🐪 Venha conhecer Marrocos « Viagem de grupo 7 dias por 430 Euros » Marrakech até Deserto do Saara 🐪

Visitar Nagorno-Karabakh – Roteiros e Dicas de Viagem

João Leitão
Actualizado em 26 Setembro, 2018
Visitar Nagorno-Karabakh – Roteiros e Dicas de Viagem

Visitar Nagorno-Karabakh – Roteiros e Dicas de Viagem

Guia de Viagem de Nagorno Karabakh

Viajar no Nagorno-Karabakh – informação de viagem.

Tudo sobre visitar os melhores locais e destinos no Nagorno-Karabakh. Ideias de roteiros e itinerários com informação de alojamento, transporte, muitas galerias de fotografias, restaurantes, vídeos e mapas.

Organize as suas férias no Nagorno-Karabakh. Alguma pergunta ou opinião deixe um comentário no fim da página.

Nesta página você encontra:

  1. República do Nagorno-Karabakh – Informação prática
  2. Turismo no Nagorno-Karabakh – Apresentação
  3. História, Geografia e Cultura
  4. Clima e Quando ir
  5. Vídeo do Nagorno-Karabakh
  6. Resumo de viagem ao Nagorno-Karabakh
  7. Guia de Viagem: artigos para consultar
  8. Roteiros no Nagorno-Karabakh
  9. Locais UNESCO no Nagorno-Karabakh
  10. Kit de Viagem

Obrigado.

República do Nagorno-Karabakh (Alto Carabaque)

Bandeira Nagorno-Karabakh

Bandeira do Nagorno-Karabakh

  • Capital: Stepanakert
  • Língua oficial: Arménio
  • Presidente: Bako Sahakyan
  • População 2010: 141400 habitantes
  • Moeda: Dram arménio
  • Área Total: 11458,380 km²
  • Fuso horário: UTC+4 , Verão UTC+5
  • Código telefónico internacional: +374
  • Clima: Ameno e subtropical
  • Visto: Pode-se fazer o visto em Erevan na Arménia, ou, depois de entrar fazer o visto em Stepanakert no Ministério do Interior
  • Fronteiras: Azerbaijão, Arménia
  • Locais a não perder: Mosteiro de Gandzasar, Catedral de Ghazanchetsots, Trilho Janapar, Agdam, Mosteiro de Amaras, Vank
  • Quando visitei Nagorno-Carabaque: Setembro 2009

Turismo no Nagorno-Karabakh, Roteiros de Viagem

Montanhas na fronteira com a Arménia, Visitar o Nagorno Karabakh

Montanhas na fronteira com a Arménia, Visitar o Nagorno Karabakh

O Nagorno-Karabakh é um país fascinante para passar férias.

Este desconhecido país é uma república independente de facto, localizada na região de Artsakh na Transcaucásia, a Oeste da capital de Baku no Azerbeijão e próxima da fronteira da Arménia.

Visitei o Nagorno-Karabakh em Setembro de 2008 durante o Rali “Caucasian Challenge 2008“, numa aventura que entrei sem autorização pelas montanhas interditas, cruzando vales e caminhos com tanques rebentados da guerra, tudo em estradas off-road, até à capital Stepanarkert.

De Stepanarkert segui para a cidade fantasma de Agdam e desci a linha da fronteira com o Azerbaijão visitando algumas aldeias e mosteiros pelo caminho.

À saída tive que ficar pelo menos 2 horas a tentar convencer os polícias de fronteira a deixarem-me sair já que não tinha a autorização para lá estar.

