🐪 » Viagem de grupo 7 dias em Marrocos por 430 Euros » Marrakech até Deserto do Saara » Mais info em MARROCOS.COM « 🐪

🌍 Visitar Arménia – Roteiros e Dicas de Viagem

Actualizado em 28 Julho, 2017
Visitar Arménia – Roteiros e Dicas de Viagem

Visitar Arménia – Roteiros e Dicas de Viagem

Guia de Viagem da Arménia

Viajar na Arménia – informação de viagem.

Tudo sobre visitar os melhores locais e destinos da Arménia. Ideias de roteiros e itinerários com informação de alojamento, transporte, muitas galerias de fotografias, restaurantes, vídeos e mapas.

Organize as suas férias na Arménia. Alguma pergunta ou opinião deixe um comentário no fim da página.

Nesta página você encontra:

  1. República da Arménia – Informação prática
  2. Turismo na Arménia – Apresentação
  3. História, Geografia e Cultura
  4. Clima e Quando ir
  5. Vídeo da Arménia
  6. Resumo de viagem à Arménia
  7. Guia de Viagem: artigos para consultar
  8. Roteiros na Arménia – 6 e 10 dias
  9. Locais UNESCO na Arménia
  10. Kit de Viagem

Obrigado.

República da Arménia

Bandeira Armenia

Bandeira da Arménia

  • Capital: Erevan.
  • Língua oficial: Arménio.
  • Chefe de governo: Serj Sargsyan.
  • População 2007: 3.262.200 habitantes.
  • Moeda: Dram.
  • Área Total: 29.743 km².
  • Fuso horário: UTC +4, +5.
  • Código telefónico internacional: +374.
  • Clima: Continental.
  • Visto: Pode-se adquirir o visto com duração de 21 dias nas fronteiras terrestres e aeroportos. O visto para a Arménia custa cerca de 6 Euros.
  • Fronteiras: Turquia a oeste, Geórgia ao norte, Azerbaijão a leste, e com o Irão e com o enclave de Nakhchivan pertencente ao Azerbaijão a sul.
  • Locais a não perder: Erevan, Sevan, Mosteiro Goshavank, Haghpat, templo de Garni, fortaleza de Urartian em Erebuni, Zvartnots, Dvin, Mosteiro Geghard e o Vale do Alto Azat.
  • Quando visitei a Arménia: Setembro 2008.
Mapa Armenia

Mapa da localização geográfica da Arménia no Mundo

Turismo na Arménia, Roteiros de Viagem

Estrada perto do Lago Sevan, Visitar a Arménia

Estrada perto do Lago Sevan, Visitar a Arménia

A Arménia é um país fascinante para passar férias.

A Arménia fica na zona do Cáucaso que faz fronteira com a Turquia a oeste, Geórgia ao norte, Nagorno-Karabakh e o Azerbaijão a leste, e com o Irão e com o enclave de Nakhchivan a sul.

Adorei a minha passagem por este país, pois detém muita mística e um ambiente muito espiritual nos mosteiros espalhados pelas montanhas. Atravessei o país a primeira vez direito ao Nagorno-Karabakh e pela segunda vez de Erevan até à Geórgia outra vez.

Guiei um velho carro Moskvitch no Rali “Caucasian Challenge” em 2008. Experiência única e que aconselho vivamente a fazer e participar.

Pude visitar vários mosteiros únicos como o Mosteiro Haghpat, o Mosteiro Goshavank e o Mosteiro Sevan no lago com o mesmo nome.

Segui para as montanhas para entrar na zona proibida do Nagorno-Karabakh, zona militar e que é restrita a civis.

Apresentação da História, Geografia e Cultura:

ArmeniaA história da Arménia já conta com cerca de 3000 anos a.C., sempre partilhou entre a Pérsia conhecimento e crenças, que em conjunto criaram o Zoroastrismo, doutrina criada pelo Zaratustra. No ano 301, o Rei Tiridates III anunciou o Cristianismo como a religião principal daquele território, muito antes do Império Romano. O Genocídio Arménio, que ocorreu entre 1915 e 1923, mais conhecido como o grande crime, onde todos os cidadãos de origem arménia, provenientes do Império Otomano, foram exterminados pelos turcos. Os autores do crime recusaram admitir este genocídio, que contabilizou cerca de 1,5 milhão de vítimas mortais. A República Socialista Federativa Soviética Transcaucasiana foi formada quando os turcos reconheceram em 1918 a República Democrática da Arménia, juntando-se à Rússia, Geórgia e Azerbaijão. Infelizmente, o cenário de tensão continuou e o povo continuou num cenário de guerra, pois as disputas com os países vizinhos não tiveram descanso, onde conseguiu simultaneamente, construir uma república independente, mas pouco reconhecida internacionalmente.

