🐪 Venha conhecer Marrocos « Viagem de grupo 7 dias por 430 Euros » Marrakech até Deserto do Saara 🐪

Bandeiras da América do Norte – Explicação Histórica e Significado das Cores

João Leitão
Actualizado em 30 Julho, 2018
BANDEIRAS AMERICA DO NORTE

BANDEIRAS AMERICA DO NORTE

O continente norte americano tem 22 países com um total de 954 milhões de habitantes e está dividido em três sub-regiões: América do Norte, Caraíbas, e América Central. As bandeiras representam a identidade nacional de cada país. Cada cor tem um significado importante na história das nações. Se você procura o significado das bandeiras da América do Norte, então está na página certa. Nesta página e listado por ordem alfabética, tem uma explicação fácil do significado das cores das Bandeiras da América do Norte com detalhes da história, heráldica e datas de criação.

Significado das Bandeiras da América do Norte

Bandeira da Dominica

BANDEIRA DA DOMINICA

BANDEIRA DA DOMINICA

Significado da Bandeira da Dominica

» As cores da bandeira da Dominica são o verde, o amarelo, o branco, o preto e o vermelho.

A bandeira da Dominica é verde e tem sobre ela uma cruz composta por três “fios” de cor diferente: amarelo, preto e branco. Ao centro, um círculo vermelho com uma ave característica da Dominica, uma espécie de papagaio, envolvido por uma roda de dez estrelas verdes de cinco pontas.

Estas estrelas representam as dez comunas da ilha, enquanto o amarelo simboliza as suas gentes e principais produções, bananas e citrinos. O negro é uma alusão à cor de pele da maioria dos habitantes e também à actividade vulcânica da ilha enquanto o branco representa a paz e as águas limpas que envolvem a Dominica. O verde de fundo está associado à cor dominante da paisagem do país.

A bandeira foi criada em 1978 por Alwin Bully e adoptada pouco depois, quando a Dominica se tornou independente.

Bandeira da República Dominicana

BANDEIRA DA REPUBLICA DOMINICANA

BANDEIRA DA REPUBLICA DOMINICANA

Significado da Bandeira da República Dominicana

» As cores da bandeira da República Dominicana são o branco, o vermelho e o azul.

A bandeira da República Dominicana está dividida em quatro sectores, divididos por uma cruz branca. As cores desses sectores repetem-se com o azul escuro nos cantos superior esquerdo e inferior direito e o vermelho a aparecer em cima do lado direito e em baixo do lado esquerdo. Bem no centro da cruz, em pequeno, está colocado o escudo-de-armas do país, um escudo suportado por uma rama de palmeira e uma de oliveira, com o moto “Dios, Patria, Liberta”.

Quanto ao simbolismo cromático, o azul representa a liberdade, o branco a salvação e o vermelho o sangue dos heróis nacionais.
A bandeira foi adoptada a 21 de Março de 1908, desenhada por um grupo de quatro mulheres, María Trinidad Sánchez, Concepción Bona, Isabel Sosa e María de Jesús Pina.

Bandeira dos Estados Unidos

BANDEIRA DOS ESTADOS UNIDOS DA AMERICA

BANDEIRA DOS ESTADOS UNIDOS DA AMÉRICA

Significado da Bandeira dos Estados Unidos

» As cores da bandeira dos Estados Unidos são o azul, o branco e o vermelho.

A bandeira dos Estados Unidos da América será uma das mais famosas do mundo. É dominada por listas horizontais, em número de treze, que simbolizam os primeiros territórios que se sublevaram contra a Inglaterra.

No canto superior esquerdo existe um quadrado a azul onde se encontram 50 estrelas brancas de cinco pontas, cada uma representando um dos Estados que formam o país. O número de estrelas tem sido alterado para acompanhar a evolução do número de Estados, tendo a última sido incluída em 1960, quando o Hawaii se tornou oficialmente um Estado.

A primeira referência histórica à bandeira surge em 1777, sendo provável que o seu autor tenha sido o congressista Francis Hopkinson, inspirado pelo pavilhão de um grupo de activistas organizado para protestar conta as alfândegas inglesas, os Filhos da Liberdade.

Nesta altura existiam tantas estrelas como listas, treze, e encontravam-se dispostas em círculo.

Acredita-se que as cores escolhidas foram-no por questões estéticas e sem conterem um simbolismo específico.

A história dos Estados Unidos da América têm lugar na sua fundação no dia 4 de Julho de 1776. Constituída por 50 estados representado pelo Dólar, este país possui a economia mais rica do mundo. Desde a união dos primeiros estados, sempre foi intenção do governo americano expandir o seu território, chegando a abrir guerra com os povos indígenas para a conquista das suas terras.

