🐪 » Viagem de grupo 7 dias em Marrocos por 430 Euros » Marrakech até Deserto do Saara » Mais info em MARROCOS.COM « 🐪

🌍 Visitar RDC – Roteiros e Dicas de Viagem

Actualizado em 28 Julho, 2017
Visitar República Democrática do Congo - Roteiros e Dicas de Viagem

Visitar República Democrática do Congo – Roteiros e Dicas de Viagem

Guia de Viagem da R.D.C.

Viajar na República Democrática do Congo – informação de viagem.

Tudo sobre visitar os melhores locais e destinos da República Democrática do Congo. Ideias de roteiros e itinerários com informação de alojamento, transporte, muitas galerias de fotografias, restaurantes, vídeos e mapas.

Organize as suas férias na República Democrática do Congo. Alguma pergunta ou opinião deixe um comentário no fim da página.

Nesta página você encontra:

  1. República Democrática do Congo – Informação prática
  2. Turismo na RDC – Apresentação
  3. História, Geografia e Cultura
  4. Clima e Quando ir
  5. Vídeo da RDC
  6. Resumo de viagem à RDC
  7. Guia de Viagem: artigos para consultar
  8. Roteiros na RDC – 6 dias
  9. Locais UNESCO na RDC
  10. Kit de Viagem

Obrigado.

República Democrática do Congo

    Bandeira Republica Democratica do Congo

    Bandeira da República Democrática do Congo

  • Capital: Kinshasa
  • Língua oficial: francês
  • Presidente: Joseph Kabila
  • Primeiro-ministro: Augustin Matata Ponyo
  • População 2007: 63.655.000 habitantes
  • Moeda: Franco congolês
  • Área Total: 2.344.858 km²
  • Fuso horário: UTC+1 e +2
  • Código telefónico internacional: +243
  • Clima: Desértico
  • Visto: O visto pode ser feito nalgumas fronteiras terrestres, ou então em embaixadas do Congo espalhadas pelo mundo.
  • Fronteiras: a norte com a República Centro-Africana e o Sudão do Sul, a leste com o Uganda, Ruanda, Burundi e a Tanzânia, a leste e a sul com a Zâmbia, a sul com Angola e a oeste com o Oceano Atlântico, com o enclave de Cabinda e com o Congo.
  • Quando visitei o Congo: Julho 2011
Mapa Republica Democratica Congo

Mapa da localização geográfica da Republica Democratica Congo no Mundo

Turismo na RDC, Roteiros de Viagem

Fotografia do centro da cidade de Aba

Fotografia do centro da cidade de Aba

A República Democrática do Congo é um país fascinante para passar férias.

Viajei na província Orientale da R.D.C..

Apanhei boleia numa carrinha de um senhor da Estónia, que viajava por toda a África. Como ele não falava francês, combinámos que eu ia com ele desde Juba – capital do Sudão do Sul, até ao Burundi.

Mais tarde não ficámos mais tempo no Congo porque eu apanhei malária e tive que ir para o hospital no Uganda e mais tarde no Quénia.

Esta zona por onde passei é muito marcada pela guerra.

Todas as povoações têm ataques sucessivos pelas guerrilhas do grupo do Exército de Resistência do Senhor, conhecida na região como LRA ou Lord’s Resistance Army.

Numa parte do caminho tivemos protecção militar da ONU, por causa de um problema numa aldeia, em que homens com facas machetes nos ameaçavam e estavam muito hostis com a nossa presença.

Apresentação da História, Geografia e Cultura:

Carrinha Mazda no Congo

Carrinha Mazda no Congo

A história da República Democrática do Congo começa há cerca de dez mil anos atrás, uma vez que foi habitada pelos antepassados dos Pigmeus, o povo cuja característica mais evidente era a sua baixa estatura, que habitaram nas regiões do centro de África. Entre os séculos VII e VIII, o povo nigeriano Bantu estabeleceu-se na RD do Congo, sendo mais tarde atraído pelos portugueses, aquando dos descobrimentos no século XV, os quais conseguiram converter o rei local ao cristianismo. A Bélgica transforma este território como sua colónia, subjugando a população local aos seus interesses, abrindo mão aos direitos do povo no início do século XX. Tornam-se independentes no ano de 1960, embora tenha continuado a existir muitos conflitos políticos e, inclusivamente, ideais de governação ditatorial. Vivem a Primeira e a Segunda Guerras do Congo entre 1996 a 2003, as quais foram dos cenários mais sangrentos que se viveu no continente africano. Actualmente, vivem-se tempos mais pacíficos, com o Presidente Joseph.

A geografia da República Democrática do Congo (ou Congo Kinshasa) conta com uma área territorial de 2 334 858 Km2, sendo um dos maiores países da África Central e de todo o continente africano. Este país faz fronteira a Norte pela República Centro-Africana e com o Sudão do Sul, a Leste com o Ruanda, o Burundi e com a Tanzânia, a Sul com Angola e com a Zâmbia, sendo banhado a Oeste pelo Oceano Atlântico com uma extensão de 40 Km de costa. Não é um país muito costeiro, tal como também não tem muitos lagos, embora as fronteiras façam com que este território usufrua dos grandes lagos, nomeadamente o Alberto, Eduardo, Kivi, Tanganica e Victoria. É um país bastante montanhoso onde podemos encontrar o ponto mais alto do país em fronteira com a Tanzânia, Burundi e Ruanda, e o terceiro mais alto de África – o Monte Stanley com 5 120 metros de altitude.

