🐪 » 7 dias em Marrocos 430 euros desde Marrakech até ao Deserto do Saara através do Marrocos.com « 🐪

🌍 Viajar de carro pela Islândia durante 15 dias – Ring Road + Fiordes Ocidentais

Actualizado em 6 Maio, 2017
Islândia – cavalo no campo perto de Grundarfjörður

Islândia – cavalo no campo perto de Grundarfjörður

Passei 15 dias a explorar a Islândia de carro, a conduzir (dirigir) sozinho.

A Islândia é uma Ilha transcontinental situada na Europa e América do Norte, entre o Atlântico Norte e o Oceano Ártico.

Viajar da carro na Islândia é muito fácil e de certa forma solitário e introspectivo. Durante duas semanas tive a oportunidade de conduzir pelo Anel viário da Islândia (Ring Road) + Fiordes ocidentais e visitar muitos dos melhores destinos que o país tem para oferecer.

Conduzir / Dirigir pela Islândia durante 15 dias – Anel viário + Fiordes Ocidentais

Conduzir / Dirigir pela Islândia durante 15 dias – Anel viário + Fiordes Ocidentais

A Islândia não é, definitivamente, um país a visitar se você procura história, monumentos e museus. Basicamente é um país para amantes da natureza.

A Islândia é famosa pelos cenários belíssimos, natureza magnífica, glaciares a perder de vista, fiordes fantásticos, penhascos, quedas de água de cortar a respiração, geisers e todo o tipo de fenómenos geotermais.

Glaciar Breiðamerkurjökull na Islândia

Glaciar Breiðamerkurjökull na Islândia

Adorei a minha viagem à Islândia e é um destino que penso visitar novamente em breve.

Depois de alguns dias dedicados a visitar Reykjavik, aluguei um carro e conduzi cerca de 3000 km no sentido dos ponteiros do relógio à volta da ilha – o famoso anel viário da Islândia + Península dos Fiordes Ocidentais.

Não organizei nenhum itinerário previamente, apenas comprei um mapa das estradas e fui explorando o país livremente por minha conta.

Mapa com o roteiro e itinerário do que conduzi no anel viário (Ring Road) + Península dos Fiordes Ocidentais:

mapa do anel viário + Península dos Fiordes Ocidentais – conduzir pela Islândia

mapa do anel viário + Península dos Fiordes Ocidentais – conduzir pela Islândia

Itinerário detalhado do meu percurso de carro pela Islândia::

Reykjavik – Leira – Borgarnes – Grundarfjörður – Setberg – Stykkisholmur – ferry-boat – Brjanslaekur – Látrabjarg – Isafjordur – Sudavik – Holmavik – Akureyri – Gásir – Glaesibaer – Munkapvera – Grund – Saurbaer – Godafoss – Mývatn – Reykjahid – Dettifoss – Hallormsstaður – Reyðarfjörður – Höfn – Jökulsárlón – Parque Nacional Skaftafell – Vík – Reserva Natural Thorsmork – Strokkur Geyser – Gullfoss – Parque Nacional Thingvellir National – Lagoa Azul – Reiquiavique (Reykjavik)

Top 16 da Islândia – destaques da viagem de carro

Sei que é difícil decidir quais são os locais mais fantásticos e colocá-los numa lista. Há tanta beleza pelo mundo fora que não é possível medi-la. Mas tentei organizar e apresentar-vos os meus locais preferidos na Islândia.

1- Contacto muito próximo com papagaios-do-mar em Latrabjarg

papagaios-do-mar em Latrabjarg

papagaios-do-mar em Latrabjarg

Látrabjarg (Latrabjarg) é a maior falésia de aves da Europa.

Visitar Latrabjarg dá-nos a oportunidade rara de ver de perto papagaios-do-mar conhecidos por “puffins”.

