🐪 » Viagem de grupo 7 dias em Marrocos por 430 Euros » Marrakech até Deserto do Saara » Mais info em MARROCOS.COM « 🐪

🌍 Visitar Rússia – Roteiros e Dicas de Viagem

Actualizado em 28 Julho, 2017
Visitar Rússia – Roteiros e Dicas de Viagem

Visitar Rússia – Roteiros e Dicas de Viagem

Guia de Viagem da Rússia

Viajar na Rússia – informação de viagem.

Tudo sobre visitar os melhores locais e destinos da Rússia. Ideias de roteiros e itinerários com informação de alojamento, transporte, muitas galerias de fotografias, restaurantes, vídeos e mapas.

Organize as suas férias na Rússia. Alguma pergunta ou opinião deixe um comentário no fim da página.

Nesta página você encontra:

  1. Federação Russa – Informação prática
  2. Turismo na Rússia – Apresentação
  3. História, Geografia e Cultura
  4. Clima e Quando ir
  5. Vídeo da Rússia
  6. Resumo de viagem à Rússia
  7. Guia de Viagem: artigos para consultar
  8. Roteiros na Rússia
  9. Locais UNESCO na Rússia
  10. Kit de Viagem

Obrigado.

Federação Russa

Bandeira Russia

Bandeira da Rússia

  • Capital: Moscovo.
  • Língua oficial: Russo e 31 línguas cooficiais.
  • Presidente: Vladimir Putin.
  • População 2011: 142.914.136 habitantes.
  • Moeda: Rublo.
  • Área Total: 17.075.200 km².
  • Fuso horário: UTC +3 a +12.
  • Código telefónico internacional: +7.
  • Clima: Continental e polar.
  • Visto: É preciso visto para portugueses. Não é preciso visto para brasileiros.
  • Fronteiras: China, Mongólia e Coreia do Norte, Noruega, Lituânia e Polónia, Finlândia, Estónia, Letónia, Bielorrússia, Geórgia, Azerbaijão, Ucrânia, Cazaquistão.
  • Locais a não perder: Moscovo, São Petersburgo, Kazan, Irkutsk, Vulcões de Kamchatka, Kizhi, Lago Baikal, Novgorod, Montanhas Douradas do Altai, Vladimir, Suzdal, Yaroslav, Convento de Novodevichy.
  • Quando visitei a Rússia: Fevereiro 2005, Março 2005, Maio 2012.
Mapa Russia

Mapa da localização geográfica da Rússia no Mundo

Turismo na Rússia, Roteiros de Viagem

Vista do rio Volga e do Kremlin, Visitar a Rússia

Vista do rio Volga e do Kremlin em Moscovo, Visitar a Rússia

A Rússia é um país fascinante para passar férias.

Já viajei duas vezes na Rússia e espero poder voltar brevemente.

Em ambas as vezes fui sempre com carro próprio. Na primeira vez guiei cerca de 5000 km entrando pela Finlândia em Fevereiro 2005 e a segunda vez entrei pela Geórgia em Maio 2012 e saí pelo Cazaquistão.

Eu tenho uma atracção estranha pela Rússia e por tudo o que venha dali: a comida, as pessoas, a arquitectura, música e também o idioma. Sempre que posso tento melhorar o meu conhecimento da língua russa.

Sem dúvida que a Rússia é um dos países mais importantes da Europa, quer a nível histórico, natural e cultural.

Apresentação da História, Geografia e Cultura:

Yuryev-Polskiy RussiaA história da Rússia tem registos dos primeiros povos indo-europeus e uralo-altaicos aqui existentes desde o século II a.C., embora só no século VIII, se conheça uma civilização (Rus) com bases organizacionais. Durante o domínio Mongól, Moscovo foi o centro político nesta região, uma vez que se localizava num ponto estratégico onde, para além de existirem terras agrícolas muito importantes e outras produções de arte-factos, ligava-se aos principais rios ali navegáveis. No tempo da Rússia Czarista havia muita pobreza, uma vez que o Czar tinha poder absoluto e o povo era subjugado às suas leis anti-democráticas. Mas ainda assim, levou o país à Segunda Guerra Mundial, o que trouxe ainda mais prejuízo ao país e ao seu povo. Depois de imensos motins, a Monarquia caiu em 1917, dando resultado a uma revolução por parte dos Bolcheviques, liderados por Lenine, que implementaram o socialismo. A URSS foi criada após a revolução, permitindo um crescimento económico exponencial para o pais.

