Visitar Portugal – Roteiros e Dicas de Viagem

Aldeia e castelo de Sortelha, Visitar Portugal

Aldeia e castelo de Sortelha, Visitar Portugal

Viajar em Portugal – informação de viagem.

Tudo sobre visitar os melhores locais e destinos de Portugal. Ideias de roteiros e itinerários com informação de alojamento, transporte, muitas galerias de fotografias, restaurantes, vídeos e mapas.

Organize as suas férias em Portugal. Alguma pergunta ou opinião deixe um comentário no fim da página.

Obrigado.

República Portuguesa

    Bandeira Portugal

    Bandeira de Portugal

  • Capital: Lisboa.
  • Língua oficial: Português, mirandês.
  • Presidente: Aníbal Cavaco Silva.
  • População 2009: 10.561.614 habitantes.
  • Moeda: Euro.
  • Área Total: 92.090 km².
  • Fuso horário: UTC +1.
  • Código telefónico internacional: +351.
  • Clima: Temperado Mediterrânico (Portugal Continental e Madeira) e Temperado Oceânico (Açores).
  • Visto: os cidadãos brasileiros não necessitam de visto para entrar em Portugal por um período de 90 dias, nos casos de Turismo, Negócios, cobertura jornalística ou missão cultural.
  • Fronteiras: Norte e leste por Espanha e a sul e oeste pelo oceano Atlântico.
  • Locais a não perder: Lisboa, Sintra, Porto, Évora, Marvão, Monsaraz, Mértola, Miranda do Douro, Chaves, Parque do Gerês, Serra da Estrela, Ilhas das Berlengas, Bragança, Idanha-a-Velha, Piódão, Monsanto, Linhares, Sortelha, Almeida, Silves, Lagos, Sagres, Braga, Madeira, Açores.
  • Quando visitei Portugal: Este é o país onde nasci.
  • Mapa Portugal

    Mapa da localização geográfica de Portugal no Mundo

Turismo em Portugal, Roteiros de Viagem

Portugal é um país fascinante para passar férias.

Berço de história mundial, Portugal é um agradável destino de férias. É interessante como um país tão pequeno reserva tanta variedade de paisagem, arquitectura e gastronomia.

Sempre fui incentivado a viajar em Portugal com os meus pais enquanto era criança, mas, ao longo dos anos sempre fui tentando conhecer um pouco mais do país onde nasci.

Explorei todas as regiões de Portugal e conheci muitos lugares lindos, incríveis, fantásticos que muitos dos portugueses nem têm noção de que tais locais realmente existem no nosso humilde país.

Tento fazer desta página um local onde você poderá entender e conhecer Portugal mais detalhadamente, se for português, ou preparar a sua próxima viagem a Portugal se for brasileiro. Visitar Portugal é fácil mas é sempre bom organizar o seu roteiro de viagem.

Top 22 Portugal

Lisboa a capital de Portugal

Lisboa a capital de Portugal

  1. Lisboa
  2. Porto
  3. Évora
  4. Guimarães
  5. Sintra
  6. Arquipélago dos Açores
  7. Marvão
  8. Lagos
  9. Monsanto
  10. Castro Laboreiro
  11. Bragança
  12. Silves
  13. Monsaraz
  14. Braga
  15. Piódão
  16. Óbidos
  17. Praia da Rocha
  18. Parque Nacional da Peneda-Gerês
  19. Serra da Estrela
  20. Ilhas Berlengas
  21. Ponta de Sagres
  22. Santuário de Fátima

The beauty of simplicity

Vídeo promocional do Turismo de Portugal.

Top 22 Portugal

Visitar Lisboa
Lisboa PortugalCapital de Portugal, conhecida como a cidade das sete colinas (tal como Roma e Istambul) também ela única, que encanta turistas de todo o mundo.

Dizem ter uma luz própria, ou será o reflexo do rio Tejo que a banha e que enriquece a paisagem citadina?

Lisboa é uma cidade para ser visitada com tempo. Para além dos muitos monumentos históricos, é preciso passear pelos seus bairros pitorescos de origem mourisca, como Alfama ou Mouraria, para ver como vivem as gentes nesta zona da cidade, que contrasta com a vida agitada “lá fora”.

O que visitar em Lisboa

Alfama – é talvez o bairro mais típico, conhecido pelos seus restaurantes e casas de fado.

Mouraria – bairro ocupado pelos mouros após a conquista da cidade pelos cristãos. A sua arquitectura de ruas estreitas, entrecortadas por escadarias e becos, são representativas da arquitectura árabe.

Bairro Alto – este bairro típico, mantem a sua traça original mas foi revitalizado para acolher uma nova geração de artistas e é a principal zona de diversão nocturna na cidade.

Elevador de Santa Justa – liga o bairro do Carmo à baixa. Elevador inaugurado em 1902.

Baixa Pombalina – é a baixa da cidade, conhecida assim por ter sido erguida após o grande terramoto de 1755 por Marquês de Pombal, secretário de Estado do Reino na altura. Esta é a zona comercial privilegiada na baixa da cidade. Rua Augusta, Rua do Ouro, Rua da Prata, são algumas das principais ruas que vão dar à praça do Rossio.

Chiado – ainda na baixa pombalina, Chiado é uma zona cujo nome provem dos Armazéns do Chiado, importante loja ao jeito do que seria hoje uma “department store” que foi totalmente destruída num incêndio em 1988. Esta zona da cidade foi reconstruída com projecto do arquitecto português vencedor de um Pritzer, Álvaro Siza Vieira.

