O que gostei mais de ver no Mali

Aqui você encontra uma lista dos melhores destinos para visitar no Mali.

Hombori

O que gostei mais foi Hombori e toda a viagem que fiz para lá chegar. Desde Mopti fui de mota táxi até Sevaré em 22KM de viagem. Como em Sevaré ainda não havia o transporte que queria, fui na mesma mota mais 9KM até uma pequena aldeia cruzamento onde passavam alguns carros. Daqui decidi não apanhar nenhum transporte público, e, simplesmente me pus à boleia. Consegui boleia no primeiro carro que passou. Ainda bem porque estava mesmo muito calor, na boa uns 43 graus. Estes senhoras numa pick-up Toyota Hilux levaram-me até ao cruzamento de Kona. Qual foi a minha surpresa quando me disseram para onde me levavam. Aqui em Kona esperei cerca de 5 horas por um autocarro que me levaria até Hombori. Este autocarro cheio cheio, com pessoas sentadas em bidons na zona de passagem central do autocarro. Muito calor, muitas paragens. Cheguei a Hombori de pela noite dentro.

Aldeia Hombori Mali
Aldeia Hombori Mali
Kona Mali
Kona Mali

Le Main de Fatma

Em Hombori adorei a viagem de 11KM até às montanhas rochosas de Le Main de Fatma. Uma experiência muito boa durante a hora do por-do-Sol. Esta rocha gigante tem algumas pequenas aldeias junto, é uma zona muito quente e isolada, que fica na estrada que segue para Gao. a viagem feita de mota é sem dúvida uma experiência única.

Le Main de Fatma Mali
Le Main de Fatma Mali
Le Main de Fatma Mali
Le Main de Fatma Mali

Gao

Gostei muito de Gao e da mesquita de Askia Mohammed, zona UNESCO, gostei da Dune Rose e da viagem de 3 horas em pirogue pelo rio a dentro. Gao é uma cidade cheia de comércio, muita acção, muitas vendas, mercados, lojas, tudo. Adorei todos os mercados e a zona junto ao rio, apesar de ter muito lixo é bonito ver como se passam as coisas ali.

Askia Mohammed, UNESCO Gao Mali
Askia Mohammed, UNESCO Gao Mali
Gao Mali
Gao Mali
Dune Rose Gao Mali
Dune Rose Gao Mali
Gao Mali
Gao Mali

Gao até Tombouctou

A viagem de Gao até Tombouctou acabou por se revelar uma maluquice e um tanto irresponsável, mas, nem por isso uma má viagem. Foi uma excelente experiência de sobrevivência. Apanhei uma pick-up de um traficante mauritano, numa viagem de 22 horas pela noite a dentro, pelo deserto a dentro, no topo da caixa da carrinha cheia de mercadoria e com mais 18 pessoas. A viagem foi dura, houve de tudo, poeira, tempestade, chuva, saltos, muitos atascos, coisas a saltarem, e o mais emocionante foi mesmo quando o senhor se enganou no caminho e entramos por uma zona militar a dentro, e, numa zona quente onde guerrilhas tuaregues atacam (ainda à uma semana atrás tinha havido um ataque perto de Gao e em Kidal), tivemos todos armas apontadas e tivemos que saltar da carrinha em andamento com os braços no ar. O mauritano, bem , esse louco continuou por mais um pouco pois como ia a ouvir música não ouviu os gritos dos militares armados. Nós como íamos na zona de fora ouvimos e vimos muito bem. Eu a principio não percebi muito bem o que estava a acontecer quando ouvi os primeiros berros, mas, quando vi as armas apontadas para nós e toda a gente que estava em cima da carrinha a saltar loucamente da carrinha em andamento e com os braços no ar, percebi que não era boa coisa e decidi fazer o mesmo.

Gao até Tombouctou Mali
Gao até Tombouctou Mali

Tombouctou

Vaguear por Tombouctou e estar na conversa com um rapaz no mercado central durante algumas horas foi bom. Este rapaz tinha uma t-shirt da selecção portuguesa. A viagem de Tombouctou até Douentza também foi bonita, sempre em 4×4 por pista, atravessando o rio, muita areia, pista, poeira, e muitas paragens de avarias do jipe.

Tombouctou Mali
Tombouctou Mali
Tombouctou Mali
Tombouctou Mali
Tombouctou Douentza em 4x4, Mali
Tombouctou Douentza em 4×4, Mali
Tombouctou Douentza em 4x4, Mali
Tombouctou Douentza em 4×4, Mali

Mopti

O porto e a margem do rio em Mopti é muito bonita, com os barcos, as pessoas a venderem coisas e a lavarem os carros no rio é bonito de se ver.

Mopti Mali
Mopti Mali

Bamako

Bamako é uma confusão, carros, pessoas, poluição, mas tem o seu encanto. Gostei muito de visitar o Museu Nacional do Mali, com uma colecção muito boa de arte, estatuas, arquitectura, têxtil e cerâmicas. Subir ao monte ao lado do museu e apreciar a vista de Bamako de cima foi também muito gratificante. Dá para ver para lá do rio. Uma excelente experiência em Bamako foi que tive a oportunidade de ver e ouvir a super conhecida cantora Oumou Sangaré, que veio mesmo à minha mesa dar um aperto de mão e agradecer a nossa presença. Fui com uma amiga sul-africana que conheci na Missão Católica. Todo o mercado à volta da grande mesquita é algo a não se perder. Comer mangas é um must.

Bamako, Mali
Bamako, Mali
Bamako, Mali
Bamako, Mali

Procura um Hotel em Bamako? Hotéis em Bamako

Categorias Mali

Clientes recentes

Clientes

Mencionado em

Mencionado

João Leitão VIAGENS no Instagram

Instagram Joao Leitao