🐪 Venha conhecer Marrocos « Viagem de grupo 7 dias por 430 Euros » Marrakech até Deserto do Saara 🐪

Visitar República Checa – Roteiros e Dicas de Viagem

João Leitão
Actualizado em 10 Julho, 2018
Visitar República Checa – Roteiros e Dicas de Viagem

Visitar República Checa – Roteiros e Dicas de Viagem

Guia de Viagem da República Checa

Viajar na República Checa – informação de viagem.

Tudo sobre visitar os melhores locais e destinos da República Checa. Ideias de roteiros e itinerários com informação de alojamento, transporte, muitas galerias de fotografias, restaurantes, vídeos e mapas.

Organize as suas férias na República Checa. Alguma pergunta ou opinião deixe um comentário no fim da página.

Nesta página você encontra:

  1. Turismo na República Checa – Apresentação
  2. História, Geografia e Cultura
  3. Vídeo da República Checa
  4. Resumo de viagem à República Checa
  5. Guia de Viagem: artigos para consultar
  6. Roteiros na República Checa – 5 e 7 dias
  7. Locais UNESCO na República Checa
  8. Kit de Viagem

Obrigado.

Turismo na República Checa, Roteiros de Viagem

Vista panorâmica de Pilsen, Visitar a República Checa

Vista panorâmica de Pilsen, Visitar a República Checa

A República Checa é um país fascinante para passar férias.

Este é um dos países mais famosos da Europa Central / Leste.

Já visitei algumas vezes a República Checa, inclusivamente durante duas estações do ano completamente antagónicas: no Verão e no Inverno. Pude assim apreciar a cidade coberta de branco pela neve e, com um Sol brilhante durante os meses mais quentes.

Cheguei à República Checa várias vezes de comboio durante as viagens de Interrail que fiz pela Europa e também atravessei o país de carro quando ia para a Finlândia.

Espero voltar à República Checa e visitar muito mais das suas cidades históricas.

Apresentação da História, Geografia e Cultura:

Praga Republica Checa
A história da República Checa conta que os seus primeiros habitantes foram os Celtas, embora entre os séculos V e VII, tenham sido os eslavos que se estabeleceram neste território. Mais tarde, chegaram os Checos, os quais se tornaram nos Senhores da Boémia Central. Estes senhores tiveram o seu território em constante cheque, com invasões constantes por parte dos Celtas e dos Germânicos. No século XIX, a República Checa tornou-se numa pequena província quando esteve integrada no Império Austro-Húngaro, promovendo num severo nacionalismo, o qual fez nascer a República da Checoslováquia independente (no final da Primeira Grande Guerra). As regiões da Boémia, Morávia e Eslováquia estiveram no grupo pertencentes à Checoslováquia de 1919 a 1992. Este país pediu formalmente a adesão à União Europeia em 1999, tendo sido integrado em 2004, celebrando na cidade de Dublin esta mudança fulcral para a República Checa.

A geografia da República Checa conta com a área territorial de 78 866 Km2, sendo um país situado na Europa Central. Este país faz fronteira a Norte e a Leste com a Polónia, a Sudeste com a Eslováquia, a Sul com a Áustria e a Sudoeste, a Oeste e a Norte com a Alemanha. O cenário paisagístico aqui presente é composto, principalmente, pelo Maciço da Boémia, o qual está coberto por imensa florestação ilustrada por pinheiros e abetos, que cobrem cerca de 40 % de todo o território (áreas que tem sido constantemente abertas para a utilização de campos agrícolas). É ainda constituída também Montes Cárpatos, sendo que a Norte localizam-se os Montes Sudetos, onde fica situado o ponto mais alto do pais, no Monte Snezka, com 1 602 metros de altitude.

A cultura da República Checa é bastante influenciada pelas condições geográficas, pois encontra-se num lugar recheado de montanhas, onde no seu centro atravessa um rio enorme, com muitas pontes e arcadas e muitas estátuas esculpidas, que remontam à Idade Média. É um país provido de edifícios barrocos, nomeadamente palácios e solares, os quais integram-se nos estilos Rococó ou Renascentista. Um autêntico museu ao ar livre, os checos sabem a imensa beleza do seu país, e por isso gostam de ser autênticos anfitriões e partilhar a sua cultura com quem os visita. Praga ou a Cidade das Cem Cúpulas é sem dúvida o cartão de visita da República Checa, onde poderá conhecer a Cidade Velha ou o berço de Franz Kafka ou a imponente catedral gótica Twin Towers, embora em todo o país existam mais de dois mil castelos e palácios, muitos deles contemplados na lista da UNESCO. A cidade de Pilsen, o paraíso da cerveja tradicional loira, atrai imensos turistas a fim de conhecerem de perto a produção desta bebida famosa em todo o mundo.

O que visitei / Resumo de viagem à República Checa

Por ordem de visita.

