🐪 Venha conhecer Marrocos « Viagem de grupo 7 dias por 430 Euros » Marrakech até Deserto do Saara 🐪

Visitar Estónia – Roteiros e Dicas de Viagem

João Leitão
Actualizado em 9 Julho, 2018
Visitar Estónia – Roteiros e Dicas de Viagem

Visitar Estónia – Roteiros e Dicas de Viagem

Guia de Viagem da Estónia

Viajar na Estónia – informação de viagem.

Tudo sobre visitar os melhores locais e destinos da Estónia. Ideias de roteiros e itinerários com informação de alojamento, transporte, muitas galerias de fotografias, restaurantes, vídeos e mapas.

Organize as suas férias na Estónia. Alguma pergunta ou opinião deixe um comentário no fim da página.

Nesta página você encontra:

  1. Turismo na Estónia – Apresentação
  2. História, Geografia e Cultura
  3. Vídeo da Estónia
  4. Resumo de viagem à Estónia
  5. Guia de Viagem: artigos para consultar
  6. Roteiros na Estónia – 3, 5, 7 e 10 dias
  7. Locais UNESCO na Estónia
  8. Kit de Viagem

Obrigado.

Turismo na Estónia, Roteiros de Viagem

Vista panorâmica de Tallinn, Visita a Estónia

Vista panorâmica de Tallinn, Visitar Estónia

Viljandi EstoniaA Estónia é um país fascinante para passar férias.

Tive a oportunidade de visitar o país duas vezes, mas, infelizmente sempre de chuva, o que faz com que o país se tornasse um pouco agreste e muito nublado para fazer turismo. De qualquer maneira deu para aprender um pouco mais sobre este pequeno país europeu.

Quando vinha da Finlândia de regresso a Portugal com o meu carro, visitei a cidade de Viljandi para conhecer a mãe de um amigo meu estoniano que vivia em Portugal, e entregar-lhe uma caixa com coisas que o seu filho me tinha dado para ela.

Da segunda vez que estive na Estónia, atravessei de barco ferry-boat desde Helsínquia até Tallinn, por isso lembro-me de ver a chegada à cidade toda vista do mar. Muito bonito, apesar de ter apanhado muita chuva.

Apresentação da História, Geografia e Cultura:

A história da Estónia conta que existe presença humana neste país desde o século I d.C.. Este país foi dominado por imensos povos, tal como por vários países na qualidade de colonizadores. Por aqui passaram os Vikings, os Germanos, os Suecos, os Dinamarqueses e Russos. A partir do século XII, deu-se à cristianização durante o domínio alemão, por parte dos monges e por cruzadas. A Alemanha saiu de cena, entrando em cena a Lituânia, unida com a Polónia, países que conquistaram este território no século XVI. Foi no século XIX que a Estónia viveu momentos de bonança, uma vez que os russos privatizaram as terras e a agricultura (e os seus agricultores) beneficiaram destas novas políticas. No entanto, aquando a revolução russa trouxe uma série de instabilidades ao país, mas foi aqui o momento certo para a Estónia chegar à independência, com Konstantin Pats na linha da frente. Mais recentemente, este país afastado do poder soviético, aderiu, em 2004, à União Europeia.

A geografia da Estónia conta com a área territorial de 45 226 Km2, incluindo as 1500 ilhas e ilhéus localizadas no Mar Báltico. Situada às margens deste mar, integra em conjunto com a Lituânia e Letónia nos Estados Bálticos. A Estónia faz fronteira a Leste com a Rússia e a Sul com a Letónia. O ponto mais alto do país é Suur Munamagi, a conhecida montanha em forma de ovo, com 318 metros acima do nível do mar. A Estónia têm muita floresta, e tem mais de 1500 lagos, tanto naturais como artificiais, em todo o país. O Lago Peipsi é o maior deles, o qual é fronteiriço com a Rússia, sendo que o Lago Vortsjarv é considerado o segundo maior lago do país. Os rios principais são o Rio Narva e o Rio Emajogi. A paisagem da Estónia está cheia de beleza, e mostra-nos as suas características glaciares. É possível ver imensas morainas, montanhas com os seus topos achatados, muitas vegetação densa, lagos e o seu especial ecossistema. Os animais mais comuns neste país são os alces, veados, cervos, ursos e linces.

