🐪 Venha conhecer Marrocos « Viagem de grupo 7 dias por 430 Euros » Marrakech até Deserto do Saara 🐪

Visitar Yelets, Rússia: Guia Prático de Viagem

João Leitão
Actualizado em 9 Julho, 2018
VISITAR YELETS

VISITAR YELETS

Guia de Viagem a Yelets

Quer visitar Yelets?

Apesar de ser uma das mais antigas cidades da Rússia, não é grande, contando com cerca de cem mil habitantes, localizando-se a 450 km a sul de Moscovo. Tem um património arquitectónico valioso, até porque não sofreu danos significativos durante a Segunda Guerra Mundial. Visitar a Rússia e não passar por Yelets, é deixar para trás um destino importante que vale a pena conhecer.

Nesta página você encontra:

  • Visitar Yelets – o mais importante a saber
  • Dicas rápidas para Yelets
  • Vídeo com imagens aéreas de Yelets
  • Os 13 Melhores Locais de Yelets
  • O que visitar em Yelets
  • Mapa dos Monumentos de Yelets
  • Fotos de Yelets
  • Alojamento em Yelets
  • Celebrações e Feriados em Yelets
  • Roteiros em Yelets: 1 dia, 2 dias, 3 dias (24 horas, 48 horas, 72 horas)

Visitar Yelets – O importante a saber

VISITAR YELETS

VISITAR YELETS

Yelets foi oficialmente fundada em 1146, existindo uma nota referente à sua fortaleza nas crónicas de Nikonovskaya. Nos primeiros séculos de existência a cidade foi arrasada diversas vezes, sendo reconstruída totalmente em 1592, no que constituiu a semente da moderna Yelets. Em meados do século XIX Yelets tinha uma importância significativa mas a partir dessa altura o vigor económico da cidade decresceu. Hoje em dia, apesar de ter um charme que não fica nada a dever aos das cidades do famoso Círculo Dourado e de ficar a uma noite de comboio de Moscovo, não é um destino muito procurado pelos turistas. A cidade tem um centro histórico que vale como um todo, onde ainda está muito viva a tradicional arte dos bordados que tornaram Yelets famosa, encontrando-se ali diversos museus, fabricantes e lojas destes produtos.

Dicas rápidas para Yelets:

  • Acorde cedo e seja o primeiro a entrar nos monumentos, museus ou outros locais de interesse
  • O Mosteiro de Znamensky fica fora do centro, e em cima da colina, mas vale a pena visitar
  • A maior parte dos russos são muito simpáticos e é normal ser convidade para lanchar ou beber café
VISITAR YELETS RUSSIA

VISITAR YELETS RUSSIA

Para saber quando ir a Yelets você precisa de se informar um pouco melhor acerca das suas estações e clima. A melhor altura para visitar a Rússia é durante os meses de Verão, pois como estamos perante um país multi climático, é a estação que a nível geral é a mais agradável.

Vídeo com imagens de Yelets

Vídeo muito bom para podermos ver as diferentes partes turísticas desta cidade.

Os 13 Melhores Locais de Yelets
  1. Igreja do Arcanjo Miguel
  2. Catedral da Ascenção
  3. Museu de Ivan Bunin
  4. Igreja de Vvendeskaya
  5. Museu de Bordados de Yelets
  6. Museu de Khrennikov
  7. Museu Regional
  8. Parque da Cidade
  9. Mosteiro de Znamensky
  10. Monumento a Ivan Bunin
  11. Museu de História da URSS e Simbologia da Era Soviética
  12. Torre do Relógio
  13. Antigo Quartel dos Bombeiros

O que visitar em Yelets

O QUE VISITAR EM YELETS

O QUE VISITAR EM YELETS

Yelets na Rússia tem imenso para ver, por isso é conveniente organizar um pouco a sua visita para conseguir ver o máximo possível, de forma mais organizada, contribuindo assim para usufruir de umas férias mais proveitosas.