Praga, República Checa
Praga, Republica ChecaPraga: é uma cidade erigida em colinas, nas margens do Rio Vltava e é a capital da República Checa. É inacreditável o quanto de património arquitectónico e cultural tem esta cidade. É conhecida como a “Cidade das Cem Cúpulas” e está repleta de lindíssimas pontes. Praga era um ponto fulcral na passagem rotas comerciais ligando o Norte e o Sul da Europa. Existem vestígios de que os Celtas povoaram este território nos séculos III e IV a.C.. A Princesa Libuse e o Príncipe Premysl foram os responsáveis pela fundação de Praga, dinastia que governou Praga entre os séculos IX e XIV, tal como foram os protagonistas da construção do Castelo de Praga. No coração de Praga, atravesse a Ponte Carlos cheia de estátuas e com uma vista inacreditável sobre o Rio Vlatva e, visite o castelo incrivelmente bonito e imponente. Este castelo foi construído na colina Hradcany, servindo hoje como residência presidencial. Ao seu lado, conheça a Catedral de S. Vito (gótico) e o Palácio Belvedere (renascentista). A cidade de Dvorak e de Franz Kafka é um dos maiores centros culturais, com o maior espólio e melhor conservado património arquitectónico na Europa. A Praça da Cidade Velha, apesar de ser um ponto extremamente turístico, não deixa de ser um momento de nos tirar o fôlego. Aqui estamos rodeados por muitas casas lindíssimas, palácios e igrejas (Igreja Tyn, Palácio Kinsky e a Igreja de S. Nicolas), mas o que nos chama mais à atenção é o relógio astronómico, lindíssimo!
Hradec Kralove, República Checa
Hradec Kralove, Republica ChecaHradec Kralove: está localizada na região com o mesmo nome, na República Checa. Está situada entre o Rio Elba e o Rio Águia e situa-se numa planície. Desde a pré-história que Hradec Kralove foi habitada e foi uma cidade que serviu como fortaleza militar desde a Idade Média. Sendo uma cidade universitária, é uma cidade jovem e cheia de vida. Hradec Kralove foi, gradualmente, desenvolvendo-se mas com a Segunda Guerra Mundial houve uma interrupção neste processo. No entanto, actualmente, vive-se aqui um movimento cultural sem igual, pois acontecem imensos eventos e festivais bastante interessantes, nomeadamente festivais de teatro, de música Jazz ou Hip Hop. A Torre Branca, no centro da cidade, é o que mais nos chama à atenção em Hradec Kralove. Recentemente renovada, suba ao seu topo e delicie-se com uma vista lindíssima. O interessante edifício do Museu Boémia do Leste, da autoria do arquitecto Jan Kotera, mistura a arte medieval, barroca e contemporânea num só espaço. Visite Adrspach Teplice, onde grandes colunas de arenito nos proporciona uma paisagem natural inacreditável e aqui, poderá desfrutar de uma cascata e mergulhar, tal como fazer caminhadas e/ou escalada.

Pilsen, República Checa
Pilsen, Republica ChecaPilsen: é uma cidade localizada no interior da República Checa, que faz fronteira com a Alemanha. Foi fundada no ano 1295 pelo Rei Venceslau II. Esta cidade é conhecida mundialmente devido à sua produção de cerveja, que teve origem no século XIX, e foi a partir do nome da cidade que hoje vemos muitas cervejas do tipo “pilsener” no mundo inteiro, o maior factor económico da região da Boémia. Mas esta cidade tem muito mais para oferecer. Tem imensos edifícios da época medieval, com destaque para a linda e imponente Catedral de São Bartolomeu, situada na Praça da República. Aqui perto podemos vislumbrar o Prédio da Renascença e a Coluna de Praga, tal como o Museu da Região da Boémia do Oeste. Uma coisa que não devemos deixar de fazer é subir a Torre da Igreja para desfrutar da vista inacreditável do seu topo. Visitar a Cervejaria Pilsner Urquell é super obrigatório em Pilsen, onde podemos conhecer as antigas e as novas instalações. Depois de vermos o processo de produção e de visitarmos a gruta onde se processa a fermentação, podemos provar uma deliciosa cerveja acabada de fazer.
Lovcice, República Checa
Lovcice, Republica ChecaLovcice: situa-se no Distrito de Hodonin, na República Checa. A primeira referência documental a Lovcice remonta ao século XIX, sob forma de reconhecimento desde território a vila. Visite a Igreja S. Pedro e Paulo, construída no século XIX, tendo sido demolida e reconstruída novamente como uma nova igreja, mas também para servir de esquadra da polícia e um celeiro. Perto de Lovcice encontramos a Reserva Natural Nas Willows, na parte mais antiga da densa e lindíssima Floresta Zdánicky. Com uma fauna e flora bastante eclética, aqui poderá desfrutar de uma natureza incrível, cheia de paz e beleza.
Brno, República Checa
Brno, EslovaquiaBrno: é a segunda maior cidade da Républica Checa, outrora Checoslováquia, e é a capital da região da Morávia. É uma cidade repleta de monumentos e bonitos edifícios históricos. Alguns dos principais monumentos são o Castelo e fortaleza de Špilberk (Hrad Špilberk) onde fica também o museu da cidade, a Catedral de S. Pedro e S. Paulo que fica numa colina e se destaca no panorama da cidade, e a antiga Câmara de cidade (Stara Radnice). Mas o lugar mais curioso é o labirinto subterrâneo por baixo do Mercado dos vegetais (Zelný trh) com galerias que serviam para armazenar fruta e legumes, para maturação de cerveja e vinho ou, de refúgio em tempos de guerra. O Castelo (Statni Hrad Veveri) fica nos arredores da cidade, a cerca de 20km, mas vale a pena a visita pela vista sobre o rio Brno e a linda paisagem envolvente. Para quem não dispensa um marco da arquitectura moderna, a mansão Tugendhat é visita obrigatória. Esta casa projectada pelo famoso arquitecto alemão Mies van der Rohe foi construída em 1930 e é tida como um exemplo de Arquitectura Funcionalista Moderna. A mansão, confiscada pela Gestapo durante o período de ocupação nazi é hoje propriedade privada mas está aberta para visitas ao público. O edifício é Património Mundial da UNESCO.

