🐪 » Viagem de grupo 7 dias em Marrocos por 430 Euros » Marrakech até Deserto do Saara » Mais info em MARROCOS.COM « 🐪

🌍 Visitar Turquia – Roteiros e Dicas de Viagem

Actualizado em 28 Julho, 2017
Visitar Turquia – Roteiros e Dicas de Viagem

Visitar Turquia – Roteiros e Dicas de Viagem

Guia de Viagem da Turquia

Viajar na Turquia – informação de viagem.

Tudo sobre visitar os melhores locais e destinos da Turquia. Ideias de roteiros e itinerários com informação de alojamento, transporte, muitas galerias de fotografias, restaurantes, vídeos e mapas.

Organize as suas férias na Turquia. Alguma pergunta ou opinião deixe um comentário no fim da página.

Nesta página você encontra:

  1. República da Turquia – Informação prática
  2. Turismo na Turquia – Apresentação
  3. História, Geografia e Cultura
  4. Clima e Quando ir
  5. Vídeo da Turquia
  6. Resumo de viagem à Turquia
  7. Guia de Viagem: artigos para consultar
  8. Roteiros na Turquia
  9. Locais UNESCO na Turquia
  10. Kit de Viagem

Obrigado.

República da Turquia

Bandeira Turquia

Bandeira da Turquia

  • Capital: Ancara (Ankara).
  • Língua oficial: Turco.
  • Presidente: Recep Tayyip Erdo?an.
  • População 2006: 72.561.312 habitantes.
  • Moeda: Nova Lira Turca.
  • Área Total: 783562 km².
  • Fuso horário: UTC +2 / Verão UTC +2.
  • Código telefónico internacional: +90.
  • Clima: Continental, montanhoso.
  • Visto: Para nacionais portugueses é preciso visto que se compra facilmente on-line (https://www.evisa.gov.tr/en/). Não é necessário passaporte, pode viajar somente com cartão de cidadão .
  • Fronteiras: Noroeste com a Bulgária, a oeste com a Grécia, a nordeste com a Geórgia, a Arménia e o enclave de Nakichevan do Azerbaijão, a leste com o Irão e a sudeste com o Iraque e a Síria. O Mar Mediterrâneo e o Chipre situam-se a sul, o Mar Egeu a sudoeste-oeste e o mar Negro a norte.
  • Locais a não perder: Istambul, Konya, Capadócia, Nemrut Dag, Pamukkale, Ruínas de Efeso, Tróia.
  • Quando visitei a Turquia: Setembro 2003, Agosto 2004, Setembro 2008, Agosto 2009, Abril 2011, Maio 2011, Junho 2011, Julho 2011, Fevereiro 2016.
Mapa Turquia

Mapa da localização geográfica da Turquia no Mundo

Turismo na Turquia, Roteiros de Viagem

Fotografia de Eminonu em Istambul, Turquia

Fotografia de Eminonu em Istambul, Visitar a Turquia

A Turquia é um país fascinante para passar férias.

A Turquia é um país exótico num local que é um choque de culturas fazendo então deste país um dos destinos mais interessantes do mundo.

Tive a oportunidade de visitar a Turquia algumas vezes até tomar a decisão de me mudar durante uns meses para Istambul.

Pude assim perceber e viver de uma maneira diferente esta cultura e região do globo tão peculiar.

Tenho imensas páginas neste site sobre a Turquia, recolha que fui fazendo ao longo dos anos das minhas viagens de maneira que se procurar pode ter acesso a imensas fotografias, informação de viagens, alojamentos diversos e ideias de destinos a visitar na Turquia.

