🐪 Venha conhecer Marrocos « Viagem de grupo 7 dias em Marrocos por 430 Euros » Marrakech até Deserto do Saara 🐪

Visitar Porto de Mós, Guia de Viagem – Dicas, Roteiros, Mapas, Fotos

Actualizado em 26 Novembro, 2017

Quer visitar Porto de Mós?

VISITAR PORTO DE MÓS

VISITAR PORTO DE MÓS

Guia de Viagem a Porto de Mós

Vila com cerca de quatro mil habitantes e sede de município, Porto de Mós localiza-se numa área montanhosa, em plena serra de Candeeiros e de Aire. Porto de Mós foi local de batalhas importantes para a História de Portugal, com muita acção durante as Guerras da Reconquista e mais tarde, em 1385, deu-se ali perto a Batalha de Aljubarrota, que garantiu a independência de Portugal perante a Espanha. Visitar Portugal e não passar por Porto de Mós, é deixar para trás um destino importante que vale a pena conhecer.

Nesta página você encontra:

  • Visitar Porto de Mós – o mais importante a saber
  • Dicas rápidas para Porto de Mós
  • Vídeo com imagens aéreas de Porto de Mós
  • Os 13 Melhores Locais de Porto de Mós
  • O que visitar em Porto de Mós
  • Mapa dos Monumentos de Porto de Mós
  • Fotos de Porto de Mós
  • Alojamento em Porto de Mós
  • Alugar carro em Porto de Mós
  • Celebrações e Feriados em Porto de Mós
  • Roteiros em Porto de Mós: 1 dia, 2 dias, 3 dias

Visitar Porto de Mós – O importante a saber

PORTO DE MÓS, PORTUGAL

PORTO DE MÓS, PORTUGAL

Durante muitos anos as terras de Porto de Mós foram propriedade da Igreja, passando para as mãos da Casa de Bragança após Aljubarrota. É interessante visitar a vila, pitoresca, com notável património histórico, especialmente religioso, mas também alguns elementos existentes na área do seu município, como as grutas de Mira de Aire, de Alvados e de Santo António, as lagoas do Arrimal, a praia Jurássica de São Pedro e, claro, os terrenos onde se deu a Batalha de Aljubarrota, onde existe desde 2002 um espaço-museu.
Dicas rápidas para Porto de Mós:

  • Acorde cedo e seja o primeiro a entrar nos monumentos, museus ou outros locais de interesse
  • Suba ao Castelo de Porto de Mós – a melhor vista da cidade
  • Faça caminhadas tranquilas para explorar com tempo e apreciar devidamente
  • Não perca a Feira dos Sete, aos dias 7 de cada mês durante a tarde, na freguesia de Alvados; o Mercado Municipal de Porto de Mós às sextas-feiras durante a manhã, em Porto de Mós; e o Mercado Municipal de Mira de Aire aos sábados durante a manhã, na freguesia de Mira de Aire
GUIA DE VIAGEM PORTO DE MÓS

GUIA DE VIAGEM PORTO DE MÓS

Para saber quando ir a Porto de Mós você precisa de se informar um pouco melhor acerca das suas estações e clima. A melhor altura para visitar Porto de Mós é entre os meses de Abril e Outubro, uma vez que apresentam temperaturas excelentes para fazer turismo em Portugal.

Vídeo com imagens aéreas de Porto de Mós

Vídeo muito bom para podermos ver as diferentes partes turísticas deste lugar.

Os 13 Melhores Locais de Porto de Mós
  1. Castelo de Porto de Mós
  2. Igreja de São Pedro
  3. Igreja de São João
  4. Capela de Santo António
  5. Capela de São Jorge
  6. Grutas de Mira de Aire
  7. Grutas de Alvados
  8. Grutas de Santo António
  9. Centro de Interpretação da Batalha de Aljubarrota
  10. Arco da Memória
  11. Lagoas do Arrimal
  12. Praia Jurássica de São Bento
  13. Capela São Silvestre, Serro Ventoso

O que visitar em Porto de Mós

PORTO DE MÓS

PORTO DE MÓS

Porto de Mós em Portugal tem imenso para ver, por isso é conveniente organizar um pouco a sua visita para conseguir ver o máximo possível, de forma mais organizada, contribuindo assim para usufruir de umas férias mais proveitosas.

