🐪 Venha conhecer Marrocos « Viagem de grupo 7 dias por 430 Euros » Marrakech até Deserto do Saara 🐪

Visitar Pridnestróvia – Roteiros e Dicas de Viagem

João Leitão
Actualizado em 29 Julho, 2018
Visitar Pridnestróvia – Roteiros e Dicas de Viagem

Visitar Pridnestróvia – Roteiros e Dicas de Viagem

Guia de Viagem da Pridnestróvia

Viajar na Pridnestróvia – informação de viagem.

Tudo sobre visitar os melhores locais e destinos da Pridnestróvia (Transnístria). Ideias de roteiros e itinerários com informação de alojamento, transporte, muitas galerias de fotografias, restaurantes, vídeos e mapas.

Organize as suas férias na Pridnestróvia. Alguma pergunta ou opinião deixe um comentário no fim da página.

Nesta página você encontra:

  1. República Moldava da Pridnestróvia – Informação prática
  2. Turismo na Pridnestróvia – Apresentação
  3. Vídeo da Pridnestróvia
  4. Resumo de viagem à Pridnestróvia
  5. Guia de Viagem: artigos para consultar
  6. Roteiros na Pridnestróvia
  7. Locais UNESCO na Pridnestróvia
  8. Kit de Viagem

Obrigado.

República Moldava da Pridnestróvia

Bandeira Pridnestrovia

Bandeira da Pridnestróvia

  • Capital: Tiraspol.
  • Língua oficial: Russo, moldavo e ucraniano.
  • Presidente: Yevgeny Shevchuk.
  • População 2010: 518.700 habitantes.
  • Moeda: Rublo transnístrio.
  • Área Total: 4163 km².
  • Fuso horário: UTC+2 – Verão UTC +3.
  • Código telefónico internacional: +373.
  • Clima: Continental.
  • Visto: É necessário fazer o visto num espaço de 24 horas depois de se entrar no país.
  • Fronteiras: Moldávia, Ucrânia.
  • Locais a não perder: Bendery, Tiraspol.
  • Quando visitei a Pridnestróvia: Agosto 2008.

Turismo no Pridnestróvia, Roteiros de Viagem

Catedral de Tiraspol, Visitar a Pridnestróvia

Catedral de Tiraspol, Visitar a Pridnestróvia

Tiraspol
A Pridnestróvia (Transnístria) é um país fascinante para passar férias.

A Pridnestróvia é uma República constitucional de facto independente que fica entre a Ucrânia e a Moldávia.

A sua capital Tiraspol é uma cidade fascinante onde imensa propaganda soviética e pós-russa invadem as ruas e fazem parte do dia-a-dia do povo, maioritariamente de etnia russa e ucraniana (a etnia moldava é só 15% da população).

A Transnítria tem uma fama muito grande de ser um país difícil de conhecer já que há uma enorme corrupção e fortes indícios de ser um paraíso para tráfico de armas e tráfico de pessoas.

A Transnítria é um país normal, é preciso passar a fronteira, fazer registo de permanência, tem o seu próprio dinheiro, parlamento, polícia e exército (russo).

A minha visita à Pridnestróvia (também conhecida por Transdniestre, Transdniester ou Transdniéstria), fez-se de forma muito normal, os polícias de fronteira foram muito simpáticos e no registo de turista na cidade foi-me dado um visto de 11 dias de permanência.

O que visitei / Resumo de viagem à Pridnestróvia

Por ordem de visita.