Bandeira do Haiti

BANDEIRA DO HAITI

BANDEIRA DO HAITI

Significado da Bandeira do Haiti

» As cores da bandeira do Haiti são o azul e o vermelho.

A bandeira do Haiti é composta por dois segmentos horizontais, o de cima em azul escuro e o de baixo em vermelho.

Ao centro, dentro de um pequeno quadrado branco, o escudo-de-armas do país, no qual se destaca uma palmeira com um pequeno chapéu vermelho no topo, rodeada de bandeiras com as cores do Haiti, um par de canhões e armas menores. Por baixo pode-se ler o moto L’Union Fait La Force, ou seja, “A União Faz a Força”.

A história desta bandeira remonta a 1803, quando durante o Congresso de Archaie o líder revolucionário Jean-Jacques Dessalines pegou numa bandeira francesa e a rasgou para retirar a faixa branca, pedindo depois à sua afilhada, Catherine Flon, para cozer as duas partes sobrantes. Com o simbolismo do branco (dos brancos) removida, o azul passou a representar os habitantes negros e o vermelho os mestiços, unidos pela luta contra a presença colonial francesa.

Desde essa altura a bandeira evoluiu, conhecendo diversas formas, com o azul a ser substituído por negro várias vezes ao longo da história. Em 1849 era muito idêntica à que hoje conhecemos. Em 1859 a actual bandeira foi adoptada e apenas entre 1964 e 1986 foi usada uma em tudo igual mas com a faixa azul substituída por uma a negro.

Bandeira de Honduras

BANDEIRA DE HONDURAS

BANDEIRA DE HONDURAS

Significado da Bandeira de Honduras

» As cores da bandeira de Honduras são o azul e o branco.

As Honduras é um dos países nascidos da dissolução da República Federal da América Central e por isso as suas cores são iguais às das outras nações que outrora fizeram parte desta unidade política: o azul e o branco.

A bandeira é composta por três faixas horizontais, as de cima e de baixo a azul e a do meio a branco. NO centro encontram-se cinco estrelas de cinco pontas que representam os Estados constituintes daquela Federação.

As faixas azuis simbolizam os dois grandes oceanos que envolvem a América Central, o Pacífico e o Atlântico, e o branco representa paz e pureza.

As estrelas, dispostas numa forma de X deitado, são um elemento muito curioso, um testemunho adicional dos tempos da República Federal da América Central. Faziam parte dessa união, que durou dezassete anos, e as Honduras foi o único dos países que resultaram do seu fim a mantê-las, o que foi interpretado como um sinal, certamente já ultrapassado pelos tempos, do desejo do retorno ao modelo federativo da região.

A actual bandeira foi adoptada a 7 de Março de 1866 e apesar de ter sido alterada ligeiramente com diversas revisões ocorridas ao longo dos anos, a que hoje vemos hasteada é basicamente igual a essa primeira bandeira.

A história das Honduras inicia-se com a intelectual civilização Maia, a qual integrada na cultura meso-americana, foi uma civilização que atingiu o conhecimento máximo durante o Período Clássico, nomeadamente na arquitectura, astronomia, matemáticas e artes. As Honduras foram também ocupadas pelos indígenas Pipil Nahua, Miskito, Matagalpa, Carib e Lenca Jicaque. Aquando da chegada dos espanhóis no século XVI, travaram guerras com os povos nativos e existiu uma grande pilhagem de recursos neste território, seguindo-se também de imensas disputas entre franceses e ingleses por causa do mesmo.

Bandeira da Jamaica

BANDEIRA DA JAMAICA

BANDEIRA DA JAMAICA

Significado da Bandeira da Jamaica

» As cores da bandeira da Jamaica são o verde, o amarelo e o preto.

A bandeira da Jamaica é dominada pela presença de uma cruz de Santo André, cujas diagonais cruzam completamente a bandeira. Nas áreas superior e inferior da bandeira e da cruz encontra-se o verde e nas zonas esquerda e direita, o negro.

O simbolismo da bandeira e das cores encontra-se oficialmente definido pela Jamaica, sendo inspirada na seguinte frase: “O sol brilha, as terras são verdes e as pessoas são criativas e fortes”.

Com base nisto, o preto simboliza a força e criatividade dos jamaicanos, o amarelo as riquezas naturais do país e o brilho do sol e o verde a esperança, os recursos agrícolas e a terra de forma geral.