Chlumec nad Cidlinou, República Checa
Chlumec nad Cidlinou, Republica ChecaChlumec nad Cidlinou: situa-se no Distrito de Hradec Kralove, na República Checa. O seu nome deriva do nome da colina onde a cidade de desenvolveu – Chlum. Primeiramente, começou por ser uma aldeia com uma pequena igreja e uma fortaleza de pequeno porte, no topo de Chlum, e só após a unificação do Estado, é que se viveu um desenvolvimento economicamente significativo. Conheça a Igreja da S. Trindade, construída no século XII, mas reconstruída inúmeras vezes devido às batalhas que por aqui passaram. Visite também, a espantosa Mansão Karlova Loruna, da família Kinsky, projectada pelos arquitectos Franz Kanka e Jan Santini. A Capela da Nossa Senhora das Dores, situada perto da Mansão, serviu como túmulo da Família Kinsky. De certeza que vai ficar bastante surpreendido pela magnitude e beleza destes monumentos. Não deixe de conhecer a Catedral de S. Úrsula, situada na Praça Klicper, construída no século XVI, a qual conta com uma mistura de estilo gótico com o estilo renascentista.

Roteiros na República Checa

Algumas ideias de roteiros para você preparar as suas férias na República Checa de maneira independente. Itinerários de turismo na República Checa para 5 e 7 dias.

5 Dias na República Checa
Dia 1 Praga
Dia 2 Beroun
Dia 3 Racovnik
Dia 4 Kladno
Dia 5 Praga

5 Dias na República Checa

Dia 1 Praga
Dia 2 Nymburk
Dia 3 Mlada Boleslav
Dia 4 Melnik
Dia 5 Praga

1 semana na República Checa

Dia 1 Praga
Dia 2 Benesov
Dia 3 Caslav
Dia 4 Kutná Hora
Dia 5 Kutná Hora
Dia 6 Praga
Dia 7 Praga

Locais UNESCO na República Checa
Estes são alguns dos melhores destinos para visitar na República Checa. Os locais UNESCO Património Mundial na República Checa são locais protegidos pela sua importância cultural e natural.

Locais inscritos na Lista do Património Mundial na República Checa:

  • Centro Histórico de Praga
  • Centro Histórico de Ceský Krumlov
  • Centro Histórico de Telc
  • Igreja de Peregrinação de São João Nepomuceno em Zelená Hora
  • Kutná Hora: Centro Histórico com a Igreja de Santa Bárbara e a Catedral de Nossa Senhora em Sedlec
  • Paisagem Cultural de Lednice-Valtice
  • Jardins e Castelo de Kromeríž
  • Reserva da Aldeia Histórica de Holašovice
  • Castelo de Litomyšl
  • Coluna da Santíssima Trindade em Olomouc
  • Vila Tugendhat em Brno
  • Bairro Judeu e Basílica de São Procópio em Trebíc

Kit de Viagem

« Onde reservo alojamento? Encontre os melhores hotéis e promoções através do Booking.com »
« Rent-a-car? Eu reservo sempre o meu carro online através do Rentalcars.com »
« Quer estar prevenido? Faça o seu seguro de viagem através do Worldnomads.com »
« Junte-se a um grupo! 7 dias em Marrocos 430 euros desde Marraquexe até ao Deserto do Saara através do Marrocos.com »
« Comprar bilhetes de monumentos e saltar as filas? Organize a sua viagem com antecedência através do Ticketbar.eu »
« Quer viajar e ter sempre Internet? Faça como eu e compre o aparelho da SkyRoam.com »

O autor do blog

VIVA! Sou o João Leitão. Viajante independente desde 1999, explorei mais de 130 países em África, Antártica, Ásia, Europa, América do Norte e Central, América do Sul e Oceânia. Bem-vindo ao meu blog de viagens, onde partilho dicas práticas de viagem para o motivar a sair de casa! Siga nas redes sociais: Facebook, Twitter, Instagram, Pinterest e YouTube.

« Seguir no Instagram »