A geografia da Rússia conta com a área territorial de 17 075 200 Km2, sendo que este país fica situado na Europa Oriental, tal como na Ásia. Este país é banhado a Norte pelo Oceano Árctico, a Leste pelo Oceano Pacífico e na parte meridional pelos mares Negro e Cáspio. Faz fronteira a Oeste com a Noruega, com a Finlândia, com a Letónia, com a Lituânia, com a Bielorrússia e com a Ucrânia, tal como faz com a Geórgia, o Azerbaijão, o Cazaquistão, a China, a Mongólia e a Coreia do Norte. É considerado o maior país do mundo e está dividido por seis regiões: a região de Kola-Carélia, localizada no Noroeste da Rússia, a região da Planície Russa, uma extensão da Planície Oriental Europeia, a região nos Montes Urais, uma série de planaltos e montanhas de baixa altitude, a Planície Siberiana Ocidental, a maior região russa com um dos maiores pântanos do mundo, o Planalto da Sibéria Central, o qual regista altitudes entre os 300 e os 700 metros e a região montanhosa e vulcânica do Sul e a Leste, com altitudes acima dos 3000 metros, onde o ponto alto é o Vulcão Klyuchevskaya.

A cultura da Rússia é o resultado de um conjunto de uma sociedade repleta de muitos grupos étnicos, uma vez que existem cerca de 160 grupos distintos presentes no país, que contribui para a sua diversidade cultural. Podemos encontrar grupos eslavos ortodoxos, tal como tártaros e bashkires, nómadas budistas buriates e calmucos, povos xamânicos da Sibéria, povos habitantes do Cáucaso do Norte e povos fino-úgricos da Região Noroeste e do Volga. O artesanato conhecido no mundo inteiro, dá destaque aos brinquedos matrioskas e dymkovo, à cerâmica gzhel e às miniaturas de palekh. Ao nível do vestuário, os homens usam o caftan, a korovorotka e a ushanka e as mulheres usam o sarafan e o kokoshnik. A Música é muito folclórica, onde utilizam instrumentos típicos como o gusli, a balalaika ou a garmoshka. A sauna russa é muito apreciada pelo seu povo e pelos visitantes, um banho de vapor quente cujo o nome é banya.

Clima e Quando ir:

Para saber quando ir à Rússia você precisa de se informar um pouco melhor acerca das suas estações e clima. A melhor altura para visitar a Rússia é durante os meses de Verão, pois como estamos perante um país multi climático, é a estação que a nível geral é a mais agradável.

O clima da Rússia é caracterizado pelos quatro climas, pois como este país abrange quase metade da Europa e um terço da Ásia, podemos dizer que a Rússia tem um clima árctico, subárctico, temperado e subtropical. A região mais a Norte, ou mais propriamente, a Sibéria, é a mais fria, onde as temperaturas chegam a atingir os 50º C negativos. No entanto, no Sul, o clima é mais quente, existindo zonas onde as temperaturas mínimas atingem apenas os -8º C. Os Verões são curtos e quentes, a Primavera tem temperaturas amenas e os Invernos são rigorosamente frios.

Federal Agency for Tourism, Russian Federation

Vídeo promocional do Turismo da Rússia. Após uma breve apresentação do país, pode-se ver um pouco da cada região da Rússia.

O que visitei / Resumo de viagem à Rússia

Por ordem de visita.

