🐪 » Viagem de grupo 7 dias em Marrocos por 430 Euros » Marrakech até Deserto do Saara » Mais info em MARROCOS.COM « 🐪

🌍 Visitar Albânia – Roteiros e Dicas de Viagem

Actualizado em 28 Julho, 2017
Visitar Albânia - Roteiros e Dicas de Viagem

Visitar Albânia – Roteiros e Dicas de Viagem

Guia de Viagem

Viajar na Albânia – informação de viagem.

Tudo sobre visitar os melhores locais e destinos da Albânia. Ideias de roteiros e itinerários com informação de alojamento, transporte, muitas galerias de fotografias, restaurantes, vídeos e mapas.

Organize as suas férias na Albânia. Alguma pergunta ou opinião deixe um comentário no fim da página.

Nesta página você encontra:

  1. República da Albânia – Informação prática
  2. Turismo na Albânia – Apresentação
  3. História, Geografia e Cultura
  4. Clima e Quando ir
  5. Vídeo da Albânia
  6. Resumo de viagem à Albânia
  7. Guia de Viagem: artigos para consultar
  8. Roteiros na Albânia – 7 e 11 dias
  9. Locais UNESCO na Albânia
  10. Kit de Viagem

Obrigado.

República da Albânia

    Bandeira Albania

    Bandeira da Albânia

  • Capital: Tirana
  • Língua oficial: Albanês
  • Presidente: Bamir Topi
  • População 2006: 2.986.952 habitantes
  • Moeda: Lek
  • Área Total: 28748 km²
  • Fuso horário: UTC+1
  • Código telefónico internacional: +355
  • Clima: Continental, montanhoso.
  • Visto: Para nacionais portugueses não é preciso visto. É necessário passaporte.
  • Fronteiras: Norte com o Montenegro, a nordeste com o Kosovo, a leste com a Macedónia, a leste e a sul com a Grécia e a oeste com o Mar Adriático.
  • Locais a não perder: Fortaleza de Skanderbeg em Kruja, Tirana, Shkodra, Durresi, Ruínas em Butrint e a Mesquita Muradi em Vlora.
  • Quando visitei a Albânia: Agosto 2008, Julho 2017.
  • Mapa da Albania

    Mapa da localização geográfica da Albania no Mundo

Turismo na Albânia, Roteiros de Viagem

Montanhas na Albânia

Montanhas na Albânia

A Albânia é um país na Europa de leste que faz fronteira a norte com o Montenegro, a nordeste com o Kosovo, a leste com a Macedónia, a leste e a sul com a Grécia e a oeste com o Mar Adriático.

Fazia anos que queria visitar a Albânia, mas foi sempre ficando sempre para trás durante todas as vezes que estive na região.

No Verão de 2003 fui mesmo até à fronteira perto da cidade de Ohrid na Macedónia para passar para o outro lado. Acabei por não o fazer.

Visitei a Albânia em Agosto de 2008 durante o Rali Caucasian Challenge, numa aventura que atravessei a parte mais interior e menos desenvolvida do país, cruzando montanhas e estradas off-road.

Para mim a ideia que tenho da Albânia depois de ter visitado é de um país com gente simpática, gente essa que se sente esquecida pelo resto da Europa.

O país só recentemente se abriu mais e também só agora mais turistas começaram a incluir a Albânia nos destinos para viajar.

Em 2017, passei duas semanas a visitar o país, e além de ter ficado uns dias a aproveitar as belas praias de Ksamil, visitei ainda as cidades de Berat e Girokaster, Saranda e as ruínas de Butrint. Cheguei à Albânia vindo de Atenas de autocarro / ônibus.

Visitar o site oficial do Central Asia Rally – Corrida pela História.