Tiraspol, Pridnestróvia
Tiraspol, PridnestroviaTiraspol: é a capital da Transnístria. Habitada deste o ano 600 a.C., foi fundada pelo general russo Aleksandr Suvorov, no século XVIII, onde anteriormente se situava “Sucleia Veche”. O nome antigo para o Rio Dniester era Tyras e Pol, que tem como significado cidade, formou o nome Tiraspol. Tem poucos vestígios arqueológicos de tempos de outrora, mas hoje em dia é uma cidade bastante moderna. A estátua de Vladimir Lenin está em grande destaque em frente ao edifício parlamentar de Tiraspol. Outra estátua a visitar é a de Alexander Suvorov na Praça Central. Foi instalada em 1979 aquando as comemorações dos seus 250 anos. Do outro lado da Praça Central, encontramos um tanque soviético, marcando a vitória soviética na Segunda Guerra Mundial. É uma cidade bastante dedicada às artes, principalmente ao Teatro, tendo outra grande paixão, o desporto.


Top 10 locais a visitar em Tiraspol:


  1. Praça Central e Monumento Suvorov
  2. Teatro de Tiraspol
  3. Museu Nacional de Historia de Tiraspol
  4. Casa Museu Zelinsky
  5. Palácio Presidencial
  6. Casa dos Sovietes
  7. Estátua de Vladimir Lenin
  8. Catedral da Natividade de Cristo
  9. Memorial da Glória
  10. Praia de Tiraspol e Rio Dniester
Bender, Pridnestróvia
Bender, PridnestroviaBender: é uma cidade que se situa nas margens do Rio Dnister, na Pridnestróvia. O primeiro registo documental sobre Bender, remonta ao século XV, conhecida na altura como Tighina – no Principiado Moldavo, tendo o nome sido alterado durante o Império Otomano. Quando os otomanos conquistaram e renomearam a cidade de Bender, construíram uma fortaleza sob os comandos do arquitecto Sinan Koji Mimar. Esta construção permitiu defender este território contra os moldavos, que tanto investiram para a sua conquista que acabaram por conseguir o seu objectivo. A Fortaleza de Bender foi restruturada, no século XVIII, pelo Príncipe da Moldávia, Antioh Cantemir. A Fortaleza tem oito torres e já teve mesquitas e banhos turcos. Actualmente, é um pequeno museu com loja de souveniers, onde poderá também ver uma câmara de tortura utilizada durante os tempos de guerra. Visite o impressionante cemitério, onde descansam os soldados dos mais variados países que morreram na Segunda Guerra Mundial, tal como a impressionante estátua do General Potemkin, quem capturou a Fortaleza Bender aos Otomanos. No centro da cidade, visite a magnífica Catedral Transfiguração, de grande valor histórico e cultural.


Top 10 locais a visitar em Bender:


  1. Fortaleza de Bender
  2. Catedral da Transfiguração
  3. Cemitério Militar
  4. Estação Ferroviária de Bender -1
  5. Edifício do Auditório de Bender
  6. Parque Gorky
  7. Museu de História Local de Bender
  8. Monumento ao Soldado-Pacificador
  9. Palácio da Cultura
  10. Convento de Pedro e Paulo
Vistos para a Pridnestróvia - Visto Transnístria
Vistos para a Pridnestróvia, Visto Transnístria
Foto do edifício onde se faz o registo de turismo na Transnístria, Tiraspol Pridestróvia

Todos os turistas precisam de um visto temporário que só pode ser feito quando se chega a Tiraspol, ou seja, pode entrar no território da Pridnestróvia mas tem que no espaço de 24 horas se registar no Gabinete de emigração da capital. O registo para o vista é normal e tudo se passa com regularidade mas tem que ser feito. Para saber mais sobre o visto para a Pridnestróvia leia a minha página aqui: Visto para a Transnistria.

Localização da Pridnestróvia
Monumento de guerra em Tiraspol na Pridnestróvia
Monumento de guerra em Tiraspol na Pridnestróvia

A Pridnestróvia declarou independência da União Soviética a 27 de agosto de 1991 logo a seguir à Moldávia ter feito o mesmo. O problema maior na região é entre a Moldávia que anexou este território que nunca quis ser moldavo mas pertencer sempre à “asa” russa. O problema também é que em 1940, Stalin invadiu a Moldávia e anexou, à força, a Pridnestróvia. Ou seja, é um caso complicado.