Mosteiro Iversky, Rússia
Mosteiro Iversky, RussiaMosteiro Iversky: localizado na ilha do Lago Valdayskoye (no Parque Valdaysky) é um dos mosteiros mais importantes da Rússia. A estrutura principal até hoje não perdeu a sua grandeza, pois ainda continua a ser um dos maiores edifícios do séc. XVII, tendo sido um dos mosteiros mais influentes tal como um centro cultural importante. Tinha como referência o Mosteiro Iviron, no Monte Athos na Grécia pela sua magnitude, retratado através das pinturas lá presentes.

A Catedral, fundada por Nikon em 1653, apresenta formas arquitectónicas simples, um monumento dedicado à religião ortodoxa. Cercada por um muro de pedra com seis torres, sendo a maior chamada de Patriarca, era acompanhada de duas capelas onde consistiam a sacristia e a biblioteca, um edifício de três andares com adegas e armazéns para a actividade agrícola, tal como estábulos e celeiros.

Outrora era um mosteiro bastante regrado, o qual só aceitava pessoas dispostas a dedicar na totalidade a sua vida a Deus, apesar de isso por vezes não corresponder à realidade.

Local de ajuda comunitária nos anos 20, este mosteiro serviu a população através das suas hortas, pomares, lavoura e pastagem que durante a pobreza vivida no bolchevismo envolveu-se em obras de caridade e alimentou os pobres.

Durante o período do poder soviético, o Mosteiro Iversky foi o Museu Arquivo Histórico e Museu da História Local mas também serviu, durante a guerra, como hospital tal como nos anos seguintes, como uma casa de repouso para veteranos de guerra.

Kideksha, Rússia
Kideksha, RussiaKideksha: começou por ser uma cidade mas neste momento tem o estatuto de uma vila. Situa-se no Distrito de Suzdalsky. Esta planície do leste europeu fica, mais precisamente, localizada no norte do Oblast – Vladimir Oblast, a 190 Km de Moscovo. Existem mais de trezentos lagos os quais contém água altamente mineralizada. Contribuem para uma grande variedade de florestas mistas que contam com uma vasta fauna como alces, veados, javalis, lobos, raposas e martas, texugo, entre outros. Contamos também com uma grande quantidade de aves como o galos-lira, perdizes, gansos ou patos. A caça é uma actividade bastante usual neste território.

Para além desta ampla quantidade de lagos, a região tem 560 rios que correspondem a um comprimento total de mais de 8,6 milhões de quilómetros situados em amplos vales, com correntes planas.

As pessoas fixaram-se em Kideksha definitivamente após a construção da Igreja de Boris e Gleb, em 1152. Foi mandada construir pelo príncipe Yuri Dolgoruky, perto do Rio Nerl, fornecendo a este lugar a máxima importância como cidade. Mais tarde, destruída pelos mongóis no Séc. XIII, a cidade declinou-se, degradando-se e passando a vila novamente.

Esta cidade pertence ao Anel de Ouro, um grupo de cidades históricas na Rússia Central que tem sido uma verdadeira atracção turística devido à sua arquitectura sublime. Os mosteiros, Catedrais e Igrejas e Kremlins fazem destas cidades autênticos museus ao ar livre dando-nos a oportunidade de viajar no tempo desde o Séc. XII ao Séc. XVIII.

