🐪 Venha conhecer Marrocos « Viagem de grupo 7 dias por 430 Euros » Marrakech até Deserto do Saara 🐪

Visitar Macedónia – Roteiros e Dicas de Viagem

João Leitão
Actualizado em 10 Julho, 2018
Lago Ohrid, Visitar a Macedónia

Lago Ohrid, Visitar a Macedónia

Guia de Viagem da Macedónia

Viajar na Macedónia – informação de viagem.

Tudo sobre visitar os melhores locais e destinos da Macedónia. Ideias de roteiros e itinerários com informação de alojamento, transporte, muitas galerias de fotografias, restaurantes, vídeos e mapas.

Organize as suas férias na Macedónia. Alguma pergunta ou opinião deixe um comentário no fim da página.

Nesta página você encontra:

  1. Turismo na Macedónia – Apresentação
  2. História, Geografia e Cultura
  3. Vídeo da Macedónia
  4. Resumo de viagem à Macedónia
  5. Guia de Viagem: artigos para consultar
  6. Roteiros na Macedónia – 5 dias
  7. Locais UNESCO na Macedónia
  8. Kit de Viagem

Obrigado.

Turismo na Macedónia, Roteiros de Viagem

Tetovo Macedónia

Macedónia é um país fascinante para passar férias.

A Macedónia é um destino ainda por descobrir, e não recebe muitos turistas por isso é um país interessante para viajar.

A nossa ideia de Macedónia é logo pensar no Kosovo e guerras, bem, isso foi tudo verdade mas agora já não é assim e está tudo a funcionar sem conflitos.

Visitei a Macedónia em 2003 e gostei muito do ambiente e pessoas simpáticas e acolhedoras. Cheguei a Skopje de comboio vindo da Grécia – desde a cidade de Salonica.

Na Macedónia visitei ainda o famoso Lago Ohrid. Local muito bonito na fronteira com a Albânia.

Apresentação da História, Geografia e Cultura:

A história da Macedónia ficou marcada pela colonização por parte do povo eslóvenio, no século VI, sendo que um século mais tarde foi conquistada pelos búlgaros. Em 1014 foi conquistada pelos bizantinos e três séculos mais tarde pelos sérvios. Ou seja, começou a fazer parte do Império Otomano no século XIV, ficando a Macedónia dividida (depois da guerra dos Balcãs – 1912-13) entre a Grécia, a Sérvia e a Bulgária. Aquando da Primeira Grande Guerra este país integra-se no Estado Federal da Jugoslávia, sendo que durante a Segunda Guerra Mundial foi invadida pela Bulgária, nos anos entre 1941-44, situação que não arrefeceu a tensão existente entre os grupos étnicos macedónios e a sérvios. Quando o representante e presidente jugoslavo morreu, a Jugoslávia caiu, fazendo com que todas as suas repúblicas se separassem e começasse a existir uma governação independente dos países. No entanto, a Macedónia teve um processo difícil na sua independência, conseguindo-a somente em Outubro de 1995.

A geografia da Macedónia conta com a área territorial de 25 333 Km2, situada no Sudeste da Europa, mais propriamente no interior da Península dos Balcãs. Este país faz fronteira a Norte com a Sérvia e com o Kosovo, a Leste com a Bulgária, a Sul com a Grécia e a Oeste com a Albânia. O cenário paisagístico é representado, principalmente, por um planalto que se situa nos 600 metros de altitude acima do nível do mar, sendo que o seu solo é composto por rochas vulcânicas e por xisto. Existem na Macedónia cerca de 1100 fontes de água, sendo que os rios neste território correm em três bacias diferentes, nomeadamente a do Mar Egeu, do Mar Adriático e a do Mar Negro. A Bacia do Mar Egeu é claramente a maior, ocupando cerca de 90% do território do país, o qual tem um papel bastante importante nos sistemas de comunicação e, naturalmente, na economia do país.

