🐪 » Viagem de grupo 7 dias em Marrocos por 430 Euros » Marrakech até Deserto do Saara » Mais info em MARROCOS.COM « 🐪

🌍 Visitar Guiana – Roteiros e Dicas de Viagem

Actualizado em 28 Julho, 2017
Visitar Guiana – Roteiros e Dicas de Viagem

Visitar Guiana – Roteiros e Dicas de Viagem

Guia de Viagem da Guiana

Viajar na Guiana – informação de viagem.

Tudo sobre visitar os melhores locais e destinos da Guiana. Ideias de roteiros e itinerários com informação de alojamento, transporte, muitas galerias de fotografias, restaurantes, vídeos e mapas.

Organize as suas férias na Guiana. Alguma pergunta ou opinião deixe um comentário no fim da página.

Nesta página você encontra:

  1. República Cooperativa da Guiana – Informação prática
  2. Turismo na Guiana – Apresentação
  3. História, Geografia e Cultura
  4. Clima e Quando ir
  5. Vídeo da Guiana
  6. Resumo de viagem à Guiana
  7. Guia de Viagem: artigos para consultar
  8. Roteiros na Guiana
  9. Locais UNESCO na Guiana
  10. Kit de Viagem

Obrigado.

República Cooperativa da Guiana

Bandeira Guiana

Bandeira da Guiana

  • Capital: Georgetown
  • Língua oficial: Inglês
  • Presidente: Donald Ramotar
  • População 2011: 953.605 habitantes
  • Moeda: Dólar guianense
  • Área Total: 214.970 km²
  • Fuso horário: UTC-4
  • Código telefónico internacional: +592
  • Clima: Tropical
  • Visto: Não é preciso visto para a Guiana
  • Fronteiras: Venezuela, Brasil e o Suriname
  • Locais a não perder: Georgetown, Cataratas Kaieteur
  • Quando visitei a Guiana: Julho 2013
Mapa Guiana

Mapa da localização geográfica da Guiana no Mundo

Turismo na Guiana, Roteiros de Viagem

Centro de Georgetown perto do mercado Stabroek,  Visitar a Guiana

Centro de Georgetown perto do mercado Stabroek, Visitar a Guiana

A Guiana é um país fascinante para passar férias.

Visitei a Guiana aterrando no aeroporto de Georgetown.

Depois de uma viagem atribulada até ao centro da cidade e, depois de ter feito check-in numa simpática guest house, fui logo explorar o centro da cidade.

Foi uma sensação de estar em África e não propriamente na América do Sul. Os mercados, a vida da rua, as pessoas, as cores e agitação sem dúvida que dão vida a esta cidade cheia de bonitos edifícios históricos (mas em péssimo estado de conservação).

Segui viagem em direcção do Suriname, passando e pernoitando ainda numa pequena cidade do interior chamada de New Amsterdam.

O barco de passagem para o Suriname foi uma viagem muito bonita e que ficou registada para sempre na minha memória.

Apresentação da História, Geografia e Cultura:

Centro de New Amsterdam

Centro de New Amsterdam

A história da Guiana tem início em 1499, aquando dda descoberta e a exploração feita pela Coroa Espanhola até ao século XVII. Os Holandeses conquistaram esta terra, cedendo este território à Inglaterra no século XIX, tornando-se assim a Guiana Inglesa. Os povos nativos não colaboraram com as exigências dos povos colonizadores, ao que foi necessário substituí-los por escravos negros vindos de África e de origem indo-asiática para trabalharem nas plantações de cana-de-açúcar (a escravidão foi abolida no final do século XIX). No século XX o povo juntou-se a fim de melhorar as condições político-sociais da Guiana, conseguindo afirmar uma autonomia limitada, promulgando-se também uma nova constituição, a qual deu mais direitos aos seus habitantes. O primeiro governo ficou aos comandos de Cheddi Jagan, representante do Partido Progressista Popular, o qual teve bastantes conflitos com o governo inglês por ter acções bastante pró-comunistas, gerando uma greve geral e à intervenção do exército inglês. Só em 1966 a Guiana conseguiu a independência e se integrou na Comunidade Britânica de Nações.

