Descobrir Portugal: 100 Locais para Visitar Portugal

71- Foz d’Égua

Foz dÉgua
Foz d Égua

Foz d’Égua é uma aldeia típica de xisto que fica muito perto de Piodão (no concelho de Arganil), uma das “Aldeias Históricas de Portugal” mais conhecidas. A aldeia de Foz d´Égua é lindíssima, com as suas casas de xisto muito bem arranjadas e uma paisagem de cortar a respiração: uma ponte de madeira suspensa completa este cenário de aldeia perdida no meio de uma natureza quase selvagem.


O que visitar em Foz d’Égua:


  • Praia fluvial de Foz d’Égua
  • Ribeira de Piódão
  • Ribeira de Chão d’Égua
  • Serra do Açor
  • Aldeia de Foz d’Égua
  • Aldeia do Piódão

72- Vila Nova de Foz Côa

Vila Nova de Foz Côa
Vila Nova de Foz Côa

Vila Nova de Foz Côa fica no interior Norte de Portugal, no distrito da Guarda. A vila recebeu o seu primeiro foral em 1299 no reinado de D. Dinis e os monumentos nacionais existentes como o Castelo de Numão (na freguesia próxima de Numão), o Pelourinho e a Igreja Matriz de Vila Nova de Foz Côa adivinham a sua importância nessa época. Na década de 90, a vila voltou a ter as atenções voltadas para si com a descoberta, em 1994, das pinturas rupestres na margem do Rio Côa, com maior concentração no município de Vila Nova de Foz Côa.


O que visitar em Vila Nova de Foz Côa:



  • Pelourinho
  • Igreja Matriz
  • Capela de Santa Quitéria
  • Casa dos Andrades
  • Torre do Relógio
  • Capela de São Pedro
  • Capela de Santa Bárbara
  • Museu de Arte e Arqueologia do Vale do Côa
  • Posto de Turismo
  • Casa Vermelha
  • Gravuras paleolíticas de Vale do Forno


  • Capela de Santo António
  • Gravuras paleolíticas da Canada do Inferno
  • Gravuras paleolíticas em Vale Cabrões
  • Linha do Douro
  • Douro Vinhateiro
  • Miradouro do Caminho da Costa
  • Miradouro de Santa Luzia


73- Parque Arqueológico do Vale do Côa

Parque Arqueológico do Vale do Côa
Parque Arqueológico do Vale do Côa

O Parque Arqueológico do Vale do Côa é um dos locais históricos mais importantes no país. É um museu a céu aberto que se estende pelas margens do Rio Côa ao longo dos últimos 17 km de rio até este confluir com o Rio Douro. É um dos maiores complexos arqueológicos de arte rupestre do mundo. As figuras representadas nas rochas de xisto têm uma dimensão entre os 15cm e os 180cm, mas na maioria entre os 40-50cm e são representações de animais: cavalos e bovídeos. O parque foi aberto ao público em Agosto de 1996 e logo em 1998 recebeu a distinção de Património da Humanidade pela UNESCO.


O que visitar no Parque Arqueológico do Vale do Côa:


  • Museu de Arte e Arqueologia do Vale do Côa
  • Rio Douro
  • Estação arqueológica da Quinta de Ervamoira
  • Gravuras paleolíticas da Canada do Inferno
  • Gravuras paleolíticas da Penascosa
  • Gravuras paleolíticas da Ribeira de Priscos
  • Habitat Paleolítico do Salto do Boi
  • Douro Vinhateiro

74- Fontanelas

Fontanelas
Fontanelas

Fontanelas é uma pequena aldeia junto à costa atlântica, a cerca de 8,5 km da vila de Sintra. Nos arredores da aldeia pode-se ver alguns bonitos exemplares de moinhos de vento muito bem conservados. A proximidade da costa e da abundância dos ventos marítimos proporcionava o bom funcionamento dos moinhos, sendo que no século XVIII havia cerca de 500 moinhos na zona de Lisboa, que garantiam a produção de uma média de meio quilo de pão por pessoa.


O que visitar em Fontanelas:


  • Moinhos de vento
  • Praia da Aguda
  • Aldeia de Fontanelas

75- Fojo do Lobo de Fafião

Fojo do Lobo de Fafião
Fojo do Lobo de Fafião

Fojo do Lobo de Fafião. Um “fojo” é uma cova, caverna ou refúgio, que servia na verdade de armadilha para apanhar animais ferozes, neste caso lobos. A estrutura de pedra era construída de forma a encurralar o lobo. Na aldeia de Fafião, que fica em pleno Parque Nacional da Peneda-Gerês, concelho de Montalegre, existem exemplares destas construções recentemente restaurados.


