Generalidades

Como atravessar África barato Trans-Africano

Bom, esta página é uma aventura. Nunca fiz um Trans-Africano mas tenho ideias de fazer, e ainda num futuro próximo. Vou de uma maneira prática, tentar calcular os custos de viagem para um Trans-Africano, de Portugal até à África do Sul. Por isso se tem curiosidade e apetites para uma viagem deste género, aqui vai um balanço global de custos e como ir.

As viagens Trans-Continentais são sempre viagens grandes, que geralmente apanham sempre os viajantes mais aventureiros as podem fazer, quer pela aventura, quer por conseguirem largar tudo em casa para poder estar longe durante tantos meses.

O que proponho aqui, é ligar 12 capitais africanas, de modo a poder fazer um itinerário de Norte a Sul. Vou apontar ao todo 12 países, a visitar sempre 1 capital, e um lugar UNESCO nesse mesmo país. Ficamos assim a conhecer as capitais de vários países africanos, e também um pouco dos seus lugares mais bonitos, escolhidos sempre pelas UNESCO ( epá temos que seguir algum critério não é? ). A razão para escolher 2 dias nas capitais, é para termos tempo para tratarmos de vistos e papeladas.

Mapa e Itinerário do Trans-Africano, Portugal até à África do Sul

Mapa do Trans-Africano
Mapa do Trans-Africano

Os países para o Trans-Africano

  • Marrocos
  • Mauritânia
  • Mali
  • Burkina Faso
  • Níger
  • Chad
  • Camarões
  • Congo Brazzaville
  • Congo Kinshasa ( Zaire )
  • Angola
  • Namíbia
  • África do Sul

Transportes para Trans-Africano – Como ir?

Vamos usar vários tipos de transporte, em diferentes países, diferem as melhores alternativas para viajar, nalguns países é melhor autocarro ou comboio, e notros é melhor viajar nos conhecidos “taxi-brousse” ou numa carrinha pick-up. Temos ainda que apanhar 1 ou 2 barcos ( ferry-boat para Marrocos, e barco de Brazzaville até Kinshasa ( Congo e Zaire ).

Quantos dias? Quanto tempo? Mas Onde?

Em cada capital ficamos 2 dias, e em cada lugar Património Mundial ficamos 3 dias. Ou seja, estamos basicamente 5 dias em cada país da nossa descida virtual. Eu sei que 4 dias é pouco, mas lembre-se que isto é só um ensaio, e ainda temos dias de viagem em transporte. Depois de termos as previsões todas feitas é muito fácil mudarmos e transformarmos como quisermos.

Temos então 5 dias para cada país, e vamos pôr 2 dias de viagem por cada país. Ou seja, temos 7 dias de permanência em cada um. 7×12=84 dias. Dá 12 semanas total, se fizermos 1 mês = 4 semanas, temos então 3 meses certos ( dá +- 2.8 meses ).

Trans-Africano
Trans-Africano

Quando custa? Quanto dinheiro vamos gastar?

Temos 4 tipos de custos

  • Alojamento
  • Comida
  • Vistos
  • Transportes

Para transportes, hotéis e comida, por dia vou fazer o orçamento de 25Euros por dia.

É um valor baixo, mas África é barata, e ainda para mais que certos países vamos gastar cerca de 15 Euros por dia, ou seja, o que resta fica para um país onde gastaremos mais, ou simplesmente para termos dinheiro de manobra.

Lembro que isto é um valor por alto, novamente realço que há mesmo países que os hotéis custam 5 EUROS por dia, mais 3 EUROS de comida e estamos bem. Ou seja, 8 EUROS num dia. Mas continuaremos a fazer o orçamento com 25EUROS por dia, pois contaremos também transportes.

Temos um total de 84dias, 25EUROS x 84 = 2100EUROS

Lembro ainda que, e isto é muito importante, nós temos 2 dias para viajar em cada país, ou seja, 2 dias para estarmos dentro de algum tipo de transporte. África demora tempo a viajar pois, em transportes como ferrys, jipes, autocarros, comboios, etc, demoram sempre mais tempo do que nós estamos habituados.

O que quero dizer com isto é que nós estamos a fazer as contas a 7 dias a 25 EUROS, mas efectivamente só temos 5 dias por país em hotel, ou seja, se dormirmos num comboio autocarro nocturno etc, vimos este orçamento reduzido em praticamente 500 EUROS, 600 EUROS!, mas como disse, estou a fazer as contas por alto, para ter dinheiro para outras aventuras e coisas que vão aparecendo.