Yuryev-Polskiy, Rússia
Yuryev-Polskiy, RussiaYuryev-Polskiy: após o falecimento do grande príncipe Vsevolod III, a cidade de Yuryev-Polsky foi atribuída a um dos seus filhos Svyatoslav, que desenhou a Catedral de São Jorge. Este desenho foi o modelo para as primeiras igrejas construídas em Moscovo. Uma igreja especialmente única cheia de esculturas misteriosas com uma enorme cúpula, foi a última construção de pedra branca a ser construída antes da invasão mongol. É dos edifícios mais fascinantes da Rússia, vale mesmo a pena visitar! É também possível visitar o Mosteiro do Arcanjo Miguel, um edifício rodeado por um murado de pedra e várias torres. Em conjunto com o mosteiro, podemos encontrar cerca de três igrejas e uma catedral em estilo russo. A cidade apresenta óptimos transportes para uma fácil movimentação mas também é bastante fácil caminhar ou andar de bicicleta, pois a cidade apresenta um terreno plano.
Veliky Novgorod, Rússia
Veliky Novgorod, RussiaVeliky Novgorod: significa “Cidade Nova” mas por curiosidade é das cidades russas mais antigas. Foi construída nas margens do rio Volkhov, localizando-se a 155 km de São Petersburgo e a 552 km de Moscovo. É uma cidade sublime com um sentido turístico bastante aprazível. Normalmente quem a visita vai ao encontro de um momento calmo e agradável. Como em toda a Rússia, Novgorod não é excepção, uma autêntica cidade-museu, repleta de igrejas, de ruas fantásticas e muito cuidadas e claro, com grande destaque para o magnífico Nizhny Novgorod Kremlin. Este monumento situa-se no centro da cidade e é considerado uma das mais nobres fortalezas medievais. Dentro do Kremlin, encontramos a Catedral de St. Sofia, um dos edifícios mais antigos construídos em pedra com a famosa cúpula dourada resplandescente. Aquando da Segunda Guerra Mundial, esta cidade ficou bastante danificada, mas a maior parte dos edifícios foram mais tarde recuperados. Para além das imensas igrejas presentes em Novgorod, vale a pena conhecer o Parque do Kremlin, o Museu de História e Arte e o Museu de Folk, tal como o Centro de Música Antiga.

Mosteiro de Vyazhishchi, Rússia
Mosteiro de Vyazhishchi, RussiaMosteiro de Vyazhishchi: conhecido como o Mosteiro das Mulheres, o Mosteiro de Vyazhishchi é de uma imponência inacreditável. Outrora este mosteiro ostentava muito poder e riqueza. Nos séculos XV e XVI possuía 2.000 hectares de terra, tendo sido confiscado por Catarina “A Grande”, que deixou decair o edifício e o seu funcionamento por completo. Por volta dos anos 20, o mosteiro foi fechado devido à falta de cuidado com o mesmo e só a partir dos anos 50, foi entregue à Igreja Ortodoxa. A partir daí, o edifício sofreu obras de recuperação e com a dedicação de algumas freiras, é um mosteiro que funciona ainda hoje em dia.
Ryazantsevo, Rússia
Ryazantsevo, RussiaRyazantsevo: é uma pequena aldeia situada em Pereslavl com o rio Toshme a passar ao lado. Os primeiros registos que se conhecem deste lugar remetem a 1628 e neste mesmo ano construiu-se a Igreja de Arcanjo Miguel, em madeira. Dois séculos depois, construiu-se uma igreja de pedra. Sempre foi uma aldeia dedicada à prática religiosa pois acabou por funcionar como uma escola paroquial. A mais recente construção ligada à religião foi a Capela de São Jorge, construída em 2002.
Suzdal, Rússia
Suzdal, RussiaSuzdal: localizada a 200km de Moscovo, é uma das cidades pertencentes ao Anel de Ouro da Rússia Central, conhecida como a cidade dos monumentos brancos, uma herança dos tempos do Principado de Vladimir-Súzdal. Foi durante séculos a base do Estado Russo. Estes monumentos, construídos em pedra branca, simbolizam a implementação do Cristianismo na Rússia.
Com cerca de 1000 anos de existência e tamanha importância, foi essencial ao nível político durante muito tempo mas isso não durou para sempre. Assumiu-se como um centro religioso bastante importante e é inacreditável a quantidade de igrejas e mosteiros existentes neste lugar.
Evidencia-se, naturalmente, como uma cidade turística onde pode visitar a Igreja de madeira de S. Nicolau, construída originalmente em Glotovo em 1766 e transferida para Suzdal nos anos 60, integrada no Museu de Madeira e a Igreja Baptista de S. João de paredes brancas, suportada por traves de madeira.

