🐪 » Viagem de grupo 7 dias em Marrocos por 430 Euros » Marrakech até Deserto do Saara » Mais info em MARROCOS.COM « 🐪

🌍 Visitar Zâmbia – Roteiros e Dicas de Viagem

Actualizado em 28 Julho, 2017
Visitar Zâmbia – Roteiros e Dicas de Viagem

Visitar Zâmbia – Roteiros e Dicas de Viagem

Guia de Viagem

Viajar na Zâmbia – informação de viagem.

Tudo sobre visitar os melhores locais e destinos da Zâmbia. Ideias de roteiros e itinerários com informação de alojamento, transporte, muitas galerias de fotografias, restaurantes, vídeos e mapas.

Organize as suas férias na Zâmbia. Alguma pergunta ou opinião deixe um comentário no fim da página.

Nesta página você encontra:

  1. República da Zâmbia – Informação prática
  2. Turismo na Zâmbia – Apresentação
  3. História, Geografia e Cultura
  4. Clima e Quando ir
  5. Vídeo da Zâmbia
  6. Resumo de viagem à Zâmbia
  7. Guia de Viagem: artigos para consultar
  8. Roteiros na Zâmbia – 6 e 7 dias
  9. Locais UNESCO na Zâmbia
  10. Kit de Viagem

Obrigado.

República da Zâmbia

Bandeira Zâmbia

Bandeira da Zâmbia

  • Capital: Lusaka.
  • Língua oficial: Inglês.
  • Presidente: Edgar Lungu.
  • População 2005: 11.668.000 habitantes.
  • Moeda: Kwacha zambiana.
  • Área Total: 752.618 km².
  • Fuso horário: UTC +2.
  • Código telefónico internacional: +258.
  • Clima: Tropical.
  • Visto: É preciso visto para a Zâmbia e pode-se fazer na fronteira pagando $50 dólares.
  • Fronteiras: Tanzânia, República Democrática do Congo, Angola, Namíbia, Zimbábue, África do Sul, Malauí, Moçambique.
  • Locais a não perder: Cataratas Vitória, Livingstone, Mosi-oa-Tunya National Park.
  • Quando visitei a Zâmbia: Julho 2015.
Mapa Zambia

Mapa da localização geográfica da Zâmbia no Mundo

Turismo na Zâmbia, Roteiros de Viagem

Elefantes no Parque Nacional Mosi oa Tunya, Visitar a Zâmbia

Elefantes no Parque Nacional Mosi oa Tunya, Visitar a Zâmbia

A Zâmbia é um país fascinante para passar férias.

Atravessei o sul da Zâmbia en-route para o Botswana via Namíbia. Resolvi estar um par de dias na cidade de Victoria Falls para descansar e visitar o lindo Parque Nacional de Mosi-oa-Tunya.

As pessoas da Zâmbia são muito simpáticas sendo para mim umas das mais acolhedoras da região.

Fica registada esta minha viagem, na esperança de que num futuro próximo consiga visitar mais locais deste lindo país da África Austral.

Apresentação da História, Geografia e Cultura:

A história da Zâmbia não nos conta quase nada desde a época Pré-Histórica até à Idade Média por falta de documentação, embora se saiba que existiram reinos que remontam ao século XI, ligados ao povo Banto, um povo muito ligado à agricultura, que vivia essencialmente no Botswana e na Namíbia. Como existiu uma emigração deste povo para a Zâmbia, a prática da agricultura com técnicas extremamente avançadas para a altura, foi motivo para se sedentarizar neste território, tornando-se auto-suficientes. Local bastante fechado aos árabes e europeus, pois a Zâmbia encontra-se na África profunda e interior. A Zâmbia acabou por não receber estrangeiros da mesma forma que os outros territórios vizinhos. Em 1888 foi uma colónia da Coroa Inglesa, território que era conhecido como “Rodésia do Norte”, governando este país até ao ano 1924. Devido a uma crise profunda, medidas de austeridade económica foram profundamente aplicadas, tendo sido necessário chamar o FMI em 1992, relação que acabou por se romper cinco anos mais tarde.