Apresentação da História, Geografia e Cultura:

Casa nas montanhas - Viajar na Albânia

Casa nas montanhas – Viajar na Albânia

A história da Albânia tem início no antigo Reino da Ilíria, o qual é conquistado pelos Romanos, cerca de 168 a.C.. Esteve sob o domínio bizantino desde 395 até 1347, quando cai, subjugando-se ao poder do Império Turco-Otomano, que tem como objectivo inicial a conversão do povo ao islamismo, tal como trazer ao de cima o sentimento nacionalista, bastante repressor. A Albânia sempre foi palco de imensas invasões de outros povos e muitos conflitos territoriais, tendo sido sempre governada por povos não nativos. Lutou pela sua independência em 1912, na Primeira Guerra dos Balcãs, permanecendo livre até durante a Primeira Grande Guerra. Mussolini anexa este país à Itália (1939), mas na Segunda Guerra Mundial os alemães entraram no território a fim de o ocupar. Foi com a Frente de Libertação Nacional que se conseguiu expulsar os alemães. Os EUA aproximam-se na tentativa de comunicarem com o regime comunista aqui vigente, embora tivesse sido a China que determinou esta aliança.

A geografia da Albânia conta com a área territorial de 28 748 Km2, sendo que conta com cerca de 1 350 Km2 de área marítima. Fica situada na Península Balcânica, a qual se encontra na costa ocidental, no Mar Adriático. Este país faz fronteira a Norte com o Montenegro, a Nordeste com o Kosovo e com a Sérvia, a Leste com a Macedónia, a Sudeste com a Grécia, sendo banhada a Oeste, pelo Mar Adriático. O cenário paisagístico aqui presente, é composto principalmente por cadeias montanhosas, onde o ponto mais alto se encontra no Monte Korab, com 2753 metros de altitude, onde é comum existir muita neve. É também representado por uma planície costeira, com uma temperatura amena. A Albânia, já foi bastante florestada, mas actualmente, existe apenas uma pequena percentagem do que existia, devido à exploração madeireira. A vegetação mais proeminente é composta por carvalhos, pinheiros e faias.

Visitar a Albania

Visitar a Albania

A cultura da Albânia é representada por cerca de três milhões de albaneses, povo que constantemente tem vivido tempos rigorosos, que devido às guerras, conflitos territoriais e políticas pouco sociais, passaram pela pobreza extrema. Os albaneses que conseguiram, emigraram, participando nas grandes vagas de emigração para países como a Sérvia, Grécia, Itália, EUA e Suiça. No entanto, os albaneses também convivem com outras nacionalidades no seu país, nomeadamente com gregos, vlachs, macedónios e ciganos, participando nas estatísticas que ditam a Albânia como um dos país mais populados da Europa. A maioridade das pessoas, escolheram as cidades para viver, e mesmo com uma grande pobreza presente, mesmo que o edifício onde vivem se encontre descuidado, existe um grande contraste no interior das casas albanesas, onde tudo está muito organizado e limpo. É possível distinguir através dos trajes as pessoas do Norte do pais, conhecidas como Ghegs e as do Sul, como Tosk.

Clima e Quando ir:

Para saber quando ir à Albânia você precisa de se informar um pouco melhor acerca das suas estações e melhor clima. A melhor altura para visitar a Albânia é entre os meses de Maio e Setembro.

O clima da Albânia é mediterrâneo ao longo da costa, representado por Verões quentes e secos e Invernos amenos e um pouco chuvosos, embora no interior, o seu clima seja classificado como continental. Nas montanhas mais altas, a chuva é imensa. As temperaturas na costa, variam entre os 10º C e os 25º C, nas planícies entre os 7º C e os 24º C, enquanto que nas montanhas, poderá ir dos -2º C até aos 19º C.

Vídeo da capital da Albânia de noite:

3 coisas que gostei na Albânia

  • A simplicidade e simpatia das pessoas
  • As lindas paisagens de montanha no norte do país
  • Ter viajado numa das regiões mais afastadas de centros urbanos
  • País muito barato em comparação ao resto da Europa
  • As cidades históricas de Berat e Girokaster
  • As praias da Riviera Albanesa

Se procura visitar um dos países mais desconhecidos do continente europeu então a Albânia é a escolha certa que se pode fazer durante uma viagem aos Balcãs, e aproveitar para conhecer Montenegro, o Kosovo, a Macedónia e a Grécia por exemplo.