O que acontece presentemente pois mesmo durante a guerra, quando a Moldávia e a Transnístria lutavam, a Moldávia perdeu já que o exército da Transnístria era nem mais nem menos o exército russo. 🙂 Hoje em dia a Moldávia é aceite como território independente pela comunidade internacional, enquanto que a Transnístria não, a meu ver porque está sob a alçada russa.

Tenho aqui umas páginas com uns filmes muito interessantes sobre a Transnístria que vale a pena ver. Espero que gostem.

Alguma história em datas sobre a Pridnestróvia
Tiraspol na Pridnestróvia

1792: O império russo incorpora a área, com o rio de Dniester de Pridnestróvia que representa a fronteira do sudoeste de Rússia. No outro lado do rio, a Moldávia nunca colocou a reivindicação a algum território de Pridnestróvia.

1924: Sob a nova União Soviética, Pridnestróvia é alocada na República Soviética Moldava, que incorpora também partes de Ucrânia mas nenhuma parte da Moldávia. O rio de Dniester é respeitado ainda como a fronteira natural entre os dois países. A Moldávia, em 1924, é parte da Roménia.

1940: Sob o pacto de Molotov-Ribbentrop com a Alemanha nazi, Stalin invade a Roménia e por consequência a Moldávia, que é anexada a Pridnestróvia. A área resultante torna-se conhecida como a República Socialista Soviética Moldava. Pela força, e como um acto de guerra, as duas terras distintas de Pridnestróvia e Moldávia são unidas apesar de sua vontade e apesar da fronteira natural do rio de Dniester.

1990: Em Chisinau, o parlamento da Moldávia anula o pacto de 1940, de Molotov-Ribbentrop, que anexou a Moldávia à União Soviética. Entretanto, é este mesmo pacto que juntou Pridnestróvia e Moldávia, demasiado. Assim declarando o pacto sem validade, efeito ou valor, Moldávia também renuncia implicitamente sua reivindicação sob a lei internacional à soberania sobre os distritos de Tiraspol, de Bender, de Grigoriopol, de Dubossary, de Rybnitsa, de Slobozya e de Kamenka da República Soviética Moldava dissolvoda. Um ano mais tarde, em 1991, a República de Moldávia repete esta sua Declaração de Independência.

1990: Em 2 Setembro 1990 Pridnestróvia proclama sua independência. A república é criada democrática, por uma declaração de independência explícita de acordo com a vontade do povo em um referendo popular.

Locais UNESCO na Pridnestróvia
Estes são todos locais que valem a pena visitar na Pridnestróvia. Os locais UNESCO Património Mundial são locais protegidos pela sua importância cultural ou natural de determinado país.

Locais inscritos na Lista do Património Mundial na Pridnestróvia:

  • A Pridnestróvia não tem sítios UNESCO Património Mundial da Humanidade.

Kit de Viagem

« Onde reservo alojamento? Encontre os melhores hotéis e promoções através do Booking.com »
« Rent-a-car? Eu reservo sempre o meu carro online através do Rentalcars.com »
« Quer estar prevenido? Faça o seu seguro de viagem através do Worldnomads.com »
« Junte-se a um grupo! 7 dias em Marrocos 430 euros desde Marraquexe até ao Deserto do Saara através do Marrocos.com »
« Comprar bilhetes de monumentos e saltar as filas? Organize a sua viagem com antecedência através do Ticketbar.eu »
« Quer viajar e ter sempre Internet? Faça como eu e compre o aparelho da SkyRoam.com »

O autor do blog

VIVA! Sou o João Leitão. Viajante independente desde 1999, explorei mais de 130 países em África, Antártica, Ásia, Europa, América do Norte e Central, América do Sul e Oceânia. Bem-vindo ao meu blog de viagens, onde partilho dicas práticas de viagem para o motivar a sair de casa! Siga nas redes sociais: Facebook, Twitter, Instagram, Pinterest e YouTube.

« Seguir no Instagram »