Apresentação da História, Geografia e Cultura:

Diyarbakir Curdistao Turco

Diyarbakir no curdistao Turco

A história da Turquia remonta ao Período Paleolítico, onde as grutas habitadas se encontram em Kemer de Antalya. Na Idade do Bronze já existiam algumas cidades, sendo que Alacahoyuk e Hattusas funcionavam como importantes centros de religião. O povo Hitita, provenientes do Cáucaso, dominaram toda esta região a partir do ano 2 000 a.C., estabelecendo uma cultura muito própria. Outros povos entraram em cena, nomeadamente os Gregos, os Medas, os Frígios, os Persas, os Helenos, os Romanos, os Bizantinos, e por último, os Otomanos, os quais ficaram no poder desde o ano 1300 a 1923. Nesse ano foi proclamada a República, representada pelo primeiro presidente, Mustafá Kemal. Actualmente a Turquia é um país com uma república parlamentar, representada por partidos que defendem desde o nacionalismo ao socialismo. É membro do concelho europeu desde 1949, através do qual, assinou contratos de alfândega com a União Europeia, facilitando a comunicação do país com o Ocidente.

A geografia da Turquia conta com área territorial de 780 580 Km2 e fica situada no Sudoeste da Ásia e do Sudeste da Europa. O lado europeu da Turquia está banhado a Leste pelo Mar Negro e a Sul pelo Mar de Mármara, assim como faz fronteira a Oeste com a Grécia e a Norte, com a Bulgária. No lado asiático (Península Anatólia), faz fronteira a Nordeste com a Geórgia, a Leste com a Arménia e o Irão, a Sudeste com o Iraque e a Sul, com a Síria. Neste lado encontra-se banhada a Norte pelo Mar Negro e o Mar de Mármara, a Oeste pelo Mar Egeu e a Sul pelo Mar Mediterrâneo. O cenário paisagístico aqui presente é composto principalmente por grandes cadeias montanhosas, onde o ponto mais alto é o Monte Ararat, com 1515 metros de altitude. Os principais rios turcos e de todo o Médio Oriente são o Rio Tigre e o Rio Eufrates, os quais nascem na Turquia.

A cultura da Turquia é bastante rica, onde os costumes e tradições se mantém idênticos aos de antigamente, apesar de existir uma tendência modernista, onde o capitalismo e a globalização estão bastante presentes nas grandes cidades. Apesar desta ocidentalização, existem hábitos que dificilmente se irão perder, nomeadamente o não entrar em casa com os sapatos que se usam na rua, uma vez que existe uma preocupação com a limpeza dos espaços e porque também existe a prática de se sentarem no chão ou em “pufes” enquanto confraternizam e bebem chá (durante todo o dia). Os casamentos turcos são bastante curiosos; o cartório é o momento mais rápido do casamento, e mal o “sim” é dito, a festa começa, recheando a noiva de presentes de ouro e muito dinheiro. No entanto, o homem pode casar-se até com quatro mulheres através da religião islâmica, embora seja mal visto pela população. Se tiver a sorte de conhecer uma família e fizer uma refeição em sua casa, prepare-se para comer muito bem.

Clima e Quando ir:

Para saber quando ir à Turquia você precisa de se informar um pouco melhor acerca das suas estações e clima. A melhor altura para visitar a Turquia, depende do seu destino, se for para Istambul, os melhores meses serão entre Março e Outubro, no entanto, se tiver interesse em visitar as regiões do interior – Anatólia e Capadócia, os melhores meses são entre Abril e Junho e Setembro e Outubro. Se o destino for para a zona Leste, visite no Verão, entre Junho e Setembro ou se for para costa do Mar Negro, vá entre os meses de Abril e Setembro.

O clima da Turquia varia consoante as suas altitudes, pois é um país que apresenta diversos tipos de relevo. Na costa do Mar Mediterrâneo o clima é mediterrâneo, ou seja, temperado com temperaturas que rondam entre os 15º C e os 30º C, enquanto que no interior do país o clima apresenta-se semi-árido, sendo que a noite é sempre bastante fria e na costa do Mar Negro apresenta-se muito chuvoso.

Turkey Advertisement

Vídeo promocional do Turismo da Turquia.

O que visitei / Resumo das viagens à Turquia

Por ordem de visita.

