🐪 Venha conhecer Marrocos « Viagem de grupo 7 dias em Marrocos por 430 Euros » Marrakech até Deserto do Saara 🐪

#Vanlife no Quirguistão, Explorar a Ásia Central numa autocaravana

Actualizado em 17 Dezembro, 2017
VAN LIFE FOTOS

VAN LIFE

Viajar com uma auto-caravana é sempre uma experiência gratificante. A liberdade de viajarmos por onde desejarmos, muitas vezes por puro impulso, dormindo onde nos apetecer e escolhendo o momento em que partimos para outro local faz desta forma de viajar a solução ideal para quem tem uma alma independente e gosta de se mover ao sabor do vento.

Por esta altura deves estar a pensar:

“O quê!? Viajar PARA a Ásia Central numa auto-caravana!?”

E a resposta:

Bem, sim, na realidade arrancar da Europa e viajar pelos países da Ásia Central com uma autocaravana (também chamada de campervan) é algo que se pode fazer perfeitamente e de forma totalmente segura. O Quirguistão é aliás um dos países da região mais fáceis de visitar e mais aberto a turistas, podendo os cidadãos da maioria das nações ocidentais entrar sem necessidade de visto e permanecer até sessenta dias.

Visto para o Quirguistão: Portugueses não precisam e Brasileiros fazem facilmente à chegada, quer no aeroporto quer nas fronteiras terrestres.

CONDUZIR - DIRIGIR NO QUIRGUISTAO

CONDUZIR / DIRIGIR NO QUIRGUISTÃO

Eu e a Condução: Todos os que me conhecem sabem a paixão que tenho pela condução! O prazer de viajar ao volante é, na minha opinião, único, quando toca a explorar o mundo que nos rodeia. Não sei bem se será aquela sensação de ter o horizonte como única barreira, a possibilidade de parar onde quer que me apeteça ou a percepção de que sou eu, pessoalmente, que detenho o poder de me transportar de um ponto para outro. Sendo um condutor nato, já conduzi veículos em mais de cinquenta países e estas são as minhas melhores memórias na estrada: Islândia, Peru, Rússia, Iraque, África do Sul e Afeganistão!

Quirguistão vs Vida de Autocaravana / Van Life

MERCEDES-BENZ SPRINTER 4X4 CAMPERVAN

MERCEDES-BENZ SPRINTER 4X4 CAMPERVAN

O Quirguistão é uma terra onde as montanhas, que se elevam a mais de 7.000 metros, estão marcadas por deslumbrantes lagos alpinos cujas águas revelam magníficas paletes de cores e cujos sopés se encontram cobertos por florestas de pinheiros onde se avistam os yurts de pastores que guardam manadas de yaks. É uma descrição apelativa? Ah pois é! E foi por tudo isto que decidi regressar ao Quiguistão!

VANLIFE KYRGYZSTAN

VANLIFE (SARY-MOGHOL)

Precisei de percorrer 6.000 quilómetros para chegar ao Quirguistão, tendo para isso cruzado países como a Polónia, ,Ucrânia, Rússia e Cazaquistão. É verdade que já tinha estado no Quirguistão, mas não ao volante de uma autocaravana, algo que muda completamente a experiência da viagem. Esta aventura foi assim bem diferente, proporcionando-me uma independência de que anteriormente não tinha usufruido.

VANLIFE

VAN LIFE (PARQUE NATIONAL KYRGYZ ATA)

O Quirguistão é único na sua riqueza cultural e na beleza das suas paisagens naturais. Existe no país uma infinidade de culturas, de traços de impérios idos, de clãs e de tribos que se espalham pelas terras mais verdejantes da Ásia Central. Os seus rios são magníficos, pontuados por um bom número de impressionantes quedas de água. Encontram-se espalhados pelo território cerca de dois mil lagos de águas cristalinas e à medida que vamos explorando a região sentimos os dois mil anos de intensa História que aqui se viveram.

Quirzigues

Quirzigues

Viajar com uma autocaravana facilita a interacção com as populações. As pessoas ficam curiosas com aquele estranho carro estrangeiro que lhes passa junto a casa e todos os dias há alguém que nos convida para um chá ou mesmo para uma refeição no seu lar. Os quirguizes são um povo extremamente hospitaleiro, mantendo vivas as tradições ancestrais, não hesitando em partilhar com os visitantes os diversos aspectos da sua cultura.

