🐪 Venha conhecer Marrocos « Viagem de grupo 7 dias por 430 Euros » Marrakech até Deserto do Saara 🐪

Visitar Lituânia – Roteiros e Dicas de Viagem

João Leitão
Actualizado em 25 Julho, 2018
Visitar Lituânia – Roteiros e Dicas de Viagem

Visitar Lituânia – Roteiros e Dicas de Viagem

Guia de Viagem da Lituânia

Viajar na Lituânia – informação de viagem.

Tudo sobre visitar os melhores locais e destinos da Lituânia. Ideias de roteiros e itinerários com informação de alojamento, transporte, muitas galerias de fotografias, restaurantes, vídeos e mapas.

Organize as suas férias na Lituânia. Alguma pergunta ou opinião deixe um comentário no fim da página.

Nesta página você encontra:

  1. Turismo na Lituânia – Apresentação
  2. História, Geografia e Cultura
  3. Vídeo da Lituânia
  4. Resumo de viagem à Lituânia
  5. Guia de Viagem: artigos para consultar
  6. Roteiros na Lituânia – 5 dias
  7. Locais UNESCO na Lituânia
  8. Kit de Viagem

Obrigado.

Turismo na Lituânia, Roteiros de Viagem

Igreja de madeira em Labanoras, Visitar a Lituânia

Igreja de madeira em Labanoras, Visitar a Lituânia

A Lituânia é um país fascinante para passar férias.

Atravessei este país de uma ponta à outra duas vezes. Quando fui estudar para a Finlândia, levei o meu carro desde Portugal.

Assim a Lituânia ficou no meu caminho e aproveitei para visitar alguns lugares interessantes deste país da região do Báltico.

A capital da Lituânia, a cidade de Vilnius, é muito bonita e com vários edifícios históricos que valem a pena visitar e passear um pouco pelo centro antigo da cidade.

Apresentação da História, Geografia e Cultura:

igreja ortodoxa em Vilnius na LituaniaA história da Lituânia conta que este território formou o Império Polaco-Lituano Católico Romano em conjunto com a Polónia, aquando o grão-duque lituano foi Rei da Polónia, no século XIV. Esta situação política durou cerca de quatro séculos, terminando quando começaram a existir imensas invasões e investidas militares por parte dos alemães, dos suecos e dos russos, razão pela qual foi enfraquecendo o Império este país passou para o domínio russo. Mais tarde, o povo revoltou-se e grande parte emigrou para os EUA, embora aqueles que ficaram, não tenham desistido de lutar pelo seu país. Viveu um vai-vem democrático e não democrático, tal como foi independente muitas vezes, pois como outras tantas vezes deixou de o ser. Passou a integrar a União Soviética no ano de 1939, sendo que foi invadida pelas tropas nazis entre 1941 e 1944. Gorbachev foi o responsável por incentivar o povo ao nacionalismo em 1980 e, só onze anos mais tarde, a Lituânia conseguiu a independência total e efectiva. Em 2004 entrou para a União Europeia.

A geografia da Lituânia conta com a área territorial de 65 200 Km2, país que se encontra localizado no Nordeste da Europa, conhecido como um dos Estado Bálticos. Este país faz fronteira a Norte com a Letónia, a Leste a Sudeste com a Bielorrússia, a Sul com a Polónia e a Sudoeste com o Enclave de Kaliningrado, na Rússia. É a Oeste banhada pelo Mar Báltico. Tem um costa de pequena dimensão, com cerca de 100 Km, dos quais 40 Km estão em contacto com o Mar Báltico. O porto de Klaipèda é o maior local de águas quentes, situado na Lagoa de Curlândia, a Sul de Kaliningrado. Existem rios longos e grandes, os quais são muito navegáveis e muito utilizados pela população, especialmente o Rio Nemunas e os seus afluentes. O relevo da Lituânia é muito plano, tirando a zona de colinas de morainas e montanhas do Leste que não excedem os 300 metros de altitude.

A cultura da Lituânia é composta por uma herança de raízes de grupos étnicos nórdicos, eslavos e germânicos, embora tenha a maior influência de povos nativos com a habitantes provenientes da Polónia. Muitas mudanças têm ocorrido após ter sido anexada pela antiga União Europeia em 1940 e claro, desde a sua independência em 1991. Podemos dividir os lituanos em cinco grupos distintos: os samogitios, os jotvingianos, os aukstaitijanos, os dzukijanos prussianos e os lituanos, tal como cerca de 30 % da população era judia, tendo sido exterminada durante o Holocausto da Segunda Grande Guerra Mundial. A língua oficial é Lituana, pertencente ao Báltico da família de línguas indo-europeias e fazendo uma mistura entre todos os dialectos existentes no país, sendo o alfabeto latino usado para a escrita. Considerada um dos ícones culturais da Europa, pois aqui é possível encontrar dos mais belos monumentos e paisagens de todo o continente, como por exemplo, poderá conhecer belíssimos exemplos de arquitectura barroca, muito presente neste país.