Avenida da Liberdade – continuando a subir desde a Praça do Comércio, passando pelo Rossio, chegamos à Avenida da Liberdade, com as suas lojas cosmopolitas de marcas internacionais como Prada ou Louis Vuitton, em edifícios que conservam todo o seu glamour de época.

Castelo de S. Jorge – situado na colina mais alta da cidade, permite uma vista única sobre a cidade de Lisboa.

Parque das Nações – é a nova zona nobre da cidade. Era nos anos 80 uma zona degradada da cidade, com antigas fábricas e armazéns abandonados. Foi requalificada e edificada para receber a grande exposição mundial EXPO ’98.

Festas dos Santos Populares – Dia 13 de Julho é dia de Santo António, o padroeiro de Lisboa. As festas em honra deste Santo enchem as ruas de alegria, com as tradicionais marchas populares, muita música, muita animação e claro, muita sardinha assada.

Noite de fado – assistir a uma noite de fados num dos muitos restaurantes dos bairros típicos, é sem dúvida obrigatório.

Visitar Porto
Porto PortugalTambém conhecida por cidade “Invicta” (Invencível em latim) por ter resistido às invasões Francesas. O Porto é uma cidade única no panorama nacional: consegue ser uma cidade grande e cosmopolita, com espírito bairrista. As gentes do Porto têm um amor à sua cidade que não se encontra noutro sítio de Portugal. “Ser do Porto” é parte do carácter de uma pessoa que aqui nasceu.

O encanto do Porto resulta da inquestionável beleza da paisagem e da sua gente: simpática, hospitaleira e genuína.

O que visitar no Porto

Teleférico em Vila Nova de Gaia – ideal para iniciar a visita à cidade. Fazer a viagem de teleférico na margem do rio Douro oposta à cidade do Porto, permite ter uma vista privilegiada da encosta repleta de casas que caracteriza a paisagem da zona da Ribeira.

Caves do vinho do Porto – é paragem obrigatória para conhecer a história do Vinho do Porto e provar alguns vinhos.

Ribeira – é a zona mais típica da cidade. Ideal para descansar numa das muitas esplanadas viradas para o rio e desfrutar da paisagem encantadora com a ponte D. Luis (construída por um discípulo de Gustave Eiffel) como pano de fundo.

Torre dos Clérigos – é considerada o ex-libris da cidade. É o miradouro mais alto da cidade e a vista que proporciona vale bem a escalada dos 240 degraus em espiral.

Estação de São Bento – é um edifício de arquitectura ao estilo francês de finais do sec. XIX. No interior é revestida a painéis com representações histórias em azulejos azuis e brancos, representativos da azulejaria portuguesa.

Rua de Santa Catarina – é a principal rua de comércio tradicional da cidade, que conserva ainda lojas antigas a par das modernas lojas de marca internacionais.

Café Magestic – situado na Rua de Santa Catarina, o Café Magestic é um excelente exemplo da arquitectura dos anos 20: Arte Nova. Vale a pena entrar e observar a decoração do interior enquanto se saborea um “cimbalino” (nome dado, antigamente, ao café na cidade do Porto, nome transposto da marca das máquinas de café Cimbali).

Mercado do Bolhão – o mercado do bolhão merece visita por dois motivos: a arquitectura monumental do edifício e pela peculiaridade dos vendedores, maioritariamente mulheres que gritam alto os seus pregões como forma de chamar a atenção dos fregueses.

Visitar Évora
Évora PortugalÉvora situa-se no Alto Alentejo, a cerca de 135 km de Lisboa em direcção ao interior.

É uma cidade muito rica em termos históricos e arquitetónicos, onde é visível a passagem de vários povos. A influência romana é a mais forte, que perdura até hoje em vários monumentos pela cidade. O centro histórico de Évora é considerado Património Mundial da UNESCO desde 1986.

O que visitar em Évora

Sé Catedral – é um edifício da época medieval, a sua construção foi iniciada em 1186.

Praça de Giraldo – é a principal praça da cidade de onde afluem ruas de comércio e restauração.

Templo romano – é um templo situado mesmo no centro da cidade de Évora. É único do género em Portugal.

Capela dos ossos – uma capela muito peculiar pois está totalmente revestida com ossos de esqueleto humano.

Universidade de Évora – é uma das mais antigas de Portugal. As suas instalações continuam ainda hoje a ser utilizadas.

Aqueduto da Água de Prata – é um aqueduto Romano com 18 km de comprimento. É possível percorrer um caminho pedestre que acompanha o aqueduto: Percurso da Água de Prata, que está devidamente sinalizado.

Visitar Guimarães
Guimaraes PortugalGuimarães é conhecida como a cidade berço de Portugal, numa das torres da muralha da cidade podemos ler “Aqui nasceu Portugal”. Foi em Guimarães que nasceu aquele que viria a ser o primeiro Rei de Portugal, D. Afonso Henriques, responsável pela conquista do território que é hoje Portugal.

O património histórico da cidade é muito vasto, com muitos edifícios de interesse, alguns deles que remontam à época medieval. Um passeio pelas ruas de Guimarães é como uma viagem no tempo.

O que visitar em Guimarães

Castelo de Guimarães – é um importante marco histórico e símbolo da identidade portuguesa. Foi neste castelo que nasceu o primeiro Rei de Portugal.