Apresentação da História, Geografia e Cultura:

Rapaz a acender velas no Mosteiro Amaras em Sos
A história de Nagorno Karabakh, segundo os arqueólogos, teve início com povos diversos (fixos e nómadas), que viviam entre os rios Kura e Araxes, cuja teoria afirma que eram provenientes do Reino da Arménia (século II a.C.). Na Idade Média, povos nómadas encontravam-se já misturados com a população arménia, sendo pouco identificáveis, exceptuando os Udis que, de certa forma, formaram a sua comunidade na periferia do país. Na época do feudalismo (século XV), o senhor Jahan Shah, indicou cinco príncipes, com o título “meliks”, para as cinco dinastias nobres aqui existentes. O Império Russo reconheceu esta situação através de uma carta oficial do Imperador Paulo I, em 1799. Passou por imensos conflitos territoriais, Nagorno Karabakh entrou em decadência quando a União Soviética entrou em colapso, levando a maior parte da população a votar pela independência do Azerbaijão, apesar desta região continuar sob o controlo militar de Nagorno Karabakh. Apesar de ser um lugar pouco aconselhável à sua visita, recebe anualmente milhares de turistas, ignorando este alerta.

A geografia de Nagorno Karabakh conta com a área territorial de 4 400 Km2, sendo uma província arménia, no entanto, considerada uma república independente, pouco reconhecida internacionalmente. Situa-se na região do Cáucaso Menor e o seu cenário paisagístico é composto, principalmente, por enormes cadeias montanhosas, que vão desde o lado Oriental do Planalto Karabakhi até ao Vale Artsakh, formando a bacia Kuro-Araks. A maior parte dos rios desta província, vão desaguar para além do Vale Artsakh, os quais formam cursos de águas rápidas, resultando em cataratas de uma beleza indescritível. A altitude média registada nas montanhas de Nagorno Karabakh é de 1100 metros e, os pontos mais altos são de 3724 metros no Monte Gomshasar e de 3343 metros no Monte Mrav (localizados na zona Noroeste). Um aspecto curioso são as rochas vulcânicas, tal como encontramos rochas compostas de calcário e outras rochas sedimentares, já existentes no Período Jurássico e Cretáceo.

A cultura de Nagorno Karabakh é bastante ligada ao povo arménio, apesar de ter existido alguma emigração para este país, facilmente estes povos se misturaram com o povo nativo, adquirindo os seus hábitos e tradições. Artsakh era o nome histórico dado a este país pelos arménios locais. É um povo bastante ligação às artes, o que é bastante visível nos edifícios religiosos ou de carácter militar. O Cristianismo é a religião presente desde o século IV, tendo expressão até aos dias de hoje. Por tal, a arquitectura eclesiástica é muito comum nesta província, através de igrejas, mosteiros, capelas e catedrais, tal como de pinturas de murais com a técnica de fresco. As construções são feitas com o calcário e com lajes de rocha vulcânica. A tapeçaria é uma das técnicas artísticas mais cobiçadas por todo o mundo, uma vez que a qualidade dos bordados e dos teares é simplesmente exímia.

Clima e Quando ir:

Para saber quando ir a Nagorno Karabakh você precisa de se informar um pouco melhor acerca das suas estações e clima. A melhor altura para visitar Nagorno Karabakh é entre os meses de Maio e Outubro, pois as temperaturas encontram-se mais amenas durante esta época.

O clima de Nagorno Karabakh é continental, onde os Verões (Junho a Setembro) são muito quentes e secos, chegando a atingir temperaturas de 37º C. Por outro lado, os Invernos são frios, com muita neve e com temperaturas que podem chegar aos -10º C. O Outono é uma estação mais longa do que a Primavera, embora ambas sejam chuvosas.

Vídeo de conduzir a entrar no Nagorno Karabakh

O que visitei / Resumo de viagem ao Nagorno-Karabakh

Por ordem de visita.

Fronteira Arménia / Nagorno, Nagorno-Karabakh
Fronteira Armenia / NagornoFronteira Arménia / Nagorno: Estrada com vistas impressionantes pela montanha. Há muitos militares que fazem o normal controlo de passaporte.


Top 10 locais a visitar na Fronteira Arménia / Nagorno


  1. Mosteiro Amaras
  2. Mosteiro de Gandzasar
  3. Fortaleza Askeran
  4. Reservatório Sarsang
  5. Mosteiro Yerits Mankants
Região Shahumian, Nagorno-Karabakh
Regiao ShahumianRegião Shahumian: A estrada desde a Arménia até Vank passa pela região montanhosa de Shahumian. Ao longo da estrada há imensos tanques de guerra rebentados e abandonados.


