ILHA HALF MOON ANTARTIDA
Antártida Continente Favoritos

Ilha Meia Lua – Antártida Gélida e Abandonada

Ilha Meia Lua

Antártida Gélida e Abandonada
Antártida Gélida e Abandonada

A Antártida estava escura e enevoada. A minha descida em direcção ao extremo sul da Ilha Meia Lua foi uma experiência desagradavelmente húmida, molhada e fria, mas que me cativou desde o primeiro momento.

Um barco de madeira naufragado perto de pinguins e lobos-marinhos-antárticos na Ilha Meia Lua
Um barco de madeira naufragado perto de pinguins e lobos-marinhos-antárticos na Ilha Meia Lua

Num primeiro olhar, destacou-se os restos de um velho baleeiro norueguês, milhares de pinguins e algumas dezenas de lobos-marinhos.

Se pudesse descrever este lugar em poucas palavras, diria que a Meia Lua é uma ilha da Antártida situada abaixo do Paralelo 60S, coberta por gelo e habitada por milhares de pinguins. As montanhas rochosas, escuras e sinistras, deram-me uma visão apocalíptica deste destino extremamente isolado.

Vista da praia da Ilha da Meia Lua na Antártida
Vista da praia da Ilha da Meia Lua na Antártida

A Ilha Meia Lua (Half Moon Island) – nas Ilhas Shetland do Sul, tem vários tipos de plantas raras e uma importante colónia de pinguins-de-barbicha, pinguins-gentoo, tal como muitos lobos-marinhos-antárticos que também podem ser avistados.

Pinguim-de-barbicha, Visitar Half Moon Island
Pinguim-de-barbicha, Visitar Half Moon Island

O pinguim-gentoo tem uma cauda longa, um bico cor de laranja vivo e uma mancha branca na parte superior da cabeça. O pinguim-de-barbicha tem uma cauda curta e o interior das suas barbatanas é branco. A sua característica mais evidente é a fina risca preta na parte inferior da cabeça.

Montanhas rochosas e uma ladeira de gelo com pinguins na Ilha Meia Lua
Montanhas rochosas e uma ladeira de gelo com pinguins na Ilha Meia Lua
Pinguins-de-barbicha na Antártida
Pinguins-de-barbicha na Antártida
Colónia de pinguim-de-barbicha na Antártida
Colónia de pinguim-de-barbicha na Antártida

Vídeo de pinguins-gentoo e lobos-marinhos na Ilha Meia Lua

[responsive_video link=”https://www.youtube.com/watch?v=BJ6FnEGN9Yg”]

Paisagens costeiras incríveis, em conjunto com o ruído ensurdecedor da vida selvagem.

Lobos-marinhos-antárticos na praia da Ilha Meia Lua
Lobos-marinhos-antárticos na praia da Ilha Meia Lua

Visitar a Ilha Meia Lua é relativamente fácil. Eu fiz cerca de 5 km de caminhada de um lado ao outro da ilha. Lembro-me claramente do som barulhento da colónia de pinguins e da vivacidade dos lobos-marinhos. Os pinguins são extremamente curiosos e muitos vêm na nossa direcção para poderem observar melhor.

Rocha escura na Ilha da Meia Lua, visitar a Antártida
Rocha escura na Ilha Meia Lua, visitar a Antártida

Para além da vista impressionante dos 3000 pares de pinguins, não há muito mais para ver na ilha, mas vale totalmente a pena visitá-la a fim de desfrutar de um lugar totalmente esquecido e sinistro. Sem dúvida um lugar a não perder para explorar a Antártida.

Vista impressionante da Ilha Meia Lua na Antártida
Vista impressionante da Ilha Meia Lua na Antártida
Paisagem com nevoeiro da Ilha Meia Lua - Ilhas Shetland do Sul na Península Antártida
Paisagem com nevoeiro da Ilha Meia Lua – Ilhas Shetland do Sul na Península Antártida

Eu viajei ao longo da Península Antártida e Ilhas Shetland do Sul durante 15 dias, saindo da cidade argentina de Ushuaia, atravessando a Passagem de Drake, e descendo até ao Paralelo 68S junto à Ilha Stonington, para lá do Círculo Polar Antártico.

Círculo desenhado pela Natureza numa rocha na Ilha Meia Lua, Antártida
Círculo desenhado pela Natureza numa rocha na Ilha Meia Lua, Antártida

Uma viagem para esta região pode ser feita a bordo de um cruzeiro na Antártida, o qual geralmente parte da Terra do Fogo (Tierra del Fuego) na Argentina. A partir da cidade mais austral do mundo – Ushuaia – pode-se embarcar numa expedição daquelas que se fazem uma vez na vida.

Pedras na Ilha Meia Lua
Pedras na Ilha Meia Lua

O melhor momento para embarcar num cruzeiro para uma viagem a Antártida é durante os meses de verão, ou seja, durante os meses de Dezembro, Janeiro e Fevereiro. Antes ou depois destas datas é um pouco fora da época para apanhar bom tempo e para ver animais.

15 dias de Expedição de cruzeiro à Antártida a partir de Ushuaia
15 dias de Expedição de cruzeiro à Antártida a partir de Ushuaia

Fiquei cerca de duas semanas em Ushuaia até que, finalmente, consegui um bom preço num cruzeiro de última hora – os chamados last-minute – para a Antártida. Valeu a pena esperar e o tempo gasto a visitar todas as agências de viagens da cidade.