1- Igreja do Arcanjo Miguel

A Igreja do Arcanjo Miguel foi construída entre os séculos XVIII e XIX, em estulo Russo-Bizantino, com a torre sineira a adoptar traços de Classicismo. Trata-se de uma igreja num estado decadente, o que lhe oferece uma atmosfera especial. Partes da igreja estão envolvidas vegetação que abraçou as suas antigas pedras. Numa das alas, em relativo bom estado de conservação, erguem-se quatro cúpulas menores e uma outra, central, de maiores dimensões. Nessa parte da catedral, graças a obras levadas a cabo no início de 2016, foi possível nesse ano ali celebrar uma missa de Páscoa. É um local que promete excelentes fotografias, especialmente em dias de nevoeiro ou após a queda de neve.

2- Catedral da Ascensão

Esta catedral foi concebida por Konstantin Ton, o génio da arquitectura russa que criou alguns dos maiores símbolos arquitectónicos de Moscovo, e construida entre 1845 e 1889. A catedral atinge os 74 metros no seu ponto mais alto, sendo das mais imponentes do país e tendo um comprimento de 84 metros e uma largura de 34 metros. As suas cúpulas são azuis com excepção da central, maior e mais elevada, coberta de dourado. De qualquer ponto da cidade se pode avistar este edíficio localizado no topo da rua Kommunarov, mas a melhor perspectiva obtém-se da ponte sobre o rio Sosna.

3- Museu de Ivan Bunin

Ivan Alekseyevich Bunin. O primeiro russo a ser galardoado com o Prémio Nobel da Literatura, em 1933. Nasceu em 1870 em Voronezh mas passou parte da sua juventude em Yelets e as gentes da cidade não o esqueceram. Aqui vai encontrar um pequeno museu dedicado ao escritor, à sua vida e obra. Infelizmente a exposição encontra-se legendada apenas em russo. Encontra-se encerrado aos Domingos e Segundas-feiras.

4- Igreja de Vvendeskaya

Esta igreja, erigida em 1761, trata-se da igreja construída em pedra mais antiga da cidade e encontra-se em pleno centro histórico de Yelets, rodeada de velhas casas dos séculos XVII e XVIII, construídas em madeira. Tem uma estrutura um pouco diferente, com as torres sineiras em proporções bem maiores do que a nave da igreja. Depois de visitar o templo, se encontrar os portões abertos, o viajante poderá descer o monte, até à margem do rio. Desembocará num local muito apreciado pelos locais para momentos de lazer.

5- Museu de Bordados de Yelets

O Museu de Bordados de Yelets está instalado numa bonita casa tradicional, de madeira pintada de azul forte. Encontra-se na principal rua pedestre da cidade, a Oktyabrskaya, e como o nome indica é dedicado à arte de bordar, um ofício que se iniciou em Yelets no século XVIII e que se mantém muito vivo até aos dias de hoje. Até ao século XIX até os rapazes bordavam, mas actualmente é uma tarefa nas mãos dos elementos femininos. No início do século XX, a arte de bordar era mesmo ensinada na universidade de Yelets, e hoje em dia a fábrica de bordados promove um curso de dois meses parta quem deseje aprender o ofício. Os bordados de Yelets são produzidos quer nessa fábrica, quer em casa das bordadeiras. No primeiro andar existe uma galeria de arte com obras de artistas locais.

6- Museu de Khrennikov

Tikhon Nikolayevich Khrennikov nasceu em 1913, em Yelets, e faleceu em 2007. Distinguiu-se na área da composição musical e as suas obras foram interpretadas um pouco por todo o mundo. O seu museu abriu em 2000, antes portanto da sua morte, e o próprio compositor esteve envolvido na organização do espaço, instalado na casa onde ele cresceu, numa esquina da rua Mayakovskogo. Trata-se portanto de uma Casa-Museu, onde o visitante encontrará objectos pessoais de Khrennikov e muitos elementos ligados ao seu trabalho. A exposição ocupa um espaço limitado, de apenas 75m2. O museu encerra às Segundas e Terças-feiras.