O uso da bandeira na Jamaica está fortemente legislado, sendo expressamente proibidas muitas das coisas que por esse mundo fora são geralmente aceites, como o uso privado ou para fins entendidos como decorativos.

A bandeira foi criada em 1962, quando a Jamaica se tornou independente do Reino Unido. Por essa altura formou-se um comité na Câmara dos Representantes, que criou várias bandeiras, tendo a actual sido a escolhida.

Uma curiosidade: a bandeira da Jamaica é a única no mundo que não tem vermelho, branco ou azul entre as suas cores.

Bandeira do México

BANDEIRA DO MEXICO

BANDEIRA DO MÉXICO

Significado da Bandeira do México

» As cores da bandeira do México são o verde, o branco e o vermelho.

A história do México tem indícios de presença humana há mais de 20.000 anos. Foi aqui que as civilizações Olmeca, Azteca, Teotihuan, Zapoteca e Maya se estabeleceram. No século XV, os espanhóis conquistaram este território, convertendo os nativos ao cristianismo, alterando alguns costumes herdados das antigas civilizações, nomeadamente o calendário e a construção de redes de canalização.

A bandeira do México baseia-se no modelo tricolor, com três faixas verticais, sendo que a do lado esquerdo é verde, a do meio é branca e a do lado direito é vermelha. Ao centro, o símbolo nacional, cujo elemento dominante é uma águia que com o seu bico e garras domina uma serpente. A ave está pousada numa linha de cactos e por debaixo da cena encontra-se uma coroa entrelaçada de louro e carvalho.

Este símbolo inspira-se numa velha lenda Azteca, que dizia que o deus Huitzilopochtli teria instruído o povo a estabelecer-se no local onde tal fosse visto. O que aconteceu próximo do lago Texcoco e inspirou a fundação de Tenochtitlan, que deu origem à Cidade do México.
Quanto às cores, o verde representa a independência, o branco a pureza e castidade, e o vermelho simboliza a união pelo sangue dos povos que habitam o México.

A actual bandeira é muito parecida com a do Primeiro Império do México, desenhada por Agustin de Iturbide, e adoptada em 1821. Desde então foram feitas alterações, mas a base do conceito tem-se mantido. A última revisão oficialmente promulgada data de 16 de Setembro de 1968.

Bandeira da Nicarágua

BANDEIRA DA NICARAGUA

BANDEIRA DA NICARÁGUA

Significado da Bandeira da Nicarágua

» As cores da bandeira da Nicarágua são o azul e o branco.

A Nicarágua é um dos países que fez parte da República Federal da América Central e isso reflecte-se na sua bandeira, cuja inspiração advém dessa extinta unidade política.

É composta por três faixas horizontais, sendo que a do meio é branca e as de cima e de baixo são azuis. As áreas azuis representam os dois oceanos que banham a América Central, o Pacífico e o Atlântico, enquanto o branco simboliza pureza.

Ao centro da bandeira, o símbolo nacional da Nicarágua surge, em forma triangular, contendo a representação de cinco vulcões, um número que poderá ser alusivo à quantidade de Estados que englobavam a República Federal da América Central. Sobre os vulcões pode-se ver um arco-íris encimado pelo chapéu vermelho que simboliza em diversas bandeiras os escravos e a sua libertação.

Apesar da evolução da bandeira da Nicarágua ao longo dos anos, as alterações têm sido de pormenor. Em 1908 já era muito idêntica à actual versão, que foi adoptada oficialmente a 27 de Agosto de 1971.

A história da Nicarágua prende-se muito com a chegada dos colonizadores espanhóis no século XVI. Quando aqui chegaram encontraram diversos grupos étnicos, sendo os Nicaraos o povo mais influente. Este povo de cultura naiqua, tinham uma hierarquia organizada, com um sentido militar estruturado, o qual dificultou a chegada dos colonizadores.

Bandeira do Salvador

BANDEIRA DO SALVADOR

BANDEIRA DO SALVADOR

Significado da Bandeira do Salvador

» As cores da bandeira do Salvador o azul e o branco.

A bandeira de El Salvador tem três faixas horizontais, sendo que a do meio é branca e as outras duas são azuis. Ao centro, o escudo-de-armas da Nação, que é composto por cinco vulcões rodeados de água, o que está em linha com nome da bandeira: Tierra de Volcanes Soberbios. Estes vulcões encontram-se no interior de um pequeno triângulo cujos vértices simbolizam as linhas mestras da Nação: o poder judicial, o poder administrativo e o poder legislativo. Existem também cinco bandeiras, que representam as antigas províncias da América Central, um chapéu vermelho que simboliza o fim da escravatura e duas ramas de louro.

