Irão

Barco Bandar-e Abbas até à Ilha de Qeshm Irão

Viagem de barco entre Bandar Abbas e Qeshm no Irão
Fotografia da viagem de barco entre Bandar Abbas e Qeshm no Irão
Dentro da lancha entre Qeshm e Bandar Abbas
Dentro da lancha entre Qeshm e Bandar Abbas
Este é o meio de transporte normal para se chegar à Ilha de Qeshm, uma ilha pequenita para lá do Estreito de Hormuz, separada do continente asiático pelo Estreito de Kouran mas que pertence ao Irão.

Este barco que atravessa até meio do Golfo da Omã é uma viagem cheia de altos e baixos já que a pequena lancha vai super rápido pelo meio das ondas, 45 minutos de viagem dentro de um barquito cheio de pessoas tipo lata de sardinhas.

Estes barcos são um pouco velhotes e as suas condições mecânicas não se encontram nos melhores dias.

Basicamente a viagem resume-se a ir dentro de um pequeno barco a 60km/h em águas cheias de tubarões.

Foi engraçado porque as pessoas que iam no barco estavam muito curiosas comigo já que penso que não há muitos turistas por estas bandas, assim alguém estrangeiro que aparece é logo mirado e torna-se o centro das atenções. Até tive regalias e pude ir para fora do barco enquanto que todos os outros passageiros não puderam sair do seu lugar.

Esta viagem demora cerca de 45 minutos e leva-me desde o porto de Bandar-e Abbas até ao porto da pequena vila de Qeshme, na ilha com o mesmo nome.

Toda esta zona do Irão é muito bonita e a viagem é cheia de aventura, fora de tudo, nada turística. Podem-se ver os grandes barcos de carga e os grande petroleiros a circularem no Golfo Pérsico.

Na minha viagem de volta, o barco parou porque o motor avariou. Ficámos parádos no meio da água por cerca de 20 minutos até que um outro táxi destes nos ajudou. 20 pessoas, no meio do nada, à espera…

Lancha de ajuda que chega porque o nosso barco avariou
Lancha de ajuda que chega porque o nosso barco avariou
A viagem valeu mesmo a pena porque tive a oportunidade de ver esta interessante ilha, que é por um lado de alto valor histórico cultural e por outro é uma das zonas no Irão com religiosos mais rigorosos.

Numa das pontas da ilha há um antigo forte portugues, o Forte de Queixome, ainda em ruínas, ainda com os canhões ali perdidos e enferrujados no chão, tudo construído em 1513, servindo este castelo de ponto estratégico de defesa da zona.

Ainda hoje, esta zona é de grande interesse militar pois a sede da marinha iraniana está localizada ali mesmo, na cidade costeira de Bandar-e Abbas. O bilhete de Bandar-e Abbas até à Ilha de Qeshm de barco custou 7500 Rials em 2004.

Vídeo da Lancha Táxi desde a Ilha Qeshm até Bandar-e Abbas

Fotografias da viagem de barco entre Bandar Abbas e Qeshm no Irão