A independência do país, na sequência do colapso da União Soviética, deu-se em 1991, e desde então o território tem sofrido tremendas alterações na sua distribuição étnica. Hoje em dia vivem no Quirguistão cerca de 80 grupos étnicos, que partilham o espaço em harmonia e num espírito de tolerância mútua.

O grupo mais numeroso é o dos Quirguizes Turcomanos, que totalizam 70% da população, existindo também significativas comunidades de Mongóis, Russos, Persas e Uzbeques. A maioria dos Quirguizes são muçulmanos.

Van Life próximo do Campo de Base do Pico Lenine

Van Life próximo do Campo de Base do Pico Lenine

O estilo de vida tradicional dos quirguizes assenta no pastoreio, que se faz num sistema semi-nomádico, que leva os pastores a movimentar os seus rebanhos e manadas de ovelhas, yaks e cavalos de forma sazonal, subindo à montanhas na época de Verão e descendo com a aproximação do Inverno. Tive por várias vezes oportunidade de pernoitar junto a acampamentos nómadas nas montanhas.

Itinerário Detalhado:

  • Entrada no Quirguistão: Vindo do Cazaquistão e entrando através da fronteira de Chon-Kapka
  • Talas: Uma pequena e pacata cidade bem conhecida pelo seu mercado e que tem sido continuamente habitada desde o século IX.
  • Tash-Aryk: Chama-se Manas-Ordo e é um Parque Histórico localizado em Tash-Aryk, cujo epicentro é Kümböz Manas, o mausoléu de tijolo onde descansa para a eternidade o herói épico do povo Quirguize, Manas. Trata-se de um local muito querido de todos os quirguizes, considerado por muitos o ponto mais importante do país.
  • Reserva Natural de Sary Chele: O Sary Chelek é o mais notável de um conjunto de lagos que considerado há quase 50 anos uma Reserva de Bioesfera Mundial da UNESCO. Este lago distingue-se pela cor azul-turquesa das suas águas, habitadas por mais de 1.000 espécies vegetais, 160 tipos de aves e 34 géneros de mamíferos.
  • Uzgen: Já no século II antes de Cristo existia aqui um entreposto comercial que assegurava a continuidade da Rota da Seda entre o vale de Fergana e a região chinesa de Kashgar. Entre os séculos IX e XIII foi a capital do khanato Kara-Khanid, uma dinastia que era então dominante na Ásia Central.
  • Osh: Trata-se da segunda maior cidade do Quirguistão e diz-se ser a mais antiga de toda a Ásia Central, datando de há mais de 3.000 anos atrás. A sua criação está envolta em diversas lendas transmitidas através da tradição oral de geração em geração. A Montanha Sagrada Sulaiman-Too, em Osh, é um lugar Património Mundial da UNESCO desde 2009.
  • Aravan: Uma cidade com um mercado fabuloso e vestígios de arte rupestre em notável estado de conservação conhecidos como Petroglifos dos Cavalos Celestiais de Aravan.
  • Parque Nacional de Kyrgyz Ata: Esta reserva ocupa uma boa parte da face sul da cordilheira de Alay e distingue-se pelas suas florestas de zimbro, pelas manadas de yaks que por ali habitam e pelas fabulosas paisagens de montanha.
  • Lagos Kolduk: Quando o viajante aqui chega depara-se com dois lagos de águas cristalinas que assumem uma tonalidade azul onde se reflecte o verde emanado das montanhas que abraçam a sua superfície cujos picos se encontram pintados com o branco da neve.
  • Sary-Moghol: Esta pequena aldeia serve de suporte para atingir Tulpar-Kol e o Campo de Base Lenine.
  • Campo de Base do Pico Lenine (Base Camp): Trata-se de um percurso exigente mas o caminhante com alguma preparação física será recompensado por um passeio de rara beleza até ao Pico Lenine.
  • Lago Tulpar-Kol: No sopé do Pico Lenine, localizados entre vários lagos menores, e do lado oposto ao Campo de Base Lenine, o Lago Tulpar-Kol e a sua envolvência oferecem diversas possibilidades para caminhada em altitude, para esqui ou para passeios a cavalo nas montanhas Chon-Alay.
  • Saída do Quirguistão: Para o Tadjiquistão, através da fronteira de Bor-Doba, na famosa estrada M41 – Pamir Highway.