Paço dos Duques de Bragança – palácio dos Duques de Bragança, aberto ao público como museu.

Praça de Santiago – localizada no centro histórico de Guimarães que é Património Mundial da UNESCO desde 2001. Ao redor desta praça podemos observar a arquitetura própria desta região, casas em granito no piso térreo e com reboco nos andares superiores, de onde sobressaem as ameias com gradeamentos ornamentados. Seguindo pela Rua de Santa Maria continuamos a viagem pelas ruas medievais da cidade.

Plataforma das Artes e Criatividade – este edifício traz-nos de volta aos dias de hoje. Este projecto teve por base o antigo mercado municipal, que foi aproveitado como parte integrante do projecto que lhe deu um ar de modernidade. É uma obra recente de 2012, que tem recebido vários prémios de arquitectura.

Santuário da Penha – situado no alto do Monte da Penha, a cerca de 6,5 Km do centro da cidade, permite uma vista fantástica sobre a cidade de Guimarães. Mesmo que não seja adepto de monumentos eclesiásticos aproveite para desfrutar da tranquilidade e da vista panorâmica do local.

Visitar Sintra
Sintra PortugalSintra é uma vila que mais parece saída de um conto de fadas. A sua paisagem verde é entrecortada aqui e ali por majestosos monumentos. O palácio de Sintra é um dos monumentos Portugueses mais conhecidos internacionalmente e estabelece-se por vezes comparação com o famoso palácio alemão Neuschwanstein, que inspirou os castelos da Walt Disney. Em Sintra é possível observar marcas das várias épocas históricas, por vezes sem sair do mesmo lugar.

O que visitar em Sintra

Palácio de Sintra – é o ex-libris da vila de Sintra. A par do Castelo dos Mouros, situa-se no ponto mais alto. É um palácio único pela sua forma e cores.

Castelo dos mouros – é um marco da ocupação árabe. Pode-se passear pela muralha e desfrutar de uma ampla vista sobre a serra de Sintra.

Palácio de Seteais, Palácio de Monserrate, Palácio Real de Queluz – São vários os palácios que se podem visitar em Sintra, todos eles obras de grande valor arquitetónico rodeadas por jardins cuidadosamente esculpidos.

Quinta da Regaleira – ou palácio da Regaleira, ganhou notoriedade nos últimos anos muito em parte devido à sua ligação a elementos místicos e isotéricos. O Poço da Iniciação é o elemento mais marcante desta propriedade: uma escadaria em espiral, com nove patamares que se crê representarem os 9 círculos do inferno, do paraíso ou do purgatório, numa alusão à Divina Comédia de Dante.

Passeio de coche – um passeio de coche é uma forma agradável de conhecer a vila. Podemos encontrar os coches na praça central da vila.

Travesseiros de Sintra – depois de um agradável passeio por esta vila encantadora, nada melhor que saborear o bolo típico: os travesseiros de Sintra (folhado de massa fina com recheio de ovos), na histórica pastelaria Piriquita, aberta há mais de 150 anos.

Visitar Arquipélago dos Açores
Açores PortugalO Arquipélago dos Açores é formado por 9 ilhas de origem vulcânica, situadas no Oceano Atlântico.

A agricultura e pecuária continuam a ser as principais actividades económicas. O ex-libris deste arquipélago são as suas paisagens deslumbrantes com pouca intervenção humana. É o local ideal para quem gosta de desfrutar da natureza, quer através de passeios pedestres e observação da fauna e flora das ilhas, quer através da prática de actividades desportivas, como mergulho, surf, canyoning, parapente, golf.

O que visitar nos Açores

O que visitar em São Miguel

Principais cidades: Ponta Delgada, Ribeira grande, Vila Franca do Bispo

Ponta Delgada – é a capital do Arquipélago e onde se concentram várias igrejas e outros monumentos de interesse cultural.

Lagoa das Setes cidades – é a maior lagoa do Arquipélago e a sua paisagem é de uma beleza extenuante.

Ilhéu de Vila Franca do Campo – é uma ilha formada por um cone vulcânico. A sua lagoa é na verdade a antiga cratera. Este Ilhéu é mais procurado na época balnear, mas o número de visitantes é limitado para reduzir o impacto nesta reserva natural.

Caldeira velha – tomar banho nesta cascata de àgua quente é uma experiencia a não perder.

Piscinas Municipais da Lagoa – piscinas naturais formadas por reentrâncias do mar nas rochas.

Lagoa das Furnas – as suas águas são quentes devido aos fenómenos vulcânicos como os geisers, que libertam nuvens de vapor vindas do solo. Nas margens da lagoa é preparado o famoso “cozido à Portuguesa” que coze a vapor no interior da terra.

O que visitar em Santa Maria

Principal cidade: Vila do Porto

Praia Formosa – uma das poucas praias de areia branca no Arquipélago.

Baía dos Anjos – onde fica a capela onde Cristovão Colombo mandou celebrar uma missa quando regressou da sua viagem de descoberta da América.

Baía de São Lourenço – baia em anfiteatro, com uma encosta decorada por socalcos.

Ilhéu das Formigas – é o local ideal para fazer mergulho e observar a grande diversidade de espécies subaquáticas.

Ribeira de Maloás – tem uma queda de água muito peculiar pela forma das rochas da encosta.

Barreiro da Faneca – este local é totalmente diferente da paisagem maioritariamente verde de todo o Arquipélago. No meio do verde surge o Barreiro de Maloás que se assemelha a um deserto, mas de cor avermelhada.