A cultura da República Democrática do Congo é composta por centenas de diferentes grupos étnicos, reflectindo-se, ainda hoje em dia, na multiculturalidade existente neste país. Apesar de já ter tido outras identidades, a República Democrática do Congo, outrora chamada de Zaire ou por vezes como Congo Kinshasa a fim de distinguir-se da República do Congo, os povos nativos conseguiram manter as suas tradições e maneiras de viver em comunidade, tal como mantiveram a sua língua-mãe e/ou dialecto. Embora a língua oficial seja o Francês, falam-se também o Lingala, o Kongo, o Kituba, o Ciluba e o Suaíle. Soukos, é uma dança popular típica dos anos 60, onde a sonoridade da Rumba encontra-se bastante presente. Um aspecto curioso é de que os congoleses não têm uma expressão para definir a sua música, usando de quando em quando “muziki na biso”, que tem como significado “a nossa música”. A religião que mais se evidencia na população congolesa é o cristianismo.

Clima e Quando ir:

Para saber quando ir à República Democrática do Congo você precisa de se informar um pouco melhor acerca das suas estações e clima. A melhor altura para visitar a RD do Congo éentre os meses de Dezembro e Março, uma vez que representa a época seca, ou seja, menos chuva do que o habitual.

O clima da RDC é do tipo equatorial e por tal é caracterizado com muita chuva e temperaturas muito elevadas, durante os doze meses do ano.

Escolta militar na região Province Orientale RDC

O que visitei / Resumo de viagem à RDC

Por ordem de visita.

Fronteira Sudão do Sul / RDC
AbaFronteira: A placa de fronteira é um barril de metal aberto e pintado. Local muito fora e isolado. Basicamente os oficiais da fronteira não acreditavam que eu era um simples turista. Nenhum turista passa ali há mais de 20 anos. Mais, não passam muitos brancos dizia ele. Como não faziam vistos nesta fronteira, consegui não sei como uma permissão de entrada de 1 mês por $100 dólares.
Aba
AbaAba: Pequena cidade a 18km da fronteira com o Sudão do Sul. Estive durante o tempo todo sempre acompanhado por um polícia à paisana. A cidade em si é uma povoação longe de tudo e de todos – parece esquecida no tempo. Gostei muito dos edifícios coloniais ainda presentes e marcantes na cidade. A sua povoação é muito simpática e muita gente nunca tinha visto um branco na vida.
Faradje
FaradjeFaradje: Faradje foi a segunda cidade que conheci na RDC. Dormi em frente da casa do chefe da polícia. Utilizei a sua casa para ver um pouco de televisão com a sua família e tomar banho de “alguidar” na sua casa-de-banho. O mercado matinal de Faradje é muito interessante e dá para ter uma ideia do que é viver nesta pequena cidade rural da RDC.
Aru
AruAru: Cidade na fronteira com o Uganda. Fiquei muitos dias numa missão católica. Este foi o local onde fiquei uns dias para descansar e mais tarde cair doente com malária.

Roteiros na República Democrática do Congo

Algumas ideias de roteiros para você preparar as suas férias na RDC de maneira independente. Itinerários de turismo na RDC de 6 dias.

6 Dias na RDC

Dia 1 Kigali
Dia 2 Kigali – Goma – Lago Kivu
Dia 3 Nyarangongo
Dia 4 Nyarangongo – Goma
Dia 5 Bunagana
Dia 6 Goma

6 Dias na RDC
Dia 1 Kinshasa
Dia 2 Mbandaka
Dia 3 Samba – Buya
Dia 4 Nkake – Bikoro
Dia 5 Ikoko – Bikoro
Dia 6 Bikoro – Kinshasa

6 Dias na RDC
Dia 1 Kinshasa
Dia 2 Kikwit
Dia 3 Ilebo
Dia 4 Kananga
Dia 5 Ilebo
Dia 6 Kinshasa

Locais UNESCO na República Democrática do Congo
Estes são alguns dos melhores destinos para visitar na República Democrática do Congo. Os locais UNESCO Património Mundial na República Democrática do Congo são locais protegidos pela sua importância cultural ou natural.

Locais inscritos na Lista do Património Mundial na República Democrática do Congo:

  • Parque nacional de Virunga
  • Parque nacional da Garamba
  • Parque nacional de Kahuzi-Biega
  • Parque nacional da Salonga
  • Reserva de fauna dos ocapis

Deixe o seu comentário aqui:

João Leitão - O autor do blog:

VIVA! Sou o João - blogger de viagens. Com 20 anos de experiência como viajante independente, explorei mais de 128 países em África, Antártica, Ásia, Europa, América do Norte e Central, América do Sul e Oceânia. Bem-vindos ao meu blog de viagens, onde partilho informação prática de viagem para o motivar a sair de casa! Siga nas redes sociais: Facebook, Twitter, Instagram, Pinterest e YouTube.

Kit de Viagem:

  • Onde eu reservo alojamento? Encontre os melhores hotéis e promoções através do Booking.com
  • Eu reservo sempre o meu carro online através do Rentalcars.com
  • Quer estar prevenido? Faça o seu seguro de viagem através do Worldnomads.com
  • 7 dias em Marrocos 430 euros desde Marrakech até ao Deserto do Saara através do Marrocos.com
  • Quer viajar e ter sempre Internet? Faça como eu e compre o aparelho da SkyRoam.com
* Esta página tem links de afiliados. Quando você reserva algo através deste blog, eu retenho uma pequena comissão que não altera o preço final. Obrigado!

Blog de viagens mencionado em:

Blog de viagens nos Media

« Seguir @joaoleitaoviagens no Instagram »