A geografia da Arménia conta com a área territorial de 29 743 Km2, localizada ao Sul do Cáucaso e sem ligação ao mar. Situada no interior continental, faz fronteira com: a Leste o Azerbaijão, a Sul o Azerbaijão e com o Irão, a Oeste com a Turquia e a Norte com a Geórgia. Localiza-se na região etno-geográfica Eurásia, a qual divide-se na Europa Oriental e a Ásia Ocidental. Tal o é, que é considerado culturalmente, integrante da Europa, já tendo entrado em negociações para ser membro da UE, no ano 2011. O cenário paisagístico é composto, essencialmente, por cadeias montanhosas, com rios caracterizados de correntes muitos fortes e raras florestas. O ponto mais alto do país é representado pelo Monte Aragats, com 4095 metros de altitude, sendo que não existem pontos de altitude abaixo dos 400 metros em toda a Arménia.

A cultura da Arménia é composta pelo povo arménio, o primeiro povo a adoptar o Cristianismo como religião oficial do Estado, até mesmo antes do povo romano. É um povo bastante unido, tal como muito simpático e anfitrião, estando bastante habituados a viver entre a Europa e Ásia, os quais recebem destes dois continentes, as mais variadas culturas e formas de viver o quotidiano. Os cientistas afirmam que a Arménia foi o berço do vinho, remontando esta teoria para mais de 6 000 anos, e não se ficaram por aqui, pois descobriram também o iogurte e o café. Os arménios comemoram o Natal no Dia de Reis, dia 6 de Janeiro e quando entram em festa têm por hábito dançar a dança “Tempo Keff”. Na gastronomia, adoram cozinhar com queijo feta enrolado em massa no forno e a fruta favorita é a romã.

Clima e Quando ir:

Para saber quando ir à Arménia você precisa de se informar um pouco melhor acerca das suas estações e clima. A melhor altura para visitar a Arménia é durante os meses de Maio a Outubro, pois apresentam um clima ameno e seco.

O clima da Arménia é continental, o qual apresenta-se com Verões secos e quentes, que ocorrem entre os meses de Julho e Setembro, e as temperaturas variam entre os 22º C e os 36º C. Os Invernos são muito frios e com muita neve, onde as temperaturas variam entre os -5º C e os -10ºC.

Discover Armenia – Tourist Destination

Vídeo promocional do Turismo da Arménia.

O que visitei / Resumo de viagem à Arménia

Por ordem de visita.

Gosh, Arménia
Gosh, ArmeniaGosh: a pequena vila Gosh fica situada na província Tavush, na Arménia. Mkhitar Gosh foi um dos responsáveis pela reconstrução do Mosteiro de Nor Ghetik (séculos XII/XII), outrora destruído aquando do terramoto de 1188. Após a sua reconstrução, foi denominado de Goshavank Mkhitar, sob forma de homenagem ao Mkhitar Gosh. O seu corpo descansa num túmulo de uma pequena capela e é possível também visitar a sua casa em ruínas. Ir a Gosh é como voltar atrás no tempo. Com maravilhosas paisagens, pode fazer óptimas caminhadas.
Mosteiro Haghpat, Arménia
Mosteiro Haghpat, ArmeniaMosteiro Haghpat: é um mosteiro construído na época da idade média, século X, na Arménia. Foi fundado pela Rainha Khosrovanuyah que reinava ao lado do Rei Ashot Bagratid III. A sua construção é imponente e tem elementos da arquitectura eclesiástica Bizantina e da tradicional da região do Cáucaso e o seu grande objectivo, foi, claramente, de servir a religião, mas também foi um importante centro de formação. Ao lado do Mosteiro Sanahin, Haghpat foi declarado como Património da Humanidade por parte da Unesco. Estes edifícios situam-se na região de Lori, de frente para o Rio Debed, um sítio lindíssimo que não deve perder de visitar, pois apesar de neste momento encontrarem-se um pouco degradados, vale a pena conhecê-los.
Lago Sevan, Arménia
Lago Sevan, ArmeniaLago Sevan: para além de ser um dos lagos de montanha mais altos do mundo (com 1900 metros de altitude), é o maior lago da Arménia. Situa-se na província de Gegharkunik, na Arménia Central. Tal como o Mar Aral, este lago sofreu algumas consequências por parte de ideias e intervenções de alguns engenheiros civis no sentido de baixar o nível da água, para a utilização da mesma para energia hidroeléctrica e sistema de rega. Em 1956 evitou-se uma catástrofe ambiental pois este projecto foi revisto e delicadamente, foi conduzido a fim de superar as dificuldades e a inconsistência do projecto. As praias ao longo do rio são muito bonitas e a experiência de conduzir ao longo do lago é uma experiência única e especial. Encontramos à margem do Lago Sevan, do lado noroeste, o Mosteiro de Sevanavank e do lado ocidental, o Mosteiro Hayrivank, contribuindo para o culto e formação na religião nesta localidade. Os animais mais numerosos neste território é a Truta Sevan e a Gaivota, os quais escolheram este lago como local apropriado para a reprodução da espécie.
Mosteiro Sevan, Arménia
Mosteiro Sevan, ArmeniaMosteiro Sevan: também chamado de Sevanavank, localiza-se na parte noroeste do Lago Sevan, na província de Gegharkunik, na Arménia. Este mosteiro foi fundado no ano de 874 pela princesa Mariam, filha do Rei Ashot I, altura que a Arménia ainda lutava pelo seu território contra os árabes. Situado no cimo de um monte, a vista sobre o Lago Sevan é simplesmente especial. Não existe qualquer impedimento ou pagamento de ingresso para a visita deste monumento, podendo-se entrar mesmo dentro da Igreja. Outrora, o mosteiro localizava-se numa ilha, mas na era de Estaline, existiram projectos de descer o nível das águas a fim de utilizar as mesmas para irrigação e para energia hidroeléctrica. Esta situação provocou uma aproximação da ilha sendo neste momento parte de uma pequena península com acesso por estrada.
Erevan, Arménia
Erevan, ArmeniaErevan: também chamada como Erevan ou Lerevan, é a capital, tal como a maior cidade da Arménia. Esta cidade está erguida às margens do Rio Hrazdan, sendo umas das cidades mais antigas do mundo com cerca de 2700 anos de existência. Pelo comando do Rei Argistis I, Ereva foi fundada em 782 a.C.. Este rei mandou construír mais ou menos na mesma altura a Fortaleza Erebuni, com o intuito de proteger o território contra os ataques bárbaros. Situada num ponto estratégico entre a Europa e a Índia, sempre foi um local deveras importante e disputado. Por tal, a história de Ereva é bastante complexa, sendo constantemente tomada por povos diferentes. Aqui localiza-se umas das Universidades mais importantes da Arménia e é sem dúvida o centro mais impactante ao nível cultural, académico e claro, industrial e económico. É abastada de casas de cultura, tanto de teatros de ópera (Teatro de Ballet e Ópera Yerevan), como de salas de cinema (Moscou Cinema que acolhe anualmente o Festival de Cinema Golden Apricot). Não deve perder de visitar, a nível arquitectónico, os Cinemas Hayrenik, Nairi e Rossiva. Um dos destinos turísticos mais afluentes deste país, Ereva oferece condições de luxo para quem a visita, com um ambiente nocturno bastante dinâmico. É uma cidade que tem inúmeras atracções turísticas e de tão completa a fim de agradar bastantes tipos de interesses, é muito estimulante. Poderá também conhecer lindíssimos parques na cidade, Jardins Botânico e Zoológico, a Biblioteca Nacional, entre outros. A cidade passou por um processo de remodelação onde os edifícios de estilo soviético foram substituídos por edifícios modernos, algo que nem todos os habitantes vêem com bons olhos.