O que visitar na Terceira

Principal cidade: Angra do Heroísmo

Centro histórico de Angra do Heroísmo – a cidade de Angra do Heroísmo foi decretada património Mundial da UNESCO 1983. Por isso é uma cidade de visita obrigatória, não só por ser a capital, mas pelos seus edifícios de interesse histórico.

Miradouro da Serra do Cume – do alto deste miradouro podemos apreciar a vista sobre a planície que parece uma manta de retalhos e sobre a Praia da Vitória.

Algar do Carvão – é uma cavidade vulcânica com 100m de profundidade.

Gruta do Natal – existem várias grutas na ilha mas esta é diferente pois trata-se de um tubo lávico (canal por onde foi expelida a lava do vulcão) com uma extensão de 697 metros.

Observação de cetáceos – sem dúvida uma das maiores atracções do Arquipélago é a observação de baleias e golfinhos.

O que visitar na Graciosa

Principal cidade: Santa Cruz da Graciosa

Furna do Enxofre – é uma gruta de formação vulcânica. No interior da gruta podemos observar um lago de água fria e uma fumarola (fenómeno vulcânico).

Moinhos de vento – fazem lembrar os moinhos holandeses. As suas cúpulas vermelhas destacam-se na paisagem. São edifícios invulgares que enriquecem a paisagem da ilha.

O que visitar em São Jorge

Principais cidades: Velas e Calheta

Fajã da Caldeira de Santo Cristo – local muito apreciado para a prática de surf.

Fajã de São João – aldeia pitoresca com as suas casas típicas em pedra.

Pico Da Esperança – ponto mais alto da ilha, que proporciona uma vista panorâmica sobre a ilha.

O que visitar no Faial

Principal cidade: Horta

Peter Café – este café é ponto de encontro de velejadores do mundo inteiro. É ponto de paragem obrigatório para quem visita a ilha, onde poderá saborear um petisco tradicional e admirar a sua decoração com bandeiras de todo o mundo.

Fábrica da Baleia de Porto Pim – é um museu sobre a indústria baleeira. A caça da baleia foi praticada até 1987 quando foi totalmente proibida.

O que visitar no Pico

Principais cidades: Lajes do Pico, São Roque do Pico e Madalena

Montanha do Pico – é o ponto mais elevado de Portugal, com 2350m de altitude.

Igreja de Santa Maria Madalena – vale a pena entrar para contemplar o riquíssimo altar em talha dourada ladeado por painéis de azulejos.

O que visitar nas Flores

Principais cidades: Santa Cruz das Flores

Sete lagoas – é um conjunto de 7 lagoas que estão dentro da caldeira de um vulcão dando a impressão de ser na verdade uma única lagoa.

Gruta dos Enxaréus – é uma gruta com acesso pelo mar, como as que vemos nos filmes de piratas. Consta que tenha mesmo servido de refúgio a corsários que por ali passaram em tempos.

Poço do Bacalhau – aproveite para desfrutar da paisagem envolvente enquanto nada na piscina natural alimentada por uma cascata com 90m de altura.

O que visitar no Corvo

Principais cidades: Vila Nova do Corvo

Moinhos de influência mediterrânea – ao contrário dos moinhos da Ilha Graciosa, encontramos no corvo vários moinhos tradicionais do mediterrâneo.

Hortênsias – as hortências proporcionam uma paisagem lindíssima: os campos de cultivo são delimitados por hortênsias em vez de murros, fazendo uma manta de retalhos onde o lilás delineia os terrenos verdes.

Experienciar a natureza – tal como nas restantes ilhas do Arquipélago, a natureza é o grande ex-libris, por isso reserve tempo para passeios pedestres e atividades ao ar livre.

Visitar Marvão
Marvão PortugalMarvão é uma pequena vila situada no Alto Alentejo, junto da fronteira com Espanha. No pico mais alto da Serra de S. Mamede, avista-se uma povoação de casas típicas Alentejanas caiadas de um branco imaculado. Toda a povoação é protegida pela muralha do Castelo de Marvão.

Pela sua posição estratégica, no alto e próximo da fronteira com Espanha, Marvão foi palco de inúmeras batalhas desde os primeiros tempos de fundação do Reino de Portugal.

A beleza desta vila deve-se ao seu aspecto medieval e com um património muito bem conservado até aos dias de hoje.

O que visitar em Marvão

Castelo de Marvão – o castelo é uma fortaleza onde se insere a vila. É o principal monumento pois é a fortaleza que circunda a vila e que a protegeu durante seculos.

Passeios pedestres – há uma trilho com cerca de 7 km que se poderá percorrer passando por alguns pontos de interesse nos arredores da vila e desfrutar da paisagem da Serra de São Mamede.

Monumentos Pré-históricos – fora da muralha mas não muito longe da vila, podemos ver vários monumentos que datam do período da pré-história, como antas e menires.

Festival Islâmico – normalmente no início de Outubro, é feita a recriação de uma feira medieval em que se viaja até às origens árabes da vila.

Visitar Lagos
Lagos PortugalLagos é cidade mais pitoresca do litoral Algarvio. Apesar da grande afluência turística, esta cidade não sofreu a descaracterização que foram alvo algumas cidades do Algarve do turismo de massas.

Lagos foi um importante ponto estratégico na altura dos descobrimentos e conserva ainda vestígios históricos de diferentes épocas.