A cultura da Macedónia é bastante influenciada pelas culturas dos seus países vizinhos balcânicos, nomeadamente da Grécia, da Bulgária e da Albânia. As línguas aqui faladas pela maioria da população são as línguas macedónia e albanesa, ambas pertencentes ao grupo das línguas eslavas meridionais. No entanto, a língua macedónia é bastante idêntica ao búlgaro, mas também ao croata e ao sérvio. Falam também na Macedónia, línguas como o sérvio, o romani e o turco. As religiões mais praticadas neste país são a Igreja Ortodoxa da Macedónia e o Islamismo. A gastronomia macedónia está muito ligada ao que a terra pode dar, e um dos ingredientes mais importantes para esta sociedade é o feijão, sendo que um dos pratos preferidos dos macedónios é o Tavche-Gravche. As datas comemorativas são muito conectadas aos eventos religiosos mais importantes, tal como comemoram também a independência do país a 8 de Setembro e o insurgimento do povo macedónio durante a Segunda Grande Guerra, no dia 11 de Outubro.

Vídeo da Macedónia – Nação de cores

O que visitei / Resumo de viagem à Macedónia

Por ordem de visita.

Skopje, Macedónia
Skopje, MacedoniaSkopje: é a capital e o centro político, cultural e económico da Macedónia. Conhecida por outros nomes, começou por ser Scupi no tempo romano. Habitada desde o ano 4000 a.C., este território foi ocupado por muitos impérios ao longo dos tempos, nomeadamente o império romano, bizantino, otomano e claro, pela Jugoslávia. Sofreu um terramoto em 1963, destruindo a maior parte desta cidade. Mas rapidamente recuperou deste acontecimento, sendo uma cidade desenvolvida e moderna. Conquistou a sua independência em 1991 e é uma cidade onde cristãos e muçulmanos co-existem, sendo bastante interessante reparar nas relações entre si no Old Bazaar, um dos mercados mais movimentados da Macedónia. Visite o Lago Matka, um lago artificial. É o destino mais procurado pelos visitantes que visitam Skopje, pois é maravilhoso contemplar todo o canyon, que abrange cerca de 5000 ha. Neste lugar fascinante podemos apreciar muitos mosteiros da era medieval. Com acesso através de um teleférico, chegamos à Montanha de Vodno, um momento para tirar belíssimas fotografias à panorâmica da cidade. Visite, também, a pitoresca Igreja de St. Panteleimon e as suas pinturas com cores super intensas; ao lado da igreja encontra-se um restaurante onde poderá desfrutar de uma refeição com uma vista lindíssima sobre a cidade.
Tetovo, Macedónia
Tetovo, MacedoniaTetovo: é uma cidade da Macedónia que fica à beira da Montanha Sar, com o Rio Pena a passar pelo seu centro. É um grande centro multicultural contando com várias étnias, nomeadamente albanês, macedónio e turco. Desde a Idade do Bronze que existe bastante interesse em Tetovo e teve sob o comando de muitos impérios diferentes (romanos, bizantinos e otomanos). Visite a Mesquita Pintada, Sarena Dzamija, localizada na zona antiga da cidade às margens do Rio Pena, construída no século XV e reconstruída por Abdurrahman Pasha, no século XIX, é um monumento representativo da arquitectura otomana. É, na verdade, a maior atracção turística de Tetovo. Desfrute também de um Hamam ou banho turco, perto da Mesquita Pintada. Visite a Fortaleza Baltepes, construída no século XIX. Existem um grupo de túneis provenientes de todas as principais moradias otomanas que vão dar à fortaleza, no topo da colina de Baltepes, sob forma de fugir de algum ataque. A Mesquita Saat, tem como significado relógio, refere-se ao relógio do minarete e a Mesquita Kumluk (areia) são monumentos otomanos que não deve deixar de conhecer. O Mosteiro Lesok, fica fora da cidade e é um exemplo da arquitectura bizantina, que conta com igrejas espantosas no seu complexo arquitectónico. A poucos quilómetros de Tetovo encontramos a estância de Ski nas Montanhas de Sar, bastante requisitada pelos turistas.
Ohrid, Macedónia
Ohrid, MacedoniaOhrid: é uma cidade eregida às margens do Rio Ohrid, na Macedónia. Conhecida como Lychnidus, com o significado “cidade de luz”, na Antiguidade, no ano 900 d.C o nome alterou-se para Ohrid, “o monte”, por se situar no cimo de uma colina. Esta cidade é bastante curiosa e original, com uma paisagem especial cheia de monumentos, trazendo muitos visitantes para desfrutarem deste lugar. Ohrid tem muitas e antigas igrejas, mosteiros e basílicas, nas quais, em quase todas, se paga ingresso para as visitar, mas é dinheiro bem empregue. Visite a Igreja de S. Sofia, do século XI onde podemos contemplar um fresco dos 40 mártires (soldados que deixaram-se congelar para não deixar o cristianismo). Visite também a Igreja St. Bogorodica Perivlepta construída no século XIII, bastante rica artísticamente, cheia de pinturas de Michael e Eutychius e a Igreja antiga de St. John Kaneo (século XIII), localizada numa rocha nas margens do lago Ohrid. Conheça o Old Bazaar, que apesar de pequeno e simples, é delicioso. Aproveite e conheça o Bairro Mesokastro, que fica ao lado do bazar. É um bairro especial e genuíno, onde vive a verdadeira identidade de Ohrid. Repare nas muralhas da cidade, sendo que as primeiras foram construídas no século 5 a.C e aprecie a arquitectura única das casas tradicionais. Para além do imenso e rico património arquitectónico existente em Ohrid, existem aqui praias lindíssimas com um pôr-do-sol memorável. É uma cidade muito dinâmica e completa, sendo das poucas cidades mundiais que têm o selo “cultural e natural” do Património da Humanidade classificada pela UNESCO.