Ficar mais tempo em África por muito pouco dinheiro

Se virmos vem, depois de comprado um visto de 1 mês para um país, podemos alugar uma casita por uns 30EUROS durante esse tempo todo. Mais 20EUROS de comida, temos assim o nosso Trans-Africano com mais 30 dias, e, com um custo de só + 50EUROS!!! Dá que pensar não dá? Bem, já perceberam onde quero chegar…daí ser bom esta estatística.

Vistos TRANS-AFRICANO

  • Marrocos = NÃO HÁ VISTO
  • Mauritânia = 20 EUROS
  • Mali = 25 EUROS
  • Burkina Faso = 25 EUROS ( visto triplo: Burkina, Costa do Marfim e Togo )
  • Níger = 45 EUROS
  • Chad = 20 EUROS
  • Camarões = 30 EUROS
  • Congo Brazzaville = 25 EUROS
  • Congo Kinshasa ( Zaire ) = 45 EUROS
  • Angola = AINDA A INVESTIGAR…
  • Namíbia = NÃO HÁ VISTO
  • África do Sul = NÃO HÁ VISTO

TOTAL DINHEIRO VISTOS = 210 EUROS, vamos dar mais uma margem de 40EUROS e temos então 250 EUROS para vistos em 12 países africanos.

E pronto, com 2350 EUROS, temos a viagem toda feita. Este é um valor por médio-alto, pode-se gastar menos, e, é óbvio que também se pode gastar mais. Estou certo que a viagem pode ser feita por 2000 EUROS, mas mais vale levar 2500 EUROS total de viagem para estarmos seguros. Deste modo, e se tivermos mais tempo de viagem, podemos sempre ficar em vários países durante alguns meses. Podemos pelo mesmo “budget” prolongar a nossa viagem para o dobro, 6 meses pelo mesmo dinheiro. Estamos a falar de viajar em África por 6 meses por +- 400 EUROS por mês!!

Cidades Capitais / Locais Património Mundial da Humanidade UNESCO

Ilha-Goree-Island-Dakar-UNESCO-Senegal-West-Africa-Ocidental (38)

Vamos então ter uma capital de cada país onde ficamos 2 dias, e também um local UNESCO onde ficamos 3 dias. Porquê esta escolha? Bem, as capitais são normalmente cidades grandes com grande actividade económica ( se compararmos com o interior de cada país africano ).

Vou acrescentando coisas à medida que vou escrevendo, ou seja, se temos 3 dias para um local, mas se no caminho para uma outra cidade estiver mais alguma coisa interessante, eu vou acrescentando, também porque preciso de criar um percurso para organizar transportes.

É por um lado interessante ver como foi a evolução de um país no âmbito da modernidade, e por outro porque nós possivelmente vamos ter que esperar para termos vistos “en-route” para diversos outros países em frente.

Marrocos será uma excepção pois não precisamos de visto nenhum até à Mauritânia, e em Rabat é muito mais difícil conseguir os vistos e tem que se ficar à espera mais tempo.

O ideal aqui seria tentar fazer o maior número de vistos nos países mais ou Norte, em Nouakchott por exemplo, cidade calma, de ransição do Saara para a cultura africana sub-Saariana. Em Nouakchott conseguimos um grande número de vistos: Mali, Burkina, continua em breve…

Percurso no Trans-Africano, cidade-a-cidade e apanhar transporte en-route

  • Marrocos: Asilah, El Jadida, Dakhla
  • Mauritânia: Nouadhibou, Nouakchott, Tidjika, Oualâta
  • Mali: Bamako, Djené, Timbuktu ( barco até Gao )
  • Burkina Faso: ops…olha ficou de fora.
  • Níger: Niamey, Nguigmi
  • Chad: Mao, N’Djaména
  • Camarões: Kousséri
  • Congo Brazzaville: continua em breve…
  • Congo Kinshasa ( Zaire ): continua em breve…
  • Angola: continua em breve…
  • Namíbia: continua em breve…
  • África do Sul: Bamako

Locais UNESCO a parar no Trans-Africano

  • Marrocos: El Jadida
  • Mauritânia: Tidjika, Oualâta
  • Mali: Djené, Timbuktu, Túmulo de Askia em Gao
  • Burkina Faso: continua em breve…
  • Níger: continua em breve…
  • Chad: continua em breve…
  • Camarões: continua em breve…
  • Congo Brazzaville: continua em breve…
  • Congo Kinshasa ( Zaire ): continua em breve…
  • Angola: continua em breve…
  • Namíbia: continua em breve…
  • África do Sul: continua em breve…

Embaixadas e Consulados

  • Consulado francês em Nouakchott, Mauritânia
  • Rue Ahmed Ould M’Hamed – BP 231 Tel: 517 40 (ou 57) Fax: 569 38

Leitura em viagem

E pronto…isto continuará… 🙂

Comente esta página para dicas e opiniões, elas são bem-vindas.