🐪 Venha conhecer Marrocos « Viagem de grupo 7 dias por 430 Euros » Marrakech até Deserto do Saara 🐪

Marrocos: O que visitar, e exemplos de Roteiros

João Leitão
Actualizado em 26 Junho, 2018
O que visitar em Marrocos

O que visitar em Marrocos

Turismo em Marrocos

Apresento aqui o meu top de lugares a visitar em Marrocos segundo a minha própria divisão do país em várias regiões. Desta forma vai poder escolher melhor os seus destinos em função dos seus interesses e do tempo de viagem.

1- Top Norte de Marrocos

Quem viaja a Marrocos de carro vem de Espanha, atravessando o Mar Mediterrâneo a partir de Tarifa ou Algeciras. O ferry para Marrocos atraca em Tânger ou ainda na cidade espanhola de Ceuta (neste último caso, tem depois de atravessar a fronteira terrestre até Tétouan).

Tetouan, Marrocos
Tetouan Marrocos Tétouan : Situada na costa mediterrânea, no norte do país, tem uma das mais completas e mais bem conservadas medinas de Marrocos. Por isso, foi considerada Património Mundial pela UNESCO. Destaque para as muitas lojas e oficinas de artesãos, normalmente organizadas por zonas específicas: curtumes, joalharia, carpintaria,…
Chefchaouen, Marrocos
Chefchaouen Marrocos Chefchaouen: Logo no norte de Marrocos, esta cidade é única e lindíssima. As casas da medina antiga são pintadas de branco e de um azul turquesa que depois escorre pela montanha abaixo com a chuva, pintando também o chão. Em qualquer passeio aqui vai encontrar algo fotogénico. Visite as ruas, o castelo na praça central, a mesquita com o único minarete octagonal de países muçulmanos. Perca-se nas ruelas e converse com os simpáticos marroquinos.
Asilah, Marrocos
Asilah MarrocosAsilah : Esta pequena cidade branca e azul fica na costa Atlântica, a apenas 40 quilómetros de Tânger. As casas são as tradicionais desta zona de Marrocos, o que atrai muitos marroquinos e turistas estrangeiros. Os portugueses estiveram aqui durante algumas décadas dos séculos XV e XVI e construíram as fortificações que defendiam a então cidade de Arzila.

2- Top Centro de Marrocos

O centro de Marrocos é uma das zonas com paisagens mais diversificadas do país. Desde ruínas romanas até cidades imperiais, passando por praias e cidades fortificadas pelos portugueses. Sem esquecer talvez a mais conhecida cidade do país, Casablanca, por causa do filme com o mesmo nome. Se quiser conhecer o passado histórico de Marrocos mais a fundo, é por aqui que deve começar.