A geografia da Zâmbia conta com a área territorial de 752 614 Km2, situada na África Austral. Este país faz fronteira a Norte com a República Democrática do Congo, a Nordeste com a Tanzânia, a Leste com o Malawi e com Moçambique, a Sul com a Namíbia e a Oeste com a Angola. O cenário paisagístico presente na Zâmbia é principalmente constituído por um planalto, que compreende altitudes de 900 a 1500 metros de altitude. Ao Sul, o relevo da fronteira é representada pelo Rio Zambeze, sendo que a Sudoeste, encontramos o Deserto Kalahari. Os rios mais importantes do país são o Rio Congo e o Rio Zambeze, este o último que faz fronteira com o Zimbabwe, local onde se formam as Cataratas Victória, as mais altas do mundo, com 99 metros de altura e 1708 de extensão e, consideradas dos monumentos naturais mais espectaculares do mundo.

A cultura da Zâmbia é representada, principalmente pelo povo Bantu, em conjunto com influências europeias, que apesar de terem chegado tarde a este território, denso e profundo de África, deixaram as suas marcas. As tribos que aqui vivem, são comunidades que, cada uma delas vive consoante as suas tradições, tal como falam a sua própria língua. A diferença é que com a chegada dos povos europeus, trouxeram consigo as técnicas de construção, permitindo que a urbanização fosse instaurada no país, fazendo com que os povos nativos adoptassem alguns padrões de vida europeus. A língua oficial é o Inglês, no entanto, falam-se outras línguas e dialectos, nomeadamente o Bemba, o Tonga, o Lozi, entre outros. A gastronomia é bastante apetitosa, onde algumas regras como comer com a mão é imperativo. Uma das iguarias que não falta em cima da mesa do povo zambiano é Nshima, uma panqueca feita de farinha de milho, acompanhada de carne e vegetais.

Clima e Quando ir:

Para saber quando ir à Zâmbia você precisa de se informar um pouco melhor acerca das suas estações e clima. A melhor altura para visitar a Zâmbia é no Verão, entre os meses de Junho e Setembro, no entanto se se deslocar a este país com a intenção de visitar as Cataratas Vitória, visite no final da estação chuvosa, entre Março e Maio.

O clima da Zâmbia é tropical de altitude e divide-se em duas estações específicas, a estação chuvosa, que ocorre entre os meses de Dezembro e Abril e a estação seca, desde Maio a Outubro.

Zambia Tourism Promo Video

Vídeo promocional do turismo da Zâmbia.

O que visitei / Resumo de viagem à Zâmbia

Por ordem de visita.

Cataratas Vitória, Zâmbia
Cataratas Vitoria, ZambiaCataratas Vitória: situam-se no Rio Zambeze na fronteira entre a Zâmbia e o Zimbabué. São das maiores cataratas do mundo, com 1,5 km de largura e com a altura entre os 60 e os 128 metros. Na parte da Zâmbia ficam no Parque Nacional Mosi-Oa-Tunya (“fumaça que troveja”) que é o nome que os nativos davam ao fenómeno natural da cascata. De facto, é impressionante o barulho da água a cair que pode ouvir-se a uma grande distância. Uma das grandes atracções da cascata, para além da magnifica paisagem, é poder tomar banho numa piscina natural (Devil’s Pool), que é como que uma piscina infinita no topo das cataratas. É possível tomar banho ai nos meses em que o caudal das cataratas é menor e para aceder a essa piscina é preciso ir pela Ilha de Livingstone. Para os mais aventureiros o salto de bungee jump de cima da ponte sobre o Rio Zambeze pode ser o ponto alto da visita às Cataratas Vitória. A ponte – Falls Bridge – é em si um monumento, é a ligação ferroviária entre a Zâmbia e o Zimbabué e tem um pequeno museu do lado da Zâmbia. Outra atracção fora dos circuitos turísticos é uma árvore miradouro que proporciona uma vista panorâmica da parte principal das Cataratas. Se quiser descobrir esta grande árvore miradouro, a partir do Hotel Zambezi Sun siga na estrada que vai para a aldeia Mukuni. As Cataratas Vitória fazem parte do Património Mundial da UNESCO.
Livingstone, Zâmbia
Livingstone, ZambiaLivingstone: fica 10 km a Norte do Rio Zambeze e é a maior cidade perto das Cataratas Vitória. Por isso é um centro turístico com todas as infra-estruturas para acolher os muitos turistas que vêm ver as famosas Cataratas. Livingstone é o nome do primeiro ocidental que chegou às Cataratas em 1855 – o missionário e explorador escocês David Livingstone. A cidade desenvolveu-se durante a época colonial e o caminho-de-ferro foi um importante contributo para esse crescimento. Podemos visitar o Museu do Caminho-de-ferro com alguns antigos comboios a vapor. No Museu de Livingstone pode ver objectos de interesse histórico e etnográfico e no exterior a estátua de David Livingstone.
Parque Nacional de Mosi-oa-Tunya, Zâmbia
Parque Nacional de Mosi-oa-Tunya, ZambiaParque Nacional de Mosi-oa-Tunya: o Parque estende-se desde as Cataratas Vitória, que ficam incluídas no parque, para Nordeste por cerca de 12 km ao lado do Rio Zambeze. A cidade mais próxima é Livingstone. O parque com as Cataratas faz parte do Património Mundial da UNESCO. O parque é pequeno comparativamente a outros na África Austral, com cerca de 66 km2 mas a sua beleza é inquestionável e tem a vantagem de concentrar mais as espécies que se querem avistar quando fazemos um safari. Não há predadores e por isso os animais, como os elefantes, zebras, girafas passeiam tranquilamente pela reserva. Para além dos safaris organizados, pode-se conduzir (dirigir) o nosso próprio carro e explorar os trilhos pelo meio da natureza e dos animais.
Sesheke, Zâmbia
Sesheke, ZambiaSesheke: é uma cidade no Sudoeste da Zâmbia a 190 km de Livingstone. Fica na fronteira com a Faixa de Caprivi na Namíbia. Como dei boleia (carona) a uma mulher polícia que tinha que fazer 190 km até à sua cidade na fronteira com a Namíbia, fui convidado a estar em casa da sua família perto de Sesheke. Foi muito interessante estar entre a população local e conversar um pouco com as pessoas acerca do seu dia-a-dia e dificuldades.

