🐪 » 7 dias em Marrocos 430 euros desde Marrakech até ao Deserto do Saara através do Marrocos.com « 🐪

🌍 Incrível vida de uma tribo brasileira querendo sobreviver

Actualizado em 3 Novembro, 2016
Tribo Tatuyo do Brasil, Incrível vida de uma tribo brasileira querendo sobreviver

Tribo Tatuyo do Brasil, Incrível vida de uma tribo brasileira querendo sobreviver

“A única maneira de sobreviver na selva dentro de uma comunidade indígena, é fazer negócio de pesca e caça, fabricar artesanato, e fazer performances de 20 minutos a grupos de turistas que nos visitam, especialmente durante o fim-de-semana. Sinceramente, o facto de termos visitantes a verem o nosso show, permite-nos preservar as nossas tradições e de passá-las a futuras gerações. As crianças aprendem o nosso idioma indígena, as nossas canções, as nossas danças e a tocar instrumentos tradicionais índios.”

Tribo Tatuyo do Brasil

O mundo está a desenvolver-se rápido.

A maneira de viver indígena está praticamente desaparecida na maior parte das tribos remotas do planeta.

Muitas pessoas deixam a sua maneira de viver ancestral, imigrando para centros urbanos à procura de uma vida melhor e mais confortável.

No Brasil, o Estado já tem projectos de protecção de algumas comunidades indígenas e criou decretos de lei para restringir a visita de forasteiros nessas regiões. Basicamente, toda a gente exterior a essas comunidades está proibida de lá entrar. Estas leis farão com que esta maneira de viver se preserve praticamente intocável e sem influência exterior, que acabaria por aniquilar estas culturas por completo.

Porém, outras tribos no Amazonas, situadas em locais de acesso fácil a centros urbanos, tentam sobreviver e encontrar uma relação entre o seu passado, o seu presente e o seu futuro.

Dança ritualista indígena no Amazonas

Dança ritualista indígena no Amazonas

Durante a minha visita a Manaus – capital do estado do Amazonas – aproveitei para experienciar viver com uma tribo indigena Tatuyo – que vivem nas margens do Rio Negro.

Nesta página escolhi uma pequena mostra de fotos da incrível vida de uma tribo brasileira da Selva Amazónica querendo sobreviver nos dias de hoje.

Mulher indígena lavando o seu cachorro no Rio Negro

Mulher indígena lavando o seu cachorro no Rio Negro

O dia-a-dia nesta parte do Amazonas depende praticamente do rio.

Homem Indígena Brasileiro

Homem Indígena Brasileiro

Durante as cerimónias e rituais, roupas e decoração são feitas usando pigmentos e materiais naturais.

Meninas Indígenas Tatuyo

Meninas Indígenas Tatuyo

Muitas das tribos da região ganham a vida com turistas, seja com shows de dança indígena ou vendendo artesanato tradicional.

Tribo Tatuyo perto de Manaus

Tribo Tatuyo perto de Manaus

As danças e cantos Tatuyo dos rituais Kapiwaya, Pohé, Yapurutu e Káriço, realçam a história da criação da sua etnia. Com uma dança ritual, eles adoram o Deus indígena e contam de onde vêm e para onde vão – uma alegoria entre a vida e a morte – a criação e o desaparecimento.

Depois de falar com o chefe Pinó, ele disse-me que não quer que a sua família se mude para a cidade, e quer continuar a viver como os seus antepassados e passar essas tradições aos seus filhos.

Preparando mingau de açaí com ingredientes naturais

Preparando mingau de açaí com ingredientes naturais

O açaí é uma das comidas mais importantes dos habitantes da Amazónia. Para os indígenas, o açaí é a principal fonte de vitaminas e anti-oxidantes.

Piranha bem perigosa

Piranha bem perigosa

As piranha são um dos animais mais perigosos da selva. Cair no rio no local errado é fatal.

Pesca do peixe Pirarara no Amazonas

Pesca do peixe Pirarara no Amazonas

Para se chegar até esta comunidade indígena é preciso viajar de lancha durante duas horas, saindo de Manaus, a capital do estado do Amazonas.

Limpando o agouti para comer

Limpando o agouti para comer

Cupins para comer no Amazonas

Cupins para comer no Amazonas

As térmitas (cupim) são importantes para a dieta indígena devido ao seu alto nível de sal, importante fonte de minerais.

Preparando peixe grelhado no lume

Preparando peixe grelhado no lume

Menino indigena no Amazonas

Menino indígena no Amazonas

Casa Indigena no Amazonas

Casa Indígena no Amazonas

A estrutura principal destas casas (malocas, ocas), serve para local de cerimónia, cozinha, alojamento e reuniões comunitárias. Algumas familias têm palhotas privadas no exterior.

Bonita menina indigena brasileira

Bonita menina indigena brasileira

Crianças na selva amazónica

Crianças na selva amazónica

Como não ser um “turista” enquanto visita uma comunidade indígena:

  • Não fique só durante o show de dança que dura 20 minutos. Tente ficar no acampamento durante vários dias para conviver mais de perto com a realidade da comunidade.
  • Evite brincar ou rir da sua cultura diferente, da nudez ou das danças tradicionais.
  • Contacte directamente o chefe da tribo para não visitá-los através de uma agência de viagens. O dinheiro assim vai 100% para a comunidade. Quando estiver em Manaus telefone para o Chefe Pinó – (92) 94 89 86 98 ou para o Wapi – (92) 94 91 76 36. Eles podem providenciar transporte de barco até à aldeia.
  • Aproveite para comprar artesanato na comunidade, muito melhor do que comprar numa loja da cidade.
Vaga-lume na selva

Vaga-lume na selva

Homem indigena na selva do Amazonas

Homem indígena na selva do Amazonas

Menino indigena da etnia Tatuyo

Menino Indígena da etnia Tatuyo

Por do Sol no Rio Grande, Amazonas

Por do Sol no Rio Grande, Amazonas

O Rio Negro tem 2250 km de comprimento e é um tributário do Rio Amazonas.


🛫 Kit de Viagem

✅ Encontre os melhores hotéis e promoções através do Booking.com
✅ Reserve o seu carro online através do Rentalcars.com
✅ Faça o seu seguro de viagem através do Worldnomads.com
✅ 7 dias em Marrocos 430 euros desde Marrakech até ao Deserto do Saara através do Marrocos.com

🗨 Deixe o seu comentário aqui

Os comentários deste blog de viagens são via facebook.





🚀 Siga nas redes sociais

Facebook Twitter Google+ Instagram Pinterest Stumbleupon Tumblr YouTube Blog Lovin

🏆 Blog de viagens mencionado em

Blog de viagens nos Media

📷 Seguir João Leitão Viagens no Instagram