🐪 » Viagem de grupo 7 dias em Marrocos por 430 Euros » Marrakech até Deserto do Saara » Mais info em MARROCOS.COM « 🐪

🌍 Visitar Bulgária – Roteiros e Dicas de Viagem

Actualizado em 28 Julho, 2017
Visitar Bulgária – Roteiros e Dicas de Viagem

Visitar Bulgária – Roteiros e Dicas de Viagem

Guia de Viagem da Bulgária

Viajar na Bulgária – informação de viagem.

Tudo sobre visitar os melhores locais e destinos da Bulgária. Ideias de roteiros e itinerários com informação de alojamento, transporte, muitas galerias de fotografias, restaurantes, vídeos e mapas.

Organize as suas férias na Bulgária. Alguma pergunta ou opinião deixe um comentário no fim da página.

Nesta página você encontra:

  1. República da Bulgária – Informação prática
  2. Turismo na Bulgária – Apresentação
  3. História, Geografia e Cultura
  4. Clima e Quando ir
  5. Vídeo da Bulgária
  6. Resumo de viagem à Bulgária
  7. Guia de Viagem: artigos para consultar
  8. Roteiros na Bulgária
  9. Locais UNESCO na Bulgária
  10. Kit de Viagem

Obrigado.

República da Bulgária

Bandeira Bulgaria

Bandeira da Bulgária

  • Capital: Sófia
  • Língua oficial: Búlgaro
  • Presidente: Georgi Parvanov
  • População: 7.351.234 habitantes
  • Moeda: Leva
  • Área Total: 110.993 km²
  • Fuso horário: EET (UTC+2) / EEST (UTC+3)
  • Código telefónico internacional: +359
  • Clima: Montanhoso, Mediterrânico, Costa
  • Visto: Nenhum visto é exigido para cidadãos dos países da UE, Austrália, Canadá, Japão, Nova Zelândia, Noruega, Suíça e EUA. Brasileiros com visto Schengen podem entrar
  • Fronteiras: Norte pela Roménia, a Leste pelo Mar Negro, a Sul pela Turquia e pela Grécia e a Oeste pela Macedónia e pela Sérvia
  • Locais a não perder: Mosteiro de Rila, Sofia, Veliko Tarnovo, Varna, Mosteiro de Drianovo, Sunny Beach, Mosteiro de Sokolsky, Mosteiro de Troyan, Montanhas Rhodopi, Gargantas de Trigrad
  • Quando visitei a Bulgária: Junho 2001, Julho 2001, Setembro 2003, Setembro 2008, Abril 2011, Maio 2011, Maio 2012

Turismo na Bulgária, Roteiros de Viagem

Mosteiro de Rila na Bulgária

A Bulgária é um país fascinante para passar férias.

A Bulgária foi um dos primeiros países da Europa dos quais entrei na realidade do dia-a-dia e experimentei o país tal como fazem os seus habitantes.

No comboio de Varna até Sofia, no Verão de 2001, conheci um rapaz que me convidou a ir a casa do professor de inglês dele, o qual já não via fazia muito tempo. Fui então conhecer esse senhor do qual ele falava muito bem e que tinha fama de ser super simpático. O que aconteceu foi que o rapaz que conheci no comboio acabou por ficar 30 minutos e eu acabei por ficar 4 dias. Fiz amizade instantânea com o Emil, amigo o qual ainda mantenho contacto e que já o visitei em Montreal no Canadá, para onde ele emigrou em 2003.

O Emil fez-me entrar no seio da sua família, e fizeram questão em me mostrar de carro os melhores destinos à volta de Plovdiv, cidade onde eu nem era suposto sair, já que ia directo para Sofia. Acabei por não ver Sofia desta vez, e, acabei por ter boleia de uns amigos do Emil que me levaram até lá para apanhar o comboio para Bucareste na Roménia.

Voltei à Bulgária novamente em 2003 e, mais uma vez durante o Verão 2008 passando o país com o rali Caucasian Challenge, uma corrida com várias equipas, conduzindo 11 dias desde Budapeste na Hungria até Erevan na Arménia.

Depois de mais alguns anos sem ir à Bulgária, viajei outra vez neste país durante 2 semanas em Abril e Maio de 2011. Aproveitei para conhecer alguns destinos que ainda não conhecia tais como o Mosteiro de Rila, a Igreja de Boyana, a fantástica cidade de Veliko Tarnovo, imensos Mosteiros e alguns locais património mundial UNESCO, numa pequena viagem de carro alugado durante 3 dias.

