Polícia e o que fazer em caso de emergência em Londres

EMERGÊNCIA EM LONDRES
EMERGÊNCIA EM LONDRES

Na entrada para Inglaterra os primeiros polícias que vai encontrar pela frente são os da Polícia Federal e os de Imigração. Em quase todos os locais turísticos de Londres vai ver polícias fardados. Também os locais ligados à economia e política britânicas estão guardas em permanência, a garantir a segurança. Mesmo que não seja fã de Sherlock Holmes, certamente já ouvir falar da Scotland Yard, que é a sede da Polícia Metropolitana de Londres.

Conhece aqueles carismáticos polícias de chapéu alto e peludo, de cor preta, e com casaco vermelho? São os guardas da rainha e protagonizam uma das cerimónias diárias mais conhecidas: a troca da guarda, com coreografias militares. É um dos momentos mais procurados pelos turistas de máquina fotográfica na mão.

Existe ainda a British Transport Police que é responsável pela segurança dos transportes de Londres. Já era normal o supervisionamento dos transportes nesta mega-capital mas, depois dos atentados de 2005 e dos acidentes na rede de metropolitano, que são agora muito raros, foi criada uma polícia específica.

Sabia que há policiamento em Londres desde os tempos romanos? A actual sede da City of London Police está, em parte, no local onde existiu uma fortaleza romana que terá servido de casa para a primeira polícia londrina.

DICA IMPORTANTE: Compre o London Pass para ter descontos em monumentos, museus, utilização gratuita da rede de transportes públicos e evitar longas filas para comprar bilhetes – compre o London Pass aqui.

Emergência e Forças de Segurança em Londres


1- Não tenha medo!


Londres é seguro? Com a quantidade de polícias que anda na rua acho que sim. É, aliás, considerada uma das cidades mais seguras do mundo. Tem de ter, como em todas as cidades que visitar, cuidados com os carteiristas que costumam andar na zona de turistas e com todo o tipo de assaltos.


2- Cuidados a ter


Não ande com objectos de valor à mostra, guarde bem os documentos e dinheiro, em bolsos difíceis de alcanças pelos carteiristas. Geralmente os bolsos de casacos e os de trás, das calças, são os mais apetecíveis para os ladrões. Se tiver um telemóvel, dos topo de gama, evite também estar ao telefone muito tempo com ele. Primeiro porque se distrai com mensagens, Facebook, etc. em vez de prestar atenção perigo que o pode rodear. Em segundo lugar, porque esses itens costumam ser os primeiros a ser roubados aos mais distraídos.
Nunca use mochila nas costas. Vire-a para a frente para evitar que seja roubado. No meio da confusão nem se apercebe que abriram a sua mochila e lhe levaram todo o material fotográfico, por exemplo – e isto acontece frequentemente. Também não deve pousar o seu telemóvel em cima das mesas dos restaurantes ou bares.


3- Sorria, está a ser filmado!


A Polícia Metropolitana de Londres tem a funcionar um circuito televisivo com câmaras na ruas para estar atenta a tudo o que se passa. O ladrões estão normalmente em locais muito movimentados, como atracções turísticas, em estações de metro ou comboio e autocarros. Evite andar em zonas desertas e principalmente à noite.


4- Fui assaltado! E agora?


Em caso de roubo ou perda de pertences – se for de cartões de banco peça o cancelamento de imediato – vá o mais rápido possível a uma esquadra da polícia. Em caso de urgência ligue o 999 para pedir ajuda à polícia.

Quando for atendido, informe que é um turista e conte calmamente o que sucedeu. Se estiver alguém em perigo deve dizê-lo em primeiro lugar e indicar o local onde se encontra. Depois pode passar para as informações secundárias. Todas as chamadas são depois revistas pela polícia.

Sabia que o 999 é dos números de emergência mais antigos do mundo? Existe desde 30 de Junho de 1938.