Nota: os papagaios-do-mar são muito curiosos e estão habituados a que as pessoas olhem para eles. Pode aproximar-se até 1,5 metros de distância se o fizer devagar e de forma subtil. Abaixe-se em vez de ficar de pé e não chame ou assobie aos papagaios-do-mar. Se quer ficara a observá-los durante algum tempo, escolha um local, abaixe-se, esconda-se atrás da vegetação e aprecie este bonito animal. Ah, só mais uma coisa: NÃO TENTE ALIMENTAR OS PAPAGAIOS-DO-MAR!

Localizada nos Fiordes Ocidentais, fora do anel viário da Islândia, pode-se chegar a Latrabjarg pela estrada N60 ou de ferry-boat de Stykkishólmur para Brjanslaekur com uma curta paragem nas Ilhas Flatey.

Igreja Hyallatur a caminho das falésias de Latrabjarg

Igreja Hyallatur a caminho das falésias de Latrabjarg

Depois da N62 apanhe o desvio pela N612 ao longo da bonita praia de areia branca e costa escarpada com colónias de focas. Pode ainda fazer uma pequena paragem em Garðar BA 64 (Gardar), para ver o navio de metal mais antigo da Islândia.

2- Visita à impressionante Dettifoss – a queda de água mais potente da Europa

Quedas de água Dettifoss, Islândia

Quedas de água Dettifoss, Islândia

A cascata (cachoeira) Dettifoss está situada dentro do Parque Nacional Jökulsárgljúfur no nordeste da Islândia não muito longe do Lago Lake Mývatn.

A água que corre em Dettifoss vem do glaciar (geleira) Vatnajökull descendo pelo rio Fjöllum Jökulsá.

Quedas de água Dettifoss, Islândia

Quedas de água Dettifoss, Islândia

Dettifoss é a queda de água mais potente da Europa com um fluxo de água estimado entre os 200 e os 500 m3 de água por segundo.

As quedas de água de Dettifoss têm 100 de largura e queda vertical de 44 metros.

É impressionante!

3- Parque Nacional Snaefellsjokull

Snaefellsjokull National Park

Parque Nacional Snæfellsjökull (Snæfellsjökull National Park)

Se por acaso leu o livro “Viagem ao Centro da Terra” de Júlio Verne então irá reconhecer estas paisagens descritas pelo escritor. O glaciar Snæfellsjökull (Snaefellsjokull) ergue-se até aos 1446 metros acima do nivel do mar, rodeado por uma península de paisagens deslumbrantes.

No Parque Nacional Snæfellsjökull pode visitar o monumento Laugarbrekka.

Laugarbrekka é o memorial a Gudridur Þorbjarnardóttir

Laugarbrekka é o memorial a Gudridur Þorbjarnardóttir

Laugarbrekka é o memorial a Gudridur Þorbjarnardóttir, a primeira mulher europeia a dar à luz em território Norte Americano. A história remonta ao ano 1000 a. C., Laugarbrekka era uma quinta onde Gudridur nasceu e onde viveu depois com o seu marido Thorfinnur até partir para a Vinland (América) onde ela teve o seu filho.

4- Relaxar na quinta Kverna em Grundarfjordur

Relaxar e fazer caminhadas na quinta Kverna em Grundarfjordur

Relaxar e fazer caminhadas na quinta Kverna em Grundarfjordur

Grundarfjörður é uma pequena aldeia piscatória rodeada de montanhas e a entrada natural para um fiorde.

Pode fazer escalada nas montanhas e explorar as aldeias vizinhas, cascatas, casas rurais com cavalos e desfrutar das paisagens de cortar a respiração do fantástico pôr-do-sol na baía de Grundarfjörður (Grundarfjordur).

pôr-do-sol na baía de Grundarfjordur

pôr-do-sol na baía de Grundarfjörður

Esta aldeia mistura vários tipos de paisagem: mar, fiordes, montanhas com neve, cascatas e quintas.

• fjord

a. um extenso e estreito braço de mar rodeado de falésias íngremes: normalmente formadas por erosão glaciar;
b. (in escandinavo) uma baía.

5- Lago glaciar Jokulsarlon e a Praia do iceberg

Praia do Iceberg Jokulsarlon

Praia do Iceberg Jökulsárlón

O fantástico lugar de Jökulsárlón é famoso pela lagoa glaciar e pela praia do iceberg. Pode fazer um passeio de anfíbio no lago, passando por dentro do iceberg.