O azul representa o céu e os oceanos Atlântico e Pacífico. O branco simboliza a paz e a solidariedade em todo o mundo.

As cores da bandeira de El Salvador são características das nações que outrora fizeram parte das Províncias Unidas da América Central (Nicarágua, El Salvador, Honduras, Costa Rica e Honduras).
A bandeira foi adoptada a 27 de Maio de 1912.

A história de El Salvador conta com a sua descoberta por Andrés Niño, em 1522, aquando da chegada dos espanhóis que iam numa expedição em direcção à Nicarágua. Mas antes existiam diversos grupos indígenas que habitavam este território, sendo os Pipiles, descendentes dos Astecas, o povo mais importante, onde também, na parte Ocidental, vivia a civilização Maia.

Bandeira de Santa Lúcia

BANDEIRA DE SANTA LUCIA

BANDEIRA DE SANTA LUCIA

Significado da Bandeira de Santa Lúcia

» As cores da bandeira de Santa Lúcia são azul, o amarelo, o branco e o preto.

O fundo da bandeira de Santa Lúcia é azul claro. Ao centro, quase de alto abaixo, existe um conjunto de três triângulos que se sucedem, as suas bases próximas da base da própria bandeira. O primeiro é amarelo. O segundo, negro. O terceiro, que surge quase como uma margem do segundo, é branco.

O azul da bandeira representa o oceano que abraça o país. O preto e o branco são um símbolo da harmonia da etnias que habitam a ilha. O amarelo representa o sol e a prosperidade.

As figuras geométricas, os triângulos, são uma alusão aos pitons, formações rochosas de origem vulcânica que são o símbolo nacional. O Gros Piton e o Petit Piton podem ser encontrados no sector sudoeste da ilha.

A bandeira foi desenhada por Dunstan St Omer e adoptada em 1 de Março de 1967 e quando Santa Lúcia se tornou independente, em 1979, manteve-se, apesar de ligeiras alterações.

Bandeira de São Cristóvão e Neves

BANDEIRA DE SAO CRISTOVAO E NEVES

BANDEIRA DE SAO CRISTOVAO E NEVES

Significado da Bandeira de São Cristóvão e Neves

» As cores da bandeira de São Cristóvão e Neves são o verde, o preto, o vermelho, o branco e o amarelo.

Pode parecer um nome estranho para um país que na realidade se chama Saint Kitts and Nevis. Trata-se da nação mais pequena das Américas.
A sua bandeira é feita de diagonais, separada em dois sectores por uma larga faixa preta que a atravessa do cano superior direito para o canto inferior esquerdo, com duas linhas que marcam o seu limite, a amarelo. Ao centro desta faixa existem duas estrelas brancas de cinco pontas.

A parte superior da bandeira, com mais peso do lado esquerdo, é verde, e a zona oposta, em baixo e do lado direito, é vermelha.

O verde é um símbolo da fertilidade das terras e da cor dominante na paisagem do pequeno país enquanto o vermelho representa o sangue derramado por aqueles que lutaram em prol da liberdade e contra o colonialismo. As linhas em amarelo são uma alusão ao sol, que abunda ali ao longo de todo o ano, e o preto é uma referência à origem africana da maioria da população. As duas estrelas representam as duas ilhas do arquipélago mas também a esperança e a liberdade.

Todo este simbolismo foi definido e explicado pelo autor da bandeira, Edrice Lewis, o jovem estudante que a criou para o concurso nacional, ao qual concorreram 258 propostas.

Foi hasteada pela primeira vez a 19 de Setembro de 1983, o dia em que o país se tornou independente.

Bandeira da Costa Rica

BANDEIRA DA COSTA RICA

BANDEIRA DA COSTA RICA

Significado da Bandeira da Costa Rica

» As cores da bandeira da Costa Rica são o azul, o branco e o vermelho.

A bandeira da Costa Rica é constituída por sucessivas faixas horizontais, com uma vermelha ao centro, mais larga. A partir de um centro imaginário estas faixas formam um espelho, ou seja, a metade inferior é inversamente igual à metade superior. Assim, a de cima é azul escura, depois vêm uma branca, a faixa central, mais larga, outra branca e a última, de baixo, a azul.

Existe uma versão, mais elaborada e menos usada, que inclui o escudo-de-armas nacional, colocado sobre a faixa vermelha, do lado esquerdo. Neste estão representados três dos vulcões do país, enquadrados pelas águas do Oceano Pacífico e do Oceano Atlântico, onde se podem ver pequenos barcos à vela. Há também um sol, representado por uma estrela de sete pontas – uma para cada província da Costa Rica – que se ergue sobre os vulcões.