O que visitar em Lagos

Centro da cidade – é o ex-libris de Lagos, com as suas ruas estreitas ladeadas por casas típicas, fazem as delícias dos turistas. Uma das muitas esplanadas de cafés e restaurantes é ponto de paragem obrigatório.

Praia Dona Ana – Existem diversas praias perto de Lagos que merecem ser visitadas, mas a praia da Dona Ana é sem dúvida uma das mais belas. Esta praia tem vindo a ser considerada uma das mais bonitas do mundo por publicações internacionais.

Ponta da Piedade – é uma falésia que entra pelo mar dentro. Daqui podemos desfrutar de uma vista alargada da costa.

Visitar Monsanto
Monsanto PortugalMonsanto é uma aldeia histórica no concelho de Idanha-a-Nova, apelidada de “A aldeia mais portuguesa de Portugal”.

Pequenas casas de pedra estão paredes-meias com rochedos que parecem ameaçar rolar a qualquer momento. As ruas são estreitas e empedradas. Toda a aldeia está impecavelmente conservada e bem tratada, nenhum pormenor parece descurado.

O que visitar em Monsanto

Castelo de Monsanto –Tal como as casas desta aldeia, também o castelo se confunde na paisagem com os rochedos.

Ruas da aldeia – Passear pelas ruas desta aldeia é uma experiencia que nos transporta para outros tempos e nos faz sonhar.

Marafonas – é possível que veja pela aldeia bonecas de trapos sem olhos, boca, nariz nem ouvidos. São chamadas as marafonas e estão ligadas a rituais pagãos de fertilidade.

Visitar Castro Laboreiro
Castro Laboreiro PortugalFaz parte do chamado roteiro das aldeias típicas de Portugal.

Está situada na serra da Peneda, integrada no Parque Nacional Peneda-Gerês, umas das principais reservas naturais do país.

O que visitar em Castro Laboreiro

Turismo rural – vale a pena trocar o hotel pelo turismo rural e ficar alojado numa casa típica onde se pode sentir como um habitante local.

Castelo de Castro – castelo que remonta à época medieval. Encontra-se praticamente em ruinas, mas vale a pena a visita pela paisagem que proporciona lá do cimo.

Conjunto Megalítico e de Arte Rupestre do Planalto de Castro Laboreiro – esta região é rica em vestígios de construções pré-históricas e de gravuras rupestres.

Visitar Bragança
Bragança PortugalBragança é a principal cidade na ponta mais nordeste de Portugal. Faz fronteira com Espanha e por essa razão, foi desde sempre alvo de disputas de território.

Tem um vasto património histórico, marcado pela passagem de vários povos. Em parte devido à sua localização no interior do país, Bragança não é uma cidade de grande afluência turística. Conserva a sua identidade cultural com tradições fortes e seculares.

O que visitar em Bragança

Centro histórico – no centro histórico, facilmente percorrido a pé, podemos observar os principais monumentos e edifícios de interesse arquitetónico.

Cidadela – é a zona muralhada do castelo de Bragança. Dentro das muralhas encontramos uma pequena vila.

Parque Natural de Montesinho – a menos de 20km a Norte da cidade de Bragança, estende-se o parque natural de Montesinho ideal para fazer caminhadas e apreciar a natureza.

Visitar Silves
Silves PortugalSilves foi a capital do Algarve até ao século XIV.

Foi desde sempre um importante povoado pela sua localização estratégica nas margens do rio Arade.

Por aqui passaram vários povos, mas foi a ocupação árabe que deixou mais marcas na cidade.

O que visitar em Silves

Castelo de Silves – no alto da colina ergue-se o castelo de Silves. Á porta do castelo, como que a guardá-lo, encontramos uma grande estátua de D. Sancho I que conquistou a cidade aos Mouros.

Praça Al Mouhatamid Ibn Abbad – esta praça à entrada da cidade, tem um estilo marcadamente árabe (até o nome), com as suas fontes revestidas a azulejos de motivos geométricos e cores fortes.

Centro histórico – iniciando a subida pelas ruas estreitas e sinuosas de pedra, polida pela passagem dos séculos, chegamos até ao castelo. Pelo caminho vale a pena parar numa esplanada e desfrutar tranquilamente da envolvência medieval desta cidade perdida no tempo.

Feira Medieval – no início de Agosto realiza-se a feira Medieval de Silves. As ruas do centro histórico enchem-se de barraquinhas que vendem produtos tradicionais e de influência árabe, como os frutos secos, especiarias, artesanato de latão, produtos em pele, etc. Pelas ruas ouve-se música árabe e assiste-se à tradicional dança oriental. Se quiser viver esta experiência ainda mais intensamente, é possível alugar trajes medievais para usar durante a visita à feira.

Visitar Monsaraz
Monsaraz PortugalA pequena vila de Monsaraz situa-se no Alentejo, junto à fronteira com Espanha.

A brancura das suas casas destaca-se no alto do monte, dentro das muralhas do castelo. É uma vila que conserva a sua arquitectura medieval em perfeito estado de conservação.

O que visitar em Monsaraz

Castelo de Monsaraz – o castelo é o monumento mais importante pois é dentro das suas muralhas que se situa a vila. Podemos facilmente percorrer toda a vila a pé, explorando as suas ruas de pedra com casas pequenas e de piso térreo, caiadas de branco.

Barragem do Alqueva – a poucos quilómetros de distância podemos visitar a barragem do Alqueva, cuja construção foi bastante polémica devido à submersão de diversas aldeias. Na barragem pode-se praticar desportos náuticos comos sky aquático, canoagem ou simplesmente fazer um passeio de barco. 

