🐪 » Viagem de grupo 7 dias em Marrocos por 430 Euros » Marrakech até Deserto do Saara » Mais info em MARROCOS.COM « 🐪

🌍 Visitar Espanha – Roteiros e Dicas de Viagem

Actualizado em 28 Julho, 2017
Visitar Espanha – Roteiros e Dicas de Viagem

Visitar Espanha – Roteiros e Dicas de Viagem

Guia de Viagem de Espanha

Viajar em Espanha – informação de viagem.

Tudo sobre visitar os melhores locais e destinos de Espanha. Ideias de roteiros e itinerários com informação de alojamento, transporte, muitas galerias de fotografias, restaurantes, vídeos e mapas.

Organize as suas férias em Espanha. Alguma pergunta ou opinião deixe um comentário no fim da página.

Nesta página você encontra:

  1. Reino de Espanha – Informação prática
  2. Turismo em Espanha – Apresentação
  3. História, Geografia e Cultura
  4. Clima e Quando ir
  5. Vídeo da Espanha
  6. Resumo de viagem à Espanha
  7. Guia de Viagem: artigos para consultar
  8. Roteiros em Espanha
  9. Locais UNESCO em Espanha
  10. Kit de Viagem

Links rápidos para melhores artigos:

Reino de Espanha

Bandeira Espanha

Bandeira de Espanha

  • Capital: Madrid
  • Língua oficial: Castelhano, catalão, valenciano, galego, basco e aranês
  • Rei: Juan Carlos I
  • Presidente do Governo: Mariano Rajoy
  • População 2008: 46.063.511 habitantes
  • Moeda: Euro
  • Área Total: 504.030 km²
  • Fuso horário: UTC+1 a +2
  • Código telefónico internacional: +34
  • Clima: Mediterrânico e Oceânico
  • Visto: Espaço Schengen
  • Fronteiras: Sul e a Leste pelo Mar Mediterrâneo e com o território britânico ultramarino de Gibraltar; a Norte pela França, Andorra e pelo Golfo da Biscaia e a Noroeste e Oeste pelo Oceano Atlântico e por Portugal
  • Locais a não perder: Madrid, Barcelona, Sevilha, Granada, Santander, Oviedo, Gijón, Bilbao, San Sebastián, Alcalá de Henares, Ávila, Cáceres, Córdoba, Cuenca, Ibiza, Salamanca, San Cristóbal de La Laguna, Santiago de Compostela, Segovia, Tarragona, Toledo
  • Quando visitei Espanha: Realmente não posso dar uma noção exacta de quando estive em Espanha porque foram vezes sem conta, tipo, muitos fins-de-semana ia andar de patins-em-linha para Sevilha, estudei durante um ano em Badajoz e, ia imensas vezes a Madrid, Barcelona e outras cidades pelo país passando de carro, interrail ou mesmo viajando de caravana.
  • Mapa Espanha

    Mapa Espanha

Turismo em Espanha, Roteiros de Viagem

Espanha

Centro histórico de Sevilha, Visitar Espanha

Espanha é um país fascinante para passar férias.

Espanha é um país especial na Europa. Especial porque mantém uma relação muito especial com Portugal já que são os únicos vizinhos que o país tem.

Espanha é um dos países na Europa com mais património para visitar e, realmente, tentar ver tudo o que há para visitar em Espanha numa só viagem é quase impossível devido à extensão do país e pela quantidade de cidades históricas que há dentro do seu território.

Tive já a oportunidade de visitar várias regiões de Espanha, mas quero um dia explorar este reino milenar de maneira mais exaustiva.

Apresentação da História, Geografia e Cultura:

A história de Espanha tem início na Antiguidade, quando foi ocupada pelos Celtas, Fenícios, Gregos e Cartagineses, sendo que foi conquistada pelo Império Romano em 49 a.C.. Quem marcou também a sua presença foram os Visigodos e os Mouros, que já dominavam o Norte de África e que expandiram o seu território com a Península Ibérica. Após muitos conflitos territoriais, a Espanha foi reunificada no século XV, que ficou marcada com o casamento dos reis católicos Isabel I de Castela e Fernando II de Aragão. Com os Descobrimentos este país experienciou momentos de grande prosperidade económica que, a seguir a Portugal, foi a maior potência do mundo. O responsável por este reconhecimento é dado a Cristóvão Colombo, que levou a Espanha para as Américas. Surgiram nesta época de expansão marítima, alguns desentendimentos com Portugal, deu-se a necessidade de assinar o Tratado de Tordesilhas em 1494. Assim, a Espanha e Portugal formam a União Ibérica, que se desfaz e separa os dois países em 1640.