A actual bandeira inspira-se numa outra, criada em 1848, e foi desenhada por Pacífica Fernandez e adoptada em 1906, com ligeiras alterações em 1964 e 1968.

A história da Costa Rica remonta à presença do Homem neste território. Nessa altura a Costa Rica funcionava como um elo de ligação entre as culturas da América do Norte e do Sul. Os primeiros habitantes eram povos nómadas caçadores e colectores, que mais tarde, com o desenvolvimento da agricultura, sedentarizaram-se neste lugar, começando-se a formar aldeias com várias comunidades.

Bandeira do Canadá

BANDEIRA DO CANADA

BANDEIRA DO CANADÁ

Significado da Bandeira do Canadá

» As cores da bandeira do Canadá são o vermelho e o branco.

A bandeira do Canadá é composta de três faixas, a do meio a branco e as laterais a vermelho. Sobre a do meio vê-se a folha de plátano, a árvore nacional do Canadá.

Trata-se de uma bandeira relativamente recente. O processo iniciou-se em 1964, quando o primeiro-ministro Lester B. Pearson decidiu que estaria na altura de resolver o problema da inexistência de uma bandeira nacional (até então era usada a bandeira do Reino Unido) e criou um comité para o efeito. No debate que se seguiu foram apreciadas tr~es propostas e a escolha recaiu sobre a actual bandeira, criada em 1965 pelo Dr. George Stanley que, inspirado no pavilhão do Royal Military College of Canada, procurou incorporar num conceito simples toda a complexidade do país.

A folha simboliza os nativos do Canadá, que durante séculos tiveram uma forte relação com o ácer, uma árvore da família dos plátano, e com o xarope que dele extraíam e que ainda hoje é um produto característico do país.

A folha de plátano tinha já sido usada como símbolo nacional pelos atletas olímpicos e pelos militares canadianos que lutaram em ambas as Grandes Guerras Mundiais.

As cores usadas, o vermelho e o branco, simbolizam as relações históricas com o Reino Unido, não se devendo esquecer que estas são as cores da Inglaterra.

A bandeira surgiu pela primeira vez, de forma oficial, a 15 de Fevereiro de 1965, uma data que ainda hoje é Flag’s Day no Canadá.

A história do Canadá é marcada por ter começado a ser habitado por aborígenes originários da Ásia, que há 30.000 anos atravessaram os continentes através da Sibéria e do Alaska. Os Vikings foram os primeiros colonizadores deste território, mas foi John Cabot, ao serviço da Coroa Britânica que reclamou esta terra.

Bandeira de São Vicente e Granadinas

BANDEIRA DE SAO VICENTE E GRANADINES

BANDEIRA DE SAO VICENTE E GRANADINES

Significado da Bandeira de São Vicente e Granadinas

» As cores da bandeira de São Vicente e Granadinas são o azul, o amarelo e o verde.

Esta é uma bandeira tricolor, com faixas verticais, sendo que a primeira é azul, a do meio é amarela e a da direita é verde. As faixas não têm as mesmas proporções, sendo que a do meio é bem mis larga e tem no seu centro três losangos verdes cujo conjunto forma um V.

O azul da bandeira representa o mar e a terra. O amarelo é uma referência ao sol, e o verde simboliza a paisagem das ilhas, dominada por esta cor.

Os losangos simbolizam a pluralidade das ilhas.

A bandeira de São Vicente e Granadinas foi adoptada em 21 de Outubro de 1985, cerca de seis anos após a independência do Reino Unido.

Bandeira do Panamá

BANDEIRA DO PANAMA

BANDEIRA DO PANAMÁ

Significado da Bandeira do Panamá

» As cores da bandeira do Panamá são o azul, o branco e o vermelho.

A bandeira do Panamá é muito característica, com quatro zonas, uma solução visual pouco vista em bandeiras nacionais. Do lado esquerdo em cima temos o branco, assim como do lado direito em baixo. Depois, do lado direito em cima é vermelho e do lado esquerdo em baixo há o azul. Em cada uma das zonas a branco existe uma estrela de cinco pontas, sendo que a de cima do lado esquerdo é azul e a de baixo do lado direito é vermelha.

Temos assim uma bandeira visualmente agradável, com grande simetria, criada em 1903 por María de la Ossa de Amador, esposa do presidente Manuel Amador Guerrero, com a inspiração num desenho do filho do casal, Manuel Encarnación Amador.