Apresentação da História, Geografia e Cultura:

Cidade de AmsterdãoA história da Bulgária conta que este país foi dominado pelos Bizantinos, os quais foram conquistados pelos Turco-Otomanos durante cerca de cinco séculos, mas foi durante a guerra entre o povo turco e o povo russo que o sentimento nacionalista se fez sentir. No seu término, a Turquia foi obrigada pela Rússia a assinar o Tratado de San Stefano, a fim de dar a (quase) independência à Bulgária. No século XIX o Príncipe da Bulgária declarou a efectiva independência do país, formando mais tarde a Liga Balcânica com a Grécia, com a Sérvia e com o Montenegro (coligação que permitiu a vitória contra os Turcos na Primeira Guerra Balcânica). A Bulgária perdeu parte do seu território, momento que se viveu uma severa crise económica, com elementos políticos e de violência extremistas. Na Segunda Grande Guerra, este país lutou lado a lado com a Alemanha, com o objectivo de estender o seu território, mal sucedida. A Bulgária entrou na União Europeia em 2007.

A geografia da Bulgária conta com a área territorial de 110 910 Km2, estando este país localizado no Sudeste da Europa, mais propriamente nos Balcãs, na costa do Mar Negro a Leste. Faz Fronteira a Norte com a Roménia, a Sudeste com a Turquia, a Sul com a Grécia, a Sudoeste com a Macedónia e a Oeste com a Sérvia. O cenário paisagístico aqui presente é composto principalmente por duas cadeias montanhosas, uma orientada para Oeste e outra para Leste. Estas cadeias atravessam o país desde a fronteira com a Jugoslávia até ao Mar Negro. Entre as cadeias encontramos também muitas planícies e imensos vales, locais que a população escolheu para viver. A Stara Planina, também conhecida como a Cordilheira dos Balcãs, apesar de não ser muito extensa, ilustra em muitos pontos, os 2000 metros de altitude. No Sul, situam-se os Antibalcãs, onde se encontra o ponto mais alto do país (Musala), na Cordilheira de Rila, com 2 925 metros de altitude.

A cultura da Bulgária é bastante interessante, principalmente, porque tem imensas tradições provenientes dos seus antepassados e que actualmente ainda estão bem patentes nesta sociedade. A Música, reconhecida pelo mundo inteiro, é bastante própria e com características muito especiais, como é o caso das Vozes Búlgaras, constituídas por coros femininos, onde a sua musicalidade é bastante complexa, musicalmente falando. A música búlgara relata, normalmente, acontecimentos históricos de muitos séculos, uma forma de ir passando as tradições e costumes deste povo entre as gerações. A dança é, naturalmente, outra forma artística bastante presente no dia-a-dia deste povo, que tal como a Música, é constituída por movimentos complexos, uma vez que estes encontros podem ter imensas pessoas a dançar ao mesmo tempo.

Clima e Quando ir:

Para saber quando ir à Bulgária você precisa de se informar um pouco melhor acerca das suas estações e melhor clima. A melhor altura para visitar a Bulgária é entre os meses de Maio e Setembro, os quais representam momentos de calor, onde as temperaturas são amenas, mas que nos meses de Julho e Agosto, podem ser abafadas.

O clima da Bulgária é continental, onde os Verões são quentes e os Invernos muito frios. As temperaturas negativas no Inverno podem atingir os -15º C, como no Verão poderão chegar aos 30º C. A temperatura da água do mar poderá atingir os 24º C no Verão e os 9º C, no Inverno.

Descida da colina do Madara Rider, Unesco Bulgária

A vista do cimo da colina da zona do Madara Rider é impressionante.

O que visitei / Resumo de viagem à Bulgária

Por ordem de visita.