O que visitei / Resumo da viagem à Lituânia

Por ordem de visita.

Kaunas, Lituânia
Kaunas, LituâniaKaunas: é a segunda maior cidade da Lituânia e fica no centro-sul do país. A cidade fica na confluência dos dois maiores rios da Lituânia – o Nemunas e o Neris – e próxima da Lagoa de Kaunas, a maior do país. O centro da cidade antiga é muito bonito com as ruas muito arranjadas, com flores nos canteiros, edifícios bonitos e de várias cores e muitos monumentos de diferentes estilos arquitectónicos para visitar. A rede de transportes na cidade é boa, mas também pode optar pela bicicleta, que é muito utilizada e existem ciclovias. Alguns dos edifícios a visitar são o Castelo de Kaunas, a Igreja de São Jorge, a Igreja e Mosteiro de Pažaislis, a Catedral de São Pedro e São Paulo, a Igreja de São Miguel Arcanjo, o edifício da antiga Câmara Municipal, entre outros. Há também vários museus na cidade, um deles bastante peculiar – o Museu do Diabo, com mais de 3000 peças (esculturas e imagens, algumas delas de Diabinhos de ar bem simpático). O Nono Forte é um forte convertido em Museu do Holocausto pois serviu de campo de concentração durante o domínio Nazi. Para descomprimir depois deste pesado episódio da história moderna, nada melhor do que um passeio pela extensa avenida pedonal Laisvés Alèja, com duas fileiras de árvores e bancos ao longo dos seus 2 km, e muitas lojas, cafés e restaurantes onde fazer uma pausa. Se ainda quiser tomar mais contacto com a Natureza, apesar da cidade ser bastante verde, pode ir até ao Vale do Cade que tem um passadiço à beira rio e uma paisagem maravilhosa.


Top 10 locais a visitar em Kaunas:


  1. Castelo de Kaunas
  2. Catedral de São Pedro e São Paulo
  3. Mosteiro de Pažaislis
  4. Igreja de São Miguel Arcanjo
  5. Nono Forte
  6. Museu do Diabo
  7. Avenida da Liberdade Laisves Aleja
  8. Cidade velha de Kaunas
  9. Grande Igreja de Vytautas
  10. Santakos Park
Labanoras, Lituânia
Labanoras, LituâniaLabanoras: é uma pequeníssima vila (com cerca de 100 habitantes) que fica no centro Este do país dentro de uma área de reserva natural (Parque Regional de Labanoras) que integra o Lago e a floresta Labanoras, a maior do país. É uma extensa área serrada de pinheiros bravos entrecortada pelos muitos lagos (285 ao todo, e em 70 dos quais se pode nadar). É um lugar de beleza natural incrível muito procurado para actividades ao ar livre e desportos náuticos.


Top 10 locais a visitar em Labanoras:


  1. Parque Regional de Labanoras
  2. Torre de Labanoras
  3. Lago e a floresta Labanoras
  4. Cidade de Labanoras
Parque Nacional de Aukstaitija, Lituânia
Parque Natural de Aukstaitija, LituâniaParque Natural de Aukstaitija: perto do Parque Natural de Labanoras fica outro Parque Natural, um pouco mais pequeno mas igualmente bonito e muito interessante do ponto de vista da flora e fauna. É habitat de alces, veados, javalis e de espécies de aves e plantas ameaçadas. É uma floresta de pinheiros seculares e muitos lagos, com pequenas aldeias pelo meio.


Top 10 locais a visitar no Parque Nacional de Aukstaitija:


  1. Colina Ladakalnis
  2. Igreja de Madeira de Paluse
  3. Vila de Paluse
  4. Vestígios arqueológicos
  5. Vila de Stripeikiai
  6. Vestígios de fortalezas da Idade do Bronze e Ferro
  7. Colina Ladakalnis
  8. Lago Baluošas
  9. Lago Tauragnas
  10. Lago Kretuonas
Vilnius, Lituânia
Vilnius, LituâniaVilnius: é a capital da Lituânia e fica no sudeste do país. A cidade é dividida pelo Rio Neris. A cidade antiga é património Mundial da UNESCO e oferece vários pontos de interesse: o Castelo de Gediminas (pode-se apanhar o furnicular e lá de cima ter uma vista privilegiada sobre a cidade), a Catedral de Vilnius, a Rua dos Escritores (Literatu Gatve – dedicada aos autores Lituanos), a Porta da Aurora (a única que subsiste das nove portas que existiam na cidade). Na praça da catedral procure um mosaico colorido no chão com a inscrição “Stebulas”. Não é tarefa fácil, mas com sorte alguém já o encontrou antes de si e será fácil perceber a sua localização. Este mosaico parece trazer sorte: coloque-se em cima dele, peça um desejo e dê três voltas, e o desejo concretizar-se-á. Este mosaico marca também o fim da corrente humana entre Vilnius e Talin, um protesto que decorreu em 1989 contra o governo soviético. Ainda na zona antiga não deixe de reparar na placa com mapa que assinala onde ficava o gueto judeu durante o holocausto, e percorra essas ruas históricas.
Fora da parte antiga da cidade, no distrito de Užupis, primeiramente uma área pouco nobre da cidade do outro lado do rio Vilnia, podemos visitar a Igreja de São Pedro e São Paulo, o palácio dos Grandes Duques da Lituânia / Museu Nacional da Lituânia e o Museu do KGB.
Vilnius é uma cidade muito simpática e interessante, que vale a pena explorar.