Também com uma forte ligação às artes, é usual durante o Verão em Suzdal ver as ruas com imensos ilustradores e pintores de tela e cavalete inspirados pelas paisagens rurais repletas de prados e riachos.

Pereslavl-Zalesskiy, Rússia
Pereslavl-Zalesskiy, RussiaPereslavl-Zalesskiy: O Anel de Ouro da Rússia engloba um grupo de cidades da Rússia Central, as quais revelam grande importância ao nível histórico e arquitectónico – Pereslavl é uma delas.

É uma cidade bastante turística devido aos seus monumentos repletos de uma arquitectura única como Catedrais e Igrejas antigas, contando também com uma grande quantidade de Museus locais com exposições exclusivas. A viagem para esta cidade é especial.

Pereslavl está rodeado por florestas verdes e densas trazendo a este lugar uma magia singular em toda a Rússia. No Parque Nacional de Pleshcheyeyo, bastante rico em flora e fauna, poderá encontrar uma grande variedade de espécies de plantas e de animais silvestres como o veado ou esquilos e cerca de duzentas espécies de aves. Por ser uma cidade ligada ao Turismo e por ser bastante acessível de carro ou de autocarro desde a cidade de Moscovo, nota-se uma preocupação na modernização das infra-estruturas e dos edifícios. A não perder de visitar o Mosteiro de Goritsky. Foi alvo de um incêndio no Séc.XVIII e por tal foi decidido encerrar as funções como mosteiro, mas hoje em dia funciona como museu.

Kabanskoye, Rússia
Kabanskoye, RussiaKabanskoye: é uma pequena vila onde não existe a ostentação presente em muitas cidades russas, no entanto é um local bastante interessante para se visitar. Parece assim meio perdida no nada e não tem muito o hábito de receber visitantes. Mas aqui poderá ter uma verdadeira experiência de como é a vida no campo na Rússia. As casas nesta pequena localidade são todas diferentes umas das outras, os habitantes tentam ser originais e pintam cada uma delas de cores diferentes, usando também decorações e ornamentos originais.

Situada na margem do Rio Selenga, Kabanskoye é alvo de recorrentes cheias. Tem uma indústria de curtumes muito presente, empregando muitos habitantes.

Yelizarovo, Rússia
Yelizarovo, RussiaYelizarovo: as igrejas de Yelizarovo estão um pouco em mau estado e as que estão a ser restauradas, é a um ritmo lento. É um local bastante calmo com poucos habitantes mas bastante interessante para quem não quer viver um turismo de massas. O ideal para visitar pequenas vilas como Yelizarovo é ter carro próprio para poder gerir a viagem à sua maneira. Desta forma poderá parar onde e quando quiser. Nestas estradas com pouco movimento existem taxis locais e alguns autocarros que fazem a estrada de Pereslavl-Zalesskiy para Yur’yev-Pol’skiy em Vladimirskaya Oblast e para Sudzal e Vladimir.
Mosteiro de Nikitsky, Rússia
Mosteiro de Nikitsky, RússiaMosteiro de Nikitsky: um dos monumentos mais antigos da Rússia. É um local incrível que vale a pena visitar. Os tons de prata nas cúpulas, o lago e os jardins do mosteiro remetem-nos para momentos de paz. É óptimo para visitar com a família e, à noite é especialmente bonito e misterioso.
Bogolyubovo, Rússia
Bogolyubovo, RússiaBogolyubovo: é uma terra rural situada em Suzdal, a 10 Km de Vladimir. A igreja e o mosteiro pertencem à lista UNESCO de Património Mundial da Humanidade e foram mandados construir por Andrei I – o Pio de Vladimir – um príncipe que teve uma visão de Maria Mãe de Deus “Theotokos” naquele lugar. Contando com bom tempo, pode fazer uma caminhada bastante agradável até à Igreja de Intercessão da Virgem Maria, que fica localizada junto ao rio Nerl. Vale a pena visitá-la, pois é um dos edifícios religiosos russos mais importantes e que se encontra em muito bom estado de conservação. A Catedral da Natividade é um monumento imponente com uma beleza impressionante. O branco das paredes em combinação com o azul das cúpulas viradas para o céu é imperdível. Ao nível arquitectónico e decorativo é um monumento obrigatório a visitar. Os frescos do seu interior são únicos e de uma representação pictórica muito bem executada.
São Petersburgo, Rússia
Sao Petersburgo, RussiaSão Petersburgo: uma das cidades mais bonitas da Europa – foi fundada em 1703 por Pedro o Grande e foi a antiga capital da Rússia entre o Séc. XVIII e XX. Também conhecida por Piter, esta cidade atrai muitos turistas. Um verdadeiro centro cultural, está repleta de património artístico-arquitectónico para conhecer, para além de oferecer uma vasta escolha de actividades para quem gosta de sair à noite. É bom ir com tempo a Petersburgo pois há imensas coisas para conhecer. Sem dúvida que precisa de pelo menos dois ou três dias para poder visitar os monumentos e pontos de interesse mais importantes desta cidade russa.