A cultura da Estónia funciona quase como uma fronteira cultural entre a Europa Oriental e a Europa Ocidental, sendo que encontramos nas suas tradições uma fusão entre o Oriente e o Ocidente. Ao nível da Música, existem compositores clássico-modernos de renome como Arvo Part ou Erkki-Sven Tuur, assim como maestros importantes, nomeadamente Neeme Jarvi, Paavo Jarvo ou Tonu Kaljuste. Em 2006 deu-se a construção do Museu de Arte KUMU, na cidade Kadriorg, onde poderá conhecer a exposição permanente de arte estónia, como também poderá conhecer a galeria moderna e outro salão destinada a exposições mutáveis de artistas plásticos estónios e de estrangeiros. A literatura é também uma expressão artística bastante viva na Estónia, especialmente a escrita poética. Se quiser ver Teatro ou Ópera, aqui terá as melhores oportunidades para tal, uma vez a Estónia investir imenso nestas áreas artísticas.

Beautiful Estonia

Vídeo promocional do Turismo da Estónia.

O que visitei / Resumo de viagem à Estónia

Por ordem de visita.

Talin, Estónia
Talin, EstoniaTalin: é a capital da Estónia e situa-se no norte do país, no Golfo da Finlândia. É a cidade mais antiga da Europa setentrional e chamou-se Reval desde a sua fundação no século XII até 1918 e depois novamente durante a ocupação Nazi entre 1941 e 1944. O centro da cidade velha é considerado Património Mundial da UNESCO por ser um exemplo bastante bem conservado de uma cidade medieval. Percorrer as ruas da cidade velha é como que viajar no tempo. São muitos os monumentos a não perder, mas poderá facilmente descobri-los num passeio a pé pela cidade. Alguns locais a não perder são a Praça Central onde fica a Câmara Municipal, a Catedral de Alexander Nevsky (catedral ortodoxa lindíssima por fora com as suas cúpulas pretas e riquíssima no interior), Muralha da cidade, Catedral de Santa Maria (a mais antiga da Estónia), Igreja do Espirito Santo de Puhavaimu Kirik (tem um bonito relógio antigo na parede), Igreja de São Olavo Baptista, Castelo Toompea (sede do parlamento da Estónia), rua Pikk tanav (com a sua entrada de arco em pedra onde ao passarmos parece que recuamos no tempo) ou a Passagem de Santa Catarina (rua estreita ladeada de edifícios em pedra e com umas arcadas no mínimo invulgares).
Para ter as melhores vistas sobre a cidade de Tallinn pode subir à torre de televisão ou ao miradouro Patkuli, de onde poderá deslumbrar-se com esta cidade magnifica que parece saída de um conto de fadas.
Turi, Estónia
Turi, EstoniaTuri: é uma pequena cidade que fica mesmo no centro do país. É apelidada de “capital da Primavera” pois é muitíssimo verde e com muitas flores na Primavera. Um dos principais acontecimentos é a feira das Flores que decorre em Maio. O outro grande atractivo de Türi é o rio Pärnu, um dos mais extensos na Estónia, que se estende por 25 km dentro do município. Pode-se fazer um agradável passeio de canoa com paragens pelo meio. Para além do rio, há ainda um lago artificial muito procurado no verão e que tem uma torre para saltar para o lago. Em termos culturais e históricos pode-se visitar o Museu de Türi (que aborda entre outros aspectos importantes da história da cidade, a importância do caminho de ferro) e o Museu do Rádio que ficam no mesmo edifício, o Solar de Laupa (um bonito exemplo de Art Noveau e que é actuamente uma escola) e a Igreja de São Martinho, um edifício construído no século XIII.
Paide, Estónia
