Blog de Viagens

BLOG DE VIAGENS

Roteiros e ideias exóticas para inspirar viajantes independentes. Blog de viagens com aventuras em mais de 130 países e territórios pela África, Antártida, Ásia, Europa, América do Norte e Central, América do Sul e Oceânia. A viajar desde 1999.

Bem-vindos ao meu blog de viagens pessoal, onde partilho consigo, as minhas experiências de viagem. Irá reparar que a intenção primordial da existência deste blog é para incentivar e motivar outros viajantes a descobrirem lugares interessante pelo mundo fora.

BLOG DE VIAGENS Vila de Sif no Iémen
Vila de Sif no Iémen

Através de partilha de informação prática de viagem, aparece o “João Leitão Viagens” e a sua versão em inglês “Nomad Revelations.”

Aventura #Vanlife – 1 ano na estrada

Acabei de voltar de uma viagem de 35.000 km com uma caravana transformada por mim. Veja este pequeno vídeo de viajar pelas montanhas geladas do Quirguistão a 3.112 metros de altitude.

« Últimos artigos »

O que fazer na Antártida

O que fazer na Antártida

Jan 31 2019

O que fazer na Antártida Visitar a Antártida é por si uma experiência única. Não são muitos os humanos que se deslocaram a esta terra remota e menos ainda os que regressaram. É portanto uma viagem que se faz uma vez na vida, e apenas ao alcance dos mais afortunados. Contudo, caso se encontre entre o número restrito dos que terão a possibilidade de visitar o continente gelado no curso da sua vida, deverá decidir se a sua experiência se limitará ao comum cruzeiro, com algumas idas a terra para observar mais de perto a vida animal, ou se pode ir mais além, retirando ainda mais desta oportunidade única. Assim, o que fazer na Antártida não é muito difícil de encontrar. Faço uma lista de actividades possíveis de fazer durante a sua viagem na Antártida. Actividades “normais” na Antártida É com alguma hesitação que uso a palavra “normal” para escrever algo…

Como chegar à Antártida – Informação prática

Como chegar à Antártida – Informação prática

Jan 30 2019

Como ir à Antártida Para visitar a Antártida há que primeiro chegar a um dos portos de onde existem partidas de cruzeiros para o continente gelado. Há partidas de locais mais distantes, como a Austrália e a Nova Zelândia, mas esses cruzeiros têm uma longa duração e custam preços interditivos para quase todos nós. A maioria das pessoas simplesmente viaja até à extremidade da América do Sul e de lá parte em cruzeiros que demoram apenas dois ou três dias para atingir a Antártida. Do Chile o porto de partida é Punta Arenas, mas é de Ushuaia, na Argentina, que saem mais navios rumo à Antártida. Dito isto, deverá primeiro atingir a capital de um destes países. Provavelmente Buenos Aires. De lá poderá voar para Ushuaia, devendo esperar pagar entre 100 a 150 Euros por trajecto. Poderá também viajar de autocarro, atravessando diversas regiões argentinas, incluindo a Patagónia. Serão 3.100 km,…

Os Exploradores da Antártida

Os Exploradores da Antártida

Jan 30 2019

Nunca se saberá quem foi o primeiro humano a chegar à Antártida. Provavelmente os povos da Polinésia, cujos feitos ficaram gravados na memória oral que chegou até aos dias de hoje. Ao longo do século XVII uma série de navegadores europeus tocaram a Antártida, incluindo alguns portugueses. Mas foi o Capitão James Cook que pela primeira vez cruzou o Círculo Polar que efectuou uma viagem de circum-navegação do continente gelado, o que sucedeu entre 1772 e 1775. A descoberta de novas terras, até então nunca vistas pelo Homem ou de acesso limitado aos habitantes locais, tornou-se uma obsessão durante o século XIX, a época de ouro dos descobridores. Foi um período de grande ebulição no meio científico. A formação de sociedades de geografia multiplicava-se pela Europa fora, os mistérios do interior de África, as profundezas dos oceanos, os segredos dos desertos… tudo suscitava uma paixão nos meios intelectuais dos salões europeus…

Viajar na Antártida – Um fascínio inegável

Viajar na Antártida – Um fascínio inegável

Jan 30 2019

Viajar na Antártida Estive de viagem na Península Antártica e Ilhas Shetland do Sul durante 15 dias, saindo da cidade argentina de Ushuaia, atravessando a Passagem de Drake (Drake Passage), descendo até 68°11 S 67°00 W na Ilha de Stonington, para lá do Círculo Polar Antártico. Viajar na Antártida no mês de Fevereiro foi muito bom já que apanhei muito bom tempo durante praticamente toda a viagem. Gastei algum dinheiro, claro, até porque não há uma forma verdadeiramente económica de explorar o continente gelado. Mas cada cêntimo investido nessa viagem trouxe-me um retorno incalculável. Visitar a Antártida é uma experiência única que desejo que todos vocês tenham oportunidade de concretizar pelo menos uma vez na vida. E espero poder contribuir para isso, ajudar pelo menos um bocadinho, com a informação que aqui reúno. Organizar uma viagem até essas paragens remotas não é complicado, mas há que investigar um pouco, e como…

Qual a melhor altura para visitar a Antártida?