Reserva Dark Sky – é uma organização que oferece actividades essencialmente nocturnas como observação de astros ou passeios de canoagem no rio Alqueva, à noite.

Visitar Braga
Braga PortugalCidade de grande importância eclesiástica, é conhecida como a cidade dos Arcebispos.

No tempo dos romanos chamava-se Bracara Augusta e era a principal cidade do território onde hoje é Portugal.

Assim, em Braga são muitos os monumentos religiosos e também arqueológicos a visitar.

O que visitar em Braga

Praça do Município – onde se situa a Câmara Municipal de Braga, é o local ideal para se começar a percorrer as ruas da cidade.

Sé de Braga – o edifício da sé de Braga sofreu várias alterações ao longo de mais de 200 anos, pelo que apresenta estilos arquitetónicos de 3 estilos diferentes: românico, Manuelino e Barroco.

Santuário do Bom Jesus do Monte – também conhecido por Santuário do Bom Jesus de Braga, é dos monumentos mais bonitos do país. Numa posição elevada, permite uma vista panorâmica sobre toda a cidade de Braga. A sua enorme escadaria é pontuada por fontes e estátuas alegóricas. A melhor forma de lá chegar é apanhar o funicular, vulgarmente chamado de Elevador do Bom Jesus.

Santuário da Nossa Senhora do Sameiro – é um santuário mais recente que o do Bom Jesus de Braga, mas também ele com grande imponência. Isolado no topo do monte proporciona uma sensação única ao observarmos toda a paisagem em redor.

Visitar Piódão
Piódão PortugalPiodão é uma pequena aldeia histórica situada na Serra do Açor, no concelho de Arganil.

As casas são em xisto, com telhados em lajes e portas de madeira pintadas de azul. As casas dispostas em socalcos na encosta, fazem lembrar um presépio.

Em 2011 esta aldeia tinha menos de 200 habitantes.

O que visitar em Piódão

Paisagem Protegida da Serra do Açor (Fraga da Pena e Mata da Margaraça) – percorrer alguns dos trilhos pedestres e desfrutar da natureza e das paisagens.

Praia fluvial – se visitarmos a aldeia no Verão, é quase obrigatório parar para um mergulho nas águas cristalinas desta praia fluvial perdida no meio da serra.

Rota das aldeias do xisto – perto da aldeia de Piódão poderemos ainda visitar outras aldeias incluídas no roteiro “aldeias do xisto”.

Visitar Óbidos
Óbidos PortugalÓbidos é uma vila encantadora, concentrada dentro das muralhas do castelo.

É das cidadelas histórias mais bonitas de Portugal. Para além da sua beleza pitoresca, Óbidos oferece um vasto cartaz de eventos ao longo do ano.

O que visitar em Óbidos

Castelo de Óbidos – o castelo mantem a traça original e a muralha que envolve toda a vila. O Castelo propriamente dito, funciona como pousada (Pousadas de Portugal).

Ruas da vila – a visita a Óbidos concentra-se no passeio pelas suas ruas pitorescas, com casas pequenas, pintadas de branco e com faixas de amarelo e azul forte. Faça uma paragem para provar uma ginjinha.

Mercado Medieval – todos os anos, no final do mês de Julho e durante 15 dias, a vila de Óbidos fica ainda mais encantadora recuando no tempo com a recriação de uma feira medieval que se espalha por todas as ruas da cidadela.

Vila Natal – em Dezembro a vila transforma-se num cenário recriado para fazer as delícias de miúdos e graúdos, espalhando a magia do Natal.

Festival Internacional do chocolate – o festival do chocolate torna Óbidos um destino ainda mais apetecível. É difícil acreditar que as magníficas esculturas são realmente feitas de chocolate.

Visitar Praia da Rocha
Praia da Rocha PortugalÉ a praia Algarvia com o maior areal em largura e também com uma grade extensão.

Passeando na avenida marginal, podemos ver a praia em baixo, com o seu vasto areal e muitos bares/restaurantes em madeira ao longo do passadiço.

O grande atractivo desta localidade é, sem dúvida, a praia e tudo o que está associado a este tipo de turismo.

O que visitar em Praia da Rocha

Fortaleza de Santa Catarina – do alto do forte, de frente para o mar, vemos duas paisagens distintas: do lado direito a extensa praia da Rocha; do lado esquerdo o rio Arade e a recém-construída marina.

Marina de Portimão – esta marina foi construída numa área que pertencia ao leito do rio Arade. É uma zona com condomínios de luxo, resorts, restaurantes, lojas e uma pequena praia artificial.

Diversão nocturna – sendo uma zona turística por excelência, são muitos os locais de diversão nocturna, como bares, discotecas e o casino.

Praia do Vau e Alvor – podemos visitar as praias vizinhas, como a praia do Vau e a localidade de Alvor. São praias mais pequenas mas igualmente muito bonitas.

Parque aquático – em Estombar a 10 km de Portimão existe um grande parque aquático, Slide & Splash, onde a diversão é garantida. Se quiser passar um dia diferente é uma excelente alternativa à praia.

Visitar Parque Nacional da Peneda-Gerês
Parque Nacional da Peneda-Gerês PortugalO Parque Nacional da Peneda-Gêres é a maior área protegida do país, que se estende por 22 freguesias e mais de 72.000 hectares.

