Como fazer um Seguro de Viagem para Londres

SEGURO DE VIAGEM PARA LONDRES
SEGURO DE VIAGEM PARA LONDRES

Quando se está a centenas ou milhares de quilómetros de distância de casa, longe dos amigos e familiares, sem ninguém conhecido que nos dê uma mão num momento mais complicado, é bom ter uma segurança. É aí que entra a importância de fazer um seguro de viagem previamente. Muitas pessoas podem considerar que é um desperdício de dinheiro porque, na verdade, ninguém pensa no que poderá correr mal.

No entanto pense bem: O seguro de viagem serve para isso mesmo, é uma segurança e dá tranquilidade. Pode ter uma dor de dentes, dor de ouvidos, torcer um pé e sabe que tem tudo coberto com o seguro de viagem.

DICA IMPORTANTE: Compre o London Pass para ter descontos em monumentos, museus, utilização gratuita da rede de transportes públicos e evitar longas filas para comprar bilhetes – compre o London Pass aqui.

Porquê fazer um seguro de viagem para Londres?


1- Vantagens


Um seguro de viagem faz a cobertura de despesas médicas, de despesas legais (jurídicas ou perda de documentos, por exemplo) e extravio de bagagem. Existe ainda um seguro médico só destinado a gastos de saúde. Pode optar por um dos dois.

Além de, em caso de necessidade, cobrir os gastos (até um valor determinado entre si e a seguradora) o seguro de viagem também assegura acompanhamento no caso de precisar de cuidados médicos.

Outra vantagem do seguro de viagem: imagine que tem de desmarcar a sua viagem para outras datas. Alguns seguros também cobrem as despesas que essa alteração pode necessitar: cancelamento da viagem inicial e marcação de nova viagem. O seguro pode inclusive pagar atrasos nos horários das viagens.


2- Como fazer um seguro de viagem


De preferência faça o seguro com seguradoras que tenham atendimento na sua língua. Se algo lhe acontecer e tiver de accionar o seguro não vai querer estar a traduzir o sucedido a alguém que não fala a mesma língua que você.

Não adianta dizer que consigo nunca aconteceram coisas más nas viagens e, por isso, nunca vai fazer um seguro de viagem. Existem situações em que compensa mesmo, como o perder o material fotográfico ou o computador portátil que levou para as férias. Esse material pode estar coberto pelo seguro.

Quando fizer o seguro procure saber o que ele cobre e o valor máximo da cobertura e reembolso. Há países (e continentes) onde os seguros são mais caros como é o caso dos países da Europa. Já na Índia por exemplo é mais barato, porque o nível de vida é também mais baixo.

Depois, quando estiver em viagem, traga sempre consigo, e junto com outros documentos, o número da sua apólice e o telefone internacional para onde deve ligar, caso precise. Caso seja uma emergência guarde todos os comprovativos de pagamentos nos hospitais e apresente-os posteriormente para ser reembolsado – isto funciona de forma diferente de seguradora para seguradora.

Também existem seguros próprios para quem pratica desporto aventura. Até porque a maioria dos seguros simples não cobre actividades que ponham em risco a segurança e saúde dos participantes.

Existem várias empresas que fazem os seguros de viagens. Uma das mais elogiadas pelos viajantes (principalmente por aqueles que viajam por todo o mundo) é a World Nomads. Fica a minha sugestão.


3- Compre o seu seguro de viagem online


Como fazer um Seguro de Viagem para Londres 1

Faça um seguro de viagem antes de sair de casa! Vá de férias mais tranquilo, 15 dias de seguro custa só 45 euro; / R$125 Reais.

» Consulte a página: World Nomads.


4- Tem seguro automóvel?


Se já tiver um seguro automóvel, saiba que este já inclui um seguro de viagem que cobre diversos imprevistos, mesmo que não viagem de automóvel. Desta forma, basta fazer acompanhar-se da sua apólice e, assim, evitar gastos desnecessários. Claro está que as coberturas podem não ser tão completas como as de um seguro de viagem dedicado. Também alguns cartões de crédito incluem seguro de viagem, por isso informe-se bem junto da sua seguradora e do seu banco antes de gastar dinheiro. A CGD faz um seguro de viagem breve do que pode esperar das coberturas do seu seguro automóvel e do cartão de crédito.


5- Cartão Europeu de Seguro de Doença


O cartão Europeu de Seguro de Doença é um cartão gratuito que permite aos cidadãos dos estados-membros da UE aceder aos serviços de saúde dos países-membros nas mesmas condições dos seus habitantes. Este cartão não só lhe garante acesso à assistência médica e hospitalar como garante que vai pagar as taxas moderadoras ou outras contribuições nas mesmas condições dos nacionais dos países visitados, sem outros encargos adicionais. É gratuito, válido por três anos e deve ser pedido no Instituto da Segurança Social. Para poder pedir este cartão tem de ser contribuinte activo num dos países da União Europeia (estar a descontar como trabalhador dependente ou independente), uma vez que o seu acesso está barrado a desempregados. Saiba mais sobre este cartão e as suas vantagens aqui.