A localização fantástica de Jökulsárlón (Jokulsarlon) está no top das coisas mais bonitas que vi em toda a minha viagem à Islândia.

Lagoa glaciar Jokulsarlon

Lagoa glaciar Jökulsárlón

O glaciar Breiðamerkurjökull (Breidamerkurjokull) termina e derrete no Lago glaciar Jökulsárlón. Os grandes pedaços de gelo vão à deriva para o mar e alguns ficam presos na praia.

6- Visita à impressionante Gullfoss – a queda de água mais famosa da Islândia

Visita à impressionante Gullfoss – a queda de água mais famosa da Islândia

Visita à impressionante Gullfoss – a queda de água mais famosa da Islândia

Gullfoss e a sua impressionante queda de água ficam no sudoeste da Islândia. A água vem do Rio Hvítá e todo o cenário é de cortar a respiração com a surpreendente paisagem circundante e o barulho da água a bater nas pedras.

7- Observar baleias ao largo da costa de Husavik

Observar baleias em Husavik na Islandia

Observar baleias em Húsavík, Islândia

Húsavík é uma cidade na margem da baía Skjálfandi na costa norte da Islândia.

Este é o local perfeito para observar baleias na Islândia. Há algumas empresas em Húsavík que organizam passeios de barco. Basicamente irá até ao mar num pequeno barco na tentativa de ver algumas baleias.

Observar baleias ao largo da costa de Husavik

Observar baleias ao largo da costa de Husavik

É fantástico ver como a observação de baleias dá emprego aos outrora caçadores de baleias, ou seja a pesca foi substituída pelo turismo. Não perca o museu da Baleia de Húsavík com muitos esqueletos verdadeiros de baleia.

Reservei a minha viagem para ver as baleias na agência North Sailing.

8- Erupção do géiser Strokkur

Erupção do geiser Strokkur

Erupção do géiser Strokkur

Strokkur é o géiser mais conhecido da Islândia.

É incrível o fenómeno natural de água a ferver subindo até aos 12 metros de altura.

Strokkur geiser (Geysir) não fica longe da capital Reykjavik e pode ser visitado no popular passeio de um dia de carro pelo Circulo Dourado da Islândia.

Erupção do geiser Strokkur

Erupção do geiser Strokkur

Este incrível géiser no vale Haukadalur foi uma das últimas coisas que visitei na minha viagem à Islândia antes de ir ao Parque Nacional Þingvellir (Thingvellir).

9- Conduzir pela estrada de gravilha até Isafjordur – o reino dos trolls e dos elfos

Conduzir pela estrada de gravilha até Isafjordur

Conduzir pela estrada de gravilha até Ísafjörður

É uma aventura conduzir no norte nos fiordes ocidentais até Ísafjörður (Isafjordur).

Na maior parte do norte do país não há estrada de asfalto, só deserto e paisagens de montanha vazias.

Na Islândia as pessoas acreditam na existência de elfos, trolls, gnomos e seres escondidos.

Os contos tradicionais islandeses contam que esta região era habitada por trolls e elfos. Na mitologia nórdica os trolls são criaturas gigantes que comem seres humanos e os elfos são umas criaturas humanoides imortais com poderes mágicos.

A dada altura do caminho – numa zona que se diz existirem elfos, o meu carro parou, todas as cameras e telefone móvel ficaram sem bateria. Depois de 10 minutos consegui por o carro a trabalhar e seguir viagem.

Não consigo explicar o que aconteceu…

10- Banhos no SPA geotermal do Lago Azul e banhos naturais no Myvatn

Banhos no SPA geotermal do Lago Azul e no Myvatn Nature Baths

Banhos no SPA geotermal do Lago Azul e no Myvatn Nature Baths

A Islândia tem duas piscinas de água azul.

Provavelmente uma das melhores experiências que tive a viajar pelo país foram os banhos dentro do famoso SPA quente do Lago Azul e do Mývatn Nature Baths.

