🐪 » Viagem de grupo 7 dias em Marrocos por 430 Euros » Marrakech até Deserto do Saara » Mais info em MARROCOS.COM « 🐪

🌍 Gracinda Ramos – Rubrica: Quem viaja

Actualizado em 26 Outubro, 2016

Nesta entrevista temos a viajante Gracinda Ramos.
Vamos conhecer um pouco mais sobre quem viaja e explora o mundo. Nesta rubrica “QUEM VIAJA“, proponho dar a descobrir várias pessoas que viajam o mundo à sua maneira, cada um de forma diferente. Tento criar assim, um perfil de viajante, rápido e fácil de ler sobre vários viajantes portugueses e brasileiros.

Gracinda Ramos – Perfil de Viajante

    Gracinda Ramos - Rubrica: Quem viaja

  • Nome completo: Maria Gracinda Correia Ramos
  • Profissão: Professora de artes no ensino secundário e pintora
  • Data de nascimento: 1966
  • Local de nascimento: Leça da Palmeira – Portugal
  • Local de residência: Penafiel – Portugal
  • Quantos países já visitou: 22
  • Quantos continentes já visitou: 2
  • Maneira preferida de viajar: Sempre de moto, sozinha e com todo o tempo por minha conta! Viajar de moto permite-me passar onde quero, entrar em centros históricos, parar em qualquer lugar sem grandes dificuldades de encontrar parque. Numa viagem caminho muito também, depois de chegar onde quero, todas as explorações são feitas caminhando, tanto em cidade como em montanha, o que me faz acumular, para além dos milhares de quilómetros de moto, imensos quilómetros de caminhada.
  • Comida preferida: Cozido à portuguesa
  • Cor preferida: Preto
  • Banda preferida: Depende do momento mas nas últimas viagens tenho me feito acompanhar por Kamelot e Rammstein, por exemplo.
  • Fruta preferida: Cerejas
  • Livro de viagem preferido: Não leio livros de viagem… gosto de trilhar meus próprios caminhos e criar meu próprio destino!
  • Já se apaixonou por alguém em viagem? Nunca, meu coração sai de casa ocupado e volta com saudade de quem me espera!
  • Você vive para viajar ou viaja para viver? Há momentos em que eu acho que vivo para viajar, outros em que acho que viajo para viver, seguramente trabalho para viajar!
  • Próximas viagens: Turquia, Noruega e Rússia
  • Países onde não voltaria: Eu fico sempre com vontade de voltar a cada país que visito porque deixo sempre tanto para ver!
  • Países onde voltaria: 3 países onde eu volto, a toda a hora em todas as viagens, são a Espanha, a França e a Suíça, porque são lindos e porque ficam sempre no meu caminho, vá eu onde for, dado que viajo sempre por estrada!
  • Países com melhor comida: França, Suíça e Itália (se excluirmos Portugal, claro!)
  • Qual o país com mulheres / homens mais bonitos: Continuo a achar que é em Portugal e em Espanha onde eu acho as pessoas mais bonitas!
  • Hotel preferido: O Hotel Ducan em Monstein a escassos kilometros de Davos na Suíça, parece tirado de um postal suíço, as pessoas são muito simpáticas e tem um serviço de pequeno-almoço e restaurante muito simpático! Apetece ficar lá todo um mês, tanto no verão como no inverno!
  • Site / blog: www.passeandopelavida.com

Gracinda Ramos – Rubrica: Quem viaja – Falar com o viajante

Fotografia Viagem de Gracinda Ramos
Fotografia Viagem de Gracinda Ramos

Gracinda Ramos Entrevista Viagens

Gracinda Ramos Entrevista Viagens

Qual é a sua relação com as viagens? O que pretende encontrar enquanto está a conhecer outros países?

Viajar faz parte da minha vida desde sempre, desde o tempo em que eu apenas podia sonhar com partir para longe e apenas podia dar a volta ao nosso país numa Vespa 50cc.

Viajo para ver, viver e registar! Viajo por saudades de outras viagens passadas, viajo porque de alguma forma tem de ser!

Nunca tive o sonho de ir onde ninguém foi, nem sede de aventuras nunca vividas. Viajo por causa da arquitetura, das paisagens, dos hábitos e costumes. Por isso não vou a lado nenhum porque é um sítio mítico, ou um destino de motociclistas, ou de aventureiros.

Viajo sempre por estradas nacionais ou secundárias, percorro zonas rurais, montanhas e aldeias, como percorro cidades e centros urbanos! Tudo me interessa num país, por isso gosto de viajar sozinha para não ser “travada” por ninguém e poder parar sempre que quero para fotografar ou desenhar, um recanto da paisagem, ou um pormenor da arquitetura.

Muitos viajantes ficam fortemente marcados por algumas viagens, certas pessoas, culturas diferentes e experiências especiais. Qual a viagem mais marcante para si e conte o porquê:

Uma viagem que me marcou foi a primeira vez que saí para a Europa de moto e fui até à Suíça. Até ali eu percorrera toda a Península mas nunca passara para lá dos Pirenéus. Ainda hoje eu chamo “passear”, quando ando por perto e “viajar”, quando ando por longe! Aquela foi uma viagem de 13.000km que durou um mês em que percorri todos os recantos da Suiça.