A geografia da Guiana divide-se por três zonas: zona montanhosa no interior (savanas e montanhas), zona interior representada por uma faixa de areia branca, onde se situam florestas húmidas e uma zona de planície pantanosa, ao longo da costa do Oceano Atlântico. A planície costeira conta com 430 km de comprimento, onde se situam vários canais e 260 Km de diques, construidos uma vez que o mar durante as marés altas cobria o território terrestre. O ponto mais alto da Guiana é o Monte Roraima, com 2835 m e os principais rios são o Rio Essequibo, o Rio Demerara, o Rio Corentyne, o Rio Rupununi e o Rio Berbice, e conta com a beleza extraordinária das cataratas de Kamaria e Kaieteur, com 226 m de altura. Grande parte do território é composto por florestas tropicais, sendo também composto por vastos campos ilustrados de vegetação alta e de arbustos. Aqui podemos encontrar animais como macacos, jacarés, onças e muitas espécies de insectos.

A cultura da Guiana é bastante ecléctica, pois após os espanhóis terem descoberto esta terra e, posteriormente, os holandeses terem-na conquistado, trouxeram para este país escravos de África (de países onde hoje se localizam o Senegal, Congo, Angola e Níger). Em simultâneo, houve uma imigração por parte de chineses, indianos e de vários povos europeus, resultando numa miscelânea cultural bastante interessante. Por tal, é bastante normal encontrar todo o tipo de religiões e respectivos templos, igrejas e mesquitas. O Carnaval Guianense é bastante animado, recheado de música e dança ao som de Calypso e Soca. Com a herança inglesa, a Guiana está bastante ligada ao Críquete, tendo uma das mais importantes selecções de Críquete – o West Indies. Os locais com bastante interesse de conhecer são o Museu Nacional da Guiana, o Museu de Antropologia Walter Roth, o Parque Nacional e o Jardim Botânico.

Clima e Quando ir:

Para saber quando ir a Guiana você precisa de se informar um pouco melhor acerca das suas estações e clima. A melhor altura para visitar a Guiana será nos meses da estação seca, entre Janeiro-Abril e Agosto-Outubro.

O clima da Guiana é tropical, e por isso bastante quente e húmido, embora seja amenizado por ventos alísios ao longo da costa. É caracterizado por duas estações chuvosas, a primeira entre Maio e Agosto e a segunda entre Novembro e Janeiro, sendo nos restantes meses pertencentes às estações secas. Os meses mais quentes são entre os meses de Agosto e Outubro. Durante todo o ano as temperaturas variam entre os 23ºC e os 30ºC.

O que visitei / Resumo de viagem à Guiana

Por ordem de visita.

Georgetown, Guiana
GeorgetownGeorgetown: Capital do país, esta cidade tem um centro muito intenso e um tanto perigoso. Com vários edifícios muito bonitos que valem a pena explorar, tais como a City Hall, o Parlamento, e o Tribunal. Ainda a não perder é o mercado Stabroek, mas tenha cuidado com a sua carteira ou máquina fotográfica.
New Amsterdam, Guiana
New AmsterdamNew Amsterdam: Cidade situada no interior do país, é uma povoação boa para relaxar depois de alguns dias na capital. Em New Amsterdam pode-se visitar as igrejas, os campos de flores de lótus, o mercado central e ainda a zona do porto.
Moleson Creek, Guiana
Moleson CreekMoleson Creek: É daqui que sai o barco para o Suriname. Moleson Creek é uma pequena cidade que vive da fronteira. Para se chegar à zona do porto tem que se apanhar um táxi que nos leva numa estrada estrada até ao rio.

Vídeo da frente do mercado em New Amsterdam na Guiana
Pequeno vídeo que fiz no centro de New Amsterdam.


Deixe o seu comentário aqui:

João Leitão - O autor do blog:

VIVA! Sou o João - blogger de viagens. Com 20 anos de experiência como viajante independente, explorei mais de 128 países em África, Antártica, Ásia, Europa, América do Norte e Central, América do Sul e Oceânia. Bem-vindos ao meu blog de viagens, onde partilho informação prática de viagem para o motivar a sair de casa! Siga nas redes sociais: Facebook, Twitter, Instagram, Pinterest e YouTube.

Kit de Viagem:

  • Onde eu reservo alojamento? Encontre os melhores hotéis e promoções através do Booking.com
  • Eu reservo sempre o meu carro online através do Rentalcars.com
  • Quer estar prevenido? Faça o seu seguro de viagem através do Worldnomads.com
  • 7 dias em Marrocos 430 euros desde Marrakech até ao Deserto do Saara através do Marrocos.com
  • Quer viajar e ter sempre Internet? Faça como eu e compre o aparelho da SkyRoam.com
* Esta página tem links de afiliados. Quando você reserva algo através deste blog, eu retenho uma pequena comissão que não altera o preço final. Obrigado!

Blog de viagens mencionado em:

Blog de viagens nos Media

« Seguir @joaoleitaoviagens no Instagram »