🐪 Venha conhecer Marrocos « Viagem de grupo 7 dias por 430 Euros » Marrakech até Deserto do Saara 🐪

Vasco Castanheira – Rubrica: Quem viaja

João Leitão
Actualizado em 6 Maio, 2017

Nesta entrevista temos o viajante Vasco Castanheira.
Vamos conhecer um pouco mais sobre quem viaja e explora o mundo. Nesta rubrica “QUEM VIAJA“, proponho dar a descobrir várias pessoas que viajam o mundo à sua maneira, cada um de forma diferente. Tento criar assim, um perfil de viajante, rápido e fácil de ler sobre vários viajantes portugueses e brasileiros.

Vasco Castanheira – Perfil de Viajante

    Vasco Castanheira - Rubrica: Quem viaja

  • Nome completo: Vasco Castanheira, mas as pessoas conhecem-me por Hartigan
  • Profissão: Acabei a minha licenciatura em Business Administration e parei um ano para poder viajar e em Setembro vou fazer um mestrado em Marketing para San Francisco.
  • Data de nascimento: 1990
  • Local de nascimento: Almada – Portugal
  • Local de residência: Lisboa até Setembro – depois São Francisco – EUA
  • Quantos países já visitou: 42
  • Quantos continentes já visitou: 5 (Europa, Ásia, América do Norte, Central e do Sul)
  • Maneira preferida de viajar: Mota, autocarro e boleia. É onde se conhece mais pessoas interessantes e locais, as pessoas são mais humildes, honestas e trocam-se histórias imprevisíveis.
  • Comida preferida: Sem dúvida a portuguesa e depois a do sul da Índia e a vietnamita
  • Cor preferida: Amarelo
  • Banda preferida: Mogwai e Radiohead
  • Fruta preferida: Morango e Rambutan
  • Livro de viagem preferido: Shantaram, de Gregory David Roberts
  • Já se apaixonou por alguém em viagem? Sim
  • Você vive para viajar ou viaja para viver? Faço dinheiro para viajar, e viajo para viver
  • Próximas viagens: África do Sul, Israel e Marrocos
  • Países onde não voltaria: Nenhum… Todos foram interessantes á sua maneira
  • Países onde voltaria: Índia, Argentina e Nicarágua
  • Países com melhor comida: Vietname, Índia e Argentina
  • Qual o país com mulheres / homens mais bonitos: Argentina e Portugal
  • Hotel preferido: Gunung Merta – Ubud (Bali), Indonésia. Excelente relação preço/qualidade, com terraço para a serra, piscina, pequeno almoço incluído e um tratamento de hotel 5 estrelas. Seagarden – Otres Beach, Sihanoukville, Cambodja – os donos são super simpáticos, bungalows na praia com bar e restaurante, num local bastante calmo e tranquilo. Bungalows em Koh Thónsay (Rabbit Island), Cambodja. A ilha é mínima e apenas vivem 6 ou 7 famílias na ilha e cada uma tem os seus bungalows e respectivo restaurante. Baratíssimo, excelente comida, especialmente marisco, bastante humilde e paradisíaco.
  • Site / blog: www.facebook.com/WonderlustingAsia

Vasco Castanheira – Rubrica: Quem viaja – Falar com o viajante

Fotografia Viagem de Vasco Castanheira
Fotografia Viagem de Vasco Castanheira

Vasco Castanheira Entrevista Viagens

Vasco Castanheira Entrevista Viagens

Qual é a sua relação com as viagens? O que pretende encontrar enquanto está a conhecer outros países?

Um vício, uma droga que não me quero desintoxicar. Uma vez que se começa não se consegue parar. Chega-se a casa e só penso em conseguir fazer dinheiro para a próxima viagem e meter-me num avião. Sempre que viajo pretendo conhecer os novos costumes, tento sempre aprender as palavras básicas de cada país quando chego (bom dia, obrigado, adeus, se faz favor, etc), experimentar a comida, interagir com as pessoas locais e conhecer gente, gente de todo o mundo que partilha a mesma paixão por viagens como eu. Penso que o conhecer gente é a parte mais interessante de viajar; conhece-se pessoas de todo o mundo com histórias incríveis que nos fazem sonhar e mostrar que tudo é possível, que basta acreditar e, não arranjar desculpas para deixar de concretizar os nossos sonhos.