Istambul, Turquia
IstambulIstambul: Linda cidade. Ninguém fica indiferente ao exotismo de Istambul. Entre a Europa e a Ásia esta cidade tem monumentos, mesquitas, bairros, palácios, jardins, mercados, museus, actividades culturais para nos entreter durante pelo menos uma grande semana. Para além dos muitos monumentos emblemáticos de Istambul, como a Mesquita Azul (Sultanahmet Cami), Hagia Sofia, Palácio de Topkapi, o Grand Bazaar ( Capaliçarsi), a cisterna da Basílica, entre muitos outros, o encanto desta cidade está em percorrer os vários bairros e zonas tão distintas da cidade que vai ter dificuldade em acreditar que pode existir toda esta diversidade numa só cidade. Istambul é a cidade dos Sultões, a capital de vários impérios, uma cidade que fica entre dois continentes, uma amálgama de povos e culturas distintas, que fazem desta cidade um dos destinos mais visitados por turistas de todo o mundo e cenário de muitas obras literárias.
Escavações de Çatalhüyük, Turquia
Escavações de ÇatalhüyükEscavações de Çatalhüyük: Çatalhüyük é um complexo arqueológico que remonta ao paleolítico, cerca do ano 6700 a.C.., que foi descoberto em 1950 e que tem ganho principal destaque nos últimos anos, com equipas que se dedicam à escavação permanente neste local. Este é um importante legado que permite descobrir mais acerca de como viviam os povos no período do paleolítico. Pinturas, esculturas e outras manifestações artísticas ou culturais têm sido encontradas no local. Das escavações já efectuadas consegue-se saber que a povoação teria uma estrutura rudimentar sem ruas, em que as casa estavam unidas costas com costas e a entrada era feita pela parte de cima. A habitação estaria dividida entre partes limpas (locais para dormir e comer) e partes sujas. A UNESCO considerou Çatalhüyük Património Mundial da Humanidade.
Diyarbakir, Turquia
DiyarbakirDiyarbakir: Fica na região sul da Anatólia, um local por onde passaram inúmeros povos e onde ainda hoje se verifica alguma tensão entre Turcos e Curdos. Símbolo da identidade Curda pode-se assistir nesta cidade ao festival curdo Nevruz que esteve banido até há poucos anos. Este festival, que se realiza a 21 de Março, é uma excelente ocasião para se observar os costumes curdos. A arquitectura da cidade é dominada pelas construções escuras em basalto, quer as inúmeras mesquitas como as várias igrejas cristãs. Alguns dos locais a visitar na cidade: a grande mesquita de Diyarbakir, Igreja Armenia de São Giragos, Mesquita Ulu, Mesquita Behram Pasa. Mesquita Eyh Mutahhar Camii entre outras, o bazar Hasan Pasa Hani (antigo albergue de caravanas) ideal para compras e para se sentar a tomar um chá, ou ainda melhor o pequeno-almoço (café da manha), e a Torre das Cabras de onde se poderá ter uma vista 360º sobre o vale do Rio Tigre e a cidade. É fácil visitar a cidade percorrendo as suas ruas a pé e irá encontrando naturalmente os vários monumentos.
Monte Nemrut Dag, Turquia
Monte Nemrut DagMonte Nemrut Dag: O monte Nemrut fica no sudoeste da Anatólia e pertenceu em tempos ao Reino de Comagena, cuja cultura reunia aspectos gregos e persas. O rei de Comagena, Rei Antíoco terá mandado contruir no cimo do monte Nemrut, nas Montanhas de Taurus, o seu futuro mausoléu. Para além do mausoléu, umas lajes de pedra dispostas em pirâmide, existem várias estátuas que representam a família real e também algumas divindades gregas. As estátuas estão bem conservadas tendo em conta a sua antiguidade (seculo I a.C.) mas ficamos com a sensação de que o campo é povoado de estátuas gigantes de corpos sem cabeça e de cabeças sem corpos. As cabeças terão rolado (literalmente) dando origem a esta imagem de inúmeras cabeças espalhadas de forma aleatória pelo chão. Este complexo já faz parte do Património da UNESCO desde 1987.
Rio Eufrates, Turquia
Rio EufratesRio Eufrates: O rio Eufrates é como que o berço da civilização. O rio Eufrates (juntamente com o rio Tigre) atravessa toda a região da outrora Mesopotâmia, que hoje ocupa parte da Turquia, Síria e Iraque. É um rio cheio de simbolismo bíblico e de grande peso na história. Nasce na Turquia e apesar da sua maior extensão ser no território do Iraque, percorre ainda mais de 500km em terras turcas. O rio atravessa zonas áridas e de montanha e é nas suas margens, que tal como antigamente, se concentram os terrenos férteis e consequentemente as povoações, tal como no tempo da fundação das primeiras civilizações.