1- Castelo de Porto de Mós

Como tantos outros em Portugal, este castelo nasceu como uma fortaleza moura, tendo sido conquistado pelos cristãos liderados por D. Afonso Henriques em 1148. Durante o reinado de D. Dinis (1279-1325) o castelo foi reforçado e viria a desempenhar um papel importante em 1385: foi aqui que o exército português se manteve durante os dias que antecederam a Batalha de Aljubarrota. No início do século XV o castelo foi de novo melhorado. Mais tarde, o terramoto de 1755 danifica consideravelmente a estrutura do castelo e foi preciso esperar até 1936 para que trabalhos de restauro tivesse lugar. O castelo tem uma planta de cinco faces irregulares, com traços de Gótico e Renascença e foi classificado como Monumento Nacional em 1910.

2- Igreja de São Pedro

Esta igreja, de nave única e transepto com cruzeiro, foi construída em estilo Barroco na segunda metade do século XVII, tendo ficado entregue à gestão do Convento dos Agostinhos Descalços entre 1676 e 1834. No seu interior há uma capela dedicada ao Senhor dos Passos, enriquecida com mármores trazidos de Alqueidão da Serra, Chão de Maçãs e Juncal. Destaque também para o altar-mor e para o retábulo, ambos do século XVIII. A capela principal tem as paredes revestidas com azulejos já do século XX, com cenas da pesca milagrosa e da entrega das chaves a São Pedro. Existem altares adicionais dedicados a Nossa Senhora da Conceição, a Cristo Crucificado, ao sagrado Coração de Jesus, a Nossa Senhora de Fátima, a Nossa Senhora dos Passos e a S. José com o Menino.

3- Igreja de São João

Esta é a igreja matriz de Porto de Mós, localizando-se no núcleo histórico da localidade. Foi construída no século XVIII, com um exterior que se caracteriza pelo pórtico românico e por uma torre sineira encorpada, desproporcionada em relação ao corpo da igreja. No seu interior podemos ver um bonito altar em talha dourada e alguns elementos anteriores à construção do templo: a pia baptismal, de pedra, data do século XVI, e uma representação de Nossa Senhora da Piedade do início do século XVI.

4- Capela de Santo António

Esta capela foi construída no século XVII, graças aos fundos recolhidos em esmolas entre os fiéis a Santo António. Encontra-se num alto, que se acede através de uma escadaria, onde para além do templo se encontra uma estátua do seu santo padroeiro e um eucaliptal onde foi criado um pequeno parque de merendas. O interior da igreja está revestido com azulejos do século XVII, existindo interessantes pinturas nas suas paredes. Todos os anos, por altura das celebrações do Santo António, há uma missa na capela seguida de arraial e muita animação, uma festa que dura dois dias e que é culminada por uma procissão.

5- Capela de São Jorge

Esta capela encontra-se no local da Batalha de Aljubarrota, travada em 1385 entre um exército português e uma força invasora espanhola. A vitória sorriu aos portugueses e garantiu na altura a independência de Portugal. D. Nuno Álvares Pereira mandou construir o templo, precisamente no lugar onde durante a batalha se manteve a sua bandeira, uma posição escolhida pela boa visibilidade sobre o campo de batalha. A construção iniciou-se em 1393, sendo a capela inicialmente devotada à Virgem Maria. No século XV e no início do século XVI parecem ter existido obras na capela e em 1928 foi construído um alpendre, mas essencialmente chegou até aos dias de hoje tal como foi criada no século XIV: com uma nave única e uma capela-mor quadrangular, e arquitectura de base marcada pelo estilo Gótico Tardio.

6- Grutas de Mira de Aire

As Grutas de Mira de Aire são as maiores de Portugal, sendo conhecidos até agora 11 km de túneis, dos quais apenas 600 m podem ser visitados pelo público. Foram descobertas em 1947 por um grupo de homens locais que repararam num vapor estranho que parecia libertar-se entre as rochas. A notícia da descoberta chegou a Lisboa e logo seguiram para a região equipas de espeleólogos. A exploração das grutas estendeu-se até aos dias de hoje, tendo o primeiro troço aberto para visitas do público em 1974. Estão abertas diariamente, e a visita demora cerca de uma hora. Desce-se por umas escadas montadas no local, num ambiente que mantém a temperatura de 17 graus constantes ao longo de todo o ano e a maior parte do passeio tem lugar a 110 m de profundidade.