Mosteiro Bachkovo, Bulgária
O Mosteiro Bachkovo, conhecido também por Mosteiro Dormitório da Santa Mãe de Deus, é um dos melhores exemplos arquitectónicos da era Cristã. Este complexo encontra-se localizado na margem direita do Rio Chepelare, a cerca de duzentos quilómetros da cidade de Sofia, e a dez minutos de carro de Asenovgrad. Neste mosteiro, encontramos também uma fusão entre os vários estilos provenientes da cultura Bizantina, tanto por parte da Geórgia como por parte da Bulgária. Fundado em 1083 pelo Príncipe Gregório Pacuriano, a intenção original era de criar um espaço didáctico, no qual poderia ser transmitida a palavra de Deus, assim como disciplinas como a Matemática, História ou Música. Apesar de ter sido alvo e de ter sofrido com as invasões turcas, este mosteiro foi restaurado através de um plano de reabilitação, no final do século XV. Quando visitar o Mosteiro Bachkovo, repare na Igreja Catedral da Virgem, a qual atrai imensos peregrinos, assim como na Igreja dos Arcanjos. A árvore que se encontra no pátio, um diospireiro, é incrível e já conta com mais de dois séculos de vida. Não deixe de visitar, vai adorar.
Varna, Bulgária
Varna é considerada a segunda maior cidade búlgara, a qual fica localizada junto à costa do Mar Negro. Um importante destino turístico deste país, é também um grande centro empresarial e universitário, trazendo uma imensa dinâmica a este centro urbano. O seu nome teve origem na palavra “Varangian”, a qual tem como significado “escudo” e “defesa”. Isto porque o seu ambiente é composto por características militares, devido às suas fortificações. Para além de ter como foco de interesse as suas praias, Varna é um lugar bastante verde, repleto de vinhas, pomares e florestas, como também tem imensos lagos e canais artificiais. O seu clima é ameno, com Verões longos, Invernos frios, mas meias estações ensolaradas – bastante idêntico às temperaturas e características climáticas do mediterrâneo. É uma cidade “completa” no que toca às imensas actividades que aqui é possível fazer. É possível fazer praia, fazer Turismo de Natureza, assim como Turismo Cultural. Não deixe de visitar o Museu Arqueológico, a Mansão de Prince Boris, o maior parque da cidade Sea Garden. Varna é TOP!
Montanhas Ródope, Bulgária
As Montanhas Ródope são uma imensa cadeia montanhosa que fica localizada na Antiga Trácia, assim como na Bulgária e na Grécia. Antigamente, quem aqui vivia e conhecia esta cordilheira como ninguém, eram os Trácios. Estas montanhas são consideradas as maiores da Bulgária, as quais ocupam uma sétima parte de toda a área territorial do país. O seu ecossistema é tão rico, pois devido a enormes reservas de água, acompanhadas de um clima agradável, existe uma ampla diversidade de plantas e animais neste lugar. O Turismo é uma indústria que vai de vento em poupa por estas montanhas afora, no entanto, este lugar é promovido com a máxima consciência a fim de preservar este território. O ponto mais alto das Montanhas Ródope, conta com 2191 metros de altura, o qual é denominado por Golyam Perelik. Atreva-se a subir ao topo da montanha, assim como, visitar as profundas e magníficas gargantas dos rios. Fica aqui uma sugestão: Garganta Trigrad.
Veliko Tarnovo, Bulgária
Veliko Tarnovo é uma cidade búlgara, a qual conta com uma história de mais de cinco mil anos. Considerado um dos primeiros assentamentos na Bulgária, os primeiros vestígios da presença humana, datam do terceiro milénio a.C., nas Montanhas de Trapezitza. Localizada no Norte do país, é uma cidade com bastante importância nesta região. É também conhecida como a “Cidade dos Czares”, e encontra-se erigida às margens do Rios Yantra, com uma arquitectura única. Tornou-se bastante turística devido à sua beleza e imensa história. Aqui respira-se “o antigamente”, é como se fizéssemos uma viagem no tempo, ao passado. Encontramos imensas igrejas pela cidade fora, assim como imensos centros culturais ou locais onde é oferecido às novas gerações, ensinamentos artísticos ligados às artes plásticas. Não deixe de conhecer e visitar os seguintes monumentos: Asenevci (1985), Mãe Bulgária (1930), Independência, Vasil Levski, Stefan Stambolov, Nikola Pickolo, Todor Lefterov, Hristo Ivanov, Velchova Zavera, Nikola Gabrovski e Dimitar Blagoev e Ivan Semerdzhiev. Os imensos parques existentes na cidade, são também de visita obrigatória: Sveta Gora, Drudzba, Nikola Gabrovski, Akacia, Kartala, Buzlu?a, Marno pole, e Grobishta Ruski.
Sofia, Bulgária
Sofia é a capital e, naturalmente, a maior cidade da Bulgária. Este centro urbano fica localizado a Oeste do país, na zona mais baixa da Montanha Vitosha. É considerado o principal ponto do país ao nível administrativo, económico, educativo e cultural de toda a Bulgária. Conhecida como uma das cidades capitais mais antigas da Europa, é um dado adquirido que a primeira presença humana neste lugar, remonta ao século VIII a.C.. É interessante como uma cidade que nos leva aos tempos de outrora, consegue fundir-se na modernidade dos dias de hoje. É um lugar bastante harmonioso e agradável. No passado, muitos conflitos sucederam-se aqui, inclusivamente investidas por parte dos otomanos e dos turcos ou aquando da Segunda Grande Guerra. A Bulgária foi aliada da Alemanha e, por esse motivo, sofreu imensos ataques por parte da Grã-Bertanha e EUA. A sua arquitectura é de tirar o fôlego e por isso, é altamente recomendável que visite a Igreja de São Jorge, a Igreja de Hagia Sophia, Mesquita de Banya Bashi, Catedral de Alexandre Nevsky, Sinagoga de Sófia, Catedral de Sveta-Nedelya, Igreja de Boiana, e muito mais. Imperdível.
Plovdiv, Bulgária
Plovdiv é, a seguir à capital búlgara, a maior cidade do país. É considerada uma cidade bastante importante na Bulgária, tanto a nível económico e de transportes, assim como ao nível cultural e educativo. É habitada há cerca de seis mil anos, sendo que mais tarde, quem aqui se estabeleceu, foi o povo Trácio. É considerada uma das cidades mais antigas do mundo. Sempre foi um território cobiçado pelos mais variados grupos étnicos, nomeadamente pelos persas, gregos, búlgaros, celtas, godos, hunos, vikings, romanos, cruzados e turcos. A cidade é composta por seis colinas, sendo que três delas são conhecidas como “As Três Colinas” e as outras como a “A Colina da Juventude”, a “Colina dos Libertadores” e a “A Colina de Danov”. Visite os imensos museus aqui existentes (Museu de História, Museu Etnográfico, Museu da História e Ciência Natural, etc), assim como as imensas igrejas, mesquitas e templos pela cidade fora. Cidade adorável.
Mosteiro Rila, Bulgária
O Mosteiro Rila é considerado o maior mosteiro da Igreja Ortodoxa existente na Bulgária. E também o mais conhecido, o qual atrai imensos peregrinos e curiosos. Este mosteiro encontra-se localizado a Noroeste dos Montes de Rila, os quais ficam situados a cerca de uma hora e meia de carro da cidade capital da Bulgária, Sofia. Fica localizado, mais propriamente, no Vale do Rio Rilska e encontra-se a uma altitude de 1 147 metros de altura. Este monumento é considerado um marco na defesa da identidade búlgara, fundado no século X, pelo eremita João de Rila. Conta com cerca de nove mil metros quadrados, considerado o maior tesouro histórico-cultural e arquitectónico de todo o país. Durante a Idade Média, o Mosteiro de Rila foi bastante importante na preservação da identidade deste povo, pois para além da construção em si, encontramos no seu interior interessantíssimos frescos, pinturas, livros, documentos, etc (visíveis na sua biblioteca e museu). Incrível!
Arbanasi, Bulgária
Arbanasi é uma vila que fica localizada na Província de Veliko Tarnovo, mais propriamente no Centro Norte da Bulgária. Tem uma imensa história, pois esta localidade encontra-se repleta de monumentos. É um local bastante atractivo para quem é interessado em fazer Turismo Cultural, pois aqui encontrará imensas igrejas dos séculos XVII e XVIII, assim como, imensos edifícios de arquitectura tradicional eslava. O nome do lugar provém da palavra turca Arnavut, que tem como significado “raiz”. Conheça o Mosteiro Bachkovo, o Mosteiro de São Nicolau, a Igreja da Natividade de Cristo, Igreja dos Santos Arcanjos Miguel e Gabriel, Igreja de São Demétrio, Igreja de Santo Atanásio, Igreja de São Jorge, e muito mais.
Guia de Viagem: artigos e relatos para você consultar
Locais UNESCO na Bulgária
Estes são alguns dos melhores destinos para visitar na Bulgária. Os locais UNESCO Património Mundial na Bulgária são locais protegidos pela sua importância cultural ou natural.

