram a família Scholz e o palácio passou para as mãos do Governo, tendo sido a sede do Governo do Estado de Manaus entre 1918 e 1995. Desde esta data o Palácio tem funcionado como centro cultural e ali se encontra um museu dedicado à cultura e comércio da borracha. O edifício pode ser visitado e há visitas guiadas gratuitas que levarão o turista pelas salas ricamente decoradas e mobiladas mobiliário em estilo manuelino, Art Nouveau, inglês e império, com elementos provenientes do Oriente e talvez seja mesmo possível subir à torre de onde se tem uma grande vista sobre a cidade de Manaus e sobre o rio Negro.

5- Mercado Municipal Adolpho Lisboa

Este mercado foi construído em estilo Art Nouveau entre 1880 e 1883, inspirado no design do famoso Les Halles de Paris, cidade de onde aliás vieram as estruturas metálicas empregues. Foi o segundo mercado moderno a surgir no Brasil, vindo na onda do boom económico proporcionado pela exploração e comercialização da borracha em Manaus. Hoje em dia o mercado já não funciona como antigamente, encontrando-se no seu interior apenas lojas de souvenirs, mas num edifício ao lado há o mercado do peixe. Entre 1906 e 1934 o edifício foi alugado à empresa britânica Manáos Markets. Foi recentemente renovado e no seu interior podem ser vistos interessantes painéis que contam a história da estrutura de forma bem detalhada.

MANAUS

MANAUS

6- Porto de Manaus

O Porto de Manaus constitui um conjunto arquitectónico que se encontra classificado como Património Nacional do Brasil desde 1987. É composto pelo edifício da Ilha de São Vicente, pelo prédio do escritórios centrais, pelo Museu do Porto, pelo edifício do Tesouro Público, a Alfândega e diversos armazéns, docas flutuantes e mais alguns prédios de importância menor. Como tantos outros elementos históricos de Manaus, o seu porto encontra-se intimamente associado ao período de ouro da cidade, de elevada exploração e comercialização da borracha, que se deu entre finais do século XIX e o início da Primeira Guerra Mundial (1914). A maioria das estruturas do porto foram construídas depois de 1900, pela companhia britânica Manaos Harbour Limited, que explorou as instalações até aos anos 60.

7- Alfândega de Manaus

A Alfândega de Manaus encontra-se junto ao porto, tendo começado a funcionar em 1906, apesar de a inauguração oficial ter apenas ocorrido em 1919. Trata-se um edifício com toques ecléticos, e com influências medievais e renascentistas, tendo sido projectado por uma equipa de três arquitectos: Edmund Fisher, H.M. Fletcher e G. Pinkerton. Foi construído a partir de blocos pré-fabricados em Inglaterra, com materiais preparados para resistir ao clima de Manaus, e talvez por causa disso mantém ainda hoje a cor original. Junto à alfândega foi construída a “Guardamoria”, que alojava os elementos policiais que efectuavam a fiscalização fiscal em terra e a bordo dos navios que chegavam a Manaus. Agregado a este prédio foi construído um farol com estrutura em aço e que gerava um foco de luz de elevada intensidade. Nos dias de hoje está instalada no edifício da Alfândega a Inspetoria da Receita Federal do Porto de Manaus.

8- Catedral Metropolitana de Manaus

A Catedral Metropolitana de Manaus é a igreja matriz da cidade, remontando a sua origem ao ano de 1695, quando os missionários carmelitas ergueram a primeira igreja matriz. Esse primitivo templo foi inteiramente reconstruído durante o mandato de Manoel da Gama Lobo D’Almada enquanto presidente da província, mas em 1850 um violento incêndio destruiu a igreja. Oito anos depois iniciavam-se as obras de construção da nova igreja, segundo um plano do arquitecto militar Sebastião José Basílio Pyrrho e com a execução a cargo do pedreiro Francisco Caneja. Foi preciso esperar quase vinte anos, até 1877, para que a nova igreja fosse inaugurada, contendo muito do espólio que foi salvo do sinistro no anterior templo. Tornou-se catedral em 1892, quando foi criada a diocese de Manaus. Em 1916 foi alvo de obras de restauro e em 1945 renovou-se a sua decoração interior com pinturas a óleo e símbolos litúrgicos como adornos.

9- Largo de São Sebastião

O Largo de São Sebastião é o ponto de convergência do centro histórico de Manaus, encontrando-se ali edifícios emblemáticos da cidade como a Igreja de São Sebastião, o Palácio da Justiça, actualmente funcionando como centro cultural, e o Teatro Amazonas. No centro do largo destaca-se o Monumento de Abertura dos Porto. Encontram-se aqui museus e galerias de arte, não se devendo perder uma visita à Casa da Música Ivete Ibiapina, à Casa das Artes e especialmente à Galeria das Artes, instalada num belo palácio e onde se pode entrar gratuitamente entre as 18 e as 21 horas. O Largo de São Sebastião é o lugar ideal para tomar uma refeição ou simplesmente beber uma cerveja numa das esplanadas ali existentes. Além disso são ali com frequência organizados espectáculos, como é o caso do festival anual de ópera que chega a atrair mais de dez mil pessoas ao largo.

Roteiros em Manaus

VISITAR MANAUS NO AMAZONAS

VISITAR MANAUS NO AMAZONAS

Algumas ideias de roteiros para você preparar as suas férias em Manaus de maneira independente. Itinerários de turismo em Manaus na Brasil.

1 Dia em Manaus: passo-a-passo
Manhã: Brevemente…
Tarde: Brevemente…
2 Dias em Manaus: passo-a-passo
Dia 1 Manhã: Brevemente…
Dia 1 Tarde: Brevemente…

Dia 2 Manhã: Brevemente…
Dia 2 Tarde: Brevemente…

Procura um Hotel em Manaus? Hotéis em Manaus

Kit de Viagem

« Onde reservo alojamento? Encontre os melhores hotéis e promoções através do Booking.com »
« Rent-a-car? Eu reservo sempre o meu carro online através do Rentalcars.com »
« Quer estar prevenido? Faça o seu seguro de viagem através do Worldnomads.com »
« Junte-se a um grupo! 7 dias em Marrocos 430 euros desde Marraquexe até ao Deserto do Saara através do Marrocos.com »
« Comprar bilhetes de monumentos e saltar as filas? Organize a sua viagem com antecedência através do Ticketbar.eu »
« Quer viajar e ter sempre Internet? Faça como eu e compre o aparelho da SkyRoam.com »

O autor do blog

VIVA! Sou o João Leitão. Viajante independente desde 1999, explorei mais de 130 países em África, Antártica, Ásia, Europa, América do Norte e Central, América do Sul e Oceânia. Bem-vindo ao meu blog de viagens, onde partilho dicas práticas de viagem para o motivar a sair de casa! Siga nas redes sociais: Facebook, Twitter, Instagram, Pinterest e YouTube.

« Seguir no Instagram »