🐪 Venha conhecer Marrocos « Viagem de grupo 7 dias por 430 Euros » Marrakech até Deserto do Saara 🐪

Como Tirar o Visto Electrónico (e-Visa) para a Índia

João Leitão
Actualizado em 20 Julho, 2018
COMO FAZER O VISTO ELECTRONICO PARA A INDIA E-VISA

COMO FAZER O VISTO ELECTRONICO PARA A INDIA E-VISA

Está a pensar visitar a Índia? Já tem os desejados bilhetes ou vai chegar por terra? Seja como for terá que obter o seu visto para poder entrar no país. Se chegou a esta página para saber como tirar o visto para a Índia, então está no lugar certo.

Durante muito tempo a obtenção desse precioso visto implicava pelo menos uma ida à embaixada, mas  desde o dia 1 de Janeiro de 2010 que o Governo indiano passou a disponibilizar um sistema de vistos electrónicos, que se podem tirar com todo o conforto, através da Internet.

Este sistema de visto online é conhecido como e-Visa, mas o seu nome oficial é e-Tourist Visa (eTV).

Inicialmente apenas cidadãos de cinco países podiam usar este sistema, mas o número de nacionalidades abrangidas foi crescendo e em 2017 atingiu os 161 países.

Naturalmente que os portugueses e, de forma geral, os europeus, para além dos brasileiros, estão incluídos nessa lista, excepto se o cidadão for filho ou neto de paquistaneses. Nesse caso poderá viajar na mesma mas terá que tirar um visto na embaixada da Índia.

Este artigo aborda o e-visto ou visto electrónico para turismo. Existem também e-vistos para viagens de negócios e para viagens para tratamento médico, mas estes tem especificidades próprias.

A Índia é um país cheio de contrastes, onde cada região tem as suas particularidades a nível de paisagens, arquitectura, idiomas, música e mesmo religião. A história da Índia é antiga. A primeira ocupação deste território foi iniciada pelo povo Drávida até ao ano 2000 a.C., quando foram atacados por tribos arianas, provenientes do Noroeste. Os Muçulmanos chegaram no século XII, mas foram substituídos pelos Mongóis, três séculos mais tarde. Vasco da Gama chegou à Índia em 1498, momento em que foi criada a Companhia Britânica da Índia Oriental, conjuntura que enfraqueceu o poder mongol.

Veja também a página: Visitar Índia – Guia de Viagem.

1 – Onde Tirar o e-Visa para a Índia

COMO FAZER O VISTO PARA A INDIA

COMO FAZER O VISTO PARA A INDIA

O website oficial do Governo da Índia para obtenção de vistos electrónicos é Indianvisaonline.gov.in/evisa/tvoa.html. É importante que use apenas este website para tirar o seu visto electrónico porque existem múltiplos sites fraudulentos com endereços que parecem legítimos mas que são desenhados para enganar viajantes incautos.

2 – O que é Necessário para Obter o e-Visa para a Índia

EVISA VISTO INDIA ONLINE

EVISA VISTO INDIA ONLINE

  • Ser cidadão de um dos 165 países incluídos no programa de visto electrónico da Índia. Ver lista completa aqui.
  • Possuir um passaporte válido para mais seis meses a contar do dia de chegada à Índia;
  • Possuir bilhetes de ida e volta para a Índia;
  • Tratar do pedido online entre 120 e 4 dias antes da entrada na Índia;
  • Uma fotografia digital da pessoa que vai viajar, com fundo branco, num ficheiro com tamanho entre 10 kb e 1 mb;
  • Digitalização da página principal do passaporte, onde consta a fotografia e os detalhes pessoais;
  • Plano de Viagem na Índia;
  • Não ter pais ou avôs de nacionalidade paquistanesa. Se este for o seu caso terá que tirar um visto regular na embaixada da Índia.
  • Pagamento do visto, que no caso de portugueses e brasileiros é de USD $50 acrescidos de 2,5% para despesas de processamento. Este pagamento não será devolvido no caso do visto não ser concedido.

Perguntas e Respostas

Qual é a validade do visto electrónico: 60 dias desde o momento de entrada na Índia.

Quanto Custa o visto electrónico para a Índia: Para os portugueses e brasileiros o visto electrónico para fins turísticos custa USD $80, que é a taxa aplicável à maioria das nacionalidades.

Quanto tempo demora: 3 a 4 dias úteis, mas geralmente menos do que isso. Eu preenchi o pedido de visto à noite, às 0:36 e recebi a confirmação no mesmo dia, às 16:20. Ou seja, o meu visto demorou 16 horas a ser processado.

Territórios Restritos: Note que o visto não lhe dá acesso a territórios que carecem de uma autorização especial para serem visitados.