Paide, EstoniaPaide: fica no centro do país a menos de 100 km de distância de outras importantes cidades. Foi por esta localização estratégica que os alemães construíram aqui uma fortaleza que permitia vigiar toda a área. Deste castelo do século XIII só restam algumas ruínas e uma das torres que foi restaurada. No centro da cidade a Câmara municipal é um dos edifícios mais bonitos e, não deixe de visitar o Museu Järvamaa, onde poderá conhecer um pouco mais acerca da vida local no século XIX durante a era da União Soviética. A cidade é pequena e pode conhecer-se facilmente com uma caminhada, ou se preferir pode utilizar a bicicleta e ir também aos arredores. Existe uma ciclovia entre Paide e Türi, que é uma distância de 15 km.
Viljandi, Estónia
Viljandi, EstoniaViljandi: é uma cidade no sul da Estónia nas margens do Lago Viljandi. É uma cidade tranquila e dominada pela natureza: o lago e os altos carvalhos centenários definem a paisagem. Pode-se percorrer o agradável trilho de 13 km em volta do lago, a pé ou de bicicleta. Alguns dos edifícios de interesse arquitectónico e cultural são a Câmara Municipal, a Igreja de São João (agora uma sala de concertos), o Museu de Viljandi, a antiga Torre do depósito de água (com uma arquitectura muito singular) e talvez o monumento mais importante da cidade: as ruínas do Castelo de Viljandi completamente devastado durante os conflitos entre a Suécia, Polónia e Rússia. Mas apesar de pouco sobrar do castelo, é obrigatória uma visita a esta zona da cidade, atravessando a bonita ponte suspensa. Viljandi é considerada a “capital da música folclórica” por isso, se visitar a cidade no final de Julho poderá ter a hipótese de assistir ao Festival Anual de Folclore e conhecer mais este aspecto da cultura deste povo.
Helme, Estónia
Helme, EstoniaHelme: é uma pequena vila no sul do país. Nesta localidade existe as ruínas de um castelo que na Idade Média terá servido de muralha á povoação no seu interior. O Castelo teria uma forma oval e seria cercado por dois fossos. Hoje em dia subsistem apenas partes da muralha. Perto desta zona podemos visitar um complexo de grutas que em tempos teve 7 galerias interligadas, sendo a maior conhecida por “Igreja de Moisés”. Infelizmente algumas grutas têm vindo a colapsar.
Locais UNESCO na Estónia
Estes são alguns dos melhores destinos para visitar na Estónia. Os locais UNESCO Património Mundial na Estónia são locais protegidos pela sua importância cultural ou natural.

Locais inscritos na Lista do Património Mundial na Estónia:

  • Centro Histórico de Tallinn
  • Arco Geodésico de Struve (sítio internacional em dez países)

Kit de Viagem

« Onde reservo alojamento? Encontre os melhores hotéis e promoções através do Booking.com »
« Rent-a-car? Eu reservo sempre o meu carro online através do Rentalcars.com »
« Quer estar prevenido? Faça o seu seguro de viagem através do Worldnomads.com »
« Junte-se a um grupo! 7 dias em Marrocos 430 euros desde Marraquexe até ao Deserto do Saara através do Marrocos.com »
« Comprar bilhetes de monumentos e saltar as filas? Organize a sua viagem com antecedência através do Ticketbar.eu »
« Quer viajar e ter sempre Internet? Faça como eu e compre o aparelho da SkyRoam.com »

O autor do blog

VIVA! Sou o João Leitão. Viajante independente desde 1999, explorei mais de 130 países em África, Antártica, Ásia, Europa, América do Norte e Central, América do Sul e Oceânia. Bem-vindo ao meu blog de viagens, onde partilho dicas práticas de viagem para o motivar a sair de casa! Siga nas redes sociais: Facebook, Twitter, Instagram, Pinterest e YouTube.

« Seguir no Instagram »