A geografia de Espanha conta com a área territorial de 504 782 Km2, ficando situada no Sudoeste da Europa, ocupando grande parte do território da Península Ibérica. Considerado o 51º maior país do mundo, integra-se neste território também as Ilhas Baleares, localizadas no Mar Mediterrâneo e Canárias, no Oceano Atlântico, tal como Ceuta e Melilla, terras localizadas no Norte de África – Marrocos. A Espanha faz fronteira a Nordeste com a França e Andorra e a Oeste com Portugal. É um país que se encontra banhado a Norte, a Noroeste e a Sudoeste pelo Oceano Atlântico, tal como é a Leste e a Sul banhado pelo Mar Mediterrâneo. Este território é formado por comunidades autónomas, nomeadamente pela Andaluzia, Aragão, Principiado das Astúrias, Cantábria, Castela e Leão, Castela La Mancha, Catalunha, Extremadiura, Galiza, Madrid, Murcis, Navarra, Pais Basco, Rioja, Valencia, Ilhas Baleares e Ilhas Canarias. O cenário paisagístico é composto por um planalto, preenchido de cadeias montanhosas, sendo os principais rios, o Ebro, Gudalquivir e Guadiana.

A cultura de Espanha apesar de estar integrada na cultura europeia, é bastante influenciada pelos mais variados povos que por aqui passaram, nomeadamente, os celtas, visigodos, mouros, romanos, entre outros. É o segundo país que mais participa na lista de Património da Humanidade, da Unesco, contabilizando quarenta cidades em todo o país. É um país que vive a Tourada como nenhum outro no mundo, pois tem a tradição de organizar imensos espectáculos em “plazas de toros”, sendo as mais conhecidas a Plaza Monumental – Pamplona, a Plaza de la Maestranza – Sevilha e a Plaza de Valencia. Um hábito espanhol é a “siesta”, onde os habitantes descansam depois do almoço, momento em que as lojas se encontram fechadas. É por isso, que normalmente se janta relativamente tarde na Espanha, entre as 21 e as 22 horas. A gastronomia está muito ligada ao peixe e ao marisco, ingredientes principais da paella espanhola.

Clima e Quando ir:

Para saber quando ir a Espanha você precisa de se informar um pouco melhor acerca das suas estações e clima. A melhor altura para visitar Espanha depende das regiões escolhidas para o seu destino. Se for para Castela, Andaluzia, para a Costa do Mediterrâneo e para as Ilhas Baleares, será durante os meses da Primavera. Se fizer os Caminho de Santiago, Galiza ou se for para a Costa da Cantábrica, a melhor altura a visitar será durante o Verão. Se o seu objectivo é fazer férias nas montanhas e fazer desportos na neve, a melhor altura a ir, será naturalmente, durante o Inverno.

O clima de Espanha divide-se em três tipos de clima distintos, clima mediterrânico no Sul que tem Invernos pouco rigorosos e longos Verões, clima continental no centro do país, que tem grandes diferenças de temperatura entre o dia e a noite e clima oceânico-atlântico no Nordoeste, onde os Invernos são amenos e os Verões são quentes, mas agradáveis.

España Verde – Timelapse

Vídeo promocional do Turismo de Espanha.

O que visitei / Resumo de viagem à Espanha

Por ordem de visita.