Com que frequência posso solicitar o visto electrónico para a Índia: Duas vezes num ano civil, de Janeiro a Dezembro de cada ano.

Quantas vezes se pode entrar na Índia com o visto electrónico para turismo: duas vezes. A primeira, e depois pode sair do país e voltar a entrar.

É possível pedir uma extensão da validade do visto electrónico: não.

Quais são as possibilidades de ter o pedido recusado: perto de zero. Se não existir nenhuma situação evidente, como ter tido problemas com as autoridades numa visita anterior, apenas quem declarar ter ascendência paquistanesa ou enviar a fotografia ou a imagem do passaporte em condições inaceitáveis é que terá problemas.

3 – Tirar o e-Visa para a Índia passo a passo

VISTO INDIA ONLINE

VISTO INDIA ONLINE

  1. Aceda ao site oficial, seleccione Apply Online, e preencha o formulário;
  2. Preencha o formulário mais detalhado apresentado numa segunda página;
  3. Preencha ainda uma terceira página com dados pessoais;
  4. E ainda mais uma página, desta vez com detalhes da sua viagem;
  5. Envie os ficheiros com a sua fotografia e a página principal do seu passaporte quando pedidos;
  6. Proceda ao pagamento necessitando para isso de um cartão de crédito (VISA, Master Card ou Maestro. American Express não é uma opção);
  7. Receberá uma confirmação por e-mail do pedido;
  8. Se o seu pedido for aceite, receberá por correio electrónico nos quatro dias seguintes um documento oficial em formato PDF, o Electronic Travel Authorization (ETA), que deverá apresentar à chegada, impresso.

Irá receber três emails

1º Email

Irá receber um primeiro email a confirmar que completou o primeiro passo de requerer um e-Tourist Visa (eTV). Será avisado que ainda não pagou, e que o processo só avançará, quando o pagamento estiver feito.

CONFIRMAÇÃO DE REQUERER VISA, MAS FALTA PAGAR

CONFIRMAÇÃO DE REQUERER VISTO, MAS FALTA PAGAR

2º Email

Irá receber um segundo email a agradecer ter feito o pedido de visto, e que o processo poderá demorar até 72 horas.

CONFIRMAÇÃO QUE COMPLETOU O PEDIDO DE VISTO

CONFIRMAÇÃO QUE COMPLETOU O PEDIDO DE VISTO

3º Email

Irá receber um terceiro email a confirmar que o seu visto foi aprovado » Application Status: Granted, e ainda as datas possíveis para a sua entrada na Índia. Terá agora que imprimir este documento para ter consigo o número de visto. Parabéns, tem agora um visto de 30 dias.

SITUAÇÃO DO VISTO, SE FOI APROVADO OU NEGADO

SITUAÇÃO DO VISTO, SE FOI APROVADO OU NEGADO

4 – Chegar à Índia com um Visto Electrónico

Aeroporto Internacional Netaji Subhas Chandra Bose em Calcutá

Aeroporto Internacional Netaji Subhas Chandra Bose em Calcutá

Onde é que posso entrar no país com um e-visto?

Neste momento pode chegar à Índia com um visto electrónico através dos seguintes aeroportos internacionais: Ahmedabad, Amritsar, Bagdogra, Bangalore, Calicut, Chennai, Chandigarh, Kochi, Coimbatore, Delhi, Gaya, Goa, Guwahati, Hyderabad, Jaipur, Kolkata, Lucknow, Mangalore, Mumbai, Nagpur, Pune, Tiruchirapalli, Trivandrum, Varanasi e Vishakhapatnam.

Adicionalmente, os vistos electrónicos são aceites em alguns portos indianos: Kochi, Goa, Mangalore, Mumbai, Chennai.

Ao chegar à Índia com um Visto Electrónico

  • Antes de sair de casa, verifique no website oficial que está tudo bem com o seu visto (estatuto de Granted). Escolha a opção Visa Status no website.
  • Certifique-se que o seu país de origem ou eventuais países de trânsito não estão classificados como áreas de existência de Febre Amarela. Se for o caso, terá que ter consigo o boletim de vacinas internacional com certificação de vacinação para aquela doença. Caso contrário ficará de quarentena durante seis dias, algo que não é nada agardável;
  • Verifique que leva consigo uma impressão da Electronic Travel Authorization (ETA), o documento fornecido pelas autoridades de forma electrónica quando o seu visto é aprovado. Considerando a importância do documento, aconselho a ter mais do que uma cópia, guardadas em lugares diferentes e a colocar o documento digital original numa plataforma a que possa aceder facilmente através da Internet;
  • Apresente esse documento no controlo de passaportes no seu ponto de entrada no país; o agente de serviço irá recolher os seus dados biométricos. Poderá ter que apresentar na mesma altura uma prova de que tem bilhete de regresso e que tem meios financeiros para se sustentar durante a sua visita. Esta segunda condição só em condições muito excepcionais é verificada, mas pelo sim pelo não poderá querer ter consigo um extracto bancário actualizado. Ou mesmo cartões de crédito.
  • À chegada ao aeroporto, na zona de controlo de passaportes, há uma fila só para pessoas que têm o e-Visa. Quando eu cheguei ao aeroporto de Calcutá, não havia ninguém nesta fila, enquanto as outras filas tinham muita gente.