As cores desta bandeira tem um significado bastante prático: o azul representa o Partido Conservador e o vermelho o Partido Liberal. O branco simboliza pureza e paz, a estrela vermelha a autoridade e a lei no país e a estrela azul a honestidade.

A bandeira foi oficialmente adoptada a 25 de Março de 1925.

A história do Panamá reflecte a sua posição geográfica como o país mais meridional da América Central, território que liga a América do Norte com a América do Sul. Aqui viviam índios Chibchas, Caribes, Cholos e Chocóes, povos nativos aqui presentes quando foi descoberta pelo Cristóvão Colombo, colonizados de seguida pelos espanhóis no século XVI. Esta ligação foi quebrada após três séculos, aquando da união com a Venezuela, Equador e Nova Granada, constituindo a República da Grã-Colômbia.

Bandeira de Granada

BANDEIRA DE GRANADA

BANDEIRA DE GRANADA

Significado da Bandeira de Granada

» As cores da bandeira de Granada são o vermelho, o amarelo e o verde.

Esta é uma das bandeiras mais coloridas e fantasiosas das nações do mundo e de difícil descrição. tem uma moldura a vermelho e nela, em cima e em baixo, a meio, existem séries de três estrelas de cinco pontas a amarelo. No interior, quatro áreas triangulares convergentes para o centro, as que se encontram no plano horizontal a verde, e as que estão no plano vertical, a vermelho. Ao meio da bandeira, um círculo vermelho com uma estrela amarela, maior que as outras. Para terminar, do lado esquerdo, na zona triangular verde, um símbolo de uma noz-moscada, uma das principais produções de Granada. De tal forma que o seu anterior nome era Ilha das Especiarias.

O vermelho é uma alusão à coragem e vitalidade, o amarelo à sabedoria e carácter caloroso dos seus habitantes e o verde representa a vegetação da ilha e a agricultura.

As seis estrelas na margem da bandeira representam as seis paróquias da ilha e a maior, ao meio, simbolizando Carriacou e Petite Martinique.

Esta folclórica bandeira foi criada por Anthony C. George e adoptada oficialmente a 7 de Fevereiro de 1974, quando o país se tornou independente.

Bandeira de Cuba

BANDEIRA DE CUBA

BANDEIRA DE CUBA

Significado da Bandeira de Cuba

» As cores da bandeira de Cuba são o azul, o vermelho e o branco.

A bandeira de Cuba é formada por cinco listas horizontais, três azuis escuras e duas brancas, existindo no seu lado esquerdo um triângulo em plano horizontal, como uma cunha, de cor vermelha e com uma estrela branca de cinco pontas ao centro.

A bandeira foi desenhada em 1849 por Narciso Lopez, um venezuelano que foi herói da luta contra a ligação a Espanha, que idealizava uma união de Cuba aos Estados Unidos da América, e esse é precisamente o significado da estrela que se pode ver na bandeira: essa estrela deveria um dia unir-se às que representam os Estados na bandeira dos EUA. Também envolvidos na criação da bandeira estiveram o poeta Miguel Teurbe Tolón e José Aniceto Iznaga Borrell, José María Sánchez Iznaga, Cirilo Villaverde e Juan Manuel Macias. Segundo consta, foi a esposa do poeta, Emilia Teurbe Tolón, que produziu a primeira bandeira.

As listas azuis representam os três departamentos que formam Cuba e as brancas simbolizam a pureza dos ideais dos independentistas. O vermelho significa todo o sangue derramado por esses patriotas. Os vértices do triângulo são considerados setas que apontam para os três ideais dessa luta: liberdade, igualdade e fraternidade, claramente inspirados nos princípios da Revolução Francesa.

A história de Cuba é marcada principalmente quando Cristóvão Colombo avistou a Ilha de Cuba em 1492, tendo escrito em relatos de viagem que nunca tinha visto um lugar tão bonito. Cuba é uma terra marcada por guerras; a Guerra dos Dez Anos ao comando de Céspedes permitiu que Cuba se tornasse independente. Sempre foi um país que esteve na mira das grandes potências, como Espanha, Inglaterra e EUA.

Bandeira da Guatemala

BANDEIRA DA GUATEMALA

BANDEIRA DA GUATEMALA

Significado da Bandeira da Guatemala

» As cores da bandeira da Guatemala são o azul e o branco.

A bandeira da Guatemala tem três faixas verticais, a do meio a branco e as laterais a azul bem claro. Ao centro, o símbolo da nação: duas espingardas cruzadas e duas espadas cruzadas, sobre as quais um pergaminho contém o moto “Liberdad de 15 de Septiembre 1821”, com uma avez, um quetzal, pousado na ponta superior direita desse pergaminho. O conjunto é envolvido em duas ramas de louro, um símbolo de vitória. Neste escudo-de-armas as espadas representam honra e as espingardas a vontade de defender a Pátria pela força se tal for necessário.