Top 10 locais a visitar em Vilnius:


  1. Catedral de Vilnius
  2. Porta da Aurora
  3. Palácio dos Grandes Duques da Lituânia
  4. Museu Nacional da Lituânia
  5. Bairro Histórico de Uzupis
  6. Edificio da Câmara Municipal
  7. Castelo de Gediminas
  8. Museu do KGB
  9. Igreja de São Pedro e São Paulo
  10. Bastião e muralhas da cidade
Centro geográfico da Europa, Lituânia
Centro geográfico da Europa, LituâniaCentro geográfico da Europa: apesar de não ser consensual, em 1989 o cientista do Instituto Geográfico Francês, Jean-George Affholder, considerou o centro geográfico da Europa perto da cidade de Purnuškes a cerca de 25 km Norte de Vilnius. Neste preciso local há um monumento com uma rosa dos ventos e uma coluna que marcam o ponto.


Top 10 locais a visitar no Centro geográfico da Europa:


  1. Centro geográfico da Europa
Paluse, Lituânia
Paluse, LituâniaPaluse: é uma vila turística no Parque Nacional Aukštaitija. Nesta vila fica a igreja de madeira mais antiga da Lituânia, construída em 1750. Quer a igreja quer as casas são edifícios totalmente construídos em madeira que dão o encanto a este paraíso natural à beira do Lago Lusiai.


Top 10 locais a visitar em Paluse:


  1. Parque Nacional de Aukstaitija
  2. Igreja de Madeira de Paluse
  3. Museu de Stripeikiai
  4. Colina Ladakalnis
  5. Trilho pedestre de Ginuciai
  6. Moinho de Ginuciai
  7. Posto de turismo
  8. Marina de Paluse
  9. Parque botânico
  10. Praia de Paluse

Roteiros na Lituânia

Algumas ideias de roteiros para você preparar as suas férias na Lituânia de maneira independente. Itinerários de turismo na Lituânia para 5 dias.

5 Dias na Lituânia
Dia 1 Vilnius
Dia 2 Naujoji Vilnia
Dia 3 Pabrade
Dia 4 Naujoji Vilnia
Dia 5 Vilnius

5 Dias na Lituânia

Dia 1 Vilnius
Dia 2 Liutavariskes
Dia 3 Ziezmariai
Dia 4 Kaisiadorys
Dia 5 Vilnius

5 Dias na Lituânia

Dia 1 Vilnius
Dia 2 Eisiskes
Dia 3 Varena
Dia 4 Alytus
Dia 5 Vilnius

Locais UNESCO na Lituânia
Estes são alguns dos melhores destinos para visitar na Lituânia. Os locais UNESCO Património Mundial na Lituânia são locais protegidos pela sua importância cultural ou natural.

Locais inscritos na Lista do Património Mundial na Lituânia:

  • Centro Histórico de Vilnius
  • Istmo da Curlândia
  • Sítio Arqueológico de Kernave
  • Arco Geodésico de Struve

Kit de Viagem

« Onde reservo alojamento? Encontre os melhores hotéis e promoções através do Booking.com »
« Rent-a-car? Eu reservo sempre o meu carro online através do Rentalcars.com »
« Quer estar prevenido? Faça o seu seguro de viagem através do Worldnomads.com »
« Junte-se a um grupo! 7 dias em Marrocos 430 euros desde Marraquexe até ao Deserto do Saara através do Marrocos.com »
« Comprar bilhetes de monumentos e saltar as filas? Organize a sua viagem com antecedência através do Ticketbar.eu »
« Quer viajar e ter sempre Internet? Faça como eu e compre o aparelho da SkyRoam.com »

O autor do blog

VIVA! Sou o João Leitão. Viajante independente desde 1999, explorei mais de 130 países em África, Antártica, Ásia, Europa, América do Norte e Central, América do Sul e Oceânia. Bem-vindo ao meu blog de viagens, onde partilho dicas práticas de viagem para o motivar a sair de casa! Siga nas redes sociais: Facebook, Twitter, Instagram, Pinterest e YouTube.

« Seguir no Instagram »