E se não quiser ou não puder tirar um visto electrónico?

VISTO INDIA

COMO TIRAR O VISTO PARA A INDIA

Haverá pessoas que não estarão em condições de tirar um visto electrónico, por exemplo, porque não podem dispor do necessário cartão de crédito para pagamento da taxa.

Nesse caso há sempre a possibilidade de se deslocar à embaixada da Índia ou de entregar o caso nas mãos de uma empresa de documentação especializada em vistos.

Além disso, um visto tradicional tem características ligeiramente diferentes que podem ser importantes para si. Vamos ver.

O visto tradicional é válido durante seis meses após a entrada na Índia e pode pedi-lo desde 1 a 5 anos da viagem, dependendo do tipo de visto. É mais caro, mas poderá valer a pena para quem deseja explorar o país com mais profundidade, não só porque pode permanecer mais tempo como também porque é mais fácil entrar em regiões de acesso restrito que estão interditas aos viajantes que tirarem o visto electrónico.

O visto tradicional é de emissão mais morosa, podendo demorar, em condições normais, entre uma a duas semanas.

O visto tradicional permite-lhe entrar na Índia através de qualquer fronteira, mesmo as terrestres, enquanto que com o visto electrónico o número de pontos de entrada é limitado e não inclui nenhuma fronteira terrestre. Assim, para quem quer entrar na Índia por terra, a opção do e-Visa simplesmente não funciona.

Veja também a página: Lisboa até Catmandu por Terra – Viagem de 3 Meses Passo-a-Passo.

Para tirar o visto tradicional deverá ir à Embaixada da Índia, que em Portugal se encontra no número 16 da  Rua Pêro da Covilhâ, no Restelo. Note que antes de se dirigir à Embaixada, deverá preencher o formulário online (siga as instruções aqui) e uma vez concluído este passo deverá marcar a sua visita, através desde endereço.  Note que poderá ir logo no dia seguinte caso preencha o formulário até às 17 horas. Se o fizer depois dessa hora só poderá ir à Embaixada dois dias depois.

Os custos são de 90 Euros para um visto válido por um ano ou 190 Euros para cinco anos de validade. A estes valores acrescem 2,50 Euros se quiser receber o seu passaporte com o visto por correio.

Opcionalmente poderá enviar o seu processo, incluindo todos os documentos necessários, por correio e esperar receber o passaporte e o visto também por correio. Claro que isto terá custos adicionais. Neste caso prepare-se para enviar o formulário devidamente preenchido e assinado, duas fotografias  tipo passe, o passaporte e um vale postal de 100,50 Euros em nome da Embaixada da Índia. Este valor era válido em 2018, convirá confirmar junto da Embaixada se as condições se mantêm.

Informação prática:

  • Horário para pedido de vistos:  09:30 – 12:30 de Segunda a Sexta-feira, excepto Quarta-feira.
  • Horário para entrega de vistos:  10:00 – 12:00 de Segunda a Sexta-feira, excepto Quarta-feira.
  • Contactos:  Telefone, 21 304 1094; e-mail, [email protected]

Onde dormir? Procurar hotel na Índia – Reservar alojamento. Bons preços. Sem custos de reserva.

Kit de Viagem

« Onde reservo alojamento? Encontre os melhores hotéis e promoções através do Booking.com »
« Rent-a-car? Eu reservo sempre o meu carro online através do Rentalcars.com »
« Quer estar prevenido? Faça o seu seguro de viagem através do Worldnomads.com »
« Junte-se a um grupo! 7 dias em Marrocos 430 euros desde Marraquexe até ao Deserto do Saara através do Marrocos.com »
« Comprar bilhetes de monumentos e saltar as filas? Organize a sua viagem com antecedência através do Ticketbar.eu »
« Quer viajar e ter sempre Internet? Faça como eu e compre o aparelho da SkyRoam.com »

O autor do blog

VIVA! Sou o João Leitão. Viajante independente desde 1999, explorei mais de 130 países em África, Antártica, Ásia, Europa, América do Norte e Central, América do Sul e Oceânia. Bem-vindo ao meu blog de viagens, onde partilho dicas práticas de viagem para o motivar a sair de casa! Siga nas redes sociais: Facebook, Twitter, Instagram, Pinterest e YouTube.

« Seguir no Instagram »