Roteiros na Arménia

Algumas ideias de roteiros para você preparar as suas férias na Arménia de maneira independente. Itinerários de turismo na Arménia para 6 e 10 dias.

6 Dias na Arménia

Dia 1 Yerevan
Dia 2 Abovyan
Dia 3 Ashtarak
Dia 4 Ashtarak
Dia 5 Ejmiatsin
Dia 6 Yerevan

6 Dias na Arménia

Dia 1 Yerevan
Dia 2 Ararat
Dia 3 Ararat
Dia 4 Yerashk
Dia 5 Yerashk
Dia 6 Yerevan

10 Dias na Arménia
Dia 1 Yerevan
Dia 2 Echmiadzin
Dia 3 Yerevan
Dia 4 Khor Virap
Dia 5 Noravank
Dia 6 Garni
Dia 7 Geghard
Dia 8 Lago Sevan – Amberd
Dia 9 Byurakan – Yerevan
Dia 10 Yerevan

Locais UNESCO na Arménia
Estes são alguns dos melhores destinos para visitar na Arménia. Os locais UNESCO Património Mundial na Arménia são locais protegidos pela sua importância cultural ou natural.

Locais inscritos na Lista do Património Mundial na Arménia:

  • Mosteiros de Haghpat e Sanahin
  • Catedral e Igrejas de Echmiatsin e Sítio Arqueológico de Zvartnots
  • Mosteiro de Geghard e Vale Superior do Azat

Deixe o seu comentário aqui:

João Leitão - O autor do blog:

VIVA! Sou o João - blogger de viagens. Com 20 anos de experiência como viajante independente, explorei mais de 128 países em África, Antártica, Ásia, Europa, América do Norte e Central, América do Sul e Oceânia. Bem-vindos ao meu blog de viagens, onde partilho informação prática de viagem para o motivar a sair de casa! Siga nas redes sociais: Facebook, Twitter, Instagram, Pinterest e YouTube.

Kit de Viagem:

  • Onde eu reservo alojamento? Encontre os melhores hotéis e promoções através do Booking.com
  • Eu reservo sempre o meu carro online através do Rentalcars.com
  • Quer estar prevenido? Faça o seu seguro de viagem através do Worldnomads.com
  • 7 dias em Marrocos 430 euros desde Marrakech até ao Deserto do Saara através do Marrocos.com
  • Quer viajar e ter sempre Internet? Faça como eu e compre o aparelho da SkyRoam.com
* Esta página tem links de afiliados. Quando você reserva algo através deste blog, eu retenho uma pequena comissão que não altera o preço final. Obrigado!

Blog de viagens mencionado em:

Blog de viagens nos Media

« Seguir @joaoleitaoviagens no Instagram »