O que visitei / Resumo de viagem à Albânia

Gjirokastër, Albânia
Castelo de Girokaster na AlbaniaGjirokastër: Esta cidade histórica é um dos três locais na Albânia classificados como Património Mundial da Humanidade pela UNESCO e não é difícil perceber porquê. O Castelo é o ponto central da cidade, albergando o Museu do Armamento e dando acesso para o recentemente descoberto bunker que ali foi construído na época da Guerra Fria. Ali perto, o antigo bazar, área comercial do tempo da ocupação otomana, é ainda o centro social de Gjirokastër e a parte mais atmosférica da cidade. A maioria das casas aqui foram construídas ao longo dos séculos XVIII, XIX e início do século XX, e algumas estão abertas aos visitantes. No bairro de Palorto encontram-se espectaculares mansões construídas em pedra , podendo-se visitar a Casa Zekate, um dos mais belos exemplares do género e de cujas torres se pode apreciar uma boa vista da cidade. Outros locais a visitar: o Museu Etnográfico, instalado numa casa que pertenceu ao ditador Enver Hoxha, a igreja de S. Sotira e a mesquita de Gjirokastër.
Berat, Albânia
Centro historico de Berat na AlbaniaBerat: É conhecida como a “cidade das mil janelas” e de facto quando é observada de uma perspectiva aberta compreende-se porquê: as casas construídas na encosta de uma colina, que formam o núcleo histórico de Berat, têm grandes janelas que se tornam evidentes, mesmo à distância. É uma cidade histórica, um exemplo perfeita da arquitectura otomana nos Balcãs, e foi classificada pela UNESCO como Património Mundial da Humanidade. É agradável vaguear apenas pelas suas ruas, descobrir detalhes escondidos em vielas sem saída, subir gradualmente pela colina, cada vez mais alto, cada vez com melhores vistas. Mas há uma série de pontos de interesse específicos em Berat: igrejas do período Bizantino, a Mesquita Encarnada, o castelo (século XIII), o Museu Onufri, o bazar medieval e o Museu Etnográfico, instalado numa casa do século XVIII.

Saranda, Albânia
Praia na Riviera Albanesa perto de SarandaSaranda é uma cidade costeira no sul da Albânia e distingue-se pelo seu toque cosmopolita, sendo conhecida como a “capital da Riviera albanesa”, apesar da sua população não ultrapassar os 30 mil habitantes. Especialmente nos meses de Verão a sua marginal enche-se de gente e o ambiente de festa é permanente. O seu nome provém de um antigo mosteiro – Ayii Saranda – cujas ruínas (incluindo alguns belos frescos) existem ainda nas colinas sobre a cidade. Da antiga Saranda distingue-se o local arqueológico da sinagoga, um testemunho da forte influência judia na comunidade. A cidade é o ponto ideal para estabelecer uma base e explorar as praias da região (por exemplo, Borsh, Ksamil, Dhermi e a Praia Espelho), o castelo de Lekuresi e as ruínas de Butrint (Património Mundial da Humanidade UNESCO).
Butrint, Albânia
Vista de Butrint desde o Castelo Veneziano na AlbaniaButrint: Não muito longe de Saranda, a apenas 14 km a sul, vamos encontrar Butrint. Este ponto apresenta vestígios de presença humana desde a Idade da Pedra e é o mais vasto local arqueológico na Albânia. Foi habitado na Antiguidade por uma tribo grega que se espalhou por esta costa e que deixou uma boa parte das ruínas (de cerca de 800 aC) que hoje podemos ver. Mais tarde os Romanos estabeleceram aqui uma colónia. Sucederam-lhes os Bizantinos e, na Idade Média, os Venezianos, últimos habitantes de Butrint que ali tinham um entreposto comercial. Hoje em dia podem-se visitar as ruínas de Butrint, com destaque para a basílica, para o teatro romano e para a ágora colunada da época grega. O museu de Butring está instalado numa antiga torre militar Veneziana.

