FOTOGRAFAR PRETO E BRANCO

Aprender Fotografia parte 11: Fotografar em Preto e Branco

FOTOGRAFAR PRETO E BRANCO
FOTOGRAFAR PRETO E BRANCO

No início era toda assim. Depois, quando os rolos a cores surgiram foi-se tornando cada vez menos popular, e a entrada em cena do elemento digital quase que acabou com este tipo de fotografia.

A fotografia a preto e branco evoluiu e adaptou-se, mas não se extinguiu. De padrão universal tornou-se em opção. Uma forma de gravar um momento e uma perspectiva mais artísticas, apelando à sensibilidade do fotógrafo de outra forma.

O preto e branco é uma forma simplificada de fotografia. Pelo menos aparentemente. Pode dar a ideia de que há menos elementos a considerar. Afinal, questões como a temperatura da cor e as combinações cromáticas deixam de ser uma preocupação.

Mas ao simplificar a cena a fotografia a preto e branco torna-se mais exigente, coloca outra responsabilidade sobre os ombros de quem está por detrás da câmara. Sem a cor, elementos como a composição ou a textura ganham relevo. O fotógrafo tem que trabalhar mais para conseguir um resultado apelativo. E depois, os erros pagam-se mais caros, as imperfeições tornam-se mais evidentes.

O viajante dos nossos dias não terá nunca terá que se colocar perante a questão: “vou fotografar hoje a cores ou a preto e branco?”.

Felizmente, a fotografia digital simplificou os aspectos logísticos desta arte. Longe vão os tempos em que eram preciso escolher que rolo introduzíamos na nossa câmara. Nessa altura, ou era a cores ou a preto e branco. Ou então, tinham-se duas câmaras, uma para cada modalidade.

Agora não. A mudança tem apenas que ser feita na mente do fotógrafo, e por vezes pode ser efectuada posteriormente, em casa, na hora de processar os ficheiros de imagem. E digo que tem que ser feita mentalmente porque de facto convém pensar o resultado final antes de ir para o click.

Em algumas máquinas pode-se escolher a opção de fotografar a preto e branco. Nas SLR isso vai apenas reflectir-se no que fica gravado na imagem, mas nas câmaras em que o visor é electrónico, passamos a ver de facto o mundo a preto e branco. Se gosta da ideia de fotografar a preto e branco esta é uma opção pessoal. Há quem diga que activar esta opção é castradora, porque a cor nunca poderá ser recuperada posteriormente. Mas quem o faz afirma que assim se consegue uma melhor ideia do resultado final, é como que pensar em preto e branco.

Algumas situações e temas em que o preto e branco resulta bem:

  1. Quando os temas já são quase monocromáticos;
  2. Lugares abandonados;
  3. Temas decadentes e tristes;
  4. Cemitérios;
  5. Ambientes com nevoeiro ou céu muito cinzento;
  6. Fotografia urbana nocturna, quando a luz super quente da iluminação pública transforma o que vemos em fotografias que parecem dominadas pela cor-de-laranja.

Menu Aprender Fotografia:

  1. Introdução à Fotografia de Viagem
  2. ISO, Velocidade do Obturador e Abertura da Lente
  3. Profundidade de Campo, Temperatura e Balanço
  4. JPG ou RAW?
  5. Composição
  6. Equipamento Fotográfico
  7. Acessórios para fotografar
  8. Software para Fotografia
  9. Manter as Fotos em Segurança
  10. Temas para Fotografar em Viagem
  11. Fotografar em Preto e Branco
  12. Dicas para fotografar melhor
  13. Partilhar as Suas Fotos na Internet
  14. Grandes Fotógrafos de Viagem
  15. Destinos Essenciais para Fotografar