🐪 » Viagem de grupo 7 dias em Marrocos por 430 Euros » Marrakech até Deserto do Saara » Mais info em MARROCOS.COM « 🐪

🌍 Visitar Tailândia – Roteiros e Dicas de Viagem

Actualizado em 28 Julho, 2017
Visitar Tailândia – Roteiros e Dicas de Viagem

Visitar Tailândia – Roteiros e Dicas de Viagem

Guia de Viagem da Tailândia

Viajar na Tailândia – informação de viagem.

Tudo sobre visitar os melhores locais e destinos da Tailândia. Ideias de roteiros e itinerários com informação de alojamento, transporte, muitas galerias de fotografias, restaurantes, vídeos e mapas.

Organize as suas férias na Tailândia. Alguma pergunta ou opinião deixe um comentário no fim da página.

Nesta página você encontra:

  1. Reino da Tailândia – Informação prática
  2. Turismo na Tailândia – Apresentação
  3. Vídeo da Tailândia
  4. Resumo de viagem à Tailândia
  5. Guia de Viagem: artigos para consultar
  6. Roteiros na Tailândia
  7. Locais UNESCO na Tailândia
  8. Kit de Viagem

Obrigado.

Reino da Tailândia

Bandeira Tailandia

Bandeira da Tailândia

  • Capital: Bangkok
  • Língua oficial: Tailandês
  • Rei: Bhumibol Adulyadej
  • População 2015: 67.959.000 habitantes
  • Moeda: Baht tailandês
  • Área Total: 513.120 km²
  • Fuso horário: UTC +7
  • Código telefónico internacional: +66
  • Clima: Tropical, tropical húmido e subtropical húmido
  • Visto: Pode-se fazer o visto para a Tailândia à chegada no aeroporto.
  • Fronteiras: Myanmar, Laos, Cambodja, Malásia.
  • Locais a não perder: Bangkok, Pattaya, Ko Samui, Chiang Mai, Hua Hin, Krabi, Ko Lanta, Chiang Rai, Ko Pha Ngan, PArque Nacional de Erawan, Rayon, Parque Nacional Doi Ithanon, Ilha Ko Yao Yai, Ayutthaya, Ko Chang, Baía Phang Nga, Ao Nang, Phuket, Cha-Am, Udon Thani.
  • Quando visitei a Tailândia: Abril 2016
Mapa Hungria

Mapa da localização geográfica da Tailândia no Mundo

Turismo na Tailândia, Roteiros de Viagem

Templo budista Wat Chedi Luang em Chiang Mai, Visitar Tailândia

Templo budista Wat Chedi Luang em Chiang Mai, Visitar Tailândia

A Tailândia é um país fascinante para passar férias.

Parece que este destino sempre esteve na minha lista mas demorou até finalmente lá chegar. A Tailândia é um país fascinante com imensa cultura e arquitectura fantástica.

Viajei durante 2 semanas pela Tailândia e consegui assim visitar alguns dos seus lugares mais famosos. Espero numa outra altura poder visitar a Tailândia uma vez mais para conseguir ir a locais onde não fui nesta primeira viagem.

Coisas que gostei na Tailândia:

  1. A comida tailandesa é muito saborosa
  2. Os vários monumentos no centro da cidade de Chiang Mai
  3. Excursão de barco pelo Rio Mekong na zona do Triângulo Dourado
  4. Visitar as aldeias das tribos Lahu, Akha e Lisu
  5. Os vários templos budistas da capital Bangkok
  6. A simpatia dos tailandeses
  7. Assistir a um combate de Muay Thai
  8. Ir ao Mercado Maeklong onde passa o comboio (trem) no meio de tudo
  9. Visitar os mercados flutuantes de Damnoen Saduak e Taling Chan
  10. A vista panorâmica de Bangkok do topo do Templo Wat Saket

Apresentação da História, Geografia e Cultura:

Meninas com roupa tradicional em Chian Mai

Meninas com roupa tradicional em Chian Mai

A história da Tailândia conta que este país foi obrigado a ceder à colonização por parte do Japão, aquando da Segunda Grande Guerra, o qual tentou colocar o povo colonizado contra os EUA, mas sem sucesso. Como os EUA não aceitaram a Tailândia como inimiga, juntaram-se na guerra contra o Vietname, recebendo imensas compensações e aumentando a sua economia através da guerra. Com bastante influência política Ocidental, o regime político da Tailândia é uma monarquia constitucional, cujo monarca é escolhido por sucessão, sendo que o primeiro-ministro é definido a partir da reunião dos membros da Casa dos Representantes. É um país que viveu imensos conflitos internos, nomeadamente golpes de Estado, que apesar de ter uma política aparentemente estável, de vez em quando existiram rupturas, provocando revolta na população. Apesar do manifesto proveniente da União Europeia que achou o exército tailandês anti-democrático, a situação continuou, e o povo continuou a lutar contra um governo corrupto e desconectado dos conflitos sociais.

A geografia da Tailândia conta com a área territorial de 514 000 Km2, sendo que este país se encontra localizado no Sudeste Asiático, o qual abrange a zona central da Península da Indochina e uma parte do istmo da Península de Malaca. A Tailândia faz fronteira com o Myanmar a Oeste e a Noroeste, com o Laos a Norte e a Nordeste, com o Cambodja a Sudeste e com a Malásia a Sul. Este território é banhado a Oeste pelo Mar de Andaman, no Oceano Índico, tal como é banhado pelo Golfo da Tailândia a Leste, pertencente à China Meridional, no Oceano Pacífico. O cenário paisagístico aqui presente é composto principalmente por uma zona bastante montanhosa a Norte, onde se localizam os vales de Ping, Wang e Yom e o Rio Nan, cobertos de floresta do tipo tropical. O ponto mais alto da Tailândia situa-se a Noroeste e é ilustrado pelo Monte Inthanon, com 2 585 metros de altitude. Na zona central encontramos uma planície gerada pelo Rio Chao Phraya.

Boxe Tailandês em Bangkok

Boxe Tailandês em Bangkok

A cultura da Tailândia é bastante influenciada pelas crenças religiosas, que se fundem com os conhecimentos e raízes indígenas, tal como existe uma imensa mistura de grupos étnicos provenientes da Europa e EUA, tal como da Índia, China e Cambodja. Foi durante o Período Sukhotai que os tailandeses estiveram numa postura de receptividade cultural, momento em que receberam muitos elementos culturais das comunidades emigrantes. As religiões aqui presentes estão assentes principalmente no Animismo, no Hinduísmo e no Budismo. A língua oficial é o tailandês, cujo idioma é membro do grupo linguístico Tai da Língua Kradai e a qual é “comunicável” com o povo vizinho – Laos. A comida tailandesa é um dos pontos fortes na visita do país, pois aqui poderá degustar no mesmo prato sabores doces, picantes, ácidos e salgados, com a ajuda de ervas, especiarias e frutas. Uma das regras fundamentais é nunca apontar o dedo a uma pessoa, ou tocar na cabeça de alguém, uma vez que é considerado rude e pouco bem vindo.

Clima e Quando ir:

Para saber quando ir à Tailândia você precisa de se informar um pouco melhor acerca das suas estações e clima. A melhor altura para visitar a Tailândia é entre os meses de Novembro e Fevereiro, pois durante este momento as temperaturas encontram-se mais frescas.

O clima da Tailândia é tropical, quente e húmido, tal como é dominado pelas monções. Este país é caracterizado por duas estações, uma vez que tem um Verão chuvoso entre Maio e Outubro e um Inverno seco entre Novembro e Abril. Os meses mais quentes do ano são os meses entre Março e Maio. A zona Norte e Nordeste do país é, por norma, mais fresca que no resto do país.

Vídeo do Turismo da Tailândia:

O que visitei / Resumo de viagem à Tailândia

Por ordem de visita.