Fez, Marrocos
Fez MarrocosFez: Este cidade sagrada é a mais antiga das cidades imperiais de Marrocos (fundada em 808). Considerada também património mundial UNESCO. Entrar na maior medina do mundo onde não circulam carros, é recuar centenas de anos no tempo para ver os conhecidos curtumes, fazer compras nos souks com aromas de especiarias e perfumes. Em Fez, não perca também o antigo bairro judeu, a universidade mais antiga do mundo, o Mellah e o Palácio Real. Fez já não é a capital política do país mas continua a ser o centro cultural e espiritual e Marrocos.
Marraquexe, Marrocos
Marraquexe MarrocosMarraquexe: Não é por acaso que é talvez a cidade que recebe mais turistas de viagem a Marrocos. Todas as ruas de edifícios vermelhos da medina conduzem locais e viajantes à praça Djemaa el Fna. Não existe local mais místico do que este. Os encantadores de serpentes e os contadores de histórias fascinam aqueles que procuram animação e comida nos restaurantes. Em Marraquexe não perca também os souks, os museus, os jardins e a mesquita Koutoubia. Isto tudo depois de dar longos passeios em todas as ruas que conseguir.
Rabat, Marrocos
Rabat MarrocosRabat: A capital de Marrocos é uma grande cidade cosmopolita que, considerada Património Mundial pela UNESCO em 2012, é descrita no site desta instituição como “Rabat, capital moderna e cidade histórica: um património partilhado”. Fundada pelos almóadas em 1150, a fortaleza original foi apenas o ponto de partida. Hoje em dia há muito para conhecer: Casbah Oudaia e o Museu Nacional de Jóias, Mausoléu de Mohammed V, Torre Hassan, Mesquita de Agdal, Necrópole de Chella, Avenida Mohammed V e a Mesquita Sunna, Catedral de São Pedro, Dar-al-Makhzen (palácio real e a sede do governo marroquino), velha medina e o Bairro Judeu.
Casablanca, Marrocos
Casablanca MarrocosCasablanca: Cidade com 5 milhões de habitantes é a capital económica do país. Apesar de não ser o melhor destino do país para conhecer o Marrocos tradicional, Casablanca tem alguns pontos interessantes. Visite a Mesquita Hassan II, que tem o minarete mais alto do mundo (210m). A arquitetura de Casablanca é muito variada: edifícios de influência francesa, outros com aspecto perfeitamente marroquino, casas brancas e Art Déco. Se não gosta de regatear nos souks, faça compras no novo centro comercial Morocco Mall, o maior de África.
Meknes, Marrocos
Meknes MarrocosMeknes: Parece que não acabam em Marrocos as cidades com um centro histórico Património Mundial UNESCO. A tripla muralha é impressionante. Não deixe de visitar o mausoléu de Moulay Ismail, a mesquita Néjjarine, a Grande Mesquita, os museus e os palácios. Meknes é outra das cidades imperiais do reino de Marrocos e também foi capital do reino entre 1672 e 1727.
El Jadida, Marrocos
El Jadida MarrocosEl Jadida: Cidade fundada pelos portugueses em 1513. Na altura foi chamada Marzagão e veio a ser o principal entreposto atlântico de Portugal. Hoje é Património Mundial UNESCO, um bom local para começar a sua viagem em El Jadida. Percebe-se logo que o imponente forte é de construção portuguesa. Lá dentro não perca a cisterna (no meu top 10 de Marrocos) e a Igreja da Assunção, construída em estilo Manuelino. Repare nos nomes das ruas e meta-se com os locais. Diga que é português.
Essaouira, Marrocos
Essaouira MarrocosEssaouira: Os portugueses chamaram Mogador a Essaouira no século XVI mas a sua fundação foi no século VII a.C.. Entre as principais atrações desta cidade marroquina, estão as praias fantásticas e as dunas. O centro histórico foi considerado Património Mundial pela UNESCO e as muralhas da fortaleza mandada construir por D. Manuel I junto ao mar fazem parte da paisagem. Essaouira é a cidade do vento, o que a torna um destino perfeito para os amantes de desportos como surf, windsurf e kitesurf. Mas quem gosta de descontrair à beira mar também vai adorar o delicioso peixe dos muitos restaurantes.
Safi, Marrocos
Safi MarrocosSafi: Esta cidade na costa atlântica é mais um paraíso para os surfistas. É ainda vista como a capital da cerâmica de Marrocos e, por isso, vai poder visitar as olarias, os ateliers de pintura e o Museu Nacional da Cerâmica. O castelo e a antiga catedral de origem portuguesa também merecem uma visita.
Volubilis, Marrocos
Volubilis MarrocosVolubilis: Ruínas de uma cidade romana a norte de Meknes, perto da cidade santa de Moulay Idriss, que hoje em dia são um sítio arqueológico parcialmente escavado. É muito interessante passear por entre os edifícios parcialmente restaurados ou reconstruídos e ver os mosaicos. Dá mesmo para perceber como era uma grande cidade colonial romana. As ruínas de Volubilis estão inscritas na lista do Património Mundial da UNESCO.

3- Top Montanhas do Atlas Marrocos

As montanhas do Atlas em Marrocos têm paisagens muito diferentes dos desertos de areia, das cidades imperiais ou da costa. Lá em cima é tudo mais selvagem, mais autêntico e com pouca intervenção do homem. Em algumas montanhas de Marrocos é mesmo muito difícil chegar, especialmente durante o inverno. Quem procurar aventura e escalada ou mesmo um ambiente com Berberes, o povo original de Marrocos, tem mesmo que ir à montanha. As pessoas são extremamente simpáticas e a cultura Berbere é diferente da do resto do Marrocos mais ocidentalizado ou árabe. A não perder.