Roteiros na Zâmbia

Algumas ideias de roteiros para você preparar as suas férias na Zâmbia de maneira independente. Itinerários de turismo na Zâmbia para 6 e 7 dias.

6 Dias na Zâmbia

Dia 1 Victoria Falls – Rio Zambezi
Dia 2 Wild South Luangwa
Dia 3 Wild South Luangwa
Dia 4 Wild South Luangwa
Dia 5 Lusaka
Dia 6 Lusaka

1 semana na Zâmbia
Dia 1 Lusaka
Dia 2 Parque Nacional South Luangwa
Dia 3 Chamilandu
Dia 4 Chamilandu
Dia 5 Bilimungwe
Dia 6 Bilimungwe
Dia 7 Mfuwe Lodge

1 semana na Zâmbia

Dia 1 Lusaka – Parque Nacional South Luangwa
Dia 2 Lusaka – Parque Nacional South Luangwa
Dia 3 Lusaka – Parque Nacional South Luangwa
Dia 4 Parque Nacional South Luangwa – Parque Nacional Lower Zambezi
Dia 5 Parque Nacional South Luangwa – Parque Nacional Lower Zambezi
Dia 6 Zambezi – Livingstone
Dia 7 Livingstone

Locais UNESCO na Zâmbia
Estes são alguns dos melhores destinos para visitar na Zâmbia. Os locais UNESCO Património Mundial na Zâmbia são locais protegidos pela sua importância cultural ou natural.

Locais inscritos na Lista do Património Mundial na Zâmbia:

  • Mosi-oa-Tunya / Cataratas Vitória

Deixe o seu comentário aqui:

João Leitão - O autor do blog:

VIVA! Sou o João - blogger de viagens. Com 20 anos de experiência como viajante independente, explorei mais de 128 países em África, Antártica, Ásia, Europa, América do Norte e Central, América do Sul e Oceânia. Bem-vindos ao meu blog de viagens, onde partilho informação prática de viagem para o motivar a sair de casa! Siga nas redes sociais: Facebook, Twitter, Instagram, Pinterest e YouTube.

Kit de Viagem:

  • Onde eu reservo alojamento? Encontre os melhores hotéis e promoções através do Booking.com
  • Eu reservo sempre o meu carro online através do Rentalcars.com
  • Quer estar prevenido? Faça o seu seguro de viagem através do Worldnomads.com
  • 7 dias em Marrocos 430 euros desde Marrakech até ao Deserto do Saara através do Marrocos.com
  • Quer viajar e ter sempre Internet? Faça como eu e compre o aparelho da SkyRoam.com
* Esta página tem links de afiliados. Quando você reserva algo através deste blog, eu retenho uma pequena comissão que não altera o preço final. Obrigado!

Blog de viagens mencionado em:

Blog de viagens nos Media

« Seguir @joaoleitaoviagens no Instagram »