Ambos os locais são perfeitos para passar umas horas mergulhados nas quentes águas termais marinhas.

Desfrute e relaxe enquanto o seu corpo sofre uma limpeza profunda.

No Lago Azul pode espalhar lama branca de sílica no seu corpo para completar o tratamento natural.

Visite os sites oficiais de Myvatn Nature Baths e Blue Lagoon para obter mais informações acerca destas piscinas geotermais naturais.

11- Ver os campos de lava do activo Krafla

Ver os campos de lava do activo Krafla

Ver os campos de lava do activo Krafla

Kafla é um fenómeno vulcânico com um diâmetro de cerca de 20 km sitiado na região de Mývatn.

É possível subir até dentro de algumas crateras vulcânicas do Krafla que estão cheias com água e, explorar a impressionante paisagem lunar com lava activa e detectar grandes rios de lava seca.

12- Conduzir por uma estrada de gravilha no Parque Nacional Thingvellir

A conduzir fora de estrada - Off-road no Parque Nacional de Thingvellir

A conduzir fora de estrada – Off-road no Parque Nacional de Thingvellir

Conduzi toda a extensão da estrada do Parque Thingvellir, de Þingvellir até Reykholt atravessando entre o Vulcão OK e o Glaciar Þórisjökull (Thórisjökull).

Paisagem do Parque Nacional de Thingvellir

Paisagem do Parque Nacional de Thingvellir

Toda a paisagem é como um deserto e oferece excelentes possibilidades de escalada. Durante o verão os caminhos de gravilha são perfeitamente transitáveis num veículo normal de tracção a duas rodas.

Visite o site oficial do Thingvellir National Park para mais informações acerca deste lugar.

13- Nascer do sol nas praias de areia negra de Vik

Nascer do sol nas praias de areia negra de Vik

Nascer do sol nas praias de areia negra de Vik

Vik é a aldeia mais a sul da Islândia.

A sua maravilhosa praia de areia negra rodeada de falésias é única no país.

Um conto tradicional islandês conta que as três rochas no mar são dois elfos que foram transformados em pedra pelos raios de sol enquanto empurravam um barco para a margem.

Vik, a aldeia mais a sul da Islândia

Vik, a aldeia mais a sul da Islândia

A não perder a vista panorâmica a partir da igreja e cemitério.

14- Caminhada no Parque Nacional de Vatnajokull

Parque Nacional de Vatnajokull

Parque Nacional de Vatnajokull

Desde 2008 o Parque Nacional de Skaftafell está debaixo da jurisdição do Parque Nacional de Vatnajökull (Vatnajokull).

O parque Nacional de Vatnajökul oferece boas condições para fazer caminhadas.

Quedas de água Svartifoss no Parque Nacional Skaftafell

Quedas de água Svartifoss no Parque Nacional Skaftafell

Visite o site oficial do Vatnajökull National Park para mais informações sobre este local.

15- Quedas de água de Barnafossar

Quedas de água de Barnafossar no Rio Skjálfandafljót

Quedas de água de Barnafossar no Rio Skjálfandafljót

As quedas de água de Barnafoss apanham as águas do Rio Skjálfandafljót.

Um conto tradicional islandês conta que havia uma ponte de pedra natural mas após duas crianças terem caído a mãe lanchou um maldição e um terramoto destruiu a ponte.

As cores naturais desde lugar são fantásticas e mesmo com dois autocarros de turistas Japoneses a visitar ao mesmo tempo que eu, Barnafoss não perdeu o seu charme e beleza.

16- Glaumbaer, a histórica quinta de turfa

Glaumbaer, a histórica quinta de turfa

Glaumbaer, a histórica quinta de turfa

Glaumbær (Glaumbaer) é uma histórica quinta de turfa que nos dá a ideia de como era uma típica quinta islandesa dos inícios do século XIX. Para além de muitos edifícios de madeira também poderá visitar construções de turfa.

Turfa é um composto orgânico de vários materiais, como musgo, terra, folhas e pedaços de madeira tudo parcialmente em decomposição e moldado em pequenos tijolos. Este material é um excelente isolador térmico.