Toubkal, Marrocos
Toubkal MarrocosToubkal: O Jbel Toubkal é o pico mais alto de Marrocos, com 4167m de altitude. Fica apenas a 60km a sul de Marraquexe, o que faz com que seja muito fácil chegar até à base da montanha. Para subir vai precisar de 2/3 dias, consoante a sua experiência e de equipamento de montanhismo como casacos corta vento, botas, bastões, impermeável. Existem refúgios durante a ascensão em Imlil e Neltner. A vista desde lá de cima é… imperdível.
Imilchil, Marrocos
Imilchil MarrocosImilchil: Esta aldeia no Alto Atlas Oriental tem apenas cerca de 10.000 habitantes, da tribo berbere Aït Yazza. Imilchil fica a cerca de 2200m de altitude. Considerada um símbolo da cultura berbere, é conhecida essencialmente pelo seu moussem, festival dos noivados, realizado todos os anos no final de setembro. Para além de entrar em contacto com estes simpáticos marroquinos da montanha, vai poder ver na região as grutas de Akhiam, as cataratas de Agouni, as gargantas do Ziz e as casas fortificadas. Mesmo à chegada da aldeia não deixe de visitar também os bonitos Lagos Islit (noivo) e Tislit (noiva).
Agoudal, Marrocos
Agoudal MarrocosAgoudal: Esta aldeia fica perto de Imilchil mas a estrada até lá é pista, ou seja, terra batida. Durante o inverno Agoudal está isolada por causa da neve. A vida aqui é simples, muito simples. É o local ideal para descansar depois de longas caminhadas na montanha a ver os rebanhos de cabras e as grutas.

4- Top Sul de Marrocos e deserto do Saara

O sul de Marrocos é a minha parte preferida do país e, por isso, foi onde eu decidi morar. Mais precisamente em Ouarzazate, no interior. As cidades da Costa Atlântica são muito interessantes também e a oferta turística tem muita qualidade, por exemplo, em Agadir. Mas a tranquilidade dos desertos de terra, montanha e areia é algo fantástico para mim. Já morei perto das Dunas de Erg Chebbi. E tenho saudades.

Ouarzazate, Marrocos
Ouarzazate MarrocosOuarzazate : A minha casa em Marrocos fica a 200km de Marraquexe. Existem, na cidade e nos arredores, lugares lindos para visitar quando viajar a Marrocos. Em Ouarzazate visite o Kasbah de Taourirt, o antigo palácio-fortaleza do paxá El Glaoui, construído no século XVIII. Visite também o mercado central, a zona do rio, a Praça Moahidine, o souk e o Museu do Cinema. Este existe porque existem aqui estúdios de Hollywood (que também pode visitar) onde se fizeram filmes famosos como a Múmia ou o Gladiador. Nos arredores, não perca o espetacular Oásis de Fint, o Kasbah Tifoultoute, Ait Benhaddou, o Oásis de Skoura e a aldeia de Tounout, Anzal e Tazenakht.
Ait Benhaddou, Marrocos
Ait Benhaddou MarrocosKsar Ait Benhaddou: Esta aldeia fortificada fica a apenas 30km de Ouarzazate, na rota das antigas caravanas que faziam o percurso entre o Saara e Marraquexe. Ainda vivem cerca de 10 famílias dentro do ksar, mantendo as tradições antigas da região. Este talvez seja um dos lugares mais bonitos de Marrocos. Não admira que seja considerado Património Mundial pela UNESCO.
Dunas Erg Chebbi, Marrocos
Dunas Erg Chebbi MarrocosDunas de Erg Chebbi : UAU!! Estas dunas são maravilhosas. Ficam no Deserto do Saara marroquino, bem perto da fronteira com a Argélia. Os albergues em redor deste mar de areia vermelha são perfeitamente acessíveis de carro ligeiro mas, depois de entrarmos na areia e andarmos apenas 15 minutos a pé, já parece que estamos no meio do deserto. A grande duna é gigantesca! Não deixem de subir lá acima.
Costa Atlantica, Marrocos
Sul Costa Atlantica MarrocosSul Costa Atlântica: Cidades como Agadir ou Sidi Ifni têm das melhores praias de Marrocos e são no sul do país. Descrevo algumas já aqui abaixo, no Top Praia em Marrocos.
Gorges du Todra, Marrocos
Gorges du Todra MarrocosGorges du Todra: As Gargantas do Todra constituem um desfiladeiro na parte Este das montanhas do Alto Atlas de Marrocos, perto da cidade de Tinghir. Os precipícios têm 40km e rasgam a montanha de forma impressionante. Existe um rio (Todra) que corre ao longo da estrada que atravessa o desfiladeiro.

5- Top Praia em Marrocos

Com quase 2.000km de costa, Marrocos tinha mesmo de ter praias fantásticas, umas selvagens e outras perto ou em cidades grandes e pequenas. A costa mediterrânea a norte, tem águas mais quentes e menos vento. Na costa atlântica o vento que sopra em algumas alturas do ano torna as suas praias o paraíso para os praticantes de desportos aquáticos com ondas. Apesar da água não ser tão quente como no norte as temperaturas do ar são influenciadas pelo calor do deserto, especialmente mais a sul.

Agadir, Marrocos
Agadir MarrocosAgadir : Esta é, de certeza, a zona de praia mais conhecida de Marrocos. O nível da oferta de hotéis é excelente e fazem deste lugar o lugar ideal para fazer desportos náuticos como windsurf, surf, bodyboard, kitesurf. Ou então para descontrair no enorme areal com a família. O sol brilha em Agadir praticamente todo o ano. Os ventos frios do Atlântico no sul de Marrocos não chegam bem à costa porque a praia fica numa espécie de baía abrigada.
Legzira, Marrocos
Legzira MarrocosPraia de Legzira: É fácil de reconhecer esta praia marroquina da província de Sidi Ifni, no sul de Marrocos, por causa dos arcos esculpidos na rocha devido à erosão. Para chegar à praia é preciso descer um bom número de degraus. Vale a pena para poder relaxar na areia ou praticar surf. O cimo das falésias é o lugar ideal para os praticantes de parapente saltarem.
Plage Blanche, Marrocos
Plage Blanche MarrocosPlage Blanche: O nome desta praia (Praia Branca) entre Agadir e Tan-Tan deve-se à cor clara do areal. O areal é longo e tem umas dunas enormes. Existem apenas algumas pequenas casas de pescadores na praia, considerada uma das mais selvagens de Marrocos. Mais uma vez, este é um paraíso para os praticantes de windsurf e kitesurf.
Saidia, Marrocos
Saidia Marrocos Saïdia : A praia de Saïdia fica no nordeste de Marrocos, no mediterrâneo, bem perto da fronteira com a Argélia. Este destino turístico foi um dos últimos a ser criados em Marrocos. Esta zona de longos areais tem temperaturas bem agradáveis no ar e na água do mar. Os pacotes de férias têm sido bastante divulgados.
Turismo em Marrocos

Turismo em Marrocos

Roteiros em Marrocos

Algumas ideias de roteiros para você preparar as suas férias em Marrocos de maneira independente. Itinerários de turismo em Marrocos.

21 Dias: Grande Volta
Dia 1: Casablanca
Dia 2: Casablanca – Rabat
Dia 3: Rabat – Moulay Idriss
Dia 4: Moulay Idriss – Volubilis – Fes
Dias 5-6: Fes
Dias 7-8-9: Chefchaouen – Tânger
Dia 10: Tânger – Marraquexe
Dias 11-12: Marraquexe
Dias 13-14: Telouet – Ait Benhaddou – Ouarzazate
Dias 15-16: Dunas de Erg Chebbi
Dia 17: Dunas de Erg Chebbi – Taroudannt
Dia 18: Taroudannt – Essaouira
Dias 19-20: Essaouira
Dia 21: Essaouira – Casablanca
10 dias: Marraquexe até ao Deserto
Dias 1-2: Marraquexe
Dias 3-4-5: Marraquexe – Telouet – Ait Benhaddou – Oásis Fint – Ouarzazate
Dia 6: Ouarzazate – Skoura – Vale do Dades
Dia 7: Vale do Dades – Gargantas do Todra – Dunas de Erg Chebbi
Dias 8-9: Dunas de Erg Chebbi
Dia 10: Dunas de Erg Chebbi – Marraquexe
10 dias: Cidades Imperiais
Dia 1: Casablanca
Dia 2: Casablanca – Rabat
Dia 3: Rabat
Dia 4: Rabat – Meknes – Fez
Dias 5-6: Fez
Dia 7: Fez – Marrakech
Dias 8-9: Marrakech
Dia 10: Marrakech – Casablanca

Marrocos: Locais UNESCO Património Mundial da Humanidade

Marrocos tem no seu território nove sítios classificados pela UNESCO como Património Mundial da Humanidade. Todos eles são da categoria “Cultural” e o melhor é que ao contrário do que suceder na maioria dos países, o visitante poderá aqui percorrê-los todos com relativa facilidade. Talvez não numa semana, apesar de isso ser possível com algum esforço, mas certamente em duas semanas e mesmo em dez dias.
Neste artigo vou-vos mostrar como o fazer, passo a passo, incluindo as melhores formas de se deslocar entre os diversos pontos, o que ver e onde ficar alojado.

Locais UNESCO em Marrocos
Estes são alguns dos melhores destinos para visitar no Marrocos. Os locais UNESCO Património Mundial em Marrocos são locais protegidos pela sua importância cultural e natural.

Locais inscritos na Lista do Património Mundial no Marrocos:

  • Medina de Fez
  • Medina de Marraquexe
  • Ksar de Ait-Ben-Haddou
  • Cidade Histórica de Meknès
  • Medina de Tétouan (antiga Titawin)
  • Sítio Arqueológico de Volubilis
  • Medina de Essaouira (Antiga Mogador)
  • Cidade Portuguesa de Mazagão (El Jadida)
  • Rabat, Capital Moderna e Cidade Histórica, um Património Partilhado

Continuar a ler o guia de viagem a Marrocos:

» Visitar Marrocos – Roteiros e Dicas de Viagem
» Marrocos: Como ir às compras, Música Marroquina
» Descobrir Marrocos – 10 Lugares Especiais para Visitar
» Cores Mágicas de Chefchaouen – Marrocos
» Portas de Marraquexe – Uma viagem através do tempo
» Lisboa até Marraquexe por terra em 3 tempos, Itinerário Passo-a-passo
» Nómadas de Marrocos, Deserto do Saara
» Jemaa el-Fna Marraquexe – Loucura para além das expectativas, Marrocos
» Visitar Ouarzazate, Guia de Viagem – Dicas, Roteiros, Mapas, Fotos
» Como comprar bilhete de avião para Marrocos
» 12 Destinos para Conhecer em Marrocos

Kit de Viagem

« Onde reservo alojamento? Encontre os melhores hotéis e promoções através do Booking.com »
« Rent-a-car? Eu reservo sempre o meu carro online através do Rentalcars.com »
« Quer estar prevenido? Faça o seu seguro de viagem através do Worldnomads.com »
« Junte-se a um grupo! 7 dias em Marrocos 430 euros desde Marraquexe até ao Deserto do Saara através do Marrocos.com »
« Comprar bilhetes de monumentos e saltar as filas? Organize a sua viagem com antecedência através do Ticketbar.eu »
« Quer viajar e ter sempre Internet? Faça como eu e compre o aparelho da SkyRoam.com »

O autor do blog

VIVA! Sou o João Leitão. Viajante independente desde 1999, explorei mais de 130 países em África, Antártica, Ásia, Europa, América do Norte e Central, América do Sul e Oceânia. Bem-vindo ao meu blog de viagens, onde partilho dicas práticas de viagem para o motivar a sair de casa! Siga nas redes sociais: Facebook, Twitter, Instagram, Pinterest e YouTube.

« Seguir no Instagram »