Uma curiosidade: existem apenas três bandeiras em todo o mundo que têm uma arma na sua bandeira, sendo as outras o Haiti e Moçambique.

O branco da bandeira simboliza paz e pureza, o azul, representa os dois oceanos que lhe estão próximos, o Atlântico e o Pacífico, assim como o céu. Estas são cores que dominam as bandeiras dos países que no passado constituíram a República Federal da América Central, a própria Guatemala, as Honduras, o El Salvador e a Costa Rica.

A bandeira foi adoptada por altura da independência, em 1871, mas o pavilhão tal como hoje o podemos ver ganhou a sua forma definitiva em 1968.

A história da Guatemala começa no seu nome, com o significado “montanha que verte água”, relacionando-se directamente com o vulcão Agua, o qual destruiu a Cidade Velha. Este lugar foi testemunha da ascensão das civilizações Pré-Maia e Maia, sendo considerado o seu berço, mais propriamente na região de Petén. Guatemala é descoberta em 1523 pelos espanhóis, aquando da sua chegada foram confrontados pelos povos nativos Maias-Quichés, Cachiqueles e Tzutoiles, acabando os Maias e os restantes povos a subjugarem-se ao poder espanhol (sob os comandos de Pedro Alvarado).

Bandeira de Antígua e Barbuda

BANDEIRA DE ANTIGUA E BARBUDA

BANDEIRA DE ANTIGUA E BARBUDA

Significado da Bandeira de Antígua e Barbuda

» As cores da bandeira de Antígua e Barbuda são o vermelho, o preto, o azul, o branco e o amarelo.

A bandeira de Antígua e Barbuda tem um fundo vermelho, do qual se levanta, desde a base, um “V” com diversos elementos no seu interior: uma primeira secção a branco, seguida por uma outra a azul, do tipo da qual surge uma representação do nascer do sol e uma secção final, a preto.

O vermelho desta bandeira representa a energia e a população indígena enquanto o preto simboliza a população de origem africana e, considerando o grafismo, terá que ser considerado também o céu que se encontra sobre o sol.

O nascer do astro-rei transmite a ideia do aparecimento da nação. O azul representa esperança e o conjunto sequencial de cores é uma associação aos elementos dominantes na Antígua e Barbuda: sol, mar e areia.

A bandeira foi desenhada por um professor local, Reginald Samuels, e adoptada em 1967, quando o país se tornou independente do Reino Unido.

Bandeira das Baamas

BANDEIRA DAS BAAMAS

BANDEIRA DAS BAAMAS

Significado da Bandeira das Baamas

» As cores da bandeira das Baamas são o azul, o amarelo e o preto.

A bandeira das Bahamas tem um fundo azul claro com um toque esverdeado. Ao meio, uma faixa amarela, e do lado esquerdo, um triângulo sobre o plano horizontal, que se observa como uma cunha.

Este último elemento, de cor negra, representa dos habitantes de origem africana, mas também o vigor, força e poder da população enquanto o azul de fundo simboliza o oceano Atlântico que envolve o arquipélago. Quanto à faixa amarela, é uma alusão ao sol, à areia e às praias paradisíacas que existem nas Bahamas.

A bandeira foi desenhada pelo Dr. Hervis Bain e adoptada a 10 de Julho de 1973, no ano em que as Bahamas se tornaram independentes do Reino Unido.

Bandeira dos Barbados

BANDEIRA DOS BARBADOS

BANDEIRA DOS BARBADOS

Significado da Bandeira dos Barbados

» As cores da bandeira dos Barbados são o azul, o amarelo e o preto.

A bandeira dos Barbados é composta por três faixas verticais, as duas laterais em azul muito escuro e a do meio em amarelo. Ao centro pode-se ver o símbolo de um tridente, a preto.

As faixas em azul simbolizam o céu e o mar que envolvem os Barbados. A amarelo, a representação da areia das suas praias. O tridente é uma herança da era britânica, já que fazia parte do pavilhão onde aparecia nas mãos de Brittania, uma figura mítica romana que já na Antiguidade aparecia com um tridente.

A moderna bandeira dos Barbados foi seleccionada na sequência de um concurso público para o qual concorreram mais de mil propostas, tendo sido desenhada por Grantley W. Prescod.

Foi hasteada pela primeira vez a 30 de Novembro de 1966.