Madrid, Spain
MadridMadrid: é a capital de Espanha e a terceira maior cidade da União Europeia (depois de Londres e Berlim). Eregida às margens do Rio Manzanares, concentra-se nesta cidade o centro político, económico e cultural de toda a Espanha. Considerada o maior centro financeiro da Europa do Sul e uma cidade cosmopolita, Madrid é uma influência mundial. Cheia de modernas infra-estruturas, nunca substituiu o que era de seu, tradicional. Manteve o lado típico da cidade, as ruas antigas e suas tradições, enquanto se foi desenvolvendo em simultâneo, oferecendo uma dinâmica especial a este lugar. Os lugares de referência para visitar são o magnífico Palácio Real de Madrid, construído perto da Catedral de Almudena e os Jardins de Sabatini, onde podemos ter uma vista incrível de Madrid e a oferta do Conde-Duque de Olivares ao Filipe IV, o Parque do Retiro Buen, do século XVII. Visite também os inúmeros museus, com destaque para o Museu del Prado, um museu cheio de brio e com obras interessantíssimas, uma verdadeira e agradável surpresa. Este museu faz conjunto com o Museu Reina Sofia (arte moderna) e o Museu Thyssen-Bornemisza, todos localizados ao longo do Paseo del Prado. Conheça também o Palácio de Cibelles, um edifício memorável com óptimas exposições. Aproveite a dinâmica aqui vivida e saia simplesmente à rua, para passear e comer umas tapas.
Barcelona, Spain
BarcelonaBarcelona: localizada entre os Rios Llobregat e Besos, é a capital da Catalunha. Aquando da sua fundação, na Idade Média como cidade romana, era uma das cidades mais importantes deste condado. Para além de ser um sucedido centro económico, tem um legado artístico único promovendo o Turismo e a vinda de milhares de pessoas para visitar esta cidade especial. Uma das razões de Barcelona (também conhecida como Barça), ser um verdadeiro sucesso turístico são sem dúvida as obras de Lluís Domènech i Montaner e Antoni Gaudí, com valores arquitectónicos únicos no mundo. A Basílica Sagrada Família e Parque Guell, de Gaudí, é simplesmente estonteante e genial. Sob encomenda do empresário Guell, Gaudí aplicou o modernismo catalão virado para o Mediterrâneo de uma forma sublime. Barcelona tem cerca de oitenta parques municipais, históricos, botânicos, urbanos e florestais, ocupando mais de 10% nesta cidade. Barcelona tem boas praias, por isso se for em tempo de calor, aproveite os 5 quilómetros de areia e mar. A nível cultural, assista a espectáculos de Ópera no Gran Teatro del Liceu, ou no Teatro Nacional da Catalunha. Ou se gostar de música moderna, vá ao Festival Sónar e ao Primavera Sound Festival. Não deixe de lado a hipótese de conhecer Las Ramblas, um bairro com uma vida muito própria, cheio de artistas de rua e não deixe de saborear as famosas tapas.
Sevilha, Spain
SevilhaSevilha: situa-se na Andaluzia e é a capital da Província de Sevilha. Fica a Sudoeste da Pensínsula Ibérica e foi declarada como Património da Humanidade, pela UNESCO devido à sua herança romana. Primeiramente ocupada pelos fenícios e pelos cartagineses (século XIII a.C.), os romanos tomaram Sevilha no ano 206 a.C., denominando-lhe como Híspalis. Após 500 anos, os muçulmanos ocuparam e estiveram presentes neste território até ao século XVI. O nome sofreu alterações para “Ishbiliya”, remodelando-se para “Shbiya” terminando como é conhecido hoje em dia. Os muçulmanos são expulsos pelos cristãos, que em simultâneo com os descobrimentos do Novo Mundo permitem o desenvolvimento de Sevilha de uma forma exponencial – era o mais importante porto castelhano. A partir do século XVII, a cidade construiu cerca de 70 mosteiros, transformando-a num lugar patrimonial sem igual – numa cidade-convento. O Palácio Alcazar é dos locais mais especiais de Sevilha, é impressionante estar perante esta obra arquitectónica. Poderá contemplar a beleza do edifício exteriormente, com jardins e fontes lindíssimos, tal como é aconselhável visitar o interior. A Catedral de Sevilha foi construída no mesmo local que uma mesquita muçulmana onde ainda hoje está conservado o minarete. É um monumento da era gótica magnífico e é a terceira maior construção religiosa do mundo. Cheia de pormenores detalhados, é impressionante poder ver ao vivo o trabalho minucioso das portas e toda a arte sacra aqui presente. La Feria é uma festividade popular que ocorre todos os anos durante uma semana para uma festa cheia de música (Flamenco), comes e bebes. Vêm pessoas de toda a Espanha e de todo o mundo para este encontro único. Olé!
Ciudad Rodrigo, Spain