O que visitar em Fafião:


  • Fojo do Lobo
  • Trilho da Vezeira
  • Parque Nacional da Peneda Gerês
  • Lagoas de Cabril
  • Barragem de Salamonde

76- Faro

Faro
Faro

Faro é a cidade capital do Algarve, a região mais a sul de Portugal. A sua importante localização no Mediterrâneo Ocidental fez com que tivesse sido um território desde sempre cobiçado por vários povos. Os primeiros terão sido os Fenícios por volta do século VIII a.C., depois os Romanos e os Visigodos entre os séculos III e VIII d.C., a seguir os mouros que tomaram a cidade em 713 d.C. e em 1249 foi finalmente conquistada aos mouros por D. Afonso III que concluiu assim a Reconquista Cristã e perfez a totalidade do Território de Portugal.


O que visitar em Faro:



  • Antigo Cemitério Judaico
  • Casa das Figuras
  • Casa Mateus da Silveira
  • Teatro Lethes
  • Convento de São Francisco
  • Ermida de São Luís
  • Ermida de Santo António do Alto
  • Igreja da Ordem Terceira de São Francisco
  • Palácio Fialho
  • Palácio Judicial
  • Palácio Guerreirinho
  • Ermida de São Sebastião
  • Arco da Vila
  • Alfandega
  • Banco de Portugal
  • Café Aliança
  • Capitania do Porto de Faro
  • Casa dos Arouca
  • Casa das Açafatas
  • Casa do Compromisso
  • Casa dos Lamprier
  • Paços do concelho
  • Porta Árabe
  • Revelim
  • Palácio Cúmano
  • Seminário Episcopal de São José
  • Ria Formosa
  • Parque Ribeirinho


  • Casa do Tenente
  • Castelo/Fabrica de Cerveja
  • Catedral de Faro
  • Museu Municipal de Faro
  • Coreto
  • Ermida da Nossa Srª do Ó
  • Ermida da Nossa Srª do Pé da Cruz
  • Governo Civil
  • Igreja e Hospital da Misericórdia
  • Igreja do Convento de Santo António dos Capuchos
  • Igreja Matriz de São Pedro
  • Muralha/porta Nova
  • Arco do Repouso
  • Torres Bizantinas
  • Solar dos Pantojas
  • Solar das Gárfias
  • Solar o Capitão-Mor
  • Jardim Manuel Bivar
  • Mata do Liceu
  • Museu Maritimo Almirante Ramalho Ortigão
  • Marina de Faro
  • Estádio Algarve


77- Évora

Évora
Évora

Évora é uma cidade muito rica em termos históricos e arquitetónicos, onde é visível a passagem de vários povos. A influência romana é a mais forte, que perdura até hoje em vários monumentos pela cidade. O centro histórico de Évora é considerado Património Mundial da UNESCO desde 1986.


Vistas aéreas de Évora:



O que visitar em Évora:



  • Capela dos Ossos
  • Praça do Giraldo
  • Sé Catedral de Évora
  • Templo Romano
  • Igreja de Santo Antão
  • Cromeleques e Menir dos Almendres
  • Palácio dos Duques de Cadaval
  • Igreja de São Francisco
  • Palácio de Dom Manuel
  • Câmara Municipal
  • Museu de Évora
  • Paço de S. Miguel
  • Igreja da Graça
  • Igreja e Convento do Carmo
  • Igreja da Misericórdia
  • Alto de São Bento
  • Antas do Barrocal
  • Portas de Moura
  • Quartel dos Dragões de Évora
  • Arco romano de D. Isabel


  • Aqueduto da Agua de Prata
  • Porta de Aviz
  • Anta Grande do Zombujeiro
  • Convento da Cartuxa
  • Casa de Garcia Resende
  • Museu do Relógio
  • Ruinas romanas
  • Biblioteca publica de Évora
  • Casa Cordovil
  • Casa da Balança
  • Chafariz das Portas de Moura
  • Ermida de Nossa Srª do Ó
  • Igreja de São Vicente
  • Igreja de São Mamede
  • Igreja do Senhor da Pobreza
  • Igreja do Salvador do Mundo
  • Museu Nacional Frei Manuel do Cenáculo
  • Universidade de Évora
  • Teatro Garcia de Resende


Veja também a página: Visitar Évora – Guia de Viagem.

João Leitão VIAGENS no Instagram

Instagram Joao Leitao