Este é o local ideal para quem procura actividades ao ar livre, observação da natureza ou simplesmente descansar. A vasta área da reserva natural abrange algumas aldeias históricas como Castro Laboreiro e Lindoso.

O que visitar em Parque Nacional da Peneda-Gerês

Passeios pedestres – aconselha-se a escolher entre um dos muitos percursos pedestres pré-definidos, para evitar perder-se na vasta área da reserva.

Cascatas – encontrará algumas cascatas durante o passeio. Aproveite para descansar e refrescar-se, se a altura do ano assim o proporcionar.

Fauna e Flora – para quem gosta de observar a fauna e a flora, aqui encontrará diferentes espécies de ambos. Destaque para os cavalos selvagens e lobo Ibérico.

Turismo rural – troque o hotel por uma casa típica da região para viver uma experiencia mais intensa.

Campismo – existem vários parques de campismo espalhados pelo Parque Nacional. Pode optar por levar tenda própria ou ficar num bungalow com todas as comodidades e aproveitando a envolvência com a natureza.

Visitar Serra da Estrela
Serra da Estrela PortugalA Serra da Estrela é, para a maior parte dos portugueses, sinónimo de neve, uma vez que é a única estância de ski do país.

Na verdade a neve é um grande atractivo e durante os meses de Inverno, quando a serra está coberta de um manto branco, oferece uma paisagem deslumbrante.

No entanto, nas restantes estações do ano, principalmente na primavera e verão, vale a pena visitar a serra e ver a sua beleza em tons de verde.

O que visitar em Serra da Estrela

No Inverno

Estância de ski – pode praticar desportos de inverno como ski e snowboard, ou simplesmente brincar na neve, descendo a encosta num trenó que encontra facilmente para alugar.

Torre – é o ponto mais alto da Serra da Estrela e também de Portugal continental. É paragem obrigatória para quem vai à estância de ski. É uma zona onde há restaurantes e lojas de produtos típicos e artesanato, onde poderá comprar o famoso queijo da serra.

Lagoa comprida – é a maior lagoa da serra, que foi aproveitada para a construção de uma barragem. O imenso espelho de água rodeado do branco da neve é uma paisagem de rara beleza.

Chalé de montanha – alojar-se num do chalé de montanha vai completar a experiência e fazê-lo sentir-se como que num conto de fadas.

No Verão

Torre – a visita á Torre é obrigatória em qualquer altura do ano. É o ponto mais alto e mais emblemático da serra.

Praias fluviais – há várias praias fluviais da região da Serra da Estrela, como a da Loriga no concelho de Seia e a de Unhais da Serra, no concelho da Covilhã.

Dormir num yurt – este é um conceito de campismo de luxo. Fique num Yurt (tipo de tenda redonda típica da região da Mongólia) e desfrute da natureza num ambiente exótico. O Vale do Rossim Eco Resort oferece este tipo de alojamento.

Visitar Ilhas Berlengas
Ilhas Berlengas PortugalÉ um arquipélago formado por 3 pequenas ilhas, mas só a maior é habitada. Situa-se ao largo de Peniche de onde saem barcos durante a época balnear (normalmente entre 15 de Maio e 15 de Setembro sensivelmente).

O seu atractivo é justamente o estado natural, pouco edificado, onde podemos desfrutar de lindas paisagens e usufruir das pequenas praias escondidas entre rochas.

O que visitar em Ilhas Berlengas

Forte de S. João Baptista – é a edificação mais marcante da ilha. É um excelente miradouro para observar a paisagem circundante.

Grutas – há passeios de barco para visitar as várias grutas.

Trilhos pedestres – as berlengas são uma zona de reserva natural e a fim de a preservar é aconselhado não sair dos trilhos pedestres demarcados.

Mergulho – pode-se praticar mergulho nas águas transparentes deste pequeno arquipélago.

Visitar Ponta de Sagres
Ponta de Sagres PortugalA ponta de Sagres é o ponto mais sudoeste da Europa onde se localiza a Fortaleza de Sagres.

Do alto do promontório, podemos ficar apenas a sentir a brisa forte do mar e a ouvir o rebentar das ondas.

O nome correcto da Ponta de Sagres é Cabo de São Vicente.

O que visitar na Ponta de Sagres

Fortaleza de Sagres – mandada construir pelo rei Afonso V de Portugal por volta do ano 1450. Este forte com vistas magnificas sobre o mar, está dentro do Parque Natural do Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina.

Falésias – de tirar o fôlego, estas falésias com vistas espectaculares sobre o Oceano Atlântico fazem da sua viagem até este local uma experiência única.

Visitar Santuário de Fátima
Santuário de Fátima PortugalO Santuário de Fátima situa-se na Cova de Santa Iria, local onde terá ocorrido a aparição de Nossa Senhora a 3 crianças (os 3 Pastorinhos) a 13 de Maio de 1917.

Todos os anos realizam-se grandes festividades no dia 13 de Maio, com a afluência de milhões de peregrinos ao Santuário.

O que visitar no Santuário de Fátima

Capelinha das aparições – é uma pequena capela envidraçada, que se situa no Santuário. É o local onde se terá dado a aparição de Nossa Senhora.

Basílica da Nossa Senhora do Rosário de Fátima – foi a primeira basílica edificada no santuário.

Basílica da Santíssima Trindade – é a nova basílica do santuário, inaugurada em 2007. Tem capacidade para 40.000 pessoas sentadas, o que faz com que seja o maior templo católico do mundo em termos de capacidade. A sua arquitectura é moderna, com linhas direitas e muito minimalista.