Ciudad RodrigoCiudad Rodrigo: fica no topo de uma montanha às margens do Rio Águda, tendo sido habitada desde o Neolítico. Situa-se perto de Salamanca e a cerca de 20 quilómetros da fronteira com Portugal. Toda a cidade é rodeada por uma imensa muralha, devido à constante disputa entre os árabes e os cristãos, construída primeiramente no século XII – no reinado de Fernando II, tendo sido reforçada e reconstruída cinco séculos mais tarde. É um autêntico museu a céu aberto, encontramos aqui muito património arquitectónico que fazem-nos sentir os muitos momentos históricos que aqui se passaram. A Catedral de Santa Maria, da era medieval e de estilo românico, cuja construção remonta ao século XII, foi remodelada no século XVI. Aqui podemos vivenciar muitas obras de arte, começando pela fachada principal – Portico del Pérdon, terminando no interior onde passamos por retábulos do estilo barroco e esculturas medievais. A Plaza Mayor é muito bonita e está repleta de edifícios interessantes e históricos ao seu redor – Casa de Marquês de Cerrablo, Casa de Los Cueto e a Câmara Municipal. Os palácios de Castro e de Aguila são lindíssimos, tal como as casas barrocas e renascentistas – Casa de Vazquez, a Casa dos Condes de Alba de Yeltes ou do Cornejo – aconselhando vivamente a visita aos mesmos. É uma cidade que realmente enche as medidas para quem procura viver umas férias histórico-artísticas.
Tarifa, Spain
TarifaTarifa: situa-se na província de Cádiz, na Andaluzia. Localizada na costa meridional de Espanha e na Costa da Luz, fazendo ligação com o Estreito de Gibraltar, estamos perante as melhores condições para fazer desportos de vento como o Kitesurf, Surf e o Windsurf, nas mais incríveis praias. O Mediterrâneo e o Oceano Atlântico promovem juntos o clima único de toda a Andaluzia. A cidade foi fortificada no século X e todas as suas ruas são labirínticas, como as casas são caiadas de branco, dando a sensação que já estamos perto de África. Tarifa é o último ponto espanhol antes de embarcar para Marrocos. Aproveite para visitar o Castelo Guzman el Bueno, construído no século XIII, uma prova viva de que Tarifa também respira história. Este castelo vale pela sua beleza, para além de ter uma vista incrível. Visite também a Igreja de Santa Maria, outrora uma antiga mesquita, construída no século XIII e a Igreja de São Mateus, de estilo gótico. É uma cidade, na sua maior parte, virada para a diversão nocturna, pois está repleta de bares, discos e tascas onde se podem comer as famosas tapas espanholas. No entanto, podemos ter momentos de natureza e visitar o Estreito de Gibraltar a fim de observar as aves que ali vivem, tal como ir de barco ver as comunidades de golfinhos ao vivo.
A Coruña, Spain
A CoruñaA Coruña: é uma cidade e capital da Província A Coruña, em Espanha. A Praça de María Pita, do século XIX, é a praça mais importante da cidade e é o principal ponto de encontro entre quem habita e visita A Coruña. A Cidade Velha, a parte antiga, acolhe a mais remota igreja da cidade – a Igreja de Santiago, o Museu de Arte Sacra – Colegiata de Santa María do Campo, o Convento de São Domingos e o Jardim de São Carlos, de onde se avista o Castelo de San Antón. Visite a Torre de Hércules, o farol mais antigo do mundo, ainda hoje em funcionamento, do século II. Logo ao lado, encontramos um cemitério muçulmano. Conhecida como a Cidade de Cristal devido às varandas de vidro, é uma cidade bastante movimentada cheia de tasquinhas e esplanadas, vivendo-se uma dinâmica muito própria aqui. Devido ao seu porto, esta cidade é um dos pontos mais importantes a nível económico em toda a Europa. Actualmente, param aqui cerca de 60 navios turísticos, proporcionando um bom desenvolvimento turístico para esta região. No Verão as praias são super populares e de qualidade excelente para fazer banhos de sol, e é promovido, anualmente, o Festival Noroeste Pop Rock, o qual já trouxe nomes como Joe Cocker, Status Quo, entre outros.
Ceuta, Spain
CeutaCeuta: é uma cidade espanhola que se situa na costa do Norte de África, fazendo assim, fronteira com Marrocos. O Estreito de Gibraltar separa esta cidade de Espanha, o separador oficial entre África e Europa. Desde o século 5 a.C., os cartagineses já utilizavam o porto como ponto comercial e militar, passando pelas mãos de romanos, visigodos, cristãos, berberes e também dos portugueses e finalmente, dos espanhóis. Por tal, mesmo sendo o espanhol a língua oficial, outras línguas, como o árabe e berbere, são aqui faladas devido à multiculturalidade existente. No século XV, D. João I capturou Ceuta. Esta cidade portuguesa ficava no lado espanhol ao que após muita disputa por este território, Portugal decidiu entregá-la a Espanha. No entanto, a bandeira de Ceuta ainda apresenta muitos elementos da bandeira portuguesa e de Lisboa. É uma cidade moderna e cosmopolita, integrada na Andaluzia. Quando chegar a Ceuta, repare na muralha fortificada em redor da cidade. Esta muralha foi a fronteira de Ceuta antiga e passa pelas fortalezas construídas neste território no sentido de a defender dos inúmeros ataques que estava constantemente sujeita. Tem uma vista lindíssima, um autêntico bilhete-postal. A Casa dos Dragões é um edifício invulgar com dragões no telhado, bastante curioso, no entanto, são difíceis de fotografar. É uma casa que vale a pena a visita, apesar de ser sempre muito requisitada por parte dos turistas. A Plaza de África é o ponto de encontro central de Ceuta, a cidade multicultural. Encontramos aqui o Palácio da Assembleia, construído em 1914 e a lindíssima Catedral de Santa Maria de Assunção, do século XV.