Ksamil, Albânia
Praia em Ksamil na AlbaniaKsamil é uma das mais belas praias da “Riviera albanesa”. As condições são perfeitas, com areia clara, águas tépidas e transparentes e um mundo em azul onde no horizonte o mar e o céu se confundem. Para além da praia principal, os viajantes podem visitar as Ilhas Esmeralda, que oferecem areais recatados e excelentes condições para a prática do mergulho. Para quebrar o tempo de repousa nas praias pode-se visitar o Olho Azul (a 34 km de distância de Ksamil), uma espectacular nascente de água cristalina que forma um pequeno lago com mais de 50 metros de profundidade. Chega-se facilmente a Ksamil vindo de Saranda, com um táxi a custar cerca de 10 Euros e o autocarro, 100 Lek (0,70 Euros).

Roteiros na Albânia

Vista panorâmica do dentro histórico de Girokaster na Albânia

Vista panorâmica do dentro histórico de Girokaster na Albânia

Algumas ideias de roteiros para você preparar as suas férias na Albânia de maneira independente. Itinerários de turismo na Albânia para 7 ou 11 dias.

11 Dias: Riviera & Praias
Dia 1: Aeroporto de Tirana
Dia 2: Tirana – Kruja – Durres
Dia 3: Durres – Vlora
Dia 4: Vlora – Dhermi
Dia 5: Dia livre na Praia de Dhermi
Dia 6: Dhermi – Himara – Saranda
Dia 7: Dia livre na Praia de Saranda
Dia 8: Saranda – Butrint – Saranda
Dia 9: Dia livre na Praia de Saranda
Dia 10: Saranda – Gjirokastra – Tirana
Dia 11: Retorno Aeroporto de Tirana
7 Dias: Itinerário Clássico
Dia 1: Aeroporto de Tirana – Durres
Dia 2: Durres – Apolonia – Vlora
Dia 3: Vlora – Himara – Saranda
Dia 4: Saranda – Butrint – Ksamil – Saranda
Dia 5: Saranda – Gjirokastra- Berat
Dia 6: Berat – Tirana
Dia 7: Tirana – Kruja
7 Dias: Itinerário Clássico
Dia 1: Aeroporto de Tirana
Dia 2: Tirana – Apolonia – Vlora Saranda
Dia 3: Saranda – Butrint – Ksamil – Saranda
Dia 4: Saranda – Gjirokastra
Dia 5: Gjirokaster – Bylis – Berat
Dia 6: Berat – Durres – Kruja
Dia 7: Retorno Aeroporto de Tirana
Locais UNESCO na Albânia
Estes são alguns dos melhores destinos para visitar na Albânia. Os locais UNESCO Património Mundial na Albânia são locais protegidos pela sua importância cultural ou natural.

Locais inscritos na Lista do Património Mundial na Albânia:

  • Butroto
  • Centros Históricos de Berati e Gjirokastër
Siga no Twitter, Facebook, Instagram e Pinterest. Partilhe esta página e deixe o seu comentário.


Deixe o seu comentário aqui:

João Leitão - O autor do blog:

VIVA! Sou o João - blogger de viagens. Com 20 anos de experiência como viajante independente, explorei mais de 128 países em África, Antártica, Ásia, Europa, América do Norte e Central, América do Sul e Oceânia. Bem-vindos ao meu blog de viagens, onde partilho informação prática de viagem para o motivar a sair de casa! Siga nas redes sociais: Facebook, Twitter, Instagram, Pinterest e YouTube.

Kit de Viagem:

  • Onde eu reservo alojamento? Encontre os melhores hotéis e promoções através do Booking.com
  • Eu reservo sempre o meu carro online através do Rentalcars.com
  • Quer estar prevenido? Faça o seu seguro de viagem através do Worldnomads.com
  • 7 dias em Marrocos 430 euros desde Marrakech até ao Deserto do Saara através do Marrocos.com
  • Quer viajar e ter sempre Internet? Faça como eu e compre o aparelho da SkyRoam.com
* Esta página tem links de afiliados. Quando você reserva algo através deste blog, eu retenho uma pequena comissão que não altera o preço final. Obrigado!

Blog de viagens mencionado em:

Blog de viagens nos Media

« Seguir @joaoleitaoviagens no Instagram »