Bandeira do Belize

BANDEIRA DO BELIZE

BANDEIRA DO BELIZE

Significado da Bandeira do Belize

» As cores da bandeira do Belize são o vermelho, o azul e o branco.

A bandeira do Belize é predominantemente azul escura, com o escudo-de-armas nacional, em consideráveis proporções, ao centro. Nas extremidades superior e inferior duas finas faixas vermelhas acompanham o limite da bandeira.

Não se conhece uma interpretação para as cores presentes na bandeira, mas poderá não ser coincidência o facto de serem também as cores dos dois principais partidos políticos do país, People’s United Party (PUP) e o United Democratic Party (Belize) (UDP).

A bandeira foi criada por volta de 1950, quando se iniciou a luta pela independência do Belize, com um conceito ironicamente baseado no pavilhão colonial da altura. Essa bandeira original era quase igual à actual, com a diferença das duas faixas vermelhas, que foram adicionadas com a independência.

O escudo-de-armas mostra dois homens, um mestiço e um negro, à sombra de uma árvore magónia, um deles empunhando um remo e o outro um machado. Sob os homens, o moto “Sub umbra floreo”, ou seja, “à sombra, floriu”, que pode estar relacionado com o desenvolvimento do sentimento nacional durante a era colonial.

A forma final da bandeira, tal como usada desde a independência do país, em 1981, foi definida através de um concurso público. A proposta vencedora apresentava uma moldura completa a vermelho, que foi depois alterada para as duas faixas que se vêem na actual bandeira do Belize.

A história do Belize começa na civilização Maia, que aqui viveu e prosperou por muito tempo. Deixaram um legado cultural e arquitectónico sem igual em lugares como Caracol (a mais importante cidade, arqueologicamente falando), Lamanai, Nim Li Punit, entre outros. Nas escavações Altum Ha, encontram-se os vestígios daquilo que foram outrora os tesouros da época Maia, tal como podemos encontrar nesta zona, praças, templos e pirâmides que representam a possibilidade de ter sido um importante centro Maia.

Bandeira de Trindade e Tobago

BANDEIRA DE TRINDADE E TOBAGO

BANDEIRA DE TRINDADE E TOBAGO

Significado da Bandeira de Trindade e Tobago

» As cores da bandeira de Trindade e Tobago são o vermelho, o preto e o branco.

A bandeira de Trinidad e Tobago é vermelha, com uma faixa a negro que a atravessa na diagonal. Esta faixa tem margens brancas, que criam um contraste com o vermelho de fundo.

O vermelho significa vitalidade e força, o negro a união da população nacional e o branco a pureza dos pensamentos dos cidadãos e as cristas das ondas no mar que envolve o país. Outra interpretação das cores constituintes da bandeira dirá que o vernelho, preto e branco simbolizam respectivamente o fogo, a terra e a água.

A bandeira foi desenhada por Carlisle Chang e selecionada pelo Comité da Independência em 1962, sendo adoptada imediatamente como bandeira do novo país que nesse ano se tornou independente do Reino Unido.

A história de Trinidad e Tobago data desde a sua descoberta no final do século XV por Cristóvão Colombo, tendo sido os espanhóis os primeiros colonizadores. Os colonos dizimaram os povos nativos aqui presentes – Aruaques e Kaquacarraies, que muito contribuem para as tradições presentes ainda hoje. Estas ilhas, pertencentes à Rota da Cana de Açúcar, foram bastante disputadas devido ao interesse da França, Alemanha e Inglaterra em explorar este território.

Kit de Viagem

« Onde reservo alojamento? Encontre os melhores hotéis e promoções através do Booking.com »
« Rent-a-car? Eu reservo sempre o meu carro online através do Rentalcars.com »
« Quer estar prevenido? Faça o seu seguro de viagem através do Worldnomads.com »
« Junte-se a um grupo! 7 dias em Marrocos 430 euros desde Marraquexe até ao Deserto do Saara através do Marrocos.com »
« Comprar bilhetes de monumentos e saltar as filas? Organize a sua viagem com antecedência através do Ticketbar.eu »
« Quer viajar e ter sempre Internet? Faça como eu e compre o aparelho da SkyRoam.com »

O autor do blog

VIVA! Sou o João Leitão. Viajante independente desde 1999, explorei mais de 130 países em África, Antártica, Ásia, Europa, América do Norte e Central, América do Sul e Oceânia. Bem-vindo ao meu blog de viagens, onde partilho dicas práticas de viagem para o motivar a sair de casa! Siga nas redes sociais: Facebook, Twitter, Instagram, Pinterest e YouTube.

« Seguir no Instagram »