7- Museu Regional

O Museu Regional de Yelets pode ser encontrado na rua Lenine, instalado numa casa de madeira pintada de azul, provavelmente erigida no século XIX. A colecção do museu é agradavelmente diversificada, prometendo uma visita enriquecedora. Ali se podem encontrar peças tão diferentes como animais embalsamados, achados arqueológicos e moedas dos tempos da União Soviética. Infelizmente a exposição não se encontra legendada em inglês. O museu encerra aos Domingos e Segundas-feiras.

8- Parque da Cidade

No parque da cidade vamos encontrar uma série de diversões, incluindo uma roda panorâmica, e um ambiente interessante, ideal para observar as pessoas locais e fotografar. É o lugar de eleição para a organização de eventos, podendo sempre haver um concerto musical ou qualquer outro espectáculo. No Parque da Cidade encontra-se o monumento ao escritor Ivan Bunin, primeiro russo a ganhar um Prémio Nobel da Literatura, em 1933. Junto à entrada do parque encontra-se o antigo quartel de bombeiros e certamente o pessoal de serviço não recusará ao visitante o privilégio de subir à torre, de onde se goza uma bela vista panorâmica sobre a cidade.

9- Mosteiro de Znamensky

MOSTEIRO ZNAMENSKY YELETS

MOSTEIRO ZNAMENSKY YELETS

No topo de uma colina próxima, encontra-se o Mosteiro de Znamensky. É um local cuja visita se recomenda, muito agradável, oferecendo excelentes vistas sobre a cidade de Yelets. No interior do mosteiro, se conseguir entrar, encontrará bonitos frescos. Na área envolvente encontra-se um bem cuidado jardim, com muitos canteiros de flores, vêem-se pavões e pode-se descobrir uma pequena capela de madeira. Tente encontrara nascente de águas frescas que se encontra no local.

Fotos de Yelets

Algumas fotografias de Yelets, dos locais para visitar na cidade. Pode clicar nas imagens para abrir maior.

Celebrações e Feriados em Yelets

  • 1 de Janeiro – Dia de Ano Novo
  • 7 de Janeiro – Natal Ortodoxo
  • 23 de Fevereiro – Dia do Defensor da Pátria
  • 8 de Março – Dia da Mulher
  • 1 de Maio- Dia do Trabalhador
  • 9 de Maio – Festa da Grande Vitória na Guerra Patriótica
  • 12 de Junho – Dia da Rússia
  • 4 de Novembro – Festa da Unidade Nacional

Roteiros em Yelets

ROTEIRO YELETS

ROTEIRO YELETS

Algumas ideias de roteiros para você preparar as suas férias em Yelets de maneira independente. Itinerários de turismo em Yelets na Rússia.

1 Dia em Yelets (24 horas)
Manhã:
Tarde:
2 Dias em Yelets (48 horas)
Dia 1 Manhã:
Dia 1 Tarde:

Dia 2 Manhã:
Dia 2 Tarde:

3 Dias em Yelets (72 horas)
Dia 1 Manhã:
Dia 1 Tarde:

Dia 2 Manhã:
Dia 2 Tarde:

Dia 3 Manhã:
Dia 3 Tarde:

Kit de Viagem

« Onde reservo alojamento? Encontre os melhores hotéis e promoções através do Booking.com »
« Rent-a-car? Eu reservo sempre o meu carro online através do Rentalcars.com »
« Quer estar prevenido? Faça o seu seguro de viagem através do Worldnomads.com »
« Junte-se a um grupo! 7 dias em Marrocos 430 euros desde Marraquexe até ao Deserto do Saara através do Marrocos.com »
« Comprar bilhetes de monumentos e saltar as filas? Organize a sua viagem com antecedência através do Ticketbar.eu »
« Quer viajar e ter sempre Internet? Faça como eu e compre o aparelho da SkyRoam.com »

O autor do blog

VIVA! Sou o João Leitão. Viajante independente desde 1999, explorei mais de 130 países em África, Antártica, Ásia, Europa, América do Norte e Central, América do Sul e Oceânia. Bem-vindo ao meu blog de viagens, onde partilho dicas práticas de viagem para o motivar a sair de casa! Siga nas redes sociais: Facebook, Twitter, Instagram, Pinterest e YouTube.

« Seguir no Instagram »