Eu tinha estudado lá e queria voltar para matar saudades mas, como não conduzo carro, não poderia ir de avião e alugar lá um! Só me restava levar a moto mas não encontrei nenhuma empresa me garantisse o transporte seguro da moto, por isso decidi viajar nela! Então entendi que não custava nada e que era a forma mais bonita de viajar! Fui sem dizer nada a ninguém para que ninguém me tentasse desmotivar e fiz uma viagem encantadora que matou as saudades do país, mas deixou as saudades de viajar!

De resto todas as viagens são únicas e marcantes e, como eu costumo dizer, a viagem da minha vida é sempre a próxima!

Algumas pessoas precisam de ser incentivadas a sair de casa, a perder o medo de viajar. Que conselhos pode dar a alguém que quer começar a viajar mas não sabe como, quando e porquê?

O maior incentivo é querer mesmo ir, por si, pelo destino, pelo percurso, mais do que ir porque os outros vão!

Depois viajar não tem de ter formula, cada pessoa deve viajar como pode! Já me disseram varias vezes que viajar de moto é o melhor que há, o que não é verdade para quem nem moto conduz!

Uma coisa que eu aprendi, ao longo de tantos anos a viajar, foi que o medo dos outros enfraquece-nos e é quem menos sabe ou viaja quem mais alto fala dos perigos! Na realidade viajar é fácil, é enriquecedor e viajar sozinho não faz mal a ninguém, mas quem não tem muita coragem de partir só se lembra do pior que pode acontecer!

Por isso, se alguém quer começar a viajar, apaixone-se por um destino, por um caminho, por uma cidade ou por um país! Leia sobre o assunto, pesquise o que há para ver, escolha a sua forma de viajar e desenhe a sua viagem à medida das suas possibilidade e não à medida dos seus sonhos!

Depois de fazer uma viagem, voltará sabendo o que gostou, o que deve mudar, o que deve melhorar…

Há muita gente a viajar para todos os lados em todos os meios de transporte e há muita gente a descrever como o faz! Há muita dessa gente disponível para ajudar e orientar, eu , por exemplo, recebo regularmente pedidos de informações de pessoas que querem viajar de moto e não sabem o que levar, por onde ir ou o que ver! Por isso há que comunicar com quem sabe um pouco mais sobre o assunto e pedir ajuda, se não se conseguir orientar sozinho! Ficar em casa e guardar a vontade de partir, é que não!

Já viveu num país diferente mais do que seis meses? Se sim, onde foi e o que esteve a fazer. Diga-me também, o que retirou dessa sua experiência de viver no estrangeiro:

Sim, vivi na Suíça, ganhei uma bolsa de estudo para estudar na Escola das Belas Artes de Genève, hoje “Haute École d’Art et de Design”. Não conhecia ninguém lá, nem sabia muito bem onde ficava no mapa e foi a experiência mais enriquecedora da minha vida! Acho que aqueles anos ajudaram-me a equilibrar a minha personalidade, que encaixava mal na mentalidade lusa!

Foram anos em que percebi que a minha vida poderia ser o que eu quisesse, que o mundo é um infinito destino para viajar e que viajar é tão natural como trabalhar ou dormir ou viver! Os suíços viajam muito e as férias para eles são para isso mesmo! Quem só pensa em trabalhar e amealhar e fazer horas extra para ganhar mais, não é um herói, é um louco!

Voltaria a viver lá!

Escolher uma paisagem preferida pode ser muito difícil. Mas tente escolher uma paisagem que ficou para sempre na memória. O que sentiu naquela altura?

Não saberia escolher uma paisagem, mas várias que se assemelham e que me enchem de uma euforia quieta, uma paz que me faz estremecer, para sempre: as altas montanhas dos Alpes suíços…

Siga no Twitter, Facebook, Instagram e Pinterest. Partilhe esta página e deixe o seu comentário.


Deixe o seu comentário aqui:

João Leitão - O autor do blog:

VIVA! Sou o João - blogger de viagens. Com 20 anos de experiência como viajante independente, explorei mais de 128 países em África, Antártica, Ásia, Europa, América do Norte e Central, América do Sul e Oceânia. Bem-vindos ao meu blog de viagens, onde partilho informação prática de viagem para o motivar a sair de casa! Siga nas redes sociais: Facebook, Twitter, Instagram, Pinterest e YouTube.

Kit de Viagem:

  • Onde eu reservo alojamento? Encontre os melhores hotéis e promoções através do Booking.com
  • Eu reservo sempre o meu carro online através do Rentalcars.com
  • Quer estar prevenido? Faça o seu seguro de viagem através do Worldnomads.com
  • 7 dias em Marrocos 430 euros desde Marrakech até ao Deserto do Saara através do Marrocos.com
  • Quer viajar e ter sempre Internet? Faça como eu e compre o aparelho da SkyRoam.com
* Esta página tem links de afiliados. Quando você reserva algo através deste blog, eu retenho uma pequena comissão que não altera o preço final. Obrigado!

Blog de viagens mencionado em:

Blog de viagens nos Media

« Seguir @joaoleitaoviagens no Instagram »