O Palácio Hermitage – que é um dos maiores museus do mundo – conta com milhões de peças de arte em exposição, incluindo a presença de obras de Da Vinci, Michelangelo e Rembrandt. A entrada não é barata, mas se por acaso se se encontrar em Piter na primeira Quinta-Feira de cada mês, poderá entrar gratuitamente e apreciar esta maravilha de museu-palácio. Não pode sair de São Petersburgo sem visitar este museu. É como ir a Roma – Itália – e não visitar o Coliseu.

A Catedral do Sangue Derramado, construída no final do Séc. XIX é um dos monumentos mais importantes e chama-se assim por causa do sangue derramado no assassinato de Tzar Alexandre II em 1881. Este edifício é totalmente decorado com ouro e pedras preciosas e hoje em dia, sem qualquer actividade religiosa, funciona como um museu onde quem o visita pode contemplar a sua arquitectura e beleza das pinturas no interior.

Aqui vive-se um ambiente bastante europeu e São Petersburgo é até chamada de Veneza Russa. Construída nas margens do rio Neva, aproveite para conhecer as pontes que são fascinantes.

Moscovo, Rússia
Moscovo, RússiaMoscovo: uma mega-cidade com mais de 16 milhões de habitantes, é a maior cidade do continente europeu – sendo a 2ª maior Istambul (Turquia) e a 3ª maior Londres (Inglaterra). Esta cidade fundada no século XI, mistura modernidade com história e, além de inúmeros monumentos, palácios, museus e edifícios históricos com centenas de anos, Moscovo detém 8 dos 10 mais altos arranha-céus da Europa.

Dos inúmeros pontos de interesse e monumentos para visitar destacam-se a Praça Vermelha, onde se pode visitar também a Catedral de São Basílio, construída entre 1555 e 1561, o incrível Kremlin, o coração da política russa e o Mausoléu de Lenine. Outros lugares na cidade são o lindo Teatro Bolshoi, a impressionante Catedral de Cristo Salvador, a Igreja dos Doze Apóstolos e o Monumento aos Conquistadores do Espaço. Ao nível de museus, Moscovo é um dos centros de arte mais importantes do mundo. Os mais conhecidos museus de Moscovo são o Museu Estatal Pushkin de Belas Artes – o maior de Moscovo, o Museu de História de Moscovo e ainda o Museu da Segunda Guerra Mundial. O metro de Moscovo é um dos sistemas de transporte mais complexos do mundo. Com mais de 80 anos de funcionamento, conta com 195 estações e mais de 325 kms de linhas. Sem dúvida que andar de metro em Moscovo é um must, uma vez que andar de carro poderá ser uma experiência stressante.