Muitos viajantes ficam fortemente marcados por algumas viagens, certas pessoas, culturas diferentes e experiências especiais. Qual a viagem mais marcante para si e conte o porquê:

Sem dúvida, a viagem que acabo de fazer pela Ásia que durou cerca de 6 meses e meio, e na qual percorri a Índia, Nepal, China, Hong Kong, Vietname, Cambodja, Laos, Tailândia, Filipinas e Indonésia, e estive em mais de 50 lugares diferentes. Primeiro porque foi a primeira vez que viajei sozinho, foi um teste, o qual adorei e nem pensaria duas vezes em repetir. Nesta forma de viajar só se está sozinho quando se quer. Depois, porque viajei até não ter mais dinheiro o que fez com que estivesse num estado de liberdade enorme, onde podia fazer o que me apetecesse, estar o tempo que quisesse, ir para onde quisesse; foi uma viagem sem destino nem planos e cheia de improvisos e imprevistos…

Algumas pessoas precisam de ser incentivadas a sair de casa, a perder o medo de viajar. Que conselhos pode dar a alguém que quer começar a viajar mas não sabe como, quando e porquê?

Ás pessoas que têm medo de viajar só lhes tenho a dizer que vão, arrisquem. Uma vez que cheguem ao primeiro destino, tudo começa a passar tão rápido, são tantas as experiências novas, tantas coisas que o que se vive numa semana de mochila ás costas equivale quase a 2 meses em casa (ou mais). Não tenham medo, não arranjem o dinheiro como desculpa, pois não precisam de muito dinheiro para viajar, porque quando se está em países asiáticos ou sul americanos, o custo de vida é barato e acaba-se por gastar mais dinheiro na nossa própria casa em almoços, cafés, compras para casa, transportes, copos, etc ou até mesmo na férias de verão no Algarve do que neste tipo de viagens.

Não sabem como começar? Apanhem um avião para o sitio que sempre quiseram ir, cometam uma loucura da qual não se podem desenvencilhar e não façam planos, cheguem e explorem.

O único factor que eu acho complicado para fazer uma viagem deste género é “apenas” o tempo que temos disponível para viajar, mas uma coisa é um facto: nunca se vão arrepender!

Já viveu num país diferente mais do que seis meses? Se sim, onde foi e o que esteve a fazer. Diga-me também, o que retirou dessa sua experiência de viver no estrangeiro:

Sim, vivi em 2010 em Buenos Aires, Argentina, quando estava a fazer um intercâmbio no último ano da minha faculdade. O que retirei dessa experiência foi o facto de ter conhecido um povo extraordinário com o qual me identifico, super parecido ao portugueses, rico em comida, cultura e bom humor e, verificar que é a cidade dos meus sonhos, onde um dia espero conseguir ir viver. Desde que me vim embora, tento voltar todos os anos lá.

Escolher uma paisagem preferida pode ser muito difícil. Mas tente escolher uma paisagem que ficou para sempre na memória. O que sentiu naquela altura?

São muitas, imensas, mas vou dizer a primeira que me veio à cabeça… Sei apenas que foi em Torres del Paine, Chile e não me lembro do sítio exacto mas era uma praia com glaciares e com os Andes como background.

Simplesmente fiquei parado, estupefacto, perante uma coisa tão naturalmente extraordinária, algo que me faz acreditar que o mundo é um lugar enorme, incrível e cheio de coisas que nos fazem tirar do sofá e explorar.

Vídeo de Vasco Castanheira na Ásia

Kit de Viagem

« Onde reservo alojamento? Encontre os melhores hotéis e promoções através do Booking.com »
« Rent-a-car? Eu reservo sempre o meu carro online através do Rentalcars.com »
« Quer estar prevenido? Faça o seu seguro de viagem através do Worldnomads.com »
« Junte-se a um grupo! 7 dias em Marrocos 430 euros desde Marraquexe até ao Deserto do Saara através do Marrocos.com »
« Comprar bilhetes de monumentos e saltar as filas? Organize a sua viagem com antecedência através do Ticketbar.eu »
« Quer viajar e ter sempre Internet? Faça como eu e compre o aparelho da SkyRoam.com »

O autor do blog

VIVA! Sou o João Leitão. Viajante independente desde 1999, explorei mais de 130 países em África, Antártica, Ásia, Europa, América do Norte e Central, América do Sul e Oceânia. Bem-vindo ao meu blog de viagens, onde partilho dicas práticas de viagem para o motivar a sair de casa! Siga nas redes sociais: Facebook, Twitter, Instagram, Pinterest e YouTube.

« Seguir no Instagram »