🐪 Venha conhecer Marrocos « Viagem de grupo 7 dias por 430 Euros » Marrakech até Deserto do Saara 🐪

Visitar Poznan, Guia de Viagem – Dicas, Roteiros, Mapas, Fotos

João Leitão
Actualizado em 9 Julho, 2018

Quer visitar Poznan?

VISITAR POZNAN

VISITAR POZNAN

Guia de Viagem a Poznan

Poznan é uma cidade com um bonito centro histórico. É uma local importante na história do país já que em 968 foi o primeiro bispado da Polónia. O edifício da Câmara Municipal / Prefeitura no centro é muito bonito e o marco da cidade. Tenho uma grande afinidade com Poznan, cidade onde já vivi durante um ano. Visitar a Polónia e não passar por Poznan, é deixar para trás um destino importante que vale a pena conhecer.

Nesta página você encontra:

  • Visitar Poznan – o mais importante a saber
  • Dicas rápidas para Poznan
  • Vídeo com imagens aéreas de Poznan
  • Os 16 Melhores Locais de Poznan
  • O que visitar em Poznan
  • Mapa dos Monumentos de Poznan
  • Fotos de Poznan
  • Alojamento em Poznan
  • Alugar carro em Poznan
  • Celebrações e Feriados em Poznan
  • Roteiros em Poznan: 1 dia, 2 dias, 3 dias

Visitar Poznan – O importante a saber

POZNAN, POLÓNIA

POZNAN, POLÓNIA

Poznan é uma cidade com cerca de meio milhão de habitantes com muito para oferecer aos seus visitantes. O centro histórico da cidade é encantador, com uma série de ruas que abraçam a praça antiga, uma das maiores do país. Afinal de contas, foi a primeira capital da Polónia. A sua vasta população estudantil traz-lhe um dinamismo especial, e os eventos culturais sucedem-se. A intensa actividade económica, com constantes congressos e feiras traz ainda mais animações e a vida no centro de Poznan nunca abranda. Quase todos os pontos de interesse se localizam no centro, que é bastante compacto, dispensando a utilização de transportes públicos. Apenas precisará de recorrer a eles se quiser afastar-se um pouco, visitando o Jardim Botânico ou o Palácio de Rogalin. Será melhor planear uma viagem para o final da Primavera, quando o clima é mais agradável e a cidade ainda mais viva.

Dicas rápidas para Poznan:

  • Acorde cedo e seja o primeiro a entrar nos monumentos, museus ou outros locais de interesse
  • Faça uma free walking tour
  • Apesar de ser muito cliché e turístico, terá de esperar e ver as cabras a sair do relógio da Ratusz Poznanski no centro da cidade. Todos os dias ao meio dia.
GUIA DE VIAGEM POZNAN

GUIA DE VIAGEM POZNAN

Para saber quando ir a Poznan você precisa de se informar um pouco melhor acerca das suas estações e clima. A melhor altura para visitar Poznan é entre os meses de Maio e Setembro, quando as temperaturas são mais quentes e os dias são mais longos.

Vídeo com imagens aéreas de Poznan

Vídeo muito bom para podermos ver as diferentes partes turísticas desta cidade.

Os 16 Melhores Locais de Poznan
  1. Centro Histórico
  2. Antiga Câmara Municipal
  3. Castelo Imperial
  4. Catedral de Poznan
  5. Castelo Real
  6. Citadela
  7. Praça Maior
  8. Beira rio
  9. Jardim Botânico
  10. Museu Nacional
  11. Palácio Rogalin
  12. Museu Arquelógico
  13. Parque Chopin
  14. Fontes da praça principal
  15. Igreja barroca de São Estanislau
  16. Igreja de Santo António

O que visitar em Poznan

POZNAN

POZNAN

1- Antiga Câmara Municipal

O edifício da antiga Câmara Municipal de Poznan foi construído à entrada para o século XIV, com a primeira referência histórica a surgir em 1310. Originalmente teria dois pisos, em estilo Gótico, tendo sido remodelado e ampliado em meados do século XVI, quando adoptou o estilo Renascentista. Em 1675 a torre foi atingida por um raio e derrocou. Reconstruída em 1690, foi derrubada de novo em 1725, desta vez por ventos fortes. Mais uma vez de pé a partir de 1784, foi destruída uma terceira vez em 1945, assim como boa parte do edifício, devido à Segunda Guerra Mundial. As partes mais antigas que hoje existem na estrutura são o segmento em tijolo da torre, ainda uma memória da sua era Gótica, e as caves, onde se encontra um arco marcado com as armas do rei Waclaw II que reinou entre 1300 e 1306. Hoje em dia encontra-se aqui instalado o Museu de História de Poznan.