Qual a melhor altura para visitar a Antártida?

Jan 29 2019

Quando Visitar a Antártida A Antárctida não pode ser visitada ao longo de todo o ano. Existe uma janela de tempo relativamente apertada, que vai de Novembro a Março, o período que por ali é considerado Verão. Apenas nessa altura do ano o gelo permite a passagem dos navios, existindo contudo algumas partida ainda em Outubro. Dentro deste intervalo de tempo a melhor altura será uma questão de preferências pessoais. Os dias longos são garantidos, especialmente em Dezembro e Janeiro, quando os dias de sol são frequentes  e o astro-rei brilha durante cerca de vinte horas. Qual a melhor época para visitar a Antártida Novembro Como é visitar a Antártida em Novembro? Se tem um fascínio por icebergs, visitar a Antártida em Novembro é para si! É nesta altura que os poderá ver na sua forma mais imponente e é também por esta altura que os glaciares estão no seu melhor,…

Como reservar hotel com o Booking.com: Passo-a-Passo

Como reservar hotel com o Booking.com: Passo-a-Passo

Set 11 2018

A plataforma de reservas de alojamento Booking.com, fundada em 1996 e tendo a sede em Amesterdão, é a maior das diversas empresas deste género que neste momento existem no mundo, sendo o 52º website mais utilizado em termos absolutos. É uma excelente ferramenta para que o viajante encontre e reserva um alojamento no decorrer das suas andanças pelo mundo. Inicialmente contemplava apenas hotéis, mas com o tempo tem-se aberto a outras opções de alojamento, como hostéis e apartamentos para alugar. Faz anos que eu não reservo hotéis, hostels e alguns apartamentos sem ser com este site. Porquê? Bem, muitos estabelecimentos têm promoções online, mas o que gosto mais, é poder ter todos os hotéis ali mesmo, na palma da mão, podendo escolher localização e preço que mais me convém. É realmente um site muito útil e bem elaborado. Fácil e intuitivo. Usar o Booking.com passo a passo Primeira Fase – Os…

Significado da Bandeira da Albânia: Cores e História

Significado da Bandeira da Albânia: Cores e História

Ago 31 2018

Bandeira da Albânia Significado da Bandeira da Albânia » As cores da bandeira da Albânia são o preto e o vermelho. A bandeira albanesa é de descrição simples: totalmente vermelha com uma águia bicéfala a negro no centro ocupando uma boa parte da área. Esta bandeira foi adoptada em 1912, quando a Albânia se tornou independente do Império Otomano. A imagem da águia bicéfala como símbolo da Albânia advém de George Kastrioti, mais conhecido por Skanderbeger, um general albanês que após servir o Império Otomano regressou ao seu castelo de Kruje de onde dirigiu uma luta inglória pela independêndia da Albânia. Ali hasteou a bandeira com o brasão da sua família, que ostenta esta águia e com uma inscrição que dizia: “Eu não vos trago liberdade, a liberdade, essa, encontrei-a aqui, entre vós”. Na realidade o símbolo é inspirado na bandeira do Império Bizantino e foi usado por várias famílias nobres…

Duas Semanas na Arábia Saudita

Pequeno vídeo da minha viagem de duas semanas na Arábia Saudita.

Volta ao Mundo

« Quem é o autor deste blog? »

JOÃO LEITÃO
JOÃO LEITÃO

O meu nome é João Leitão. Nasci em Lisboa em 1980, e sou artista visual de formação. Gosto de viagens aventura, fotografia e culinária. O contacto humano e a comunicação são muito importantes para mim, por isso interagir com os povos autóctones durante as minhas viagens é primordial.

Sou uma pessoa que se define com curiosa. Sempre fui assim, desde pequeno. Basicamente sou uma esponja, uma criança a explorar o mundo, absorvendo experiências novas diariamente. Países e pessoas diferentes exercem sobre mim um imenso fascínio. Eu quero é ver, aprender. Arquitectura do Mundo, traços do passado, crenças religiosas, sabores, aromas, línguas e dialectos, expressões musicais. Viajar encaixa perfeitamente na minha personalidade.

Agora estou aqui, a dar-lhe as boas vindas ao meu blog de viagens, onde reuni material com muita informação útil e que pretende motivá-lo a sair de casa e conhecer o nosso maravilhoso Planeta!

Acerca do autor Países visitados
Melhores experiências O que levo na mala

« Blog mencionado em »

Blog de viagens mencionado em

« Blogger da Equipa
Pathfinders na Lonely Planet »

Lonely Planet Pathfinders Blogger

Seguir no Instagram