Çesme, Turquia
ÇesmeCesme: é uma pequena vila na costa ocidental da Turquia a cerca de 85 km de Izmir. Fica numa península no mar Egeu. Era zona balnear e de residência de férias das famílias ricas de Izmir. Hoje é um destino turístico internacional devido às belas praias de areia branca e boas condições para a prática de windsurf. A vila em si é pequena e fácil de explorar a pé desde o castelo até às ruas de comércio. De Çesme pode-se apanhar um ferry para visitar a ilha grega Chios que fica mesmo em frente a Çesme.
Ruínas de Afrodisias, Turquia
AfrodisiasAfrodisias: Estas ruínas longe de serem tão conhecidas e por isso tão turísticas como as de Efeso, têm muito interesse para quem gosta de arqueologia. Este complexo fica na vila Turca de Geyre e está um pouco afastada dos circuitos mais turísticos, ficando a 230 km sudeste de Izmir. O nome do local vem da Deusa grega Afrodite (Vénus para os Romanos) e o templo em sua honra é o monumento mais importante da cidade. Há no entanto vários edifícios bastante interessantes, como o estádio (relativamente bem conservado), o Tetrapilon (entrada principal da cidade), o teatro, o Palácio Episcopal, Sebasteion (com bonitas esculturas) e a Ágora. Afrodisias ficava perto de um jazigo de mármore e por isso as estátuas de mármore eram uma arte com grande expressão. Muitas das estátuas estão no museu do complexo. Parte da vila de Geyre foi contruída por cima das ruínas deste antigo povoamento romano por isso, quando foi descoberto em escavações no século passado, algumas casas da vila foram demolidas e deslocadas para outra zona ali próxima.
Costa Mediterrânica, Turquia
Costa MediterrânicaCosta Mediterrânica: também conhecida por Riviera Turca, vai desde Antalya até à fronteira com a Síria. Esta é uma região turística por excelência que oferece lindas praias de areia branca e água do mar amena, encantadoras paisagens circundantes e muita história para descobrir. De facto, toda a Turquia e esta zona de costa em especial é riquíssima em legado histórico uma vez que por aqui passaram muitos e diferentes povos ao longo dos séculos. Factos e mitos misturam-se tornando estes lugares únicos. Um dos mitos sobre Anlanya é que esta região teria sido um presente de casamento de Marco António para a sua nova Cleópatra e que os dois teriam aqui passado a sua lua-de-mel.
Daqui partem cruzeiros de alguns dias pela costa, visitando praias desertas e paisagens maravilhosas, a bordo de um típico veleiro “gulet” (em português escuna ou goleta).
Konya, Turquia
KonyaKonya: é a cidade sagrada e destino de peregrinação dos muçulmanos sufistas. Nesta cidade viveu e morreu o filósofo persa Jalal Ad-Din Muhammad Rumi, também conhecido por Mevlana ou simplesmente Rumi. Os seguidores de Mevlana fundaram a ordem Mevlana do sufismo. Os seus membros, os dervixes, procuram uma aproximação com Deus através de música e danças contínuas que os fazem entrar numa espécie de transe e ali ficam a rodopiar com os seus trajes a acentuar o seu movimento e beleza ao ritual. O túmulo de Mevlana é a principal atracção de visitantes e peregrinos, e está no Museu de Mevlana, o edifício de cúpula azul turquesa que se destaca na cidade.
O Festival anual dos dervixes rodopiantes decorre em Konya em Dezembro (17 Dezembro) na data da morte de Mevlana e acolhe dervixes de todo o mundo, bem como turistas.
Konya é uma cidade muito mais tradicionalista e conservadora do que outras grandes cidades da Turquia, por isso tenham alguma atenção com a forma de vestir, principalmente se for mulher.
Kizkalesi, Turquia
KizkalesiKizkalesi: significa “Castelo da Donzela” e é uma cidade na província de Mersin. O nome da cidade deriva da existência do castelo que fica numa pequena ilha mesmo em frente à cidade. A ilha apenas comporta o castelo e é essa a bonita imagem da cidade: um castelo que parece flutuar ao cimo da água. Segundo a lenda, o castelo foi construído no meio do mar para evitar o destino trágico da filha do rei Córicos previsto por uma vidente: a princesa morreria de uma picada de cobra. Para evitar essa fatalidade o rei mandou construir o castelo longe de terra firme, no entanto, o destino cumpriu-se e uma cobra conseguiu chegar ao castelo e foi mesmo essa a trágica morte da princesa.