Curiosidades sobre a Macedónia
  • A capital chama-se Skojpe e tem cerca de 500.000 habitantes;
  • É um país pequeno e pouco populoso, mais ou menos 1/4 do tamanho de Portugal, e só tem cerca de 2 milhões de habitantes;
  • É um país pobre, um dos mais pobres dos 47 países europeus;
  • Tem 2 línguas oficiais, o Macedónio e o Albanês;
  • É um país abatido pela guerra do fim dos anos 90;
  • 57% da população é Cristã Ortodoxa e 30% é Muçulmana;
  • É atravessada pela grande linha férrea Trans-Balcânica que vai desde Atenas, Skopje, Belgrado, Zagreb a Ljubljana;
  • A moeda chama-se Denar ( MKD ).

Roteiros na Macedónia

Algumas ideias de roteiros para você preparar as suas férias na Macedónia de maneira independente. Itinerários de turismo na Macedónia para 5 dias.

5 Dias na Macedónia
Dia 1 Skopje
Dia 2 Leunovo
Dia 3 Ohrid
Dia 4 Ohrid
Dia 5 Bitola
5 Dias na Macedónia

Dia 1 Skopje
Dia 2 Dihovo
Dia 3 Bitola
Dia 4 Ohrid
Dia 5 Skopje

5 Dias na Macedónia

Dia 1 Skopje
Dia 2 Leunovo
Dia 3 Dihovo
Dia 4 Bitola
Dia 5 Skopje

Locais UNESCO na Macedónia
Estes são alguns dos melhores destinos para visitar na Macedónia. Os locais UNESCO Património Mundial na Macedónia são locais protegidos pela sua importância cultural e natural.
Locais inscritos na Lista do Património Mundial na Macedónia:

  • Região Natural, Histórica e Cultural de Ócrida (Ohrid)

Kit de Viagem

« Onde reservo alojamento? Encontre os melhores hotéis e promoções através do Booking.com »
« Rent-a-car? Eu reservo sempre o meu carro online através do Rentalcars.com »
« Quer estar prevenido? Faça o seu seguro de viagem através do Worldnomads.com »
« Junte-se a um grupo! 7 dias em Marrocos 430 euros desde Marraquexe até ao Deserto do Saara através do Marrocos.com »
« Comprar bilhetes de monumentos e saltar as filas? Organize a sua viagem com antecedência através do Ticketbar.eu »
« Quer viajar e ter sempre Internet? Faça como eu e compre o aparelho da SkyRoam.com »

O autor do blog

VIVA! Sou o João Leitão. Viajante independente desde 1999, explorei mais de 130 países em África, Antártica, Ásia, Europa, América do Norte e Central, América do Sul e Oceânia. Bem-vindo ao meu blog de viagens, onde partilho dicas práticas de viagem para o motivar a sair de casa! Siga nas redes sociais: Facebook, Twitter, Instagram, Pinterest e YouTube.

« Seguir no Instagram »