Granada, Spain
GranadaGranada: situa-se na região autónoma da Andaluzia, em Espanha. É a capital da província de Granada e está erigida nas montanhas da Serra Nevada (a 738 metros acima do nível do mar), onde confluem os rios Beiro, Darro, Genil e Monachil. A Serra Nevada e a sua estância de Ski (considerada das melhores da Europa), são os maiores motivos de atracção para visitar esta cidade, onde existem as máximas condições para a prática de desportos de neve. O nome da cidade provém de “Karnatah” que tem como significado “um monte de estranhos”, pois a cidade localizava-se numa planície e assim era bastante difícil defendê-la de ataques de outros povos. Mas antes disso, ocupada por tribos nativas, era conhecido como “Ilbyr”. Os muçulmanos estabeleceram-se em Granada desde o século VIII, no entanto, foi a última cidade a ser conquistada pelos cristãos, no século XV. A cidadela e fortaleza de Alhambra é o lugar mais requisitado e conhecido da Andaluzia – a dinastia Nazari construíu um complexo de palácios e jardins impressionantes, onde os mosaicos e os seus arcos saltam à vista, incrivelmente bonitos. É uma cidade bastante dinâmica devido à comunidade estudantil aqui presente.
Mérida, Spain
MéridaMérida: é a capital da região autónoma da Extremadura, situada no Centro-oeste de Espanha. Desde os tempos pré-históricos esta cidade foi um lugar de grande interesse e consequentemente povoada, no entanto, foi fundada oficialmente pelo Imperador Augustus, no ano 25 a.C., que lhe deu o nome de Emerita Augusta. Nesta altura foi uma das cidades mais importantes do Império Romano, a capital da Província da Lusitânia, ao que podemos visitar incríveis vestígios romanos aqui, nomeadamente o Arco do Triunfo de Trajano. Por tal, Mérida e todos os seus vestígios arqueológicos foram classificados, em 1993, Património Mundial da UNESCO. Após a queda do Império Romano, veio o período visigótico, sendo mais tarde tomada pelos árabes que reutilizaram os edifícios romanos. Foi no século XIII que ficou sob domínio cristão. Visite a Ponte Romana pedonal sobre o Rio Guadiana e ao pé contemple Alcabaza, uma fortificação construída pelo muçulmano Adb ar-Rahman II, o qual aproveitou as edificações romanas para finalizar o seu projecto. Visite o Aqueduto dos Milagres, a Villa Mitreo e os reservatórios de água Proserpina Dam e Cornalvo Dam, ainda utilizados hoje em dia. Importante conhecer também é o Anfiteatro e Teatro romano onde anualmente é feito um festival de teatro clássico e o Museu Nacional de Arte Romana. O Templo de Diana remonta ao século I a.C., é um monumento romano que apresenta um óptimo estado de conservação e é de visita obrigatória.
Santiago de Compostela, Spain
Santiago de CompostelaSantiago de Compostela: é a capital da região autónoma da Galiza, na Espanha. O nome tem como significado “estrela guia de São Tiago”. Este famoso lugar é um grande fenómeno europeu de peregrinação. Chegar a esta cidade, caminhar pelas suas ruas medievais é, sem dúvida, um lugar místico e especial. Há quem diga que Santiago espalhou a mensagem de Deus na Galiza e que, depois de ter falecido na Palestina, foi trazido e enterrado aqui. O Túmulo de Santiago foi descoberto no ano 814 por um eremita. A partir do século XI, o Rei Alfonso II, construíu no sítio do túmulo deste apóstolo, a Catedral de Santiago de Compostela para os seus restos mortais e para os seguintes peregrinos e fiéis mais importantes. No século seguinte, o Bispo Gelmírez mandou construir imensas igrejas, tornando este lugar um ponto de encontro sagrado e o destino de uma travessia peregrina divina.
A magnífica catedral fica ao lado da Praça Galiza, a principal, a qual faz fronteira com a cidade velha. É uma cidade labiríntica repleta de monumentos históricos de tirar o fôlego.
Guia de Viagem: artigos e relatos para você consultar
Locais UNESCO em Espanha
Estes são alguns dos melhores destinos para visitar em Espanha. Os locais UNESCO Património Mundial em Espanha são locais protegidos pela sua importância cultural ou natural.