Distância Total Conduzida no Quirguistão: 1828 km (1198 mi).

OTMOK PASS AT 3326 M (10,912 FT)

OTMOK PASS A 3326 METROS

Nesta página partilho com vocês uma pequena selecção das melhores fotografias tiradas durante esta travessia do Quirguistão ao volante da minha autocaravana Mercedes-Benz Sprinter 4×4 (modelo 316 CDI de 2005). Podem contar com material semelhante para os restantes países que percorri nesta viagem.

Vista fabulosa próximo dos Lagos Tulpar-Kol com a Mercedes-Benz Sprinter vísivel do lado direito da imagem

Vista fabulosa próximo dos Lagos Tulpar-Kol com a Mercedes-Benz Sprinter visível do lado direito da imagem

Se gostam do conceito #vanlife, auto-caravanismo ou de viajar de carro, espero que as minhas imagens vos inspirem e vos façam perseguir os vossos sonhos e aventurarem-se na estrada. Não se esqueçam de marcar as fotografias de que gostarem mais no Pinterest e de partilhar este artigo no Twitter e no Facebook!

Kyrgyzstan #vanlife photos

Cruzando as montanhas a 3270 m

Cruzando as montanhas a 3270 m

Aldeia na estrada para os Lagos Kolduk

Aldeia na estrada para os Lagos Kolduk

Reserva Natural Sary Chelek

Reserva Natural Sary Chelek

Estrada entre Sary-Tash e a fronteira com o Tadjiquistão em Bor-Doba

Estrada entre Sary-Tash e a fronteira com o Tadjiquistão em Bor-Doba

Vida em modo van life junto ao rio Naryn

Vida em modo van life junto ao rio Naryn

Pela manhã, próximo de Sary-Tash, a 3221 m

Pela manhã, próximo de Sary-Tash, a 3221 m

Os Lagos de Tulpar-Kol a 3504 m

Os Lagos de Tulpar-Kol a 3504 m

Estrada para os Lagos de Tulpar-Kol

Estrada para os Lagos de Tulpar-Kol

O interior da auto-caravana Mercedes Sprinter no Parque Nacional Kyrgyz Ata

O interior da auto-caravana Mercedes Sprinter no Parque Nacional Kyrgyz Ata

Passando a noite no Parque Nacional Kyrgyz Ata

Passando a noite no Parque Nacional Kyrgyz Ata

Proximo da fronteira com o Tajiquistao em Bor-Doda

Próximo da fronteira com o Tajiquistão em Bor-Doda

Estrada para os Lagos de Tulpar-Kol

Estrada para os Lagos de Tulpar-Kol

Quando a estrada para Sary-Moghol faz um ziguezague maluco a 3600 metros de altitude

Quando a estrada para Sary-Moghol faz um ziguezague maluco a 3600 metros de altitude

Estrada de saída dos Lagos Kolduk

Estrada de saída dos Lagos Kolduk

Estacionado para passar a noite próximo dos Lagos Kolduk

Estacionado para passar a noite próximo dos Lagos Kolduk

Estrada para os Lagos Kolduk

Estrada para os Lagos Kolduk

Uma vaca simpática no Parque Nacional Kyrgyz-Ata

Uma vaca simpática no Parque Nacional Kyrgyz-Ata

Estrada para o Lago Sary-Chelek

Estrada para o Lago Sary-Chelek

Estrada para o Parque Nacional Kyrgyz-Ata

Estrada para o Parque Nacional Kyrgyz-Ata

Estacionado para passar a noite a caminho de Osh

Estacionado para passar a noite a caminho de Osh

Por-do-sol no Lago Sary-Chelek

Pôr-do-sol no Lago Sary-Chelek

O despertar do dia junto ao Lago Sary-Chelek

O despertar do dia junto ao Lago Sary-Chelek

Vista da porta de trás da auto-caravana no Lago Sary-Chelek

Vista da porta de trás da auto-caravana no Lago Sary-Chelek

Para passar a noite algures na estrada M41 a caminho de Sary Tash

Para passar a noite algures na estrada M41 a caminho de Sary Tash

Algures na estrada M41 a caminho de Uzgen

Algures na estrada M41 a caminho de Uzgen

Atravessando a montanha na estrada de Talas até Bishkek, na M41 em direcção a Osh

