🐪 Venha conhecer Marrocos « Viagem de grupo 7 dias por 430 Euros » Marrakech até Deserto do Saara 🐪

Nuno Maia – Rubrica: Quem viaja

João Leitão
Actualizado em 6 Maio, 2017

Nesta entrevista temos o viajante Nuno Maia.
Vamos conhecer um pouco mais sobre quem viaja e explora o mundo. Nesta rubrica “QUEM VIAJA“, proponho dar a descobrir várias pessoas que viajam o mundo à sua maneira, cada um de forma diferente. Tento criar assim, um perfil de viajante, rápido e fácil de ler sobre vários viajantes portugueses e brasileiros.

Nuno Maia – Perfil de Viajante

    Nuno Maia - Rubrica: Quem viaja

  • Nome completo: Nuno Miguel Martins Maia
  • Profissão: Day job em Sistemas de Informação Art Job em fotografia, pelo meio sou Accounter manager numa empresa ligada ao desporto extreme
  • Data de nascimento: 1978
  • Local de nascimento: Porto – Portugal
  • Local de residência: Porto – Portugal
  • Quantos países já visitou: 33
  • Quantos continentes já visitou: 5
  • Maneira preferida de viajar: Comboio e bicicleta
  • Comida preferida: Fettuccine vegetariano
  • Cor preferida: Azul
  • Banda preferida: Ouço de tudo um pouco do Jazz ao Punk Rock assim como do Bossa Nova ao Hip Hop, preferido não tenho, de grande influencia tenho os Portishead e os Red Hot Chili Peppers
  • Fruta preferida: Maçã
  • Livro de viagem preferido: “O Fio da Navalha” de Somerset Maugham e o “Apelo da Selva” de Jack London
  • Já se apaixonou por alguém em viagem? Alguém? Nunca.
  • Você vive para viajar ou viaja para viver? Preocupo-me em Viver, com isso vêm as viagens
  • Próximas viagens: Trekking no Nepal, Snowboard na Nova Zelândia e Caminhos de Santiago de Bicicleta
  • Países onde não voltaria: Paraguai, Filipinas e Singapura
  • Países onde voltaria: Nova Zelândia, Japão e Argentina
  • Países com melhor comida: Portugal, Argentina e Chile
  • Qual o país com mulheres / homens mais bonitos: Sem dúvida as Portuguesas, quanto mais se conhece mais se valoriza. Homens, digamos que os portenhos têm pinta
  • Hotel preferido: Silk Road em Yazd no Irão, K’s House Mt. Fuji no Japão e o Gobleg inn em Bali na Indonésia
  • Site / blog: www.facebook.com/nunomaiaphoto

Nuno Maia – Rubrica: Quem viaja – Falar com o viajante

Fotografia Viagem de Nuno Maia
Fotografia Viagem de Nuno Maia

Nuno Maia Entrevista Viagens

Nuno Maia Entrevista Viagens

Qual é a sua relação com as viagens? O que pretende encontrar enquanto está a conhecer outros países?

Viajar é o suporte que uso para saber mais, a minha relação é de conhecimento .Não pretendo só conhecer os lugares ou as pessoas, procuro interagir dando-me também a conhecer.
Não crio muita expectativa antes de viajar, vou com o meu imaginário e tento me adaptar á realidade. No regresso sinto sempre que pertenço em parte ao lugar de onde vim. Por exemplo acabo de saber do terramoto do Irão, não fico indiferente á noticia e tento saber como foi em que sitio e se quem conheço esta bem.

Muitos viajantes ficam fortemente marcados por algumas viagens, certas pessoas, culturas diferentes e experiências especiais. Qual a viagem mais marcante para si e conte o porquê:

Todas marcam e todas deixam as suas sementes. Destaco uma das últimas que realizei o Japão. Imaginem uma viagem no tempo, a um futuro distante. Uma viagem ao expoente máximo da civilização humana, onde o respeito pelo próximo é o pilar da civilização. Onde a tradição e a tecnologia resultam numa sinergia cultural. A máquina do tempo não existe, mas foi o que senti estando uma hora encostado a um semáforo em Shibuya.

Algumas pessoas precisam de ser incentivadas a sair de casa, a perder o medo de viajar. Que conselhos pode dar a alguém que quer começar a viajar mas não sabe como, quando e porquê?

Viajar não é uma ciência exata, e não existem formulas. Tudo é válido e o importante é partir.
Se o motivo é o financeiro vá de bicicleta ou a pé, se o motivo são os filhos, já lhes perguntou se eles gostariam de viajar de bicicleta em família pelas lindas praias da costa alentejana. Conforto? Nada deve ser mais confortável do que a nossa própria casa, se for não devia mas em princípio você vai e regressa, o sofá não foge. Acima de tudo pense no seu projecto, na sua viagem, ela vai ser sua, logo única. Quando e porquê? Não espere muito, de certeza que já ouviu “isto são só dois dias”.

Já viveu num país diferente mais do que seis meses? Se sim, onde foi e o que esteve a fazer. Diga-me também, o que retirou dessa sua experiência de viver no estrangeiro:

Mais do que seis meses, não.

Escolher uma paisagem preferida pode ser muito difícil. Mas tente escolher uma paisagem que ficou para sempre na memória. O que sentiu naquela altura?

Muito difícil mesmo, vou citar duas. Two Thumbs na Nova Zelândia. Acordo cedo para me fazer à montanha, na rua avisto uma equipa de alpinistas a tomarem o seu café com o seu ponto de visão fixo a oeste. Ao tentar entrar na sintonia do mesmo olhar avisto as montanhas cheias de neve com um céu avermelhado parecendo layers em Photoshop, mais do que na beleza natural pensei : Hoje o dia vai ser ali e são estes os momentos que fazem tudo valer a pena. Outro lugar foi em Iguazú na Argentina. Já tinha estado nas cataratas mas voltei para ver as mesmas em noite de lua cheia. Clichés sobre turismo à parte, comprei o meu bilhete e nessa noite tive sensações únicas, o poder da atracão pela imensidão da água e a influência da lua cheia. Tratando-se de um parque natural e de visitas guiadas, deixei-me ficar para trás para sozinho melhor compreender aquele fenómeno que para mim foi novo. O momento foi tão marcante que no regresso estudei sobre influência da Lua no homem, a gravidez, tribos etc.. Mais tarde resultou num trabalho fotográfico com participação numa bienal de arte.

Vídeo de Nuno Maia no Japão

Kit de Viagem

« Onde reservo alojamento? Encontre os melhores hotéis e promoções através do Booking.com »
« Rent-a-car? Eu reservo sempre o meu carro online através do Rentalcars.com »
« Quer estar prevenido? Faça o seu seguro de viagem através do Worldnomads.com »
« Junte-se a um grupo! 7 dias em Marrocos 430 euros desde Marraquexe até ao Deserto do Saara através do Marrocos.com »
« Comprar bilhetes de monumentos e saltar as filas? Organize a sua viagem com antecedência através do Ticketbar.eu »
« Quer viajar e ter sempre Internet? Faça como eu e compre o aparelho da SkyRoam.com »

O autor do blog

VIVA! Sou o João Leitão. Viajante independente desde 1999, explorei mais de 130 países em África, Antártica, Ásia, Europa, América do Norte e Central, América do Sul e Oceânia. Bem-vindo ao meu blog de viagens, onde partilho dicas práticas de viagem para o motivar a sair de casa! Siga nas redes sociais: Facebook, Twitter, Instagram, Pinterest e YouTube.

« Seguir no Instagram »