Locais inscritos na Lista do Património Mundial em Espanha:

  • Alhambra, Generalife e Albaicín, Granada
  • Catedral de Burgos
  • Centro Histórico de Córdova
  • Mosteiro e Sítio do Escorial
  • Obras de Antoni Gaudí
  • Caverna de Altamira e Arte rupestre paleolítica do Norte da Espanha
  • Monumentos de Oviedo e do Reino das Astúrias
  • Cidade Antiga de Ávila com suas Igrejas Extra-muros
  • Cidade antiga de Santiago de Compostela
  • Cidade Antiga de Segóvia e seu Aqueduto
  • Arquitectura Mudéjar de Aragão
  • Cidade Antiga de Cáceres
  • Cidade Histórica de Toledo
  • Parque Nacional de Garajonay
  • Catedral, Alcazar e Arquivo das Índias em Sevilha
  • Cidade Antiga de Salamanca
  • Mosteiro de Poblet
  • Caminho de Santiago de Compostela
  • Conjunto Arqueológico de Mérida
  • Mosteiro Real de Santa Maria de Guadalupe
  • Parque Nacional de Doñana
  • Bolsa da Seda de Valência
  • Cidade Histórica Fortificada de Cuenca
  • Las Médulas
  • Mosteiros de San Millán de Yuso e de Suso
  • Palácio da Música Catalã e Hospital de Sant Pau, Barcelona
  • Pirenéus – Monte Perdido (sítio transfronteiriço com a França)
  • Arte rupestre da Bacia Mediterrânica da Península Ibérica
  • Universidade e Bairro Histórico de Alcalá de Henares
  • Ibiza, Biodiversidade e Cultura
  • Sítios de arte rupestre do Vale do Coa e Siega Verde
  • San Cristóbal de La Laguna
  • Igrejas Românicas Catalãs do Vall de Boí
  • Conjunto Arqueológico de Tarraco
  • Palmeiral de Elche
  • Muralhas Romanas de Lugo
  • Sítio Arqueológico de Atapuerca
  • Paisagem Cultural de Aranjuez
  • Conjuntos Monumentais Renascentistas de Úbeda e Baeza
  • Ponte da Biscaia
  • Parque Nacional do Teide
  • Torre de Hércules
  • Paisagem Cultural da Serra de Tramuntana
  • Património do mercúrio. Almadén e Idrija (sítio transfronteiriço com a Eslovénia)
Siga no Twitter, Facebook, Instagram e Pinterest. Partilhe esta página e deixe o seu comentário.


Deixe o seu comentário aqui:

João Leitão - O autor do blog:

VIVA! Sou o João - blogger de viagens. Com 20 anos de experiência como viajante independente, explorei mais de 128 países em África, Antártica, Ásia, Europa, América do Norte e Central, América do Sul e Oceânia. Bem-vindos ao meu blog de viagens, onde partilho informação prática de viagem para o motivar a sair de casa! Siga nas redes sociais: Facebook, Twitter, Instagram, Pinterest e YouTube.

Kit de Viagem:

  • Onde eu reservo alojamento? Encontre os melhores hotéis e promoções através do Booking.com
  • Eu reservo sempre o meu carro online através do Rentalcars.com
  • Quer estar prevenido? Faça o seu seguro de viagem através do Worldnomads.com
  • 7 dias em Marrocos 430 euros desde Marrakech até ao Deserto do Saara através do Marrocos.com
  • Quer viajar e ter sempre Internet? Faça como eu e compre o aparelho da SkyRoam.com
* Esta página tem links de afiliados. Quando você reserva algo através deste blog, eu retenho uma pequena comissão que não altera o preço final. Obrigado!

Blog de viagens mencionado em:

Blog de viagens nos Media

« Seguir @joaoleitaoviagens no Instagram »