Conselhos para conduzir na Islândia – o que precisa saber

Conduzir na islandia

Conduzir na islandia

  • Compre um mapa ou atlas de estradas;
  • Os Islandeses cumprem as regras de transito;
  • Alugar um carro ou um todo-o-terreno (4×4) é fácil e muitas companhias oferecem preços competitivos para o standard da Escandinávia;
  • A estrada 1 é conhecida por Anel Viário (Ring Road) e circunda toda a ilha. São 1332 km de comprimento e está aberta todo o ano mesmo durante a época de Inverno;
  • Apesar de haver muitas estações de serviço no país, encha o depósito sempre que este esteja a meio;
  • Conduza só durante o dia;
Sinalização de estrada na Islândia

Sinalização de estrada na Islândia

  • O limite de velocidade é 30-50 km/hora nas zonas urbanas, 80 km/hora nas estradas de gravilha e 90 km/hora nas estradas de asfalto;
  • A idade mínima para poder alugar um carro na Islândia é 20 anos e 23 para um todo-o-terreno.
  • Algumas partes do país não tem estradas de asfalto por isso terá que guiar em estrada de terra batida;
  • Reduza a velocidade quando conduzir em estradas de gravilha pois pode haver buracos ou pedras soltas;
  • Todas as partes do país são acessíveis de carro normal com tracção a duas rodas;
  • A melhor altura para se viajar na Islândia é durante o verão;
  • A utilização dos faróis durante o dia é obrigatório por lei;
  • A não ser que queira ir mesmo à parte central da Islândia e às terras altas, não precisará alugar um veículo todo-o-terreno (4×4);
  • Conduzir fora de estrada é ilegal na Islândia;
  • Estradas de montanha intransitáveis estão fechadas até ao início de Julho devido ao degelo;
  • Atenção a eventuais animais a atravessar a estrada.
Mapa da Islândia – mapa de estradas - Road Atlas

Mapa da Islândia – mapa de estradas – Road Atlas

Dicas extra para conduzir na Islândia durante o Inverno

Sinalização de estrada na Islândia

Sinalização de estrada na Islândia

  • Tenha em atenção que na Islândia um dia perfeito de sol pode de repente mudar para uma tempestade;
  • Conduzir no Anel viário da Islândia durante o Inverno pode ser muito difícil e tem de se estar preparado para alguns cenários perigosos;
  • Durante os meses de Inverno é preciso um veículo 4×4. Algumas estradas podem chegar a estar fechadas durante 12 horas até que alguém as venha limpar;
  • Tenha sempre um bom saco-cama, água e uma ou duas refeições no carro, para o caso de ficar preso na neve.

O carro que aluguei – Hyundai Getz:

Hyundai Getz de aluguer na Islândia

Hyundai Getz de aluguer na Islândia

Kit Útil para organizar a sua viagem na Islândia:


WiFi em qualquer lugar?

Estou na Polónia 😍 e sempre ligado à Internet com o meu Skyroam Hotspot - já conhecem? » Vejam mais em https://goo.gl/b2romE

Posted by João Leitão VIAGENS on Monday, 6 March 2017


Kit de Viagem:

  • Quer viajar e ter sempre Internet? Faça como eu e compre o aparelho da SkyRoam.com
  • Onde eu reservo alojamento? Encontre os melhores hotéis e promoções através do Booking.com
  • Eu reservo sempre o meu carro online através do Rentalcars.com
  • Quer estar prevenido? Faça o seu seguro de viagem através do Worldnomads.com
  • 7 dias em Marrocos 430 euros desde Marrakech até ao Deserto do Saara através do Marrocos.com

Deixe o seu comentário aqui:

Os comentários deste blog de viagens são via facebook.





Siga nas redes sociais:

Facebook Twitter Google+ Instagram Pinterest Stumbleupon Tumblr YouTube Blog Lovin

Blog de viagens mencionado em:

Blog de viagens nos Media

📷 Seguir @joaoleitaoviagens no Instagram