Top 10 locais a visitar na Região Shahumian


  1. Mosteiro de Dadivank
  2. Fortaleza Berdkunk
  3. Mosteiro Andaberd
  4. Fortaleza de Andaberd
  5. Monte Murovdag
  6. Fortaleza de Gyulistan
  7. Fortaleza Levonaberd
  8. Fortaleza de Noraberd
  9. Fontes termais
Vank, Nagorno-Karabakh
VankVank: Pequena povoação que tem um mosteiro importante para visitar. Algo interessante é que há um enorme hotel, o Hotel Eklektika, que é de um excentricismo, com carros milionários à porta e uma arquitectura que parece um barco.


Top 10 locais a visitar em Vank


  1. Mosteiro Gandzasar
  2. Eclectica Hotel
  3. Number Plate Wall
  4. Memorial da Guerra
  5. Fortaleza de Khokhanaberd
Stepanakert, Nagorno-Karabakh
StepanakertStepanakert: Esta é a capital do Alto Carabaque. Cidade não muito grande, coração político deste país não reconhecido. O centro da cidade onde há alguns edifícios governamentais relembra um pouco a era soviética.


Top 10 locais a visitar em Stepanakert


  1. Monumento Papik Tatik
  2. Palácio Presidencial
  3. Assembleia Nacional
  4. Avenida Azatamartikneri
  5. Mercado de Stepanakert
  6. Igreja de São Jacob
  7. Museu de História Local de Stepanakert
  8. Edifício da União de Combatentes de Artsakh
  9. Universidade Artsakh
  10. Praça Shahumyan

Agdam, Nagorno-Karabakh
AgdamCidade fantasma de Agdam: Agdam é uma cidade da região Agdam Rayon numa região disputada entre o Azerbeijão e a Arménia. A cidade está toda destruída e é interdita a entrada e visita, mas parece que muitas pessoas fazem daqui um local de visita de Domingo.


Top 10 locais a visitar em Agdam


  1. Mesquita de Agdam
  2. Museu do Pão
  3. Casa de Chá

Mosteiro Amaras, Nagorno-Karabakh
Mosteiro AmarasMosteiro Amaras: Perdido na aldeia de Sos está um mosteiro Apostólico Arménio chamado de Mosteiro de Amaras. O mosteiro foi saqueado no século XIII pelos mongóis, destruído em 1387 durante a invasão de Timur e demolido outra vez no século XVI.


Top 10 locais a visitar no Mosteiro Amaras


  1. Mosteiro Amaras

Locais UNESCO no Nagorno-Karabakh
Estes são alguns dos melhores destinos para visitar no Nagorno-Karabakh. Os locais UNESCO Património Mundial no Nagorno-Karabakh são locais protegidos pela sua importância cultural ou natural.

Locais inscritos na Lista do Património Mundial no Nagorno-Karabakh:

  • O Nagorno-Karabakh não tem sítios UNESCO Património Mundial da Humanidade.

Kit de Viagem

« Onde reservo alojamento? Encontre os melhores hotéis e promoções através do Booking.com »
« Rent-a-car? Eu reservo sempre o meu carro online através do Rentalcars.com »
« Quer estar prevenido? Faça o seu seguro de viagem através do Worldnomads.com »
« Junte-se a um grupo! 7 dias em Marrocos 430 euros desde Marraquexe até ao Deserto do Saara através do Marrocos.com »
« Comprar bilhetes de monumentos e saltar as filas? Organize a sua viagem com antecedência através do Ticketbar.eu »
« Quer viajar e ter sempre Internet? Faça como eu e compre o aparelho da SkyRoam.com »

O autor do blog

VIVA! Sou o João Leitão. Viajante independente desde 1999, explorei mais de 130 países em África, Antártica, Ásia, Europa, América do Norte e Central, América do Sul e Oceânia. Bem-vindo ao meu blog de viagens, onde partilho dicas práticas de viagem para o motivar a sair de casa! Siga nas redes sociais: Facebook, Twitter, Instagram, Pinterest e YouTube.

« Seguir no Instagram »