Bangkok, Tailândia
BangkokBangkok: é a capital e a maior cidade, tal como a mais populosa da Tailândia. Em Tailandês, Bangkok é conhecida como Krung Thep Maha Nakhon e encontra-se localizada ao longo do Rio Phraya, no centro do país. Começou a modernizar-se no século XIX, uma vez que recebia imensa pressão proveniente dos países do Ocidente e, ao tentar acompanhá-los, evoluiu imenso ao nível de estruturas económicas. Foi no século XX que aboliu a monarquia absoluta, sofrendo muitos conflitos nos anos seguintes. Entre as décadas dos anos 60 e os 80, o país e esta cidade evoluíram exponencialmente, impactando a sociedade tailandesa a todos os níveis, nomeadamente ao nível político, económico, educativo, entre outros. Milhares de empresas escolheram Bangkok para se instalarem, tornando esta cidade num centro internacional em todas as áreas profissionais, mas mais propriamente ao nível artístico, cultural e da moda. As suas ruas são frenéticas, cheias de gente por todo o lado, muita gente mesmo! Tanto é uma cidade moderna e bastante urbana, como é tradicional e espiritual. Hoje, bastante turística e de clima tropical, é o lugar ideal para umas férias excitantes, onde poderá desfrutar de belas praias, acompanhadas de templos e Budas magníficos, com uma vida nocturna incrível, temperado com uma das melhores gastronomias do mundo.
Mercado de Taling Chan, Tailândia
Taling ChanTaling Chan: é um mercado que já atrai imensos turistas, o qual apresenta-se muito bonito, mas já é bastante caro a fim de aproveitar o Turismo que aqui já se encontra. No entanto, é bastante interessante visitá-lo a fim de conhecer mais de perto a cultura dos tailandeses e o seu quotidiano. O mercado flutuante, ou seja, onde existe a venda de produtos como noutro mercado qualquer, mas neste caso em barcos sobre um canal do rio, encontra-se inundado de sabores e cheiros provenientes de todo o lado, onde poderá comprar produtos (legumes, fruta, peixe, carne) e poderá, também, comer e beber produtos confeccionados na hora, dentro do barco.
Mercado Maeklong, Tailândia
Mercado MaeklongMaeklong: é mais um mercado na Tailândia, o qual atrai imensos turistas, curiosos por conhecer os tailandeses e a sua cultura mais de perto. É aqui que se encontram os produtos mais típicos da zona, vendidos de forma tradicional, a qual já vem dos seus antepassados. Este mercado é curioso pelas suas características, o qual é realizado sobre a linha do comboio, na Província de Samut Songkram (a meia hora de carro de Bangkok). Para nós é algo completamente estapafúrdio, onde os turistas vão lá ver para crer, mas para estes vendedores, nota-se que já é algo completamente natural; quando o comboio passa (sete vezes ao dia), os produtos são retirados para trás, voltando a por tudo novamente como estava. Aqui encontra produtos como peixe, frutos do mar, fruta, legumes, e comida e bebida já confeccionada.
Mercado de Damnoen Saduak, Tailândia
Damnoen SaduakDamnoen Saduak: é um mercado fluvial, onde para além de poder fazer as suas compras, poderá divertir-se imenso neste lugar. Primeiro de tudo, conhecerá de perto a cultura tailandesa, os seus costumes e a forma como comem, como vivem, etc. No entanto, este tipo de mercado é neste momento visto como uma atracção turística, a qual poderá provocar alterações na vida do dia-a-dia dos seus habitantes. Este mercado localiza-se na região de Damnoen Saduak, a qual fica a cerca de 1h30 de carro de Bangkok. Já existe há cerca de uma centena de anos e por tal, é o mais conhecido de todo o país, atraindo imensos visitantes curiosos. Há a possibilidade de alugar um barco ou contratar um guia particular, o qual conduzirá o seu barco, tal como irá levá-lo a outros locais importantes na cidade, para além do mercado. Os produtos são vendidos em barcos, onde poderá comprar vegetais, fruta, peixe e tudo o mais, mas há que ter cuidado com os produtos extremamente baratos, pois podem provocar alguma intoxicação.