2- Castelo Imperial

Apesar da aparência, o Castelo Imperial, que é mais um palácio do que um castelo, foi construído apenas no início do século XX segundo um projecto Neo-Românico de Franz Schwechten. Foi criado como residência do último imperador da Alemanha, o kaiser Wilhelm II, e no período entre as duas Guerras Mundiais, foi residência do Presidente da Polónia. Quando os alemães invadiram o país, em 1939, sofreu danos consideráveis, mas o próprio Albert Speer, Ministro do Armamento e da Guerra do regime nazi, dirigiu a reconstrução do Castelo Imperial, que serviria como residência de Adolf Hitler e capela foi adaptada como escritório do ditador, uma cópia fiel do seu espaço de trabalho na Chancelaria de Berlim. O castelo pode ser visitado, existindo uma exposição dedicada à Revolta de 1956 mas o que é verdadeiramente interessante são os traços do estilo característico da arquitectura nazi que sobreviveram até aos dias de hoje.

3- Catedral de Poznan

A Catedral de São Pedro e São Paulo localiza-se na ilha de Tumski, a nordeste do centro histórico da cidade, sendo na teoria o edifício mais antigo de Poznan, apesar de pouco restar da edificação original, datada de finais do século X. No século XI o duque Bretislava I destruiu a igreja, que foi reconstruída num estilo Românico. No século XV a catedral foi reconstruída em estilo gótico, mas quando foi arrasada em 1622 por um incêndio a reconstrução trouxe o Barroco. Em 1772 um segundo incêndio tornou a destruir a catedral e desta vez foi aplicado o estilo Neo-Clássico. A catedral quase resistiu à Segunda Guerra Mundial, mas nos últimos dias, durante o avanço soviético, ardeu por completo. Quando voltou a surgir, em 1956, tinha regressado ao estilo Gótico. A riqueza patrimonial que se pode observar no seu interior é imensa, referindo-se como exemplo a pia usada para o baptismo do primeiro rei polaco no século X e os túmulos dos reis Mieszko I e Boles?aw Chrobry.

4- Castelo Real

A construção do Castelo Real iniciou-se em meados do século XIII, ordenada por Przemys? I, tendo prosseguido sob o comando de Przemys? II e foi terminado no século XIV, quando era o maior edifício secular do reino polaco. Ao longo da História, foi repetidamente destruído e reconstruído, sendo especialmente fustigado no século XVIII, quando foi sucessivamente atacado por invasores russos, suecos e por nobres rebeldes. Em 1783 o Governador Geral Kazimierz Raczy?ski restaurou o fustigado castelo e instalou ali o arquivo estatal, que permaneceu no local até ao início da Segunda Guerra Mundial. Em 1945 foi totalmente arrasado pelo fogo de artilharia. Entre 1959 e 1964 parte do complexo foi reconstruído e já no século XXI a restante estrutura foi restaurada. Hospeda agora o Museu de Artes Aplicadas.

POZNAN

POZNAN

5- Jardim Botânico

O Jardim Botânico de Poznan foi fundado em 1922 e está agregado à Universidade Adam Mickiewicz, ocupando uma área superior a 22 hectares. A sua colecção inclui cerca de 7.000 espécies vegetais, cobrindo todas as áreas climáticas do Planeta. Existem diversas estufas e um edifício para exposições e uma notável fonte com uma representação de uma bailarina. É um local muito popular e com grande afluência de público aos fins-de-semana. O Jardim apenas abre ao público entre o inicio de Maio e o final de Outubro, sendo de acesso gratuito. Não é simples chegar até lá de transportes públicos, por isso aconselha-se um táxi.

6- Centro Histórico

O Centro Histórico de Poznan, datado de 1245, quando a cidade foi fundada, cresceu em redor da Praça Antiga do Mercado (Stary Rynek). Ali se encontram quase todos os principais marcos turísticos de Poznan, com destaque para o edifício da antiga Câmara Municipal, para o Castelo Real, reconstruído recentemente, e para uma série de palácios e residências históricas. As muralhas da cidade antiga foram demolidas no século XIX, para facilitar o crescimento urbana, mas alguns dos seus fragmentos podem ainda ser observados. Apesar da renovação o centro antigo o manteve o seu traçado geométrico. Como sucedeu com quase todo o património histórico na Polónia, foi severamente danificado no decorrer da Segunda Guerra Mundial e posteriormente reconstruído.

7- Parque Chopin

Localiza-se no centro de Poznan, junto à rua Podgórna, pode detrás do antigo colégio Jesuíta que o criou no início do século XVIII. Pretendia ser um local de produção que abastecesse o Colégio com os produtos agrícolas necessários, mas também um jardim científico para o estudo das espécies botânicas. Em 1815 o jardim foi integrado na propriedade de Antoni Radziwi??, mas a expansão da cidade implicou uma redução da sua área. Foi em 1938 que o parque abriu ao público. Hoje em dia ocupa uma área de cerca de 1,8 hectares, destacando-se as tílias cujos troncos atingem os três metros de diâmetro e o busto de Chopin, uma obra de Marcin Ró?ek, que escapou à devastação da Segunda Guerra por ter sido movido em 1923 para o parque
Moniuszki, retornando aqui em 1961.