Locais inscritos na Lista do Património Mundial na Bulgária:

  • Igreja de Boiana
  • Cavaleiro de Madara
  • Túmulo Trácio de Kazanlak
  • Igrejas Rupestres de Ivanovo
  • Mosteiro de Rila
  • Cidade Antiga de Nessebar
  • Reserva Natural de Srebarna
  • Parque Nacional de Pirin
  • Túmulo Trácio de Sveshtari
Siga no Twitter, Facebook, Instagram e Pinterest. Partilhe esta página e deixe o seu comentário.


Deixe o seu comentário aqui:

João Leitão - O autor do blog:

VIVA! Sou o João - blogger de viagens. Com 20 anos de experiência como viajante independente, explorei mais de 128 países em África, Antártica, Ásia, Europa, América do Norte e Central, América do Sul e Oceânia. Bem-vindos ao meu blog de viagens, onde partilho informação prática de viagem para o motivar a sair de casa! Siga nas redes sociais: Facebook, Twitter, Instagram, Pinterest e YouTube.

Kit de Viagem:

  • Onde eu reservo alojamento? Encontre os melhores hotéis e promoções através do Booking.com
  • Eu reservo sempre o meu carro online através do Rentalcars.com
  • Quer estar prevenido? Faça o seu seguro de viagem através do Worldnomads.com
  • 7 dias em Marrocos 430 euros desde Marrakech até ao Deserto do Saara através do Marrocos.com
  • Quer viajar e ter sempre Internet? Faça como eu e compre o aparelho da SkyRoam.com
* Esta página tem links de afiliados. Quando você reserva algo através deste blog, eu retenho uma pequena comissão que não altera o preço final. Obrigado!

Blog de viagens mencionado em:

Blog de viagens nos Media

« Seguir @joaoleitaoviagens no Instagram »