Atravessando a montanha na estrada de Talas até Bishkek, na M41 em direcção a Osh

Waking up somewhere in Kyrgyzstan. Notice the traditional Kyrgyz kalpak hat

Despertando algures no Quirguistão. Repare no chapéu tradicional quirguize chamado de kalpak

Em Manas-Ordo, vendo os jogos tradicionais a cavalo, chamados kok-boru

Em Manas-Ordo, vendo os jogos tradicionais a cavalo, chamados kok-boru

Pequeno-almoco ou café da manhã perto de Talas

Pequeno-almoço (café da manhã) perto de Talas

Próximo dos lagos de Tulpar-Kol

Próximo dos lagos de Tulpar-Kol

Entrada para o Campo Base do Pico de Lenine

Entrada para o Campo Base do Pico de Lenine

Entrada para o Campo Base do Pico de Lenine

Entrada para o Campo Base do Pico de Lenine

Paragem para almoco na estrada para a Reserva Natural de Sary Chelek

Paragem para almoço na estrada para a Reserva Natural de Sary Chelek

Estrada de saída da Reserva Natural de Sary Chelek

Estrada de saída da Reserva Natural de Sary Chelek

Próximo dos Lagos Kolduk

Próximo dos Lagos Kolduk

Lago Sary-Chelek pela noite

Lago Sary-Chelek pela noite

Autocaravana Sprinter 4X4 na neve

Autocaravana Sprinter 4X4 na neve

Estacionado para passar a noite no Parque Nacional Kyrgyz Ata

Estacionado para passar a noite no Parque Nacional Kyrgyz Ata

Cruzando a montanha a 3270 m

Cruzando a montanha a 3270 m

Pela manhã nas proximidades de Talas

Pela manhã nas proximidades de Talas

Montanhas em redor dos Lagos Kolduk

Montanhas em redor dos Lagos Kolduk

O Mercedes-Benz Sprinter 316 CDI 4x4 de 2005 próximo dos Lagos Kolduk

O Mercedes-Benz Sprinter 316 CDI 4×4 de 2005 próximo dos Lagos Kolduk

Cruzando a montanha a 3270 m

Cruzando a montanha a 3270 m

Um pouco de off-road depois do Campo Base do Pico Lenine a 3612 m. Note-se o Pico Lenine ao fundo

Um pouco de off-road depois do Campo Base do Pico Lenine a 3612 m. Note-se o Pico Lenine ao fundo

A Estrada para os Lagos de Kolduk

A Estrada para os Lagos de Kolduk

Gelo na Estrada

Gelo na Estrada

Este artigo é um relato da minha experiência de viagem com uma campervan (autocaravana, carrinha, van) no Quirguistão. Em breve serão publicados outros artigos sobre o povo, a cultura e a história deste país.

Nota: Esta viagem foi possível graças ao apoio da United States Agency for International Development (USAID). Contudo este blogue limita-se às minhas opiniões e experiências de viagem e não reflecte necessariamente as perspectivas da USAID ou do Governo dos EUA.


João Leitão - O autor do blog:


VIVA! Sou o João - blogger de viagens. Com 20 anos de experiência como viajante independente, explorei mais de 128 países em África, Antártica, Ásia, Europa, América do Norte e Central, América do Sul e Oceânia. Bem-vindos ao meu blog de viagens, onde partilho informação prática de viagem para o motivar a sair de casa! Siga nas redes sociais: Facebook, Twitter, Instagram, Pinterest e YouTube.

Kit de Viagem:


  • Onde eu reservo alojamento? Encontre os melhores hotéis e promoções através do Booking.com
  • Eu reservo sempre o meu carro online através do Rentalcars.com
  • Quer estar prevenido? Faça o seu seguro de viagem através do Worldnomads.com
  • 7 dias em Marrocos 430 euros desde Marrakech até ao Deserto do Saara através do Marrocos.com
  • Quer viajar e ter sempre Internet? Faça como eu e compre o aparelho da SkyRoam.com
  • * Esta página tem links de afiliados. Quando você reserva algo através deste blog, eu retenho uma pequena comissão que não altera o preço final. Obrigado!