8- Palácio Rogalin

Rogalin localiza-se nos arredores de Poznan, a cerca de 19 km a sul da cidade, e é ali que vamos encontrar o Palácio da família Raczy?ski. Foi terminado em 1744, pouco depois de Kazimierz Raczynski ter adquirido a propriedade. Em 1910 Edward Aleksander Raczynski mandou construir um anexo ao palácio onde instalou a sua colecção de pintura, o embrião do museu que hoje existe. O último proprietário foi o Conde Edward Bernard Raczy?ski, que viveu no Reino Unido desde a Segunda Guerra Mundial e que foi presidente da Polónia no exílio entre 1979 e 1986. Na sua herança, deixou a propriedade de Rogalin “ao povo polaco”. O palácio encontra-se aberto ao público mas o número de visitantes diário é limitado. Destaca-se a galeria de arte, focada em pinturas de autores nacionais e internacionais do virar do século XIX, o Gabinete de Edward Benard, presidente da Polónia no exílio durante a Guerra, uma exposição de coches e, nos jardins, o mausoléu de Edward Aleksander Raczynski.

9- Praça Antiga do Mercado

Apesar de não ser o núcleo histórico da cidade – esse localiza-se na ilha de Tumski – foi em redor desta praça que a Poznan medieval se desenvolveu e quatro das doze ruas que se iniciam aqui conduziam aos portões da cidade muralhada. Com o tempo foi evoluindo. A madeira foi substituída pelo tijolo na construção dos edifício, especialmente depois do grande incêndio de 1471 que deixou claro as vulnerabilidades daquele material. No início do século XVI surgiram as habitações dos mercadores. Na segunda metade do século XIX a praça foi equipada com redes de gás e água e dotada de iluminação pública eléctrica. É actualmente a terceira maior praça da Polónia, a seguir às de Cracóvia e Wroclaw. Arrasada na Segunda Guerra Mundial, foi depois reconstruída, podendo-se hoje ali observar as bonitas casas que a ladeiam completamente, assim como alguns dos mais emblemáticos edifícios da cidade, as bonitas fontes e alguns dos melhores museus de Poznan.

10- Igreja de Santo António

Esta igreja foi construída em estilo barroco entre 1674 e 1757 pelos monges Franciscanos. O seu plano foi desenhado por Jan Ko?ski e a decoração interior é quase toda dos irmãos checos Adam (pintura) e Antoni (escultura) Swach. Em 1832 o mosteiro foi encerrado e as autoridades cederam-no aos católicos alemães. Em 1921 os Franciscanos regressaram mas a invasão alemã em 1939 colocou um ponto final na sua presença. É uma igreja de três naves com duas belas capelas, onde se destaca a pintura que retrata a Visão de Santo António. Na cave encontra-se um modelo da antiga Poznan.

Roteiros em Poznan

ROTEIRO POZNAN

ROTEIRO POZNAN

Algumas ideias de roteiros para você preparar as suas férias em Poznan de maneira independente. Itinerários de turismo em Poznan na Polónia.

1 Dia em Poznan: passo-a-passo
Manhã: Brevemente…
Tarde: Brevemente…
2 Dias em Poznan: passo-a-passo
Dia 1 Manhã: Brevemente…
Dia 1 Tarde: Brevemente…

Dia 2 Manhã: Brevemente…
Dia 2 Tarde: Brevemente…

Procura um Hotel em Poznan? Hotéis em Poznan

Kit de Viagem

« Onde reservo alojamento? Encontre os melhores hotéis e promoções através do Booking.com »
« Rent-a-car? Eu reservo sempre o meu carro online através do Rentalcars.com »
« Quer estar prevenido? Faça o seu seguro de viagem através do Worldnomads.com »
« Junte-se a um grupo! 7 dias em Marrocos 430 euros desde Marraquexe até ao Deserto do Saara através do Marrocos.com »
« Comprar bilhetes de monumentos e saltar as filas? Organize a sua viagem com antecedência através do Ticketbar.eu »
« Quer viajar e ter sempre Internet? Faça como eu e compre o aparelho da SkyRoam.com »

O autor do blog

VIVA! Sou o João Leitão. Viajante independente desde 1999, explorei mais de 130 países em África, Antártica, Ásia, Europa, América do Norte e Central, América do Sul e Oceânia. Bem-vindo ao meu blog de viagens, onde partilho dicas práticas de viagem para o motivar a sair de casa! Siga nas redes sociais: Facebook, Twitter, Instagram, Pinterest e YouTube.

« Seguir no Instagram »