7- Centro de Interpretação da Batalha de Aljubarrota

A Batalha de Aljubarrota, que opôs forças portuguesas a um exército espanhol, e que se deu em 1385, foi um dos momentos mais importantes da História de Portugal, garantindo a independência do país face a Espanha. Teve lugar junto à aldeia de São Jorge, não muito longe de Porto de Mós, e ali existe hoje um Centro de Interpretação, gerido pela Fundação Batalha de Aljubarrota. Foi criado em 2002 e pretende oferecer aos visitantes melhor informação sobre o que aconteceu no espaço ali em volta, com uma exposição com 900 m2 apoiada por todas as infra-estruturas, como um auditório, loja de recordações, café-restaurante e parque de merendas. Para além de um museu aberto ao público o Centro desenvolve intenso trabalho junto das escolas, contando com um Serviço Educativo bastante activo.

8- Arco da Memória

O Arco da Memória é uma estrutura surpreendente e quando o visitante chega junto dele geralmente não compreende a sua razão de ser, perdido no que parece ser uma floresta, nem a extensão do seu longo passado. Localiza-se relativamente próximo de Arrimal e foi erigido por monges cistercienses para marcar os terrenos doados por D. Afonso Henriques à sua Ordem e ainda hoje assinala um limite territorial, mas agora o da divisão entre os concelhos de Porto de Mós e de Alcobaça. Não existem nenhuns elementos decorativos no arco, apenas duas inscrições, uma em latim, que assinala a sua construção, e uma outra, já de 1830, gravada a mando do rei D. Miguel I. Existe um percurso pedestre circular com origem e fim no Parque de Campismo de Arrimal que passa no Arco, mas pode-se visitar de forma mais directa, com uma viatura própria.

9- Lagoas do Arrimal

Perto do Arrimal existe um conjunto de três bonitas lagoas, formadas pelas águas da chuva que são retidas nestas bacias naturais de pedra. A Grande Lagoa localiza-se junto ao Arrabal, a Pequena Lagoa encontra-se próximo do Rossio e a terceira lago fica em Portela de Vale de Espinho. As águas das lagoas são muito usadas para rega mas recentemente as populações locais e os visitantes começaram a explorar as suas orlas com fins lúdicos. É uma área ideal para a observação da Natureza e da vida animal, sendo ali comuns as rãs, as salamandras, as cobras de água, as galinhas de água e os mergulhões.

10- Praia Jurássica de São Bento

A chamada Praia Jurássica foi descoberta em 2003 na antiga pedreira da Ladeira, perto dos Covões Largos. Quem poderia imaginar que o que é hoje a Serra de Aires e dos Candeeiros era há 170 milhões de anos atrás uma paisagem litoral coberta por um lençol de água…? Foram as marcas dessa era que ficaram a nu com a descoberta desta praia Jurássica, que apenas tem paralelo num outro lugar existente na Suíça. A riqueza de animais fossilizados é imensa, muitos deles num estado de conservação raro. Contudo a recente exposição dos fósseis aos elementos ameaça-os e alguns foram já retirados no local, para uma melhor preservação, o que causou alguma polémica.

Roteiros em Porto de Mós

ROTEIRO PORTO DE MÓS

ROTEIRO PORTO DE MÓS

Algumas ideias de roteiros para você preparar as suas férias em Porto de Mós de maneira independente. Itinerários de turismo em Porto de Mós em Portugal.

1 Dia em Porto de Mós: passo-a-passo
Manhã: Brevemente…
Tarde: Brevemente…
2 Dias em Porto de Mós: passo-a-passo
Dia 1 Manhã: Brevemente…
Dia 1 Tarde: Brevemente…

Dia 2 Manhã: Brevemente…
Dia 2 Tarde: Brevemente…

Procura um Hotel em Porto de Mós? Hotéis em Porto de Mós


João Leitão - O autor do blog:


VIVA! Sou o João - blogger de viagens. Com 20 anos de experiência como viajante independente, explorei mais de 128 países em África, Antártica, Ásia, Europa, América do Norte e Central, América do Sul e Oceânia. Bem-vindos ao meu blog de viagens, onde partilho informação prática de viagem para o motivar a sair de casa! Siga nas redes sociais: Facebook, Twitter, Instagram, Pinterest e YouTube.

Kit de Viagem:


  • Onde eu reservo alojamento? Encontre os melhores hotéis e promoções através do Booking.com
  • Eu reservo sempre o meu carro online através do Rentalcars.com
  • Quer estar prevenido? Faça o seu seguro de viagem através do Worldnomads.com
  • 7 dias em Marrocos 430 euros desde Marrakech até ao Deserto do Saara através do Marrocos.com
  • Quer viajar e ter sempre Internet? Faça como eu e compre o aparelho da SkyRoam.com
  • * Esta página tem links de afiliados. Quando você reserva algo através deste blog, eu retenho uma pequena comissão que não altera o preço final. Obrigado!