Chiang Mai, Tailândia
Chiang MaiChiang Mai: é considerada a cidade de maior importância no Norte da Tailândia, tal como usufrui da qualidade de cidade-capital da Província de Chiang Mai. Foi a antiga capital do Império de Lanna, que se transformou no Reino de Chiang Mai desde o século XVIII ao século XX. Tem como significado em Português, “nova cidade”, uma vez que se tornou a nova capital do Império de Lanna depois de Chiang Rai. Fica localizada nas montanhas mais altas do país, assim como está eregido perto do Rio Ping (afluente do Rio Chao Phraya). É uma cidade bastante bem preparada para receber o Turismo da melhor maneira, para além de ter um povo bastante simpático e anfitrião. Chiang Mai tem uma enorme quantidade de templos budistas, para mais de 300, os quais, se tiver tempo, deveria conhecer. Os mais imponentes e importantes templos são o Wat Phrathat Doi Suthep, o Wat Chiang Man, o Wat Phra Singh, o Wat Chedi Luang e o Wat Ku Tao.
Chiang Dao, Tailândia
Chiang DaoChiang Dao: ou em Português, “cidade das estrelas”, localiza-se nas encostas de vegetação verde e densa da Montanha Doi Chiang, acima dos dois mil metros de altitude. Esta vila é bastante pitoresca e muito procurada pelos visitantes com interesses em actividades ligadas à natureza, nomeadamente a observação de aves, flores e borboletas, tal como visitar as cavernas com cerca de 12 quilómetros cobertas de estalactites, ou simplesmente ficar deslumbrado com um céu imensamente estrelado na lua nova. Para os amantes de trekking, este lugar é espectacular para desfrutar da actividade. Aqui também existem fontes termais, ideais para relaxar ou curar algumas doenças relacionadas com os ossos ou pele. Para além disso, poderá acampar em San Phakia, com uma vista incrível ou então alojar-se em bungalows, um pouco mais caros que dormir numa tenda, mas com muito mais conforto.
Pang Daeng Nog, Tailândia
Pang Daeng NogPang Daeng Nog: Decidi ir a aldeias fora da rota turística e ver onde pessoas de várias tribos vivem, na sua comunidade e longe de visitantes. A aldeia de Pang Daeng Nog fica no interior do norte da Tailândia e é aqui onde vivem muitas famílias da tribo Lahu. Fui muito bem recebido mesmo durante a preparação das festividades anuais da aldeia. Andei a explorar livremente a aldeia e a falar e interagir com alguns membros da população. A aldeia é de construção rasteira com casas em madeira. A paisagem circundante é muito bonita.
Phalai, Tailândia
PhalaiPhalai: Decidi ir a aldeias fora da rota turística e ver onde pessoas de várias tribos vivem, na sua comunidade e longe de visitantes. A aldeia de Phalai fica no interior do norte da Tailândia e é aqui onde vivem muitas famílias da tribo Akha e da tribo Lisu. Andei a explorar livremente a aldeia e a falar e interagir com alguns membros da população. A aldeia em si é bem castiça, com casas de madeira a subirem a encosta.
Chiang Rai, Tailândia
Chiang RaiChiang Rai: é uma cidade de grande porte, localizada na Província de Chiang Rai. Esta cidade foi fundada pelo Rei Mangrai no século XIII, e usufruia da qualidade de cidade capital da Dinastia Mangrai. Mais tarde foi conquistada pelo Domínio Birmanês. Este território encontra-se localizada na planície do Rio Mae Kok, um afluente de Mekong, entre o Daen Lao Gama (Norte) e o Phi Pan Nam Gama (Sul). Existem quatro pontes sobre este rio, as quais tocam nos pontos Norte e Sul da cidade. Chiang Rai tem um clima tropical, o qual varia entre momentos húmidos e secos, sendo que as estações das monções vão do final de Abril ao mês de Outubro, com muitas chuvas.