Grózni - Chechénia, Rússia
Grózni, RussiaGrózni: é uma cidade famosa do sul da Rússia, mais propriamente na República da Chechénia (Chechênia). Infelizmente é conhecida por maus motivos devido a várias décadas de conflito armado entre separatistas extremistas muçulmanos e o exército russo. Em 2002 as Nações Unidas declararam Grozny “a cidade mais destruída à face da Terra”. Hoje em dia, felizmente, tudo mudou, e devido a políticas de inserção de comunidades na política e ao desenvolvimento da região a nível de infraestruturas e injecção de capital, fez desta região uma das mais prósperas na Rússia. Chamada de “a nova Dubai russa”, devido ao seu desenvolvimento económico, os lugares mais importantes para visitar são a Igreja do Arcanjo São Miguel, a Mesquita da Cúpula – a maior mesquita da Rússia, uma caminhada na Grozny Downtown, e ainda os vários monumentos da guerra espalhados pela cidade, destacando o monumento ao Soldado Caucasiano. Também há um memorial de guerra com tanques próximo do centro.
Locais UNESCO na Rússia
Estes são alguns dos melhores destinos para visitar na Rússia. Os locais UNESCO Património Mundial na Rússia são locais protegidos pela sua importância cultural ou natural.

Locais inscritos na Lista do Património Mundial na Rússia:

  • Centro Histórico de São Petersburgo e Conjuntos Monumentais Relacionados
  • Kizhi Pogost
  • Kremlin e Praça Vermelha, Moscovo
  • Conjunto Histórico, Cultural e Natural das Ilhas Solovetsky
  • Monumentos de Vladimir e de Suzdal
  • Monumentos Históricos de Novgorod e Arredores
  • Conjunto Arquitectónico e Monástico da Trindade-São Sérgio em Sergiev Posad
  • Igreja da Ascensão em Kolomenskoye
  • Florestas Virgens de Komi
  • Lago Baikal
  • Vulcões de Kamchatka
  • Montanhas Douradas do Altai
  • Cáucaso Ocidental
  • Conjunto do Mosteiro de Ferapontov
  • Complexo Arquitectónico e Histórico do Kremlin de Kazan
  • Istmo da Curlândia (sítio transfronteiriço com a Lituânia)
  • Sijote-Alín Central
  • Bacia do Uvs Nuur (sítio transfronteiriço com a Mongólia)
  • Cidadela, Cidade Antiga e Fortaleza de Derbent
  • Conjunto Monástico de Novodevichy
  • Sistema Natural da Reserva da Ilha de Wrangel
  • Arco Geodésico de Struve (sítio internacional em dez países)
  • Centro Histórico da Cidade de Yaroslavl
  • Planalto Putorana
  • Parque Natural dos Pilares do Lena
  • Complexo Arqueológico e Cultural de Bolgar
Siga no Twitter, Facebook, Instagram e Pinterest. Partilhe esta página e deixe o seu comentário.


Deixe o seu comentário aqui:

João Leitão - O autor do blog:

VIVA! Sou o João - blogger de viagens. Com 20 anos de experiência como viajante independente, explorei mais de 128 países em África, Antártica, Ásia, Europa, América do Norte e Central, América do Sul e Oceânia. Bem-vindos ao meu blog de viagens, onde partilho informação prática de viagem para o motivar a sair de casa! Siga nas redes sociais: Facebook, Twitter, Instagram, Pinterest e YouTube.

Kit de Viagem:

  • Onde eu reservo alojamento? Encontre os melhores hotéis e promoções através do Booking.com
  • Eu reservo sempre o meu carro online através do Rentalcars.com
  • Quer estar prevenido? Faça o seu seguro de viagem através do Worldnomads.com
  • 7 dias em Marrocos 430 euros desde Marrakech até ao Deserto do Saara através do Marrocos.com
  • Quer viajar e ter sempre Internet? Faça como eu e compre o aparelho da SkyRoam.com
* Esta página tem links de afiliados. Quando você reserva algo através deste blog, eu retenho uma pequena comissão que não altera o preço final. Obrigado!

Blog de viagens mencionado em:

Blog de viagens nos Media

« Seguir @joaoleitaoviagens no Instagram »