Guia para visitar Portugal
Rotas e Itinerários
(ideias e sugestões)

  • Melhores Praias
  • Locais Património Mundial
  • Aldeias Históricas
  • Santuários
  • Montanhas e Serras
  • Vinhos e Queijos
  • Cidades Históricas
  • Descoberta de Comboio
  • O Mundo Árabe
  • Presença Romana
  • Fronteira Espanhola
  • Arte Rupestre
  • Castelos e Fortalezas

Regiões de Portugal
(viajar por região)

  • Norte
  • Centro
  • Vale do Tejo
  • Alentejo
  • Algarve
mapa de Portugal e as suas regiões
Melhores destinos para visitar em Portugal
Cidades de Portugal Vilas de Portugal Aldeias de Portugal
  • Lisboa
  • Porto
  • Évora
  • Guimarães
  • Coimbra
  • Lagos
  • Peniche
  • Nazaré
  • Alcobaça
  • Leiria
  • Tomar
  • Beja
  • Ourém
  • Sabugal
  • Miranda do Douro
  • Bragança
  • Chaves
  • Braga
  • Silves
  • Faro
  • Montemor-o-Novo
  • Viana do Castelo
  • Marvão
  • Monsaraz
  • Almeida
  • Belmonte
  • Sintra
  • Mafra
  • Torres Vedras
  • Óbidos
  • Batalha
  • Penamacor
  • Vila Nova de Foz Côa
  • Freixo de Espada à Cinta
  • Vimioso
  • Vinhais
  • Montalegre
  • Castro Laboreiro
  • Mértola
  • Monsanto
  • Linhares da Beira
  • Piódão
  • Idanha-a-Velha
  • Castelo Mendo
  • Sortelha
  • Castelo Rodrigo
  • Castelo Mendo
  • Mira de Aire
  • Janeiro de Cima
  • Vilar Maior
Serras de Portugal Praias de Portugal Lugares em Portugal
  • Serra da Estrela
  • Serra de Monchique
  • Serra do Gerês
  • Serra do Buçaco
  • Praia das Maçãs
  • Praia de Vieira
  • Praia de Carcavelos
  • Praia do Guincho
  • Azenhas do Mar
  • Praia da Rocha
  • Praia das Pedras Negras
  • Praia da Ericeira
  • Ilhas Berlengas
  • Gravuras Rupestres em Vide
  • Torre
  • Vale Glaciar do Zêzere
  • Frágua dos Três Reinos
  • Pedras Belas
  • Nossa Senhora da Peneda
  • Santuário de Fátima
  • Ponta de Sagres
  • Cabo da Roca
Praia da Nazaré

Praia da Nazaré

Parques Naturais em Portugal Ruinas Romanas em Portugal
  • Parque Natural de Montesinho
  • Ria Formosa
  • Parque Natural da Serra da Estrela
  • Parque Natural do Douro Internacional
  • Parque Natural do Vale do Guadiana
  • Parque Natural das Serras de Aire e Candeeiros
  • Parque Natural do Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina
  • Parque Natural do Tejo Internacional
  • Parque Natural de Sintra-Cascais
  • Parque Natural da Arrábida
  • Conímbriga
  • Ruínas romanas de Milreu
  • Arco romano de Dona Isabel
  • Teatro Romano do Alto da Cividade
  • Villa romana de São Cucufate
  • Templo romano de Évora
  • Termas romanas de Maximinos
  • Torre de Sisebuto
Locais UNESCO em Portugal
Estes são alguns dos melhores destinos para visitar em Portugal. Os locais UNESCO Património Mundial são locais protegidos pela sua importância cultural ou natural de determinado país.

Locais inscritos na Lista do Património Mundial em Portugal:

  • Centro Histórico de Angra do Heroísmo, Açores
  • Mosteiro dos Jerónimos e Torre de Belém, Lisboa
  • Mosteiro da Batalha
  • Convento de Cristo, Tomar
  • Centro Histórico de Évora
  • Mosteiro de Alcobaça
  • Paisagem Cultural de Sintra
  • Centro Histórico do Porto
  • Sítios de Arte Rupestre do Vale do Côa, Ribacôa
  • Floresta Laurissilva da Ilha da Madeira
  • Centro Histórico de Guimarães
  • Região Vinhateira do Alto Douro
  • Paisagem da Cultura da Vinha da Ilha do Pico, Açores
  • Cidade Fronteiriça e de Guarnição de Elvas e as suas Fortificações
  • Universidade de Coimbra, Alta e Sofia

Kit Útil para organizar a sua viagem em Portugal:

Partilhe esta página com os seus amigos:

Joao Leitao in Sahara Desert Acerca do João Leitão - o autor deste blogue
Sou uma espécie de viciado em viagens, maníaco pela fotografia e cidadão do mundo. Habituado a viajar desde pequeno, morei em muitos lugares e viajei por mais de 115 países e territórios em todos os continentes. Este site é um arquivo das minhas dicas de viagem e crónicas de aventuras para o inspirar a explorar o mundo por conta própria. Artista plástico de formação, rendi-me ao mundo e a partilhar experiências de viagem CONSIGO.
★ Siga-me no Google+, Facebook e no Twitter. Espreite as minhas melhores experiências de viagem.

Deixe o seu comentário aqui:

Os comentários do blogue são via facebook. Para comentar você tem que estar logado lá!