Aldeia refugiados Karen, Tailândia
Aldeia refugiados KarenAldeia refugiados Karen: No norte da Tailândia há várias aldeias onde se pode ver as senhoras de pescoço comprido, também conhecidas como a tribo das mulheres girafa. O problema é que só duas das aldeias são verdadeiras e onde estas famílias realmente moram. Eu tive a oportunidade de visitar duas aldeias e ver a diferença entre uma armadilha de turistas e uma aldeia de refugiados verdadeira. Na Aldeia Karen, de refugiados, encontramos casas feitas de palha, onde parece que estamos a ver uma exposição sobre o que as pessoas fazem num lugar como este, as mulheres fazem o seu dia-a-dia, tal como fazem o seu artesanato. Estas mulheres atraem muitos turistas, pois conhecidas como as mulheres girafa, por usarem imensas argolas no pescoço. A tradição do uso destas argolas é secular e, na verdade, não se sabe muito bem o porquê, mas há quem diga que era para proteger dos ataques dos tigres, ou então só como forma de adereço de beleza, o qual não alonga o pescoço, apesar de criar esta ilusão de óptica. É possível comprar um passeio até estas aldeias nas cidades (poderá visitar as mulheres das tribos Kayan ou Padaung), pacote que inclui também um passeio de elefante e rafting, por exemplo. Eu não comprei este pacote pois sou contra usar elefantes para turismo, por isso aconselho-o também a não comprar nada que inclua animais. Estas várias aldeias situam-se no Norte, mas há que ter cuidado, pois existem aldeias preparadas para o negócio e outras verdadeiras. Tente sempre analisar bem esta situação, antes de visitar uma aldeia de refugiados.

Triângulo Dourado, Tailândia
Triangulo DouradoTriângulo Dourado: surge para descrever a tríplice fronteiriça entre a Tailândia, Laos e Myanmar, uma vez que este produto ajudou imenso a promover estas localidades, turisticamente. No entanto, começou por ser chamado assim devido à sua imensa produção de ópio, a maior de toda a Ásia. É uma região que conta com a área territorial de 950 000 Km2, que vai para além das montanhas de vários países no Sudeste Asiático, nomeadamente Myanmar, Vietname, Tailândia e Laos. É aqui onde o Rio Mekong conflui com o Rio Ruak, principais canais de transporte do ópio, sendo que cada vez mais é utilizado para servir como destino turístico. Localiza-se na Província de Chiang Rai, no Norte do pais. Poderá conhecer o Templo Branco, magnífico na sua construção e com uma beleza indescritível, restaurado no final do século XX, apoiado pelo mecenas particular, Chalermchai Kositpipat, promovendo-o com entrada gratuita no monumento. Tenha atenção aos vistos dos países vizinhos, pois se estiver a fim de os conhecer, deverá ter a questão dos vistos regularizada, uma vez que cada país funciona da sua própria maneira.
Locais UNESCO na Tailândia
Estes são alguns dos melhores destinos para visitar na Tailândia. Os locais UNESCO Património Mundial na Tailândia são locais protegidos pela sua importância cultural e natural.

Locais inscritos na Lista do Património Mundial na Tailândia:

  • Sítio Arqueológico de Ban Chiang
  • Complexo florestal de Dong Phayayen e Khao Yai
  • Cidade Histórica de Ayutthaya
  • Cidade Histórica de Sukhothai e Cidades Históricas Associadas
  • Santuários de Fauna de Thungyai-Huai Kha Khaeng

Deixe o seu comentário aqui:

João Leitão - O autor do blog:

VIVA! Sou o João - blogger de viagens. Com 20 anos de experiência como viajante independente, explorei mais de 128 países em África, Antártica, Ásia, Europa, América do Norte e Central, América do Sul e Oceânia. Bem-vindos ao meu blog de viagens, onde partilho informação prática de viagem para o motivar a sair de casa! Siga nas redes sociais: Facebook, Twitter, Instagram, Pinterest e YouTube.

Kit de Viagem:

  • Onde eu reservo alojamento? Encontre os melhores hotéis e promoções através do Booking.com
  • Eu reservo sempre o meu carro online através do Rentalcars.com
  • Quer estar prevenido? Faça o seu seguro de viagem através do Worldnomads.com
  • 7 dias em Marrocos 430 euros desde Marrakech até ao Deserto do Saara através do Marrocos.com
  • Quer viajar e ter sempre Internet? Faça como eu e compre o aparelho da SkyRoam.com
* Esta página tem links de afiliados. Quando você reserva algo através deste blog, eu retenho uma pequena comissão que não altera o preço final. Obrigado!

Blog de viagens mencionado em:

Blog de viagens nos Media

« Seguir @joaoleitaoviagens no Instagram »