A poucos quilómetros de Kizkalesi pode-se visitar as Grutas do Céu e do Inferno, um local que o próprio nome já nos deixa com a curiosidade aguçada. Paisagens naturais maravilhosas é o que encontrará neste local.
Ruínas de Éfeso, Turquia
Ruínas de ÉfesoÉfeso : é uma cidade cheia de história, uma das mais importantes na Antiguidade. Por aqui passaram vários povos que a disputaram e ilustres figuras históricas como Alexandre O Grande, Cleópatra, os apóstolos São Paulo e São João e a própria Virgem Maria que se crê ter aqui vivido até à sua morte. De facto crê-se que a Casa da Virgem Maria seja uma pequena casa construída no cimo do Monte Bülbül Dagi, a 9 quilómetros de Éfeso. Este local foi convertido em santuário e recebe milhões de visitantes anualmente.
A cidade de Éfeso, propriamente dita, foi um importante centro filosófico e cultural, dai a biblioteca de Celsos ser dos principais edifícios da cidade e que ainda conserva parte da sua lindíssima fachada. Do Templo de Artemis (a Deusa principal de Éfeso pois crê-se ter aqui nascido) que foi um dos monumentos mais grandiosos, pouco resta. A cidade foi reconstruída 4 vezes devido a terramotos e investidas de invasores.
Éfeso tinha um importante porto marítimo, o que parece difícil de acreditar pois actualmente a cidade fica 5 km do mar.
Éfeso é uma das sete igrejas do mundo antigo mencionadas no livro do Apocalipse.
Pamukkale, Turquia
PamukkalePamukkale: é um sítio único, apesar de existirem outras formações semelhantes espalhadas pelo mundo, Pamukkale é a de maior dimensão. O nome “Pamukkale” significa em turco “Castelo de algodão” e realmente pode assim ser descrito o cenário. A paisagem é maravilhosa: uma encosta de socalcos que dão a sensação de serem algodão (ou gelo), com varandas que formam piscinas de água azul turquesa baça (devido à elevada concentração de carbonato de cálcio). A temperatura alta da água provoca a evaporação rápida e a deposição do carbonato de cálcio no solo formando superfícies brancas.
Este conjunto de piscinas termais é explorado desde o século II a. C., quando o Rei de Pergamo mandou construir as termas de Hierápolis, cujas ruínas podemos visitar no local.
Apesar do valor histórico do local, Pamukkale é famoso sobretudo pela paisagem insólita e magnífica. É impossível resistir à vontade de entrar nestas piscinas termais e sentir a textura destas formações brancas que fazem lembrar algodão ou neve, dependendo da percepção de cada um.
Cizre, Turquia
CizreCizre: é a maior cidade curda no sudeste da Turquia perto da fronteira com a Síria e o Iraque, rodeada pelo rio Tigre. Estando numa zona de intersecção de 3 países e nas margens do importante Rio Tigre, foi desde sempre uma cidade disputada entre povos. Nunca deixou de ser uma zona conturbada e actualmente a tensão aumentou com a proximidade da ocupação do Estado Islâmico do Iraque e do Levante (ISIS).
Mas conflitos à parte, há um mausoléu que se diz ser onde está enterrado Noé (personagem bíblica). Pode-se visitar ainda a Mesquita Vermelha.
Beykoz, Turquia
BeykozBeykoz: é um distrito da cidade de Istanbul, na parte asiática da cidade. Fica na ponta da península de Kocaeli na junção do Bósforo com o Mar Negro. A sua paisagem é marcada pelo Anadolu Hisari (Fortaleza da Anatolia) que enfrenta o Rumeli Hisari (Fortaleza de Rumelia) do lado Europeu da cidade. Beykoz é a zona mais verde e natural da área metropolitana de Istanbul. Foi usada sobretudo pelas famílias ricas como local de lazer e isso pode-se ver pelas construções, os ricos Yalis nas margens do rio com os cais próprios para as embarcações particulares. Beykoz é uma localidade pitoresca e onde se pode usufruir da tranquilidade, almoçar num dos muitos restaurantes onde o peixe é o rei dos menus e, ficar a contemplar a beleza deste local, tão próximo do reboliço de Istambul e ainda assim tão diferente.
Guia de Viagem: artigos e relatos para você consultar
Locais UNESCO na Turquia
Estes são alguns dos melhores destinos para visitar na Turquia. Os locais UNESCO Património Mundial na Turquia são locais protegidos pela sua importância cultural ou natural.

Locais inscritos na Lista do Património Mundial na Turquia:

  • Grande Mesquita e Hospital de Divrigi
  • Parque Nacional de Göreme e Sítios Rupestres da Capadócia
  • Zonas Históricas de Istambul
  • Hattusa
  • Nemrut Dag
  • Xanthos-Letoon
  • Hierápolis-Pamukkale
  • Cidade de Safranbolu
  • Sítio Arqueológico de Troia
  • Complexo da Mesquita de Selimye em Edirne
  • Çatalhüyük
  • Bursa e Cumalikizik: o Nascimento do Império Otomano
  • Pérgamo e sua Paisagem Multi-Caltural
  • Éfeso
  • Paisagem cultural das muralhas de Diarbaquir e dos jardins de Hevsel

E-Book Grátis – Guia de Istambul

O meu amigo Luís Seco do FotoViajar.com escreveu um livro sobre Istambul. Para fazer o download grátis do E-book “Encontre-se consigo mesmo em Istambul“, visite a sua página: Guia de Istambul.

Siga no Twitter, Facebook, Instagram e Pinterest. Partilhe esta página e deixe o seu comentário.


Deixe o seu comentário aqui:

João Leitão - O autor do blog:

VIVA! Sou o João - blogger de viagens. Com 20 anos de experiência como viajante independente, explorei mais de 128 países em África, Antártica, Ásia, Europa, América do Norte e Central, América do Sul e Oceânia. Bem-vindos ao meu blog de viagens, onde partilho informação prática de viagem para o motivar a sair de casa! Siga nas redes sociais: Facebook, Twitter, Instagram, Pinterest e YouTube.

Kit de Viagem:

  • Onde eu reservo alojamento? Encontre os melhores hotéis e promoções através do Booking.com
  • Eu reservo sempre o meu carro online através do Rentalcars.com
  • Quer estar prevenido? Faça o seu seguro de viagem através do Worldnomads.com
  • 7 dias em Marrocos 430 euros desde Marrakech até ao Deserto do Saara através do Marrocos.com
  • Quer viajar e ter sempre Internet? Faça como eu e compre o aparelho da SkyRoam.com
* Esta página tem links de afiliados. Quando você reserva algo através deste blog, eu retenho uma pequena comissão que não altera o preço final. Obrigado!

Blog de viagens mencionado em:

Blog de viagens nos Media

« Seguir @joaoleitaoviagens no Instagram »