🐪 » Viagem de grupo 7 dias em Marrocos por 430 Euros » Marrakech até Deserto do Saara » Mais info em MARROCOS.COM « 🐪

🌍 Visitar Nicarágua – Roteiros e Dicas de Viagem

Actualizado em 28 Julho, 2017
Visitar Nicarágua - Roteiros e Dicas de Viagem

Visitar Nicarágua – Roteiros e Dicas de Viagem

Guia de Viagem da Nicarágua

Viajar na Nicarágua – informação de viagem.

Tudo sobre visitar os melhores locais e destinos da Nicarágua. Ideias de roteiros e itinerários com informação de alojamento, transporte, muitas galerias de fotografias, restaurantes, vídeos e mapas.

Organize as suas férias na Nicarágua. Alguma pergunta ou opinião deixe um comentário no fim da página.

Nesta página você encontra:

  1. República da Nicarágua – Informação prática
  2. Turismo na Nicarágua – Apresentação
  3. História, Geografia e Cultura
  4. Clima e Quando ir
  5. Vídeo da Nicarágua
  6. Resumo de viagem à Nicarágua
  7. Guia de Viagem: artigos para consultar
  8. Roteiros na Nicarágua – 4, 8 e 10 dias
  9. Locais UNESCO na Nicarágua
  10. Kit de Viagem

Obrigado.

República da Nicarágua

    Bandeira Nicaragua

    Bandeira da Nicarágua

  • Capital: Manágua
  • Língua oficial: Espanhol
  • Presidente: Daniel Ortega
  • População 2011: 5.465.100 habitantes
  • Moeda: Córdoba
  • Área Total: 129.494 km²
  • Fuso horário: UTC-6
  • Código telefónico internacional: +505
  • Clima: Tropical
  • Visto: Não é preciso visto para a Nicarágua
  • Fronteiras: Costa Rica, Honduras
  • Locais a não perder: Granada, Léon, Momotombo, Manágua, El Castillo, Vulcão Masaya
  • Quando visitei a Nicarágua: Junho, Julho 2014
  • Mapa Nicaragua

    Mapa da localização geográfica da Nicarágua no Mundo

Turismo na Nicarágua, Roteiros de Viagem

Barco com vista para o Vulcão Momotombo - Viajar na Nicaragua

A Nicarágua é um país fascinante para passar férias. Grande país para viajar. Sem dúvida que a Nicarágua ficou para mim como um dos melhores destinos da América Central.

Devo dizer que até mesmo a capital, Manágua, apesar de não ter muitos monumentos, me surpreendeu. Muita música, pessoas simpáticas e muita diversão nocturna.

Assim que cruzei a fronteira vindo da Costa Rica, fui logo maravilhado pela povoação de El Castillo, um local fantástico, sem carros e no meio da selva. A Nicarágua mistura natureza e zonas históricas.

Depois de ter visitado alguns locais na Nicarágua, apanhei transporte para as Honduras, de onde continuei a minha viagem.

Apresentação da História, Geografia e Cultura:

Crianças a dançarem em Manágua

Crianças a dançarem em Manágua

A história da Nicarágua prende-se muito com a chegada dos colonizadores espanhóis no século XVI. Quando aqui chegaram encontraram diversos grupos étnicos, sendo os Nicaraos o povo mais influente. Este povo de cultura naiqua, tinham uma hierarquia organizada, com um sentido militar estruturado, o qual dificultou a chegada dos colonizadores. A sua independência da Espanha acontece em 1821, fazendo deste país um lugar de políticas instáveis, resultando em crises e numa ditadura, a qual a Revolução Sandinista desmantelou. Os EUA (na administração de Ronald Reagan) entraram em cena e a todo o custo investiram militar e financeiramente no grupo “Os Contras” (contra-revolucionários), que se encontravam em oposição da Frente Sandinista de Libertação Nacional. No final da década de 80 o conflito sandinistas-contras chegou ao fim, com os conservadores no poder. Na década seguinte, a economia verificou melhorias existindo, no entanto, a necessidade de reformar políticas de melhoramento das questões sociais. Daniel Ortega assume o cargo presidencial assumindo essa responsabilidade.

A geografia da Nicarágua é caracterizada por uma superfície de 131,671 Km2 e está demarcada a Norte com o Golfo de Fonseca, que por sua vez faz fronteira com as Honduras, ao Sul com a Costa Rica, a Leste com o Mar do Caribe, tal como com o Atlântico e a Oeste com o Pacífico. As Cordilheiras Isabelia e Dariense (Centro-Norte) e Huapí, Amerrique e Yolaina (Sudeste), são constituíntes da Cordilheira que atravessa este território, a Centro-Americana. As montanhas mais altas existentes no país situam-se na Cordilheira Entre Ríos (Pico Mogotón). É um país com grande actividade vulcânica, pois conta com cerca de quarenta vulcões na sua totalidade. O vulcão com mais altitude é o vulcão San Cristóbal. Entre os vulcões e as cordilheiras (no centro do país), localizam-se as zonas baixas, criando belíssimos lagos. A actividade sísmica é muito recorrente, sendo que por vezes acontecem terramotos de grande intensidade.

A cultura da Nicarágua é caracterizada por um conjunto de influências indígenas – Chorotega, Nahuatl e Nicaraos, que se juntam aos descendentes de colonizadores espanhóis e africanos. O Espanhol é assim a língua oficial, no entanto, ainda são falados por algumas tribos os dialectos como Misquito, Sumo e Rama, assim como o Inglês Criolo. Os ritmos dos povos nativos e africanos, com a musicalidade europeia, permitiu que hoje o folclore nicaraguense seja contemplado como património cultural muito importante neste país. As danças tradicionais, herança desta mescla cultural, são parte integrante no dia-a-dia deste povo, nomeadamente, a La Gigantona Pacific, o Anão Cabezon e El Toro Huaco. Uma tradição muito presente é o culto à Deusa Mãyayã, com a dança Maypole (ao redor de uma árvore) – uma celebração feita em prol da fertilidade. Nicarágua é um país muito ligado às artes performativas e ao artesanato, existindo assim bastante oferta no que toca a espectáculos, feiras e workshops.

Clima e Quando ir:

Para saber quando ir à Nicarágua você precisa de se informar um pouco melhor acerca das suas estações e do clima. O mais aconselhável é durante a estação seca entre Dezembro e Abril.

O clima da Nicarágua é tropical e é caracterizado por três zonas climáticas: a costa ao longo do Mar do Caribe, que apresenta a longa estação chuvosa durante 9 meses, vivenciado-se a estação seca entre os meses de Março e Maio. Tem uma temperatura média de 26ºC e os meses de Setembro e Outubro são propícios a furacões. A segunda zona climática é a Costa ao longo do Oceano Pacífico, caracterizada por uma estação seca, entre os meses de Dezembro e Abril e uma estação chuvosa, entre os meses de Maio e Novembro. Por último, na zona montanhosa no Norte tem um clima muito mais frio, com temperaturas médias de 18ºC. O calor é mais suportável entre os meses de Dezembro e Abril e a temperatura da água varia entre os 26ºC e os 29ºC.

Vídeo de um espectáculo de rua em Manágua, Nicarágua

O que visitei / Resumo de viagem à Nicarágua

Por ordem de visita.

San Carlos, Nicarágua
San CarlosSan Carlos: Capital da região de Río San Juan, com grande importância enquanto porto internacional. Há muita agitação durante o dia, especialmente perto da margem. À noite torna-se num lugar muito tranquilo onde é possível conversar com as pessoas locais. As principais actividades em San Carlos estão relacionadas com passeios no rio e visitar a antiga fortaleza espanhola.
El Castillo, Nicarágua
El CastilloEl Castillo: Pequena cidade extremamente simpática que é, talvez, o maior destaque dos destinos do Río San Juan. Ao redor de El Castillo existe uma frondosa flora onde se encontram mangas, cocos, laranjas e amêndoas. No rio há alguns rápidos, que serviram para afastar os piratas Britânicos durante séculos. Na cidade, a floresta tropical foi controlada, mas é possível chegar à Reserva Biológica Indio-Maíz em apenas 15 minutos de barco.
Manágua, Nicarágua
ManáguaManágua: A capital da Nicarágua é uma cidade caótica. No entanto, também é estranhamente encantadora pelo ambiente que as simpáticas pessoas que aqui vivem criam. As ruas são animadíssimas de dia e de noite e é fácil entretermo-nos enquanto damos passeios a pé por entre os parques e pelas ruas, algumas cheias de arte nas paredes das casas. Quem tiver mais tempo para visitar Manágua e os arredores pode visitar as reservas naturais de Montebelli e Chocoyero-El Brujo, a praia de Pochomil e as fontes termais em El Trapiche.
Granada, Nicarágua
GranadaGranada: Situada a apenas 50km de Manágua, na margem oeste do Lago de Nicarágua, Granada foi em tempos a maior preciosidade da América Central. Os espanhóis, que a fundaram em 1524, tornaram-na incrivelmente rica durante o período colonial, já que o ouro do império passava por aqui. Os destaques em Granada são os passeios nas calçadas a ver edifícios coloniais restaurados, as igrejas do centro e a exploração dos arredores (o lago, os vulcões, o arquipélago Zapatera e a Ilha de Ometepe). Gostei imenso de Granada.
Parque Nacional Vulcão Masaya, Nicarágua
Parque Nacional Vulcão MasayaParque Nacional Vulcão Masaya: Aqui fica o vulcão com maior actividade da Nicarágua. É quase inacreditável que seja permitido subir de carro praticamente até à cratera Santiago. A última erupção foi em 2001, quando houve rochas a voar 500m pelo ar! A melhor altura para visitar o parque é ao fim do dia, quando milhares de periquitos voltam para os ninhos nas paredes da cratera. Há mais de 20km de trilhos para fazer trekking através dos campos de lava, das fumarolas e de túneis de lava com morcegos incluídos.
Momotombo, Nicarágua
MomotomboMomotombo: Um vulcão em forma de cone formado pelo magma extravasado, perto da cidade de León, nas margens do Lago de Managua. O formato do vulcão, extremamente simétrico, é uma espécie de símbolo da Nicarágua que aparece um pouco por todo o país, inclusivé em murais que vi em Manágua. A paisagem em redor do vulcão é muito bonita.
Léon Viejo, Nicarágua
Ruínas de Léon ViejoRuínas de Léon Viejo: Um dos mais antigos centros urbanos dos colonizadores espanhóis na América, localizado na base do vulcão Momotombo. As ruínas mostram claramente como se organizavam as estruturas económicas e sociais do império espanhol no século XVI. Por esse motivo fazem parte da lista UNESCO de património mundial desde o ano 2000.
León, Nicarágua
LeónLeón: Esta cidade está cheia de igrejas muito bonitas e imensas coleções e manifestações de arte. É um prazer percorrer as vibrantes ruas de León onde se vêem sempre muitos estudantes das várias universidades. O coração da cidade é o Parque Central. Lá bem perto fica a magnífica Catedral de León, património mundial UNESCO. Achei este edifício construído entre 1747 e o início do século XIX bem interessante.

Roteiros na Nicarágua

Algumas ideias de roteiros para você preparar as suas férias na Nicarágua de maneira independente. Itinerários de turismo na Nicarágua seja de 4 dias, 8 dias ou 10 dias.

4 Dias: Manágua até Léon
Dia 1 Manágua
Dia 2 Manágua – Léon – Managua
Dia 3 Manágua – Masaya – Granada – Managua
Dia 4 Manágua
8 Dias: Manágua - Granada - Léon
Dia 1 Manágua
Dia 2 Ilha de Ometepe
Dia 3 Ilha de Ometepe
Dia 4 Granada
Dia 5 Vulcão Mombacho
Dia 6 Vulcão Masaya – Léon
Dia 7 Reserva Natural Juan Venado
Dia 8 Managua
10 Dias: Granada e Ometepe
Dia 1 Granada
Dia 2 Granada
Dia 3 Granada
Dia 4 Granada – Léon
Dia 5 Léon
Dia 6 Léon – Ilha de Ometepe
Dia 7 Ilha de Ometepe
Dia 8 Ilha de Ometepe – San Juan del Sur
Dia 9 San Juan del Sur
Dia 10 San Juan del Sur – Granada
Locais UNESCO na Nicarágua
Estes são alguns dos melhores destinos para visitar na Nicarágua. Os locais UNESCO Património Mundial na Nicarágua são locais protegidos pela sua importância cultural ou natural.

Locais inscritos na Lista do Património Mundial na Nicarágua:

  • Ruínas de León Viejo
  • Catedral de León

Deixe o seu comentário aqui:

João Leitão - O autor do blog:

VIVA! Sou o João - blogger de viagens. Com 20 anos de experiência como viajante independente, explorei mais de 128 países em África, Antártica, Ásia, Europa, América do Norte e Central, América do Sul e Oceânia. Bem-vindos ao meu blog de viagens, onde partilho informação prática de viagem para o motivar a sair de casa! Siga nas redes sociais: Facebook, Twitter, Instagram, Pinterest e YouTube.

Kit de Viagem:

  • Onde eu reservo alojamento? Encontre os melhores hotéis e promoções através do Booking.com
  • Eu reservo sempre o meu carro online através do Rentalcars.com
  • Quer estar prevenido? Faça o seu seguro de viagem através do Worldnomads.com
  • 7 dias em Marrocos 430 euros desde Marrakech até ao Deserto do Saara através do Marrocos.com
  • Quer viajar e ter sempre Internet? Faça como eu e compre o aparelho da SkyRoam.com
* Esta página tem links de afiliados. Quando você reserva algo através deste blog, eu retenho uma pequena comissão que não altera o preço final. Obrigado!

Blog de viagens mencionado em:

Blog